Você está na página 1de 1

Coastwatch 2009/2010

20 Anos a Olhar pelo Litoral

Dando continuidade ao trabalho desenvolvido em anos anteriores iniciou-se oficialmente em 26


de Novembro de 2009 a 20ª Campanha Coastwatch – Coastwatch: 20 anos a olhar pelo litoral -
tendo terminado a 30 de Abril de 2010.

A Câmara Municipal de Ovar estabeleceu protocolo com o coordenador nacional do projecto -


GEOTA (Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente) – assegurando a
monitorização dos blocos da área geográfica do litoral Concelhio.

A área coordenada pelo Município estendeu-se desde a praia de Esmoriz, mais a Norte, e a
Praia do Torrão do Lameiro, mais a Sul, enquadrando os blocos 49, 50 e 51, da NUT 121. A
monitorização desta área foi realizada com o apoio da Associação Juvenil “Amigos do Caster”,
Núcleo de Ovar da Fraternidade Nuno Alvares e Agrupamento de Escuteiros de Cortegaça.

Cada parceiro foi responsável pela monitorização de um bloco. A Associação Juvenil Amigos
do Caster realizou no dia 21 de Fevereiro a monitorização do bloco 49, o Núcleo de Ovar da
Fraternidade Nuno Álvares realizou a monitorização do bloco 50 em 24 de Março e o bloco 51
foi atribuído ao Agrupamento de Escuteiros de Cortegaça que não conseguiu realizar a
monitorização até à data de entrega do presente relatório.

As principais conclusões dos resultados da monitorização são os seguintes:

Os grupos têm um bom conhecimento da área de monitorização;


Todas as unidades são acessíveis, sendo a maioria a pé e existindo apenas x unidades
com acesso através de veículo motorizado;
Toda a costa é não rochosa de sedimento arenoso e maioritariamente de areias finas
ocorrendo ocasionalmente unidades de areias médias;
O tipo de formação é exclusivamente de praia e duna com vegetação;
Não existem descargas líquidas no mar;
A zona supratidal tem a largura de 5 a 50 metros em praticamente toda a extensão do
litoral vareiro e o seu coberto é exclusivamente de areia;
As principais espécies da avifauna encontradas foram a Gaivota e o Andorinhão;
A zona intertidal tem uma largura de 5 a 50 metros em toda a extensão do litoral e a
composição da superfície é de areia;
Dos resíduos encontrados destacam-se os resíduos verdes, plásticos, vidro e em
alguns locais aparelhos de pesca;
Os principais riscos encontrados foram a erosão costeira e perda de qualidade
ambiental;
A costa na generalidade não se encontra artificializada, ocorrendo artificialização em
aglomerados populacionais;
O tipo de coberto na zona interior contígua é essencialmente de floresta e matos.

Interesses relacionados