P. 1
Rede DAT-Rede de Baixa Tensão

Rede DAT-Rede de Baixa Tensão

|Views: 1.432|Likes:
Publicado porDarlan

More info:

Published by: Darlan on Jul 01, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/27/2013

pdf

text

original

REDE DAT

Rede de Baixa Tensão

O objetivo deste tópico é mostrar o padrão de estruturas de baixa tensão, para rede de distribuição aérea transversal.

Rede de Baixa Tensão

Considerações gerais: O vão máximo da rede de baixa tensão será de 36 metros. Onde existir rede de baixa tensão, será instalada rede de alta tensão (utilizaremos neste tópico a nomenclatura de redes de alta e baixa tensão recomendada pela NR-10 onde se considera baixa tensão em corrente alternada de 50 a 1000 Volts e alta tensão acima de 1000 Volts).

www.atenew.com.br

2 de 6

Nos postes onde houver a necessidade apenas de interligação da rede de alta tensão, não deverá ser instalada baixa tensão havendo apenas a interligação do neutro. Nos casos em que for necessário somente o seguimento da rede de baixa tensão, esta deverá ser acompanhada de uma fase da rede de alta tensão com afastamento mínimo de 800mm da baixa tensão para a “blindagem” da mesma. Condutores: Os cabos utilizados na baixa tensão de Rede DAT são os do tipo concêntrico e pré-reunido de alumínio e de cobre. As bitolas destes são definidas em função da capacidade do transformador instalado, e são definidos levando em consideração as duas situações existentes em campo e citadas nos itens 2.1 e 2.2 a seguir. Os cabos pré-reunidos de cobre somente deverão ser projetados em áreas sujeitas à ação de poluentes atmosféricos, tais como em áreas próximas à orla marítima com alto grau de salinidade, etc... Estes, para substituição do cabo pré-reunido de alumínio com bitola 3X35+1X35mm², deverão ser de cobre com bitola 3X35+1X35mm². OBS: Vale ressaltar a conceitos definidos nas situações em que estes para a rede de baixa definidos a parte. importância do perfeito entendimento dos NOTAS 2.1 e 2.2 descritas a seguir, pois nas conceitos não forem atendidos, os condutores tensão deverão ser analizados, calculados e

Visando facilitar a elaboração de projetos, a tabela a seguir define, além dos condutores das redes de baixa tensão, os condutores a utilizar nas interligações entre condutores da rede de alta tensão e equipamentos (chaves fusíveis e pára raios), confecção de terra de cruzetas, interligação das buchas do secundário do transformados às caixas de medição e de proteção da baixa tensão do transformador.

www.atenew.com.br

3 de 6

TRANSFORMADOR
AT ao pára raios e chaves Barramento da cruzeta (tera)
Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios Cu nu-16mm² 7 fios

CONDUTORES
Pára-raios ao terra Rede de Baixa tensão BT do transformador ao medidor ou disjuntor
Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Cobre isol. 750V #2,5mm² Pré-reunido Cu 3X35(35)mm² Pré-reunido Cu 3X35(35)mm² NOTAS NOTAS NOTAS

Disjuntor à rede de baixa tensão

BI 5 BI 10 BI 15 BI 25 TRI 15 TRI 30 TRI 45 TRI 75 TRI 112,5

Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios Cu nu-25mm² 7 fios

Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios Cu nu-16mm² 19 fios

Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Pré-reunido Al 3X35(35)mm² Pré-reunido Al 3X35(35)mm² NOTAS NOTAS NOTAS

Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Concêntrico 2X10 (10)mm² Cobre isol. 750V #2,5mm² Pré-reunido Cu 3X35(35)mm² Pré-reunido Cu 3X35(35)mm² NOTAS NOTAS NOTAS

NOTAS: 1) Em Redes DAT só devemos prever transformadores bifásicos de 5, 10, 15 e 25 kVA, e trifásicos de 15 e 30 kVA, onde podemos instalar redes de baixa tensão. Os transformadores trifásicos com potência nominal superior a 30 kVA ficam restritos aos casos de ligação de apenas 1 cliente. 2) Os cabos das redes de Baixa tensão para os transformadores bifásicos de 5, 10, 15, e 25 kVA, e trifásicos de 15 e 30 kVA, foram dimensionados segundo as duas situações existentes: 2.1)" Transformador em centro de carga: Neste caso, admite-se para um dos lados do circuito de baixa tensão, uma sobregarga de 25%, conforme desenho a seguir: "

www.atenew.com.br

4 de 6

2.2)" Transformador com toda a carga na ponta: Neste caso, considera-se que toda a potência do transformador está sendo lida e consumida nos bornes do medidos da unidade consumidora, conforme desenho abaixo: "

" 2.1) Os casos que não se enquadrarem nas situações abordadas pelos subitens 2.1 e 2.2 descritos anteriormente, deverão ser analisados e calculados separadamente. 3) Para os casos dos transformadores trifásicos de 45, 75 e 112,5 kVA, deve-se consultar o Padrão Específico de Fornecimento de Energia Elétrica em Baixa Tensão da Concessionária.

www.atenew.com.br

5 de 6

Referências:
NBR 14039 (Instalações Elétricas em Média Tensão) PTR 033 (Procedimento para construção de redes aéreas de baixa e alta tensão desenergizadas), e PTR 002 (Procedimento básico para segurança no trabalho). MILESI DARLAN (Curso Básico de Eletricista de Montagem, Manutenção de Redes Aéreas e Emergência) 2009.

Associação Técnica Educacional Neo Wilsen - ATENEW CNPJ: 07.355.581/0001-23 Alameda Francisco de Miranda, Lote 09 Qd. 01 Jardim Primavera - Duque de Caxias / RJ Tel: (21) 3654-4011 Website: www.atenew.com.br

www.atenew.com.br

6 de 6

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->