Você está na página 1de 2

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE CLASSIFICAÇÃO

ES/3
JOÃO DE BARROS TESTE DE AVALIAÇÃO ESCRITA
CORROIOS
Decreto-Lei Nº24/2006 de 6 de Fevereiro

BIOLOGIA | Prova Escrita


Turma A | 12º Ano de Escolaridade | Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias
Teste de avaliação escrita (3) | 2 páginas
Duração da Prova: 80 min

Prof. Renato Costa | Março 2010 | Ano Lectivo de 2009/2010


(Nº) NOME:
Para cada item de resposta múltipla, preencha somente uma das quatro circunferências que representam as alternativas em jogo
para selecção. Em caso de alteração por parte do aluno sobre uma resposta de um dado item, a reformulação da escolha deve levar
a uma decisão inequívoca do classificador. Esta acção é da única responsabilidade do avaliado. A sobrerreestruturação pode levar,
como carácter excepcional, à alternativa extrema de indicar manuscritamente a letra.

GRUPO I
COTAÇÃO DE
ITEM ALTERNATIVAS A SELECCIONAR CLASSIFICAÇÃO
(PONTOS)

1. A B C D 12

2. A B C D 8

3. A B C D 8

4. A B C D 8

5. A B C D 8

6. A B C D 8

7. A B C D 8

8. A B C D 12

9. A B C D 8

10. A B C D 8

11. A B C D 12

GRUPO II
COTAÇÃO DE
ITEM ALTERNATIVAS A SELECCIONAR CLASSIFICAÇÃO
(PONTOS)

1. A B C D 12

2. A B C D 8

3. A B C D 8

4. A B C D 8

5. A B C D 8

6. A B C D 8

7. A B C D 12

8. A B C D 8

Critérios Específicos de Classificação – Teste de Avaliação Escrita. Página 1 de 2


GRUPO II
ITEM Nº9: ITEM DE RESPOSTA ABERTA

A resposta deve contemplar os seguintes três tópicos cognitivos específicos da disciplina (domínio A) que
também fornecem informação, ainda que parcialmente, sobre o nível de desempenho B a adoptar para a
classificação do item:

 Mencionar que um dos filhos não tem aparentemente relação filial pelo facto de apresentar grupo sanguíneo O.
(Esta questão é, de tal ordem, emergente que a motivação central da sessão judicial, assente no reconhecimento
da paternidade, acaba por se inverter para o reconhecimento da maternidade).

 Explicar, numa primeira fase, a impossibilidade do filho do grupo sanguíneo O ter a mãe com o grupo
sanguíneo AB: cruzando os dois genótipos dos progenitores em causa, haveria 50% de probabilidade dos filhos
serem do grupo sanguíneo A e 50% do grupo B.

 Explicar que o filho do grupo sanguíneo O sofre do fenótipo de Bombay:


 O filho em estudo tem como probabilidade pertencer ao grupo sanguíneo A ou B, logo, consegue
sintetizar, face à constituição genotípica do par de genes I, a enzima A ou B-transferase para dar
origem aos respectivos aglutinogénios.
 Muito provavelmente, este indivíduo possui, para o par de genes H, que regula a síntese de H-
transferase, os dois alelos mutantes – genótipo hh – que implicam alguma deficiência enzimática.
 Não havendo bioquimicamente lugar à produção do antigénio H, as enzimas A/B-transferase não
teriam substrato para actuar e os antigénios A e B não seriam formados. Desta forma, as hemácias
ficam associadas a nenhum receptor membranar deste género, fornecendo um falso negativo O.

FIM

Critérios Específicos de Classificação – Teste de Avaliação Escrita. Página 2 de 2