P. 1
DIA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL SET. 2008

DIA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL SET. 2008

|Views: 308|Likes:
Publicado porcesar30br

More info:

Published by: cesar30br on Jul 14, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/25/2012

pdf

text

original

DIA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 28/09/2008 Tem o aluno religioso: sempre que ele vem ,você diz -"pelo

amor de Deus!" Tem o aluno matemático: ele sempre te faz contar até dez pra não perder a paciência... Tem o aluno relojoeiro: ele sempre está desmontando alguma coisa ... Tem o aluno atleta: sempre está correndo e pulando os obstáculos... Tem o aluno lixeiro: ele não sai do lixo, apontando os lápis ... Tem o aluno detetive aquele que fuça em tudo que não é dele ... Tem o aluno músico: ele sempre está batucando na mesa ... Tem o aluno hipocondríaco: ele sempre inventa alguma doença pra faltar ... Tem o aluno leiteiro: ele só aparece quando chega o leite... Tem o aluno " homem invisível": ele sempre está no meio da bagunça, mas nunca ninguém viu ... Tem o aluno "tropa de elite" : te faz pensar em desistir todos os dias .... Tem o aluno "gerente": cuida da vida de todo mundo ... Tem o aluno "anticristo": ele inferniza todos os seus dias ... Tem o aluno psicólogo: sempre vem te falar o que os outros estão sentindo ... Tem o aluno sombra: não desgruda nunca de você ... Tem o aluno astronauta: está sempre no mundo da lua ... Tem o aluno catavento: roda, roda, mas não chega a lugar algum ... Tem a aluna noiva: chega sempre atrasada ...

y

y

y

y

y y y y

y y

y

y y y

y y y

y

TIPOS DE ALUNO ATITUDES DO PROFESSOR
PERGUNTADOR Devolver a pergunta ao grupo. Não tomar partido. Manter-se neutro. O SABE-TUDO Dar uma função para que fale. Evitar que domine o grupo. Levar o grupo a julgar suas objeções. Interrompa-o dizendo: - é um detalhe interessante, mas vamos ver o que os colegas pensam disso. Lançar uma pergunta difícil para limitá-lo. O TAGARELA Cortar delicadamente o ³discurso´ que faz, dizendo que sua observação é interessante, retornando ao assunto através de uma pergunta. O DO CONTRA Acalmá-lo. Não deixar que o grupo se excite. Procurar tratar de outro assunto. Dizer-lhe que os problemas individuais serão resolvidos depois, em particular. Dar mérito a alguma de suas observações. O MUDO VOLUNTÁRIO Buscar sua participação através de um assunto que ele saiba. Se é do tipo ³superior´, peça sua opinião, indicando o valor que o grupo dá à sua experiência, mas não exagerar para que o grupo não se ressinta. Dar destaque na primeira vez que falar. O TÍMIDO Fazer-lhe perguntas fáceis. Fazer com que o grupo valorize sua participação O OBSTINADO ( IDÉIA FIXA) Passe o ponto de vista para o grupo. Conduza-o a compreender que a maioria está certa. Peça para aceitar, por um instante o ponto de vista do grupo. O LEGAL Usá-lo em momentos oportunos. Não exagerar sua participação. O HOMEM DOS APARTES Fazer-lhe uma pergunta direta sobre o que está sendo discutido. O PEDANTE Não ferir sua suscetibilidade. Não o critique. Use a técnica duvidosa: sim..., mas... Concordar, mas depois ponderar conduzindo-o à reflexão. O ABERTO Usá-lo quando houver tensão no grupo. O INTROVERTIDO Procure integrá-lo lentamente, sem que ele perceba.

01- O JOGO DA BICHARADA Objetivos: - Cultivar boa convivência no grupo, na amizade e na verdade; - Perceber as razões da falta de fraternidade e dos conflitos que surgem no grupo de jovens, no grupo de trabalho. Passos: - Todos recebem a lista dos bichos e num momento pessoas, em silêncio, lêem a lista e escolhem três bichos que mais se assemelham a ele; - Dos três bichos escolhidos, ficar com apenas um com o qual se identifica; - Grupos por bichos escolhidos - grupos dos gatos, grupo dos macacos, etc... - durante 15 minutos partilhar o por quê escolheu tal bicho e como se manifestam as características no dia-a-dia da própria vida. Em plenário: - Os grupos apresentam o seu bicho de forma criativa, com encenação, dramatização, colocando as características do bicho escolhido. Comentários: a) o que chamou a atenção, o que faltou, etc; b) significado para o nosso grupo. OS BICHOS 01- Leão: Rei da reunião. Quando urra, todos participam. Os ratinhos tremem à sua frente. Não é agressivo. Está certo de sua superioridade. Boceja despreocupadamente, pacientemente, com as peraltices dos outros. 02- Hiena: Não tem opinião própria. Aprova sempre o leão. Sempre recorda o que o leão disse. 03- Tigre: É um leão ressentido por não ser reconhecido como rei pelo grupo. Fica de mau humor, às vezes mais competente que o leão. É agressivo, irônico, irrita o grupo que o coloca na jaula, e não toma conhecimento de sua presença. 04- Raposa: Surpreende sempre o grupo; desvia o assunto; sofista, força o assunto. Jamais caminha em direção ao objetivo. 05- Pavão: Mostra sempre a sua cultura. Não se interessa pelo objetivo e pelo grupo. Não perde ocasião de mostrar seus conhecimentos. Preocupa-se sempre consigo mesmo. 06- Cobra: Envenena as relações. Sempre de bote armado. Ai de quem comete uma asneira. Provoca brigas e fica de fora. 07- Papagaio: Fala por todos os poros; comenta tudo. Fala alto, grita. Ninguém lhe dá importância, nem ele próprio. Sempre por fora do assunto. 08- Coruja: Não fala, presta muita atenção. Pisca quando não entende. assusta-se quando alguém a interpela. Pede desculpa quando intervém. 09- Carcará: Não gosta de discussão. Irrita-se quando o grupo não progride. Quer decisões rápidas. Impaciente, levanta mas volta. 10- Girafa: Pelo modo de sentar-se e rir, acha o grupo indigno de sua participação. Seu silêncio não permite saber-se se ela está por cima mesmo. 11- Macaco: Anedoteiro, espirituoso, bagunceiro, inteligente e superficial. Sempre faz rir; ninguém o leva a sério. anima, mas termina irritado. No fim está amuado e sem graça. 12- Gaivota; Voa pelo alto - abaixa. mas sobe logo. Vive solitária.

13- Cão: Inteligente, fareja tudo, mas ladra demais. Faz muito barulho por pouco. Sempre vigilante para defender suas idéias. 14- Boi: Obstinado, lento. Não acompanha o grupo. Devagar e sempre. 15- Elefante: Sem sutileza. Leva tudo a peito. Não é feito para viver em grupo. Quer ação. Quando intervém é para acabar a reunião. 16. Gato: Mia para chamar a atenção. solicitado, se enrosca e não quer falar. Dengoso, prefere agir depois da reunião. 17. Coelho: Simpático, ágil, pulador. Não tem planos. Não é conseqüente. Encolhe-se quando os maiores aparecem. 18. Esquilo - Acanhado, fugido, embaraçado. Dificilmente participa. Quebra sozinho suas nozes. Se insistir muito, não volta. 19. Pombo: Fica arrolhando com o companheiro do lado. Só vive de par. Se o interpelam, voa e volta ao companheiro. 20. Araponga: Sempre igual e vibrante. Tem idéia fixa. Só tem uma idéia. É incapaz de seguir uma reunião. 21. Pica-Pau: Pega uma idéia e pulveriza-a. Não tem objetivos. Só sabe picar idéias. Na discussão fica picando o que ficou para trás. 22. Aranha: É mestra em teia, onde se envolvem mosquitos e besouros. Na discussão amarra um fio no outro. Não prepara plano, prepara armadilha. 23. Ouriço: Fica espinhento por tudo. Para ele, no grupo, não há idéias; tudo são intenções. 24. Antílope: É arisco. Sempre farejando o ar para ver se não o querem pegar de surpresa. Está sempre de sobreaviso. Não acredita em ninguém. 25. Hipopótamo: Fica mergulhado no assunto. Não sai das discussões. Sempre mergulhado. 26. Ratinho: Nunca aparece, mas caminha entre todos. Rói as idéias. Passa pela platéia às carreiras. 27. Zebra: Em cada fase da discussão apresenta ponto de vista diferente. Não sabe somar as idéias. É preto ou Branco. 28. Camaleão: Está de acordo com todos. Vai para onde o leva o vento. 29. Foca: Muito curiosa e imaginosa. Interessa-se por tudo e mexe em tudo. Adora brincar. 30. Coati: Fuçador. Intromete o nariz nas coisas com o objeto de beneficiar-se. Uma vez satisfeito, perde o interesse.

AS DEZ BEM-AVENTURANÇAS DA ESCOLA DOMINICAL
1. Bem-aventurado o aluno que não falta a Escola Dominical 2. Bem- aventurado o aluno que está à hora certa, na Escola dominical 3. Bem- aventurado o aluno que traz consigo a sua Bíblia à Escola Dominical. 4. Bem- aventurado o aluno que traz sempre a lição es tudada. 5. Bem-aventurado o aluno que pratica o que aprende na Escola Dominical. 6. Bem-aventurado o aluno que dá lição prática na Escola Dominical. 7. Bem-aventurado o aluno que traz outros à Escola Dominical 8. Bem-aventurado o aluno que consagra amor à sua Escola dominical. 9. Bem-aventurado o aluno que contribui com suas ofertas para Escola dominical. 10. Bem-aventurado o aluno que ora com fervor pela Escola Dominical.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->