Você está na página 1de 2

São Paulo, quarta-feira, 14 de julho de 2010

Texto Anterior | Próximo Texto | Índice

Em gabinete, vice de Serra emprega


colega que não dá expediente
Indio da Costa diz que parceiro de voos de ultraleve o
acompanha em viagens oficiais

BRENO COSTA
DE SÃO PAULO

O deputado federal licenciado e candidato a vice na chapa de


José Serra (PSDB) à Presidência da República, Indio da
Costa (DEM-RJ), emprega em seu gabinete na Câmara dos
Deputados um parceiro de voos de ultraleve num aeroclube
do Rio.
Paul Zachhau é membro da Abul (Associação Brasileira de
Ultraleves) e acompanha Indio em voos de lazer. Ele não
trabalha nem no gabinete de Indio, em Brasília, nem no seu
escritório político no Rio de Janeiro.
Por meio de sua assessoria, Indio afirmou apenas que
Zachhau o acompanha "em agendas no Rio, inclusive em
viagens que faço ao interior do Estado, cumprindo atividades
de deputado".
Indio não possui jatinho ou helicóptero, somente o ultraleve,
que, segundo sua assessoria, é usado apenas por hobby. Os
traslados entre Brasília e Rio são feitos em voos comerciais,
conforme o detalhamento de suas contas no site da Câmara.
Zachhau foi nomeado secretário parlamentar por Indio em
novembro de 2008. Segundo a assessoria do deputado, ele
recebe R$ 540 mensais, sem gratificações.
Por telefone, Zachhau disse que faz voos junto com Indio e
que o vice de Serra é "ótimo piloto". Questionado, em
seguida, sobre sua função como secretário parlamentar,
limitou-se a informar à Folha o telefone da secretária do
deputado "para mais informações".
Formado em direito, Indio da Costa, 39, foi escolhido vice de
Serra no último dia 30, após muita negociação entre PSDB e
DEM. Serra preferia um vice tucano, mas acabou recuando
após pressões do Democratas.
O nome de Indio, afilhado político do ex-prefeito do Rio
Cesar Maia (DEM), jamais havia sido cogitado para o posto.
Ele foi escolhido, no limite do prazo legal, por três fatores
centrais: ser jovem, do Rio de Janeiro e pela imagem
associada ao projeto Ficha Limpa, do qual foi relator na
Câmara.