Você está na página 1de 11

Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Cartão Crédito Barclaycard, adira e receba um GPS GARMIN 16º -

ÍPSILON | GUIA DO LAZER | CINECARTAZ | INIMIGO PÚBLICO | PESO E MEDIDA | Siga-nos em: | | | | |

Anões Porto
Ganhar 30 Dois livros para Fotogaleria
centímetros e preservar a língua As melhores
chegar onde os colorida que cá imagens da XI
outros não chegam temos Legislatura
JORNAL DO DIA | PDF | VÍDEOS | MULTIMÉDIA | INFOGRAFIAS | BLOGUES | DOSSIERS | | LOJA | ASSINATURAS | CONTACTOS |

MUNDO POLÍTICA ECONOMIA DESPORTO SOCIEDADE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS ECOSFERA CULTURA LOCAL MEDIA TECNO
Guia do Lazer | Cinecartaz

Morreu o escritor que inventou Blimunda

Vénia e honra em Portugal e no mundo


19.06.2010 - 07:54 Por Adelino Gomes, com Raquel Ribeiro

Votar

|
22 votos

1 de 15 notícias em Cultura
seguinte »

Foi serralheiro e funcionário público. Comunista. Amado e detestado. Começou a viver da escrita
passava dos 50 anos. Conheceu Pilar já sexagenário. Recebeu o Nobel da Literatura – o único dado
à língua portuguesa – aos 76 anos. Partiu ontem. Sem “nenhuma esperança”. De “mão dada” com
a criança que foi numa aldeia do Ribatejo.

José Saramago (Nuno Ferreira Santos)

1 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

José Saramago, 87 anos, único escritor de língua portuguesa a quem foi atribuído o prémio Nobel da Literatura,
morreu ontem, ao início da tarde, na sua na casa da ilha de Lanzarote, onde habitava com a terceira mulher, Pilar
del Rio, desde que se auto-exilara de Portugal, em 1993, depois do governo português riscar o seu nome da lista
dos candidatos oficiais ao Prémio Literário Europeu.

Visivelmente fragilizado desde o Verão de 2007, devido a doença cancerosa, a morte ocorreu na sequência de
“múltipla falha orgânica”, segundo a Fundação José Saramago.

O Governo decretou dois dias de luto nacional, hoje e amanhã. O corpo chega hoje ao meio-dia e meia ao
aeroporto de Figo Maduro, em Lisboa e será cremado no domingo.

Num documentário televisivo de Alberto Serra, estreado na RTP 1 em fins de 2008, Saramago exprimira o desejo
de que o seu corpo fosse incinerado e as cinzas colocadas, sem qualquer inscrição, debaixo de uma pedra larga do
jardim da casa de Lanzarote. O escritor terá mudado posteriormente este seu desejo, disse o administrador da
Fundação Saramago, José Sucena, ao Público.

A fazermos fé naquilo que o escritor previu em entrevistas dadas nos anos pós-Nobel, saiu “desta merda de
mundo” profundamente dorido por saber que não terá “outra vida”, e sem “nenhuma esperança”. Mas saiu com a
satisfação de que “disse o que queria, como queria, quando queria”, ainda que “com algumas incompreensões” de
parte dos seus contemporâneos. Não partiu, contudo, apenas ele. “Quando me for deste mundo, partirão duas
pessoas. Sairei, de mão dada, com essa criança que fui”, disse em 2006, referindo-se aos primeiros 14 anos de
vida, profundamente ligados à aldeia natal, Azinhaga do Ribatejo.

Derradeira provocação
O seu último romance publicado em vida, Caim, foi escrito em quatro meses.

Poucas semanas antes da sua saída, em Outubro de 2009, o escritor anunciou que ia deixar de publicar posts no
blogue (intervenção pública a que entretanto aderira) porque começara outro livro e queria dedicar-lhe todo o seu
tempo. Como se a “espécie de transe” o continuasse a possuir. Talvez mais avassaladoramente ainda, pois no livro
anterior, como explicou publicamente no seu lançamento - em directo para a “página infinita da Internet”, em 25
de Junho de 2009 - ainda dizia que as 24 horas do dia lhe davam “perfeitamente” para manter a escrita de duas
páginas diárias – que eram o seu regime

Além da personagem bíblica que lhe dá o título, o livro tem como protagonistas nada menos do que a humanidade
e o próprio Deus. A ideia surgira-lhe há muitos anos. As circunstâncias (ou a sua vontade?) tornaram-no o seu
último livro. Como se de uma derradeira provocação se tratasse: “Que deus mande a Abraão matar o seu filho
Isaac para provar a sua fé, só isto deveria apagar da nossa cabeça a ideia de Deus” (PÚBLICO de 2.9.2009).

Apesar de visivelmente fragilizado pela doença, desde 2007, publicará ainda A Viagem do Elefante, O Caderno e
O Caderno II - estes dois últimos constituídos por textos escritos até Novembro de 2009 no blogue que levava o
seu nome, blog.josesaramago.org (dois milhões de visitas nos primeiros nove meses).

A polémica irrompeu ainda antes da leitura de Caim, na sequência de declarações do seu autor, no dia do
“lançamento mundial” do livro, em Penafiel: “Caim nunca existiu”; “Sem a Bíblia seríamos outras pessoas –
provavelmente melhores”; “Tudo aquilo é absurdo, disparatado”; “Um manual de maus costumes”.

Em contraste com a recepção fria dada a este e aos outros oito livros publicados depois da atribuição do Nobel da
Literatura, em 1998, A Viagem do Elefante, foi bem acolhido pela crítica portuguesa.

1
2
3
4
5

2 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

6
7
8
9
Página seguinte »
Ver texto completo

Corrigir
Provedor do Leitor
Feedback

Diminuir
Aumentar

0
0

retweet
share

12167 leitores
39 comentários

SIGA-NOS

Twitter

Facebook

RSS

Funcionalidades
Diminuir
Aumentar

Comentar
Imprimir
Enviar

Corrigir
Provedor
Feedback
Partilhar

URL desta Notícia


http://publico.pt/1442641

Comentário + votado

3 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Adeus Saramago

Adeus, Saramago. Tal como o Marquês de Pombal, elevaste-te acima dos teus compatriotas e como ...

zepagode

19.06.2010 17:27

Blogue sobre este artigo


ylgnw
iT

eugolbedarucorp

Se comentar este artigo no seu blogue, o link aparecerá aqui.

Efectue o ping do seu blogue no Twingly para nós o encontrarmos.

Comentários 1 a 10 de 39
Escrever Comentário
1
2
3
4

1. Votar

|
13 votos

joaquim d'odemira . 20.06.2010 08:56

Via PÚBLICO

Obrigado Zé !

zé, os teus livros são um hino à elevação do homem. obrigado ! Morres, mas a tua obra caminhará
lado a lado com a história e a luta dos Povos, em especial deste Povo que também foi sempre o
teu.

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário
2. Votar

4 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

|
22 votos

zepagode . 19.06.2010 17:27

Via PÚBLICO

Adeus Saramago

Adeus, Saramago. Tal como o Marquês de Pombal, elevaste-te acima dos teus compatriotas e
como recompensa foste maltratado pelo teu país. Neste país de preguiçosos, invejosos e
mesquinhos, nem a mais pequena erva cresce. Vou sentir falta do teu descaramento, dizias as
verdades que muitos pensam mas não confessam. E por isso mesmo te odeiam tanto.

Este comentário tem 2 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

3.
Delton Luiz Martins , Brasil, Rio de Janeiro. 22.06.2010 19:18

Adeus Saramago o Mago.

O primeiro livro que deste grande escritor li, foi "Levantadao do Chão" e amei tanto que reli-o
várias vezes, lendo-o bem devagar com receio dele logo chegar ao fim. Foi um sonho.. Foi o maior
escritor português depois de Eça de Queirós e nem assim é reconhecido por seus patriotas, talvez
por ignorância, mas no futuro certamente terá seu lugar entre os seus. Me sinto totalmente orfão e
me perguntando para que se nasce se um dia a gente morre. Mas não este grande imortal, que
viverá para sempre entre os amantes do bem, da beleza e da vida. Adeus.....

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

4.
gentinha , gentinha. 20.06.2010 23:38

gentinha

Descansem os detractores de Saramago (aqueles que escrevem hoje comentários acintosos - não os
que rebatem a suas ideias). Também têm o seu herói. O actual Presidente da República ficará para
sempre como o expoente dessa gentinha medíocre, invejosa e ressabiada: poucochinha.

5 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

5.
Anónimo , Galiza, Espanha. 20.06.2010 16:15

IN(compreendido)...

José Saramago,não sonhava a dormir, via o imaginário e o melhor quando acordado... sem tiques
de domíniof eroz provocado por maquina social, financeira e um sem fim de coisas... foi sempre IN
nele mesmo... foi fantástico na humildade que sempre teve e pela emoção e memória que olhava
para o passado e presente... foi sempre IN no tempo que temos na realidade, o agora, o presente.
Mais forte que a maioria não desistiu da sua luta e toda o efeito, revela-se no que se transformou a
sua vida... foi feliz e muito IN.

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

6.
José Eduardo V. P. Guimarães , V.N.Famalicão. 20.06.2010 16:08

Mote de Saramago

A Morte de Saramago. Os Livros: Li alguns até ao fim, outros não os terminei, outros ainda não
li.Saramago morreu. È a regra da vida que a ninguém é permitido transgredir.“com a nossa morte
cessa o nosso mundo”. O mundo de Saramago terminou. Ficam as sua palavras que partem para os
seus leitores e nestes renascem.O coração de Saramago continuará a pulsar nos livros que deixou.A
nós que permaneceremos ainda, resta-nos o sentimento de veneração dos valores culturais que nos
são comuns e sem os quais poderemos sucumbir. As palavras de Saramago ficam, partiremos, elas
ainda restarão.

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

7.
ozumbidor.blogspot , Lx, PT. 20.06.2010 12:25

Que outros valores mais estranhos se levantam!

"Ele [Cavaco Silva] não está presente fisicamente, mas está presente espiritualmente,
representando os portugueses" diz Marcelo Rebelo de Sousa. É exactamente por esse motivo - para
que represente todos os portugueses que não o puderem fazer - que o PR deve, deveria, estar
presente fisicamente no funeral de uma das maiores figuras da literatura portuguesa do Séc.
XX/XXI.

Este comentário tem 0 respostas

6 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

8.
Fernando Jorge , Lisboa. 20.06.2010 10:10

Bem haja!

Bem haja Saramago, pela extraordinária obra de carácter universal, pela criatividade, pela energia
e pela musicalidade que sempre pôs nos seus livros.Há lá frases e momentos inesquecíveis e que,
quando entram, fazem parte da nossa vida para sempre. E bem haja pela maneira com que sempre
nos fez pensar, nos estimulou a pensar, a por em causa as coisas, com os seus defeitos e virtudes. E
por, à sua maneira, ter posto a sua pessoa ao serviço de causas, sobretudo aquelas de carácter
humanitário a que se dedicou, independentemente das opiniões políticas. Que pudessemos ter
concretizado há uns dias o que escreveu no último parágrafo do seu 'As Intermitências da Morte':
'A morte voltou para a cama, abraçou-se ao homem e, sem compreender o que lhe estava a suceder,
ela que nunca dormia, sentiu que o sono lhe fazia descair suavemente as pálpebras.No dia seguinte
ninguém morreu.'

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

9.
Gilson , Rio, Terra do Nunca. 20.06.2010 01:37

ADEUS JOSE SARANAGO

Ontem a Humanidade perdeu mais um sêr Iluminado ...Morreu um Gênio e Comunista ... que suas
obras sejam eternas.

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

10.
Carla Rodrigues , Ribatejo. 20.06.2010 00:41

Até sempre, José Saramago.

Tanta inveja, raiva, ressaibiamento e ódio nestes comentários a tudo o que tenha a ver com o
mestre José Saramago. Que pais de invejosos. Como diria José Gil: “É no queixume implícito de
se achar a si mesmo pequeno que se inveja alguém que pretende ser maior” e José Saramago foi
um Homem maior, doa a quem doer. No seu tempo, felizmente, foi compreendido por muitos e,
estou certa, no futuro será por muitos mais. Missão de vida cumprida. As gerações futuras saberão
agradecer.

Este comentário tem 0 respostas

Responder a este comentário


Denunciar este comentário

7 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Comentários 1 a 10 de 39
Escrever Comentário
1
2
3
4

Login

Nome de Utilizador ••••••••••••• Entrar


Registo / Recuperar
Login Twitter
Login Facebook

Comentar Critérios para publicação de comentários dos leitores


Título

Restam 1200 caracteres

Texto

Nome
Localidade, País
Email
Anónimo
Enviar

Os comentários deste site são publicados sem edição prévia, pelo que pedimos que respeite os nossos
Critérios de Publicação. O seu IP não será divulgado, mas ficará registado na nossa base de dados.

Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados utilizando o botão “Denunciar este
comentário” próximo da cada um. Por favor, não submeta o seu comentário mais de uma vez.

Pub

8 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Últimas
+ Lidas
+ Comentadas
+ Enviadas

Sociedade Sorteio do Euromilhões (29.º/2010)


Economia Conselho de administração da PT não delibera sobre venda da Vivo
Sociedade Linha do Norte parcialmente desimpedida a partir das 21h30
Economia Há necessidade de conhecer em detalhe actividades dos bancos, diz Teodora Cardoso
Educação Nenhum aluno conseguiu saltar do oitavo para o 10º ano
Sociedade Porto: Passageiros da CP encaminhados para camionetas
Sociedade Linha do Norte vai continuar cortada por tempo indeterminado

Jornal do dia jornal.publico.pt

Pub
Loja Pt Comunicações Televisão, Internet e
Telefone... Ofertas exclusivas on-line
www.ptcom.pt Ganhar até 600€ por dia
Ganhar dinheiro com internet . Começa a
ganhar dinheiro hoje! www.ganhar-
dinheiro.com.pt Clinica Dr. Avelar Check-up
em função da Idade e Sexo. Num só
periodo,entre 4 a 6 Horas
www.clinicadravelar.pt Quando Vais Morrer?
Faz o Teste da Morte e Descobre! A Vida é
Curta, Aproveita Bem...
www.testedamorte.com

9 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Imobiliário

Carga e Transportes
Prontas este ano

Três milhões de Euros em obras no porto da Figueira

Um ano de funcionamento

Aerologic com novos destinos asiáticos para carga aérea

A partir desta semana com novas funcionalidades

1000 Cargas & Transportes

Pub
Pacotes Zon Quem é Zon, está On. Adira já desde €25,19/mês! www.zon.pt Galeria de Arte Cnap Pintura
Serigrafia Escultura Oliveira Tavares, Miguel Barbosa www.cnap.pt Ganhar até 600€ por dia Ganhar dinheiro
com internet . Começa a ganhar dinheiro hoje! www.ganhar-dinheiro.com.pt Centro Comercial Online Mais de
15.000 produtos disponíveis Os melhores preços. Entregas 24h www.lojaviva.com.pt

Política mais
Mundo mais
Desporto mais
Economia mais
Educação mais
Sociedade mais
Ecosfera mais
Ciências mais
Local mais

10 of 11 16/07/2010 21:52
Vénia e honra em Portugal e no mundo - Cultura - PUBLICO.PT http://publico.pt/Cultura/morreu-o-escritor-que-inventou-bli...

Cultura mais
Tecnologia mais
Media mais

© 2010 PÚBLICO Comunicação Social SA - Directora: Bárbara Reis - Coordenador editorial do Publico.pt: Sérgio B. Gomes - Editor de comunidades:
Alexandre Martins
Coordenador-geral: Pedro Ferreira - Webmaster: Paulo Almeida - Publicidade - Webdesign - Provedor dos Leitores

11 of 11 16/07/2010 21:52

Interesses relacionados