Você está na página 1de 21
GABARITO- CFO /2009 PROVA AZUL aa [avesro- If] roves eae IT] aero IT) raves IE] raves If] [raver If] [raves eraesro ILA] [eovesrO Ia] [er ovesT90 rae] [ees ea [rovesreo Ca Ce mero NABI] [raves [Roe [rovesreo [=I IIL rene RIC] Belo Horizonte, 18 de agosto de 2008 (a) SERGIO AUGUSTO VELOSO BRASIL, TEN CEL PM CHEFE DO CRS 1 PEER EIEEIEE PEE) Celle llelell fell ellelL lel] CSI SI EIEN IIIS BEBE 3)] SH Sy SH Sy Sy Sy] Sp SU Sy) Se Sy Sy Sy] Sy SH ST SHS alolf ol] oll ololf ol] offollo|] olf olf olf olf olf olf olf olf o| 2 eye ey ey en 2] Sen ey) Sy ay Sy ey] Sy ney ene ST SN SY ae Se a Sy SYS Sy) SH SU a ay aly anal als SH SWS SH SSH Sy SSH Sy SH SY SS SH SSH S17 3/51 Boy | | | | || | | | | | || SSS LSS LS SSS] S| SSL SIS SI] SSH SIs) DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS TAR CENTRO DE RECRUTAMENTO E SELEGAO "PHOVA DO CONCURSO PUBLICO PARA ADMISSAO AO CURSO DE FORMAGAO DE OFICIAIS/CURSO DE BACHARELADO EM CIENCIAS MILITARES ~ AREA DE DEFESA SOCIAL, DA POLICIA MILITAR DE MINAS GERAIS. CFO/CBCM 2009 (Edital DRH/CRS, n? 08/2008, de 06 de maio de 2008) PROVA |- LINGUA PORTUGUESA, MATEMATICA, INGLES, GEOGRAFIA, HISTORIA 00 BRASIL, DIREITOS HUMANOS, LEGISLACAO ESPECIFICA E (CONHEGIMENTOS DE INFORMATICA " PROVA il - ORIENTAGOES PARA A REALIZAGAO DA REDAGAO. NOME: LOCAL DE PROV: DATA: 17/08/2008 INSTRUGGES AOS CANDIDATOS: Abra este caderno de prova somente quando autorizado. 2. Esta prova contém 40 (quarenta) quasioes. vaiondo 3,75 (és virgula setema © cinco) pontos cada o as orientagdos para a roalizacao da rodagao. 3. Approva | (Prova abjetiva) teré 0 valor de 150 (cento e cinguenta) pontos ¢ a prova II (redagao)teré 0 valor de 80 (oitenta) pontos 4. 0 tempo maximo permitico para a realizagao das provas | @ ll sera de 4 (quatto) horas incluindo o preenchimento da folna do respostas @ a transcricao da redacao. 5. A tolha do respostas da prova I sord rocolhida do todos os candidatos apés 3 (trés) horas de prova, ¢ o presente cademo de questées sera recolhido quando da saida do candidato da sala de aula, 6. Prova som consulta, 7. Rosponda as quostdos © marque a opedo dosojada na folha de rospostas, usando caneta (tinta azul ou prota). 8. Para cada questdo existe somente uma resposta 9. Nao sera admitido nenhum tipo de rasura na folha de respostas. AS questbes rasuradas ou om branco ou com dupla marcagao serao considoradas nulas para 0 candidato, 10. E proibido 0 uso de méquinas calculadoras, telefones celulares ou outs similares. 11. Inieladas’ as provas, os candidatos somente padorao deixar a sala, ea esta ‘otornar, oxclusivamonte para uso do sanitarios ou bobodouros, somonto no intervalo de tempo sbrangido dentro da segunda hora de realizagao das provas, ou seja, das 10:00 hs, e devidamente acompanhados por fiscal do concurso. 42, Ao final da prova, entiegue ao aplcador a folha de resposias, devidamente preenchid, assinada o conforida, bom como a redacao. SALA: LINGUA PORTUGUESA Fofocas e celebridades Na manha de segunda-feira, quando comecei a escrever esta coluna, trés das cinco noticias mais lidas da Foina Online poderiam ser consideradas fofoca: "Daniel deixa equipe da Record irritada” (2° lugar), "Ministério abre processo contra danga erdiica de Flavia Alessandra” (4° lugar) © *Meia Kaké, do Milan, vai ser pai” (6° lugar). As duas noticias “de verdade” eram: *Governador interdita Fonte Nova ¢ lamenta acidente em nota oficial" (12 lugar) e "Policia divuiga nomes de sete mortos na tragédia da Fonte Nova" (3? lugar). Arrisco dizer que, se n&o houvesse a catéstrofe quentinha do desabamento do estado, mexericos ocupariam ainda mais espaco. Mas 0 que so exatamente fotocas e por que elas provacam tanto fascinio? E dificil até mesmo conceituar esse termo. Os dicionérios que consultel trazem todos, ainda que com ciferentes graus de énfase, detinigdes pouco abonadoras. Na melhor das hipdteses pintam-no como afirmacao nao-baseaca em tatos; na pior, come cite malicioso, intriga. Receio que ambas as significagdes fiquem muito aquém da verdadeira insttuigao que é a bisbilhotice. Para comecar, trata-se de um universal humano, isto ¢, esta presente em todas as cuituras de que se tem conhecimento. Onde quer que existam trés ou mais pessoas, haverd fofoca Nao ¢ dificil especular (verbo que, no fundo, 6 um dos sinénimos de fofocar) sobre a origem do habito. Somos seres gregarios dependentes do altruismo reciproco, S6 que nem todos os representantes da espécie apresentam a mesma propenséo a colaborar. Assim, antes de dividir com alguém aquele flé de brontossauro (calma, gente, 6 s6 uma piada; nao estou sugerindo que humanos ¢ apatossauros conviveram) a duras penas oblido, preciso saber se esta pessoa é confidvel, ou sela, se estard disposta a devolver a gentileza quando eu pasar por dificuldades. Aiguns milénios lidando com a necessidade de coletar e manter informagdes sobre o cardter de cada membro do cl e da aldcia bastaram ara nos tornar fofoquelros profissionais. Verdadeiras sucursals da Abin, perseguimos com avidez dados sobre as pessoas. E vamos buscé-los Onde eles estéo disponiveis, isto é, com as vizinnas (a flexao no feminino & melo machista, admito, mas nem por isso menos teal). Se os "dossiés” so 0U nao precisos 6 uma outra questéo, menos importante. 86 que as aldelas cresceram e viraram cidades, algumas das quais depois se converteram em metpoles. Nao perdemos 0 habito de comentar a vida alhela, apenas 0 direcionamos a grupos mais especiticos como as celebridades. cuja principal funcao 6 justamente a de ter suas 3 vidas transformadas em espetéculo para que possamos difamé-las ou, mais raramente, louvar-Ihes as virtudes. E ai que entra uma outra importante caracteristica da mexeriquice. Além de nos municiar com informacées potenciaimente valiasas, ela ajuda a reforgar os vinculos socials entre os mombros da comunidade. Isso pode parecer paradoxal, sobreludo se vocé é objeto da maledicéncia, mas um interessante trabalho de Robin Dunbar, do University College, de Londres, mostra que humanos decican em média 60% do tempo de suas conversacées a fulricas. A hipotese do antropdiogo € que, com o advento da linguagem, a fofoca substituiu @ catacdo de piolhos que, entre primatas ndo-humanes, constitui a principal atividade social. € através da limpeza de pelagem que se aprende, por observacao direta, quais membros da comunidade tendem a colaborar e quais néo, quem’ devolve um favor & quem ndo é confidvel, e, a partir dai, se forjam as aliangas e coalizées. Dunbar vai além e sugere que 0s grupos humanos sé puderam crescer em tamanho porque redes de intrigas possibilitadas pela linguagem tomaram o lugar da catagéo. & que a fofoca maximiza 0 numero de relagdes que cada membro da comunidade pode manter com outros. Esse dado € consistente com a corrclacéo positiva encontrada entre © volume neocortical e o tamanho do bando, Humanos poderiam relacionar-se com até 150 pessoas formando ainda grupos estaveis. Populagées maiores tenderiam a dlvidi-se. HA outros aspectos Interessantes da fofoca. Pessoalmente, gosto de seu carater subversivo. E inegavel que ela representa poder, um poder informal e anénimo, 0 que 0 torna virtualmente incontrolavel. Um rumor, mesmo que infundado, pode fazer ruir a mais sélida instituigéo bancaria. A verséo se torna maior do que 0 fato. E nao podemos desprezar © papel que as piadas anticomunistas tiveram na queda dos Estados-satéiites da URSS. Eram as anedotas @ respeito das filas, da caréncia de produtos € da tepressao, espalhadas pelas mesmas redes informais dos mexericos, que indicavam & populagao que os regimes cram menos sdlidos do que a propaganda oficial fazia supor. Acho que seria exagero afirmar que a fofoca derrubou Muro de Beriim, mas acho que dé para dizer que, sem 0 livre fluxo de informagao por ela canalizado, os controles dos burocratas teriam funcionado melhor. Nao & toa que a fofoca, definida como “ma lingua’ ("lashon hara* em hebraico), 6 condenada primeiro pelo judaismo (Levitico 19:16) e, a seguir, pelo cristianismo e pelo islamismo --o que me {2 ficar simpético a ela. Antes, porém, de langatmos a Internacional Revoluciondria das Comagtes vale lembrar que estamos diante de um poder ambiguo. A tagarelice também pode ser extremamente reacionaria, Se 0 senso comum ja tende a ser conservador, doté-lo de canals de propagagao informais © 4