P. 1
COMO A IASD GASTA O DINHEIRO

COMO A IASD GASTA O DINHEIRO

|Views: 741|Likes:
Publicado porT
'Ofertas de Sacrifício' para serem esbanjadas em viagens e etc. Milhões de dólares.
'Ofertas de Sacrifício' para serem esbanjadas em viagens e etc. Milhões de dólares.

More info:

Categories:Types, Research
Published by: T on Jul 19, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/25/2012

pdf

text

original

VEJA COMO A LIDERANÇA MUNDIAL ADVENTISTA GASTA O DINHEIRINHO SUADO DOS MEMBROS

:

ADRA:
No Brasil seria caso para ser tratado pelo Ministério Público !
Ontem passei em frente ao hospital Adventista de Artur Nogueira, SP e lembrei que há poucos anos ví as fotos da construção nas páginas do informe de recolta. (campanha de donativos) A pergunta é a seguinte: É lícito mostrar fotos de uma construção suntuosa, para pedir dinheiro da população, quando na realidade uma insignificante parte vai ser realmente usada para caridade ? Fotos da construção misturadas com fotos horripilantes de vítimas de penfigo, com a finalidade de evocar o sentimento nobre da população para arrecadar dinheiro. Todas essas são perguntas que poderiam interessar ao Ministério Público. As fotos do Hospital Silvestre durante décadas estiveram na capa do panfleto da ADRA (antes denominada, Obra Filantrópica Adventista) Em contraste com uma portaria luxuosa, tinham nos fundos uma porta onde uma vez por semana formavam uma fila de gente da favela ao lado, e distribuiam "amostras grátis" enviadas por laboratórios. (um médico fazia uma consulta de menos de 2 minutos, estando o paciente ainda em pé na fila, onde todos podiam ouvir o diálogo paciente-médico) No Hospital Silvestre, tinham uma enfermaria coletiva onde internavam os que não podiam pagar, mas a conta tinha que ser paga pela Sociedade de Dorcas da igreja de origem do paciente.

Nos Estados Unidos onde a lei é mais dura, o golpe é mais refinado.
Não mostram fotos de nenhum hospital Adventista, pois os magnatas de Silver Spring veriam o "sol nascer quadrado" por entre as grades de algum presídio de segurança máxima. Lá, distribuem aos milhões, uma revistinha chamada ATODAY com as fotos de missionários laranjas da ADRA espalhados pelo mundo, em supostas missões sociais. Missionários da ADRA fazendo poços artesianos na África, cuidando de hortaliças em paises da America Central, ou fazendo tijolos no Paraguai, supostamente para construir escolas, etc, etc. O que lhe parece mandar um americano "voluntário assalariado, ganhando em dólares", utilizando uma passagem de mais de mil dólares e hospedado num hotel de várias estrelas, ir ao Paraguai para fazer tijolos ? Não seria mais barato comprar os tijolos na primeira casa de material de construção ? Parece absurdo, mas existe uma razão forte para todo esse paradoxo. Um amigo meu (amigo do Ennis) foi ao Kenya e outros paises fazer poços artezianos ! Quando lá existem dúzias de grandes e pequenas empresas especializadas nesse ramo. Esse amigo (argentino/americano) estava próximo à Conferência Geral em Silver Spring, quando encontrou um dos diretores da ADRA, seu conhecido. - Como vai, o que está fazendo, etc. etc. (disse que estava desempregado)

Você quer ir para a África como técnico em poços artesianos ? - O que é isso, perguntou o argentino/americano ? - O diretor da ADRA disse: Passe no meu escritório, entregando-lhe um cartão de visitas. Em poucas semanas o meu amigo argentino/americano estava embarcando com a mulher e duas filhas para Nayrobi, no Kenia, como técnico em poços artezianos. Quando chegou em Nayrobi, já tinha esperando uma casa e um automóvel. Na realidade, o "missionário laranja" vai lá tirar fotos ! --- Contrata uma firma local especializada em poços artesianos, veste um macacão sujo e tira fotos para serem publicadas no ATODAY. Na foto vai ter a seguinte inscrição: " Diretor da ADRA no Kenia fazendo poços artesianos" --- ainda nas fotos aparecem vários meninos bebendo água pura jorrando do poço ! (não se refere a foto exposta) Essa revista é distribuida a milhões de contribuintes do INCOME TAX (imposto de renda) e as doações são deduzidas dos impostos à pagar. Na realidade os contribuintes do INCOME TAX (sou um deles e por isso tenho direito de reclamar) são ludibriados por "missionários laranjas da ADRA" que viajam pelo mundo tirando fotos em funções sociais fictícias. (fazem alguma obra social com o dinheiro da Departamento de Estado, mais visando não terem as contas glosadas pela auditoria) Faz poucos anos, estive visitando uns 20 pavilhões da ADRA em Washington, instalados em frente ao Congresso Americano. A intenção principal era que os congressistas vissem e votassem uma verba maior que os 66% que a ADRA já recebe do Departamento de Estado. Não havia siquer menção de algum hospital Adventista, e sim modelos de favelas em diferentes paises pobres do mundo. (em tamanho real) Uma gentil senhorita me mostrou como seria uma favela no Rio de Janeiro, Brazil, como se eu nunca tivesse visto ! O link abaixo é a reapresentação de páginas anteriormente mostradas aqui, podendo haver alguma repetição.

Clique aqui:
Veja as denúncias contra a ADRA do maior jornal dos Estados Unidos: Los Angeles Times com 4 milhões de leitores diários.
O dinheiro recolhido pelas igrejas Adventistas nas ruas das cidades, representa menos de 25% do orçamento anual da ADRA e serve apenas para "tapar o buraco" das notas recusadas pelo Departamento de Estado Americano, que chagam a 5 milhões de dólares gastos em "representações" conforme o Los Angeles Times, visto no link acima. Copiado do jornal: (Link acima) "Since 1994, government auditors have questioned nearly $5 million in ADRA billings for public relations" (Desde 1994 auditores do governo (americano) tem questionado contas no valor de 5 milhões de dólares, de gastos em relações públicas) 25% é uma estimativa, tendo em vista que a ADRA ainda recebe fundos do governo canadense e japonês. (66% só do Departamento de Estado Americano)

http://www.adventistas.ws/pagina2345.htm

Mais aviões na Andrews University do que em todos os campos missionários do mundo !
Os sonhos de criança e o hobby do Presidente da Conferência Geral - Roberto S.
Folkenber, custaram milhões de dólares ! (só o campo de aviação de 2 pistas é avaliado em 30 milhões de dólares) Mais, um teatro de 14 milhões de dólares, construido com dinheiro arrecadado até pela Internet, são algumas das extravagância de uma administração que na CG de Toronto o lema era: "Mais perto do Lar". Será que eles acreditam, que realmente Jesus está para voltar ? O que você acha ? (uma pregação para conseguir o seu dinheiro, e outra na hora de aplicar o dinheiro)

(reapresentação) http://adventistas.ws/aviao.htm

Neal Wilson embora aposentado, atua politicamente por trás dos batidores. Desempenhou um papel de comando na deposição de Roberto S. Folkenberg. (seu desafeto que lhe frustrou um terceiro mandato) O Los Angeles Times (jornal de maior circulação nos Estados Unidos) o acusa de intervir em favor da empresa de um de seus filhos, no fornecimento de quipamentos milionários para o Loma Linda Hospital. O outro filho, Ted Wilson é um dos 6 vice-presidentes da Conferência Geral, e quem proibiu Ennis Meier de continuar a pesquisar nos arquivos e bibliotecas da Conferência Geral. Os hospitais, companhias de seguros, ADRA, fabricas de produtos alimentícios, e casas publicadoras, (serviços externos) são a "mina de ouro" onde se enriquecem as famílias que dirigem a IASD.

Vamos rever o caso do Hospital Chady Grove, que deu bonus de Natal de 8 milhões de
dólares para 2 administradores, redistribuirem entre os "figurões do comando". A Revista Adventista ainda veio em defesa do assalto ! Um escândalo que chamou à atenção do maior jornal da capital dos Estados UnidosWashington Post, televisão, mesas redondas, etc.etc.

Quando o maior salário dos acessores da Casa Branca (Presidência dos Estados Unidos) é de 150 mil dólares por ano, um hospital ADVENTISTA de subúrbio pagava 800 mil dólares por ano para funcionário que nem tinha curso universitário ! Um salário de engenheiro em indústria aeroespacial nos US é de aprox. 75 mil dólares por ano.

A Revista Adventista não nega as acusações do Washington Post, e apenas diz: "AHC leaders disputed the accuracy of some of the Post’s
allegations" Clique (em inglês) --- merece ser lembrado, aguardem.

VEJA ABAIXO:

Uma vista noturna da frota de aviões da escola de aviação comercial da Andrews University. Você pode contar 10 aviões, um segundo bimotor e mais o gigantesco Buffalo.

Mais aviões numa escola de aviação para servir as grandes companhias aéreas dos US, do que em todos os campos missionários da Igreja Adventista no mundo !
Um avião de carga Buffalo de 30 toneladas da Faculdade de Engenharia Superior

de Aviação e Pilotos Comerciais da Andrews University. Ainda possue uma escola avançada de mecânicos de aviação, que prepara técnicos e engenheiros em turbinas de aviões a jato.

Esse avião em vez de servir aos flagelados da África e áreas de desastres naturais,
serve a grandes companhias aéreas dos Estados Unidos. (veja embaixo o que copiamos do website da Andrews)

Veja mais de 12 aviões, inclusive 3 bimotores a serviço das bilionárias companhias
aéreas americanas ! A administração tem uma pista dupla de 1200 metros na Universidade de Andrews. Num ráio de 50 milhas tem 17 outros aeroportos. Esses aviões em vez de servirem a Obra, formam pilotos para a Boeing, USAir, Delta Airlines, etc.

Consta que existem servindo a obra, apenas 3 pequenos aviões Cessna, no Perú e
Guiana Inglesa. (como confirma o website oficial da Conferência Geral mostrado acima)

A Universidade de Maryland ao lado da Conferência Geral, tem um campo de

A serviço das bilionárias companhias

aéreas americanas !
(copiado do link embaixo)

Placement
Some of our graduates have been hired by the following organizations: • • • • • • • • • • Boeing Delta Air Lines Emery Air Freight Evergreen International Airlines Falcon Aviation McDonnell Douglas North American Rockwell Rocketdyne UsAir U.S. Forest Service

Copiado da webpage: http://www.andrews.edu/AVIA/maint-broch.html (Leo Ranzolin já se aposentou)

(link desativado)

O recado de Leo Ranzolin para uns renegados que recuperam aviões velhos para mandar para os campos missionários: Não esperem dinheiro da igreja.
"AWA will work closely with church leaders. Elder Ranzolin, Chairman of the GC Aviation Committee, sees AWA as "an arm of the church." GC Aviation Committee Secretary, Elder Colburn, states "the church is restricted in providing planes and pilots as a means for the advancement of the work in many parts of the world. There is much more to do than we have funds for. AWA should not look to the church for funding, but should link hands with the church and work together" (copiado do website: http://www.adventistworldaviation.org/ ) (link desativado) http://www.andrews.edu/~awa/frontpage.html (Website mantido por Marcio Costa que acreditamos ser do Brasil, mas nada está funcionando)

Trata-se de uma entrevista do diretor da AWA com Leo Ranzolin. A AWA é uma organização leiga da igreja Adventista que recupera aviões para mandar para campos missionários, sediada no aeroporto da Andrews University e vive de doações, fazendo campanha até no Brasil. As declarações são de Leo Ranzolin:

"AWA vai trabalhar junto com os líderes da igreja. O Pastor Ranzolin, Diretor da Conferência Geral do Grupo de Aviação vê a AWA como "um braço da igreja". Como o irmão Colburn afirmou "a igreja está limitada em poder fornecer pilotos e aviões como um meio para o avanço do trabalho em muitas partes do mundo. Há mais o que fazer que o dinheiro que temos. A AWA não deveria esperar por

Vista aérea de apenas uma das pistas e a pista de rolagem. Custa muitos milhões de dólares !

ANDREWS UNIVERSITY
LOCATION: 1.7 NM W BERRIEN SPRINGS Magnetic Var. 3° W Tel: (616) 471-1455 41° 57'15"N 86° 21'55"W

UNICOM - 122.7©

Flight Service Station LAN 800-WX-BRIEF

Right Traffic Traffic Pattern Altitude Field Elevation RWY 13 1700 MSL (1035 AGL) 665 MSL 21

From VOR (DME) Rad NM ELX AZO GIJ OXI 116.6 109.0 115.4 115.6 223° 15.7 246° 39.9 350° 11.4 019° 40.1

RUNWAYS RWY 13/31 : 4000 X 75 RWY 13 : 4000 LIRL REIL RWY 31 : 3000 (DT-120) LIRL, REIL RWY 03/21 : 2075 X 200 RWY 03 : 1462 (DT-613) NO LIGHTING - TURF RWY 21 : 1405 (DT-670) NO LIGHTING - TURF

Airport Remarks (All Times Local) Attended Sun-Fri 0800-dusk. PCL - 122.7: LIRL, REILs Rwy 13/31. Businesses at Airport - Area Code (616) LODGING: Village Inn 471-1254. ANDREWS UNIVERSITY ARPK, 471-1455, unicom-122.7, 8am-6pm daily, closed Sat., 8am-6pm Sun., summer-8am-8pm daily, closed Sat., 8am-8pm Sun. SERVICES: tiedown, hangar, deicing, aircraft parts, courtesy car, outside pay phone, preheat, APU, pilot supplies, pilot lounge, daytime parking-NC, overnight parking-$2.00. REPAIR SERVICES: Airframe: small, fabric; Powerplant: reciprocating; Avionics: repair. FUEL: Phillips, Octane - 80, 100LL. Credit Cards: MC, VISA, Phillips, Exxon, Discover. Aircraft Rental. Flight Instruction.

WARNING: This data provided as a courtesy only. Not for navigation or in-flight use.
Last updated 02/11/97

Segundo informação recente, no Perú já não tem mais nenhum avião voando e existiam 2 aviões em ilhas ao norte da Austrália, onde um veterano piloto adventista recentemente desapareceu no mar. (informação do ano 2004)

A cilada armada pelo Los Angeles Times e a "eminência parda" por trás da sucessão da Presidência na Conferência Geral. IASD a menos transparente financeiramente !!!

---

na época, o maior jornal dos Estados Unidos, com 4 milhões de leitores. (Não apareceu ninguém para nos ajudar a traduzir os artigos do Los Angeles Times, e por isso vamos traduzir todos os dias um pouco)

Um grupo de pastores e ex-administradores, aposentados e vivendo na
California, esteve por trás dos artigos publicados no Los Angeles Times, no final de 1999. Dizem que o grupo era liderado pelo ex-Presidente da Conferência Geral, Neal Wilson, cuja influência funesta ainda perdura, fezendo agora eleger o seu filho como Presidente da Conferência Geral: TED WILSON. Tratava-se de uma conspiração para derrubar o então Presidente Roberto S. Folquenberg. As informações fornecidas ao jornal por antigos administradores aposentados eram desmoralizadoras, e só conhecidas por gente que havia pertencido à alta administração Adventista. (Folkenberg, o rival que frustrou a Neal Wilson na sua pretenção de um terceiro mandato na Conferência Geral da Holanda --- depois que a comissão de nomeações veio com um novo nome, Neal Wilson ainda insistia que seu nome fosse levado à Assembléia para aclamação para um terceiro mandato) O jornal da Califórnia temendo as consequências jurídicas, decidiu armar uma cilada, para checar se as informações eram verdadeiras. Uma equipe do jornal se apresentou na Conferência Geral como interessada em fazer uma grande reportagem sobre obra Adventista, tal como estaria fazendo em outras religiões. A pesquisa durou 2 anos, sendo que a administração deu as boas vindas, e um irrestrito acesso às informações. A administração Adventista esperava ser uma fantástica divulgação para Igreja Adventista. Um belo dia, depois de 2 anos, o jornal publicou os resultados da pesquisa,

com chocantes conclusões !!! (as mesmas sugeiras levadas ao jornal pelos conspiradores que plenejavam derrubar o Presidente Folkenberg) O website da Conferência Geral embasbacado e atônito, e sem poder contestar a verdade das pesquisas, reagiu da seguinte maneira: "SÃO NOTÍCIAS

VELHAS".
Temos vários CDs em que guardamos páginas antigas do adventistas.ws, porém num programa que é incompativel com o programa usado atualmente e que não conseguimos abrir. --- Vamos tratar de resolver o problema técnico, e você vai ver quanta sugeira apareceu nas pesquisas do grande jornal americano. Sugeiras levadas ao jornal, pelo mesmo grupo revolucionário que se reuniu dias antes da queda de Folkenberg, no hotel Marriot, nas proximidades do aeroporto de Dulles, na Virginia. (40 km da Conferência Geral) O Presidente da Divisão Sul Americana, RUI NAGEL viajou do Brasil para estar presente nessa reunião de inconfidentes no Hotel Marriot, em que se tramou a derrubada do Presidente da Conferêencia Geral, Roberto S. Folkenberg. A sociedade de Folkenberg com Mr. Moore, um picareta que agia nas instituições de beneficiência da Igreja Católica, e que tinha cumprido 2 anos numa penitenciária, foi apenas um pretexto para derrubar o Presidente Folkenberg. Tudo se resumia na Luta pelo Poder de 2 vertentes rivais na Igreja Adventista, que de um lado era orquestrada por Neal Wilson. (o introdutor da Trindade na IASD por um magistral estelionado eclesiástico) Ennis Meier na ocasião morava a menos de 2 km da Conferência Geral, e o Washington Post (maior da jornal da capital) era uma das melhores fontes de informações sobre o escândalo que se abatia sobre a administração da Igreja Adventista. Uma informação do jornal que mais me chamou à tenção, foi que a Igreja Adventista entre todas as igrejas protestantes, era a menos transparente nas questões financeiras. As AUDITORIAS são feitas pelos próprios dirigentes, em que os membros não participam, ou jamais tem acesso !!! --- apenas publicam os grandes números.

A mesma coisa que amarrar cachorro com linguiça !
Isto só acontece na Igreja Católica e igrejas não tradicionais.
(aguarde, vamos continuar)

Mais detalhes: (em inglês) http://www.atoday.com/magazine/2002/03/folkenberg-resigns

A administração é corrupta, desviando o dízimo para compra de Ações da Bolsa de New York, (212 milhões de dólares só no ano de 2009) para fazer lastro e aumentar os lucros de Companhias de Seguro, em que os Administradores Adventistas se enrriquecem. Os hospitais Adventistas nos Estados Unidos foram transferido legalmente para uma gangue de pastores/ladrões, (apenas testas de ferro) que só em um hospital, e de uma só vez, foram pagos como bonus de Natal a dois funcionarios, 8 milhões de dólares. (TESTAS DE

FERRO).

5 aviões em todos os campos missionários do mundo, e 12 aviões na Andrews, e o mais moderno simulador de vôo, para treinar pilotos para as grandes companhias aéreas americanas.

Alfred McClure Presidente da Divisão Norte Americana (falecido), declarou na Revista Adventista:
(referindo-se ao pagamento de bônus de milhões de dólares pelos hospitais Adventistas)

T" There may some instances where church's responsibility [and authority] was lost to far- too-great a degree," he said. "

("Existem algumas instâncias em que a responsabilidade da igreja, [e autoridade] foi perdida para uma forma distante, e em gráu muito grande, " disse ele.)

ELLEN WHITE, foi o pretexto para doar os Hospitais Adventistas dos Estados Unidos para uma corja de ladrões:
Lá pela década dos anos 80 os médicos dos Hospitais Adventistas nos US fizeram uma ameaça de pedir demissão coletivamente, pelos baixos salários. Cabe esclarecer que a profissão de médico é muito bem remunerada nos US. Mas, há uma recomendação de Ellen White que o salário do médico deve ser igual ao do pastor evangelista. Baseados neste pretexto, e para não entrar em choque com Ellen White desvincularam juridicamente os hospitais adventistas formando 5 empresas "sem fins lucrativos", onde restou uma distante autoridade da igreja poder apenas nomear o diretor geral destas 5 empresas. --- Porém, sem nenhuma outra prerrogativa administrativa. Como resultado imediato, a Igreja Adventista perdeu o controle dos hospitais. Não pode receber nenhum centavo desses hospitais, que por declaração em concorrências o faturamento líquido é maior do que todos os dízimos a nível mundial.

2 bilhões de dólares anuais !
O lucro dos hospitais é distribuido entre os administradores em forma de bônus de milhões de dólares. Não obstante, os bônus distribuidos aos "testas de ferro" voltam para os administradores da igreja que votaram no diretor geral dos hospitais.

Assim se fecha o círculo vicioso da corrupção ! "Kickback"
É importante lembrar, que Alfred McClury - na época Presidente da poderosa Divisão Norte Americana, que funciona no mesmo prédio da Conferência Geral, em Silver Spring, foi denunciado pelo jornal LOS ANGELES TIMES (maior jornal dos Estados Unidos), de levar a mulher em viagens ao redor do mundo, exercendo cargos fictícios e com salários pagos por um fundo de estudantes pobres. O próprio Alfred McClury foi acusado pelo jornal, por obter da igreja empréstimos de centenas de milhares de dólares, ... SEM JUROS ! (nem prazo para devolver)

Veja:
http://www.adventistas.ws/ADRA07.htm "ADRA - Braço Direito da Obra" !

"Notícias velhas" manchete do dia 14 de agosto de 1998 do
website da Conferência Geral !
(referindo-se cinicamente ao jornal Los Angeles Times)
http://www.adventistas.ws/latimes2.htm Jornal denunciando os desvios financeiros de Alfred McClury e Roberto S. Folkenberg. (os 2 mais altos dignatários da IASD)

Se você deseja obter uma cópia direta do Los Angeles Times, é muito
fácil: (precisa cartão de crédito internacional)
How can I buy a back copy of The Times?
Los Angeles Times subscribers can call customer service at (800) 252-9141 to request a back issue and have it charged to their home delivery accounts. The current cost for subscribers is $4 for Sundays, $2 for the daily. If you are not a subscriber, you may either mail your request along with a check, money order or credit card information to: Los Angeles Times, 202 W. First St. Los

Angeles, CA 90012; attn: Back Issues; or fax your request with your credit card information to (213) 237-4720. Please include your name, card expiration date and the number of copies you wish to receive. The current cost for non-subscribers, which includes shipping and handling, is $10.75 for Sundays and $6.25 for the daily.

http://latimesblogs.latimes.com/readers/2007/12/post.html

Roberto S. Folkenberg ex- presidente da Conferência Geral.
Muitos lembram do seu sócio católico Mr.Moore, exigindo milhões de dólares como
pagamento de dívidas, e ameaçando publicar detalhes das atividades comerciais do Presidente. --- Lembram das viagens internacionais do Presidente Folkenberg tentando fazer empréstimos particulares de membros abastados da igreja, sendo que até um conhecido empresário brasileiro (MAS – Milton Afonso Sodani ) foi importunado.

Colocamos aqui no adventistas.ws as imagens do avião Cessna de 10 lugares, avião
particular de mais de 1 milhão de dólares (segundo a PRAXE o Presidente não ganhava mais que 10 mil dólares ao mês). Um "Presidente Visionário" Mandou fazer na Universidade de Andrews uma escola superior de aviação, com instalações ao custo de centenas de milhões de dólares, para formar pilotos para as grandes companhias aéreas americanas, quando a obra não tem mais que 5 aviões em todos os campos missionários do mundo !

Veja: http://adventistas.ws/aviao.htm
VIDEOS da escola de aviação e aeroporto da Andrews University:
http://www.youtube.com/watch?v=EOvnz5PHo6w http://www.youtube.com/watch?v=E_LYQgTW2Dk http://www.youtube.com/watch?v=ZhTt8Apkw0I&NR=1

Um deboche ao seu dízimo:

Mais aviões na Andrews University, do que em todos os campos missionários adventistas do mundo !!! (5 ou 6)
Ennis Meier, falando do que entende:
Nos Estados Unidos há muitas academias de ensino formando pilotos: Pilotos para as companhias aéreas americanas; e pilotos pelo simples prazer de saber voar. Estas escolas de pilotagem sempre operam baseadas num campo de aviação municipal, compartilhado por outras escolas de pilotagem, e atividades relativas à indústria aeronáutica. Dificilmente haverá uma escola de aviação que seja proprietária de um aeroporto exclusivo. ---

Pelo tamanho de uma pista de pouso e seu elevado custo, e principalmente por ser uma fonte secundária de pilotos para a aviação comercial. Os pilotos da aviação comercial, (aviões grandes) geralmente provém da US AIR FORCE, porque ninguém pode competir com um piloto que tem 2 ou 3 mil horas em modernos jatos de guerra, e que não pagou um dólar por isso. Quem pensa seguir a carreira de piloto comercial, mesmo com 1000 horas de vôo num Cessna 172 ainda tem pouca chance de competir com veteranos da aviação militar americana. Uma academia de aviação particular, em geral serve a que sonhou algum dia poder voar, pelo prazer de voar. Uma pista de pouso custa uma fábula ! --- (milhões de dólares) e deve ter no mínimo 1200 metros, para aviões pequenos (Cessna 172). --- Sem contar a área de aproximação, pistas de rolagem, e hangares.

A Escola Superior de Aviação da Andrews University (adventista) sob o ponto de vista econômico é um "elefante branco" : fica numa área de alto valor
imobiliário. Num raio de 50 milhas, tem 27 aeroportos homologados, não obstante se dá o luxo de ter um aeroporto próprio. Tem equipamento para pouso por instrumentos; uma frota de mais de 10 aviões e 2 modernos links de treinamento, importados da França.. Até pouco tempo, Leo Ranzolin era o Comandante-chefe (Chairman) de Aviação da Conferência Geral. (era tembém o chefe do Departamento de SEXO, representante na United Nations e outras figurinhas mais) Alguém pode dizer (como sempre), que esse dinheiro não veio do seu dízimo, igual como o Teatro Musical da Andrews de 14 milhões de dólares, tudo vem de doações ! --- Mas, essas afirmações estão sempre longe da verdade. Quem doou o Superbom ? Cresceu sozinho e agora a Divisão teve que entrar com 2 milhões de dólares (5 milhões) para não ir à falência ! --- O dízimo corresponde a 90% das entradas da corporação, e no fim serve até para pagar o salário de quem faz a limpeza. Em anos recentes o aeroporto da municipalidade Gaithersburg, Maryland repavimentou a sua única pista (32:14 de 1200 metros) e custou milhões de dólares. --- Fica numa área de baixo valor imobiliário, e não tem aproximação por instrumentos. É um dos melhores aeroportos de pequeno porte, de toda região. (20 km da Conferência Geral) - Pertence a municipalidade de Gaithersburg, MD., uma cidadezinha rica distante 50 km de Washington DC. O aeroporto da Andrews University não serve a nenhuma linha aérea regional, sendo usado exclusivamente por sua Escola Superior de Aviação, e como estacionamento de aviões dos moradores da visinhança.

O sonho megalomaniaco de um Presidente da Conferência Geral com o seu dízimo !

VEJA MAIS:

A corrupção econômica nos hospitais Adventistas terminou em PIZZA !
O diretor da Revista Adventista, WILLIAM G. JOHNSSON e o presidente da Divisão Norte Americana. Alfredo McClure, garantiram que as bonificações eram razoáveis. (fizeram comparações com Bill Gates) O presidente da Conferência Geral, Jan Paulsen, observava imperturbável tudo de longe. Um hospital em dificuldades financeiras ficou 90 dias sob risco de ser fechado, pela ameaça do "Social Security" romper os contratos, pelas irregularidade encontradas nos serviços hospitalares.

4.74 milhões de dólares de bonificação para o administrador Bryan Breckenridge 3.1 milhões de dólares de bonificação para o administrador Edmund R. Peters. Cory Chambers vice presidente executivo do hospital ganhou 815.000 dólares em 1996 842.000 no ano de 1998 (não é médico, apenas administrador)
"In 1996, Breckenridge, for example, was receiving $416,000 in total pay--equal to the highest pay in the surveys--but his compensation for that year was increased to $716,000. "

Veja o escândalo no maior jornal da capital dos Estados Unidos: http://www.adventistas.ws/veja345.htm NOTA: Este é apenas um exemplo, mas entre hospitais e casas de saúde adventistas são 40 por todos os Estados Unidos.

http://www.adventistas.ws/seguinteindex.htm

E DEPOIS AQUI NO BRASIL, ELES AINDA TIRAM DINHEIRO DO POVO, MANDANDO BOLETOS BANCÁRIOS OU POR INTERNET, PARA AJUDAR NO “ANJOS DA ESPERANÇA” – QUE FINANCIA VIAJENS TURÍSTICAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, A PRETEXTO DE “PREGAREM” ... MAS VOLTAM DESSAS VIAJENS CHEIOS DE ‘SOUVENIRS’ E CONTANDO INFORMAÇÕES TURÍSTICAS DOS LOCAIS QUE VISITAM.
QUANTO DEBOCHE!!! E AINDA TEM GENTE QUE ACREDITA NO ‘CRISTIANISMO BARATO’ DESSA GENTE!!!

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->