Você está na página 1de 4

1

Licenciatura em Matemática Transmissão: 11/10/07 (quinta-feira)


Álgebra Linear II

Planejamento:
Montagem: Liliane Revisão:_________________

Aula 3.3 P3 / Anselmo Tempo: 20:45 / 21:50 (1h 5’)

1.

Unidade 03: Transformações lineares e matriz mudança de base.


Tema 06: Transformações Lineares.
Objetivo: Definir e aplicar os conceitos para determinar o núcleo e imagem de uma
transformação linear.

2. Arte
Núcleo de T.L
Definição
Seja T : V → W uma transformação linear, o conjunto de todos os vetores v ∈ V tal que
T (v) = 0W , chamado núcleo
{v ∈ V |T (v) = 0W }
KerT ou N (T )
Kert = {v ∈ V | T (v) = 0W } ou N (T ) = {v ∈ V | T (v) = 0W }

V W

T
K erT 0•

3. Arte
Aplicação
Determine o núcleo da transformação linear T : R → R definida por
2 2

T ( x, y ) = ( x + y , x − y ) .

4. Arte
Solução
KerT = {( x, y ) ∈ R 2 | T ( x, y ) = (0, 0)}
T ( x, y ) = ( x + y, x − y ) = (0, 0)
⎧x + y = 0
⎨ ⇒x = y =0
⎩x − y = 0
KerT = {(0, 0)}

5. Arte
Aplicação

Álgebra Linear II Aula 3.3 Lourenço


2

Determine o núcleo da transformação linear T : R → R definida por


2 2

T ( x, y ) = ( x − y, 0) .

6. Arte
Solução
KerT = {( x, y ) ∈ R 2 | T ( x, y ) = (0, 0)}
T ( x, y ) = ( x − y, 0) = (0, 0) ⇒ x − y = 0 ⇒ x = y
KerT = {( x, x); x ∈ R}

7. Arte
Núcleo de T.L
Observações
1) T : V → W uma T.L
Kert = {v ∈ V | T (v) = 0W } ≠ ∅
T (0V ) = 0W
8. Arte
Núcleo de T.L
Observações
2) Sendo T : V → W uma T.L e KerT = {v ∈ V | T (v) = 0W } é o núcleo de T . Mostre que
o núcleo é um subespaço vetorial de V .
∀ u, v ∈ KerT e ∀ β ∈ R tem-se:
I ) T (u + v) = T (u ) + T (v) = 0 + 0 = 0 ⇒ u + v ∈ KerT
II ) T ( β u ) = β T (u ) = β .0 = 0 ⇒ β u ∈ KerT

9. Arte
Núcleo de T.L
Observações
3) KerT um subespaço vetorial ⇒ dim KerT ≤ dim V

10. Arte
Aplicação
Seja T : M 2×2 ( R ) → M 2×2 ( R ) uma transformação linear definida por
⎡x y⎤ ⎡x − z y + z⎤
T (⎢ )=
t ⎥⎦ ⎢⎣ t t ⎥⎦
.
⎣z
a) Determine o ker T .
b) Determine uma base para o núcleo.

11. Arte
Solução a
⎧⎛ x y ⎞ ⎛ x y ⎞ ⎛ 0 0 ⎞⎫
ker T = ⎨⎜ ⎟ ∈ M 2×2 (R) | T (⎜ ⎟) = ⎜ ⎟⎬ .
⎩⎝ z t ⎠ ⎝ z t ⎠ ⎝ 0 0 ⎠⎭
⎛ x y ⎞ ⎛ x − z y + z ⎞ ⎛0 0⎞
T (⎜ ⎟) = ⎜ ⎟=⎜ ⎟
⎝z t ⎠ ⎝ t t ⎠ ⎝0 0⎠
⎧x − z = 0

⎨ y + z = 0 ⇒ x = z, y = − z e t = 0
⎪t = 0

Álgebra Linear II Aula 3.3 Lourenço


3

⎧⎛ x y ⎞ ⎫
ker T = ⎨⎜ ⎟ ∈ M 2×2 (R) | T ( A) = 0 M 2×2 ( R ) ⎬
⎩⎝ z t ⎠ ⎭
x = z, y = − z e t = 0
⎧⎛ z − z ⎞ ⎫
ker T = ⎨⎜ ⎟ ; z ∈ R⎬
⎩⎝ z 0 ⎠ ⎭
12. Arte
Solução b
⎧⎛ x − x ⎞ ⎫
ker T = ⎨⎜ ⎟ ; z ∈ R⎬
⎩⎝ x 0 ⎠ ⎭
⎛ x − x ⎞
u =⎜ ⎟ ∈ ker T
⎝x 0 ⎠
⎛ x −x ⎞ ⎛1 −1⎞
u =⎜ ⎟ = x⎜ ⎟
⎝x 0 ⎠ ⎝1 0 ⎠
⎡ ⎛ 1 −1 ⎞ ⎤
⎢⎜ ⎟ ⎥ = KerT
⎣⎝ 1 0 ⎠ ⎦
⎧⎛ 1 −1⎞ ⎫
⎨⎜ ⎟ ⎬ é uma base para o KerT .
⎩⎝ 1 0 ⎠⎭

13. Arte
Imagem de uma T.L
Definição
Seja T : V → W uma transformação linear. A coleção de todos os vetores de W tais que
esses vetores estão relacionados com algum vetor de V é chamado da imagem da
aplicação T , ou seja,

V W

T
Im T

C ontra-dom ínio

Conjunto
D om ínio Imagem

Im(T ) = {w ∈ W | T (v) = w para algum v ∈ V }m

14. Arte
Aplicação

Álgebra Linear II Aula 3.3 Lourenço


4

Seja a transformação linear T : R → R definida por


3 3
T ( x, y, z ) = ( x, 2 y, z ) . Determine a
imagem de T .

15. Arte
Solução
T ( x , y , z ) = ( x, 2 y , z )
T ( x, y, z ) = ( x, 2 y, z ) = ( x, 0, 0) + (0, 2 y, 0) + (0, 0, z ) =
x(1, 0, 0) + y (0, 2, 0) + z (0, 0,1)
[(1, 0, 0), (0, 2, 0) e (0, 0,1)] = Im (T ) {(1, 0, 0), (0, 2, 0), (0, 0,1)} é L.I
{(1, 0, 0), (0, 2, 0), (0, 0,1)} é uma base para Im (T )
dim Im(T ) = 3 = dim R 3 Im(T ) = R 3 ⇒ Im(T ) = R 3

16. Arte
Aplicação
Seja a transformação linear T : R → R definida por
2 3
T ( x, y ) = ( x, y, 0) . Determine a
imagem de T .

17. Arte
Solução
Im(T ) = {T ( x, y ) ∈ R 3 / ( x, y ) ∈ R 2 }
T ( x, y ) = ( x, y, 0)
T ( x, y ) = ( x, y, 0) = ( x, 0, 0) + (0, y, 0)
T ( x, y, z ) = x(1, 0, 0) + y (0,1, 0)
[(1, 0, 0) , (0,1, 0) )] = Im(T )
{(1, 0, 0), (0,1, 0)} é uma base para Im(T )
dim Im(T ) = 2

18. Arte
Imagem de uma T.L
Observações
T : V → W uma T. L
1− Im(T ) = {w ∈ W | T (v) = w para algum v ∈ V }m
≠∅
T (0) = 0 .
2 − Im(T ) = {w ∈ W | T (v) = w para algum v ∈ V }mé um subespaço vetorial de W .
3 − Sendo Im(T ) um subespaço.

Tira Dúvidas Tempo: 21:50 /22:00 (10’)

Álgebra Linear II Aula 3.3 Lourenço