Você está na página 1de 5

1

Licenciatura em Matemática Transmissão: 19/10/07 (sexta-feira)


Álgebra Linear II

Aula 8.2 P2 / Audemir Tempo: 19:20 / 20:25 (1h05’)

1.

Unidade 04: Polinômio característico e diagonalização.


Tema 09: Polinômio característico de uma matriz.
Objetivo: Determinar o polinômio característico de uma matriz.

2. Arte
Polinômio característico de uma matriz
Definição
[ ]
Seja A = aij uma matriz quadrada de ordem n . A matriz M = A − tI n ,
onde I n é a matriz identidade de ordem n e t é uma incógnita, pode ser obtida
subtraindo-se t de cada elemento da diagonal de A.
Definimos o polinômio característico p(t) da matriz A por
p(t ) = det (M ) = det ( A − tI n )

3. Arte
Polinômio característico de uma matriz
Teorema
Toda matriz A é raiz de seu polinômio característico.

4. Arte
Polinômio característico de uma matriz
Demonstração:
Temos p(t ) = det (M ) = det ( A − tI n )
Provar que p ( A) = 0 .
p(t ) = det ( A − tI n ) basta substituirmos t por A
p ( A) = det ( A − AI n ) = det ( A − A)
p ( A) = 0

5. Arte
Aplicação
⎡1 3⎤
Determine o polinômio característico da matriz A = ⎢ ⎥.
⎣2 5⎦
6. Arte
Solução
p(t ) = det ( A − tI 2 )
⎛ ⎡1 3⎤ ⎡1 0⎤ ⎞
p(t ) = det⎜⎜ ⎢ ⎥ − t ⎢0 1⎥ ⎟⎟
⎝ ⎣ 2 5 ⎦ ⎣ ⎦⎠
⎡1 − t 3 ⎤
p(t ) = det ⎢ ⎥
⎣ 2 5 − t⎦
p(t ) = (1 − t )(5 − t ) − 6
p(t ) = t 2 − 6t − 1

Álgebra Linear II Aula 8.2 Audemir


2

7. Arte
Aplicação
⎡1 1 2 ⎤

Determine o polinômio característico da matriz A = 0 3 2 .

⎢ ⎥
⎢⎣1 3 9⎥⎦

8. Arte
Solução
p(t ) = det ( A − tI 3 ) :
⎛ ⎡1 1 2⎤ ⎡1 0 0⎤ ⎞
⎜ ⎟
p(t ) = det⎜ ⎢⎢0 3 2⎥⎥ − t ⎢⎢0 1 0⎥⎥ ⎟
⎜ ⎢1 3 9 ⎥⎦ ⎢⎣0 0 1⎥⎦ ⎟⎠
⎝⎣
⎡1 − t 1 2 ⎤
p(t ) = det ⎢⎢ 0 3−t 2 ⎥⎥
⎢⎣ 1 3 9 − t ⎥⎦

p (t ) = t 3 − 13t 2 + 31t − 17

9. Arte
Aplicação
⎡5 − 2 6 − 1⎤
⎢0 3 − 8 0 ⎥
Determine o polinômio característico da matriz A = ⎢ ⎥.
⎢0 0 5 4⎥
⎢ ⎥
⎣0 0 0 1⎦

10. Arte
Solução
p(t ) = det ( A − tI 4 )
⎛ ⎡5 − 2 6 − 1⎤ ⎡1 0 0 0⎤ ⎞
⎜⎢ ⎟ ⎛5 − t − 2 −1 ⎞
⎥ ⎢ 0⎥⎥ ⎟
6
⎜ 0 3 − 8 0 ⎥ ⎢0 1 0 ⎜ ⎟
p(t ) = det⎜ ⎢ −t ⎜ 0 3 − t − 8 0 ⎟
⎜⎢
⎢0 0 5 4 ⎥ ⎢0 0 1 0⎥ ⎟⎟ p(t ) = det⎜ 0 0 5−t 4 ⎟
⎜ 0 0 ⎥ ⎢ ⎥⎟ ⎜
⎜ 0

⎝⎣ 0 1 ⎦ ⎣0 0 0 1⎦ ⎠ ⎝ 0 0 1 − t ⎟⎠
p(t ) = (5 − t )(3 − t )(5 − t )(1 − t )
p (t ) = t 4 − 14t 3 + 68t 2 − 130t + 75

11. Arte
Matrizes semelhantes
Teorema
Matrizes semelhantes possuem o mesmo polinômio característico.

12. Arte
Matrizes semelhantes
Demonstração
A e B matrizes semelhantes, B = PAP −1 , onde P é inversível.

Álgebra Linear II Aula 8.2 Audemir


3

tI = PtIP −1
pB (t ) = det (B − tI ) = det (PAP −1 − tI )
pB (t ) = det (PAP −1 − PtIP −1 )
[
pB (t ) = det P( A − tI )P −1 ]
pB (t ) = det (P ) ⋅ det ( A − tI ) ⋅ det (P −1 )
pB (t ) = det ( A − tI )
pB (t ) = p A (t )

13. Arte
Polinômio característico de um operador linear
Definição
T : V → V um operador linear sobre um espaço vetorial V de dimensão finita.
Definimos o polinômio característico p(t ) de T como sendo o polinômio característico de
qualquer representação matricial de T .

14. Arte
Aplicação
Determine o polinômio característico para o operador linear F : IR 2 → IR 2 , definido por
F ( x, y ) = (3 x + 5 y,2 x − 7 y ) .

15. Arte
Solução
Determinar inicialmente a matriz A que define F, na base canônica de IR2.
F ( x, y ) = (3 x + 5 y,2 x − 7 y )
F (1, 0 ) = (3, 2) ⎫ ⎡3 5 ⎤
⎬⇒ A= ⎢ ⎥
F (0, 1) = (5, − 7 )⎭ ⎣2 − 7 ⎦
16. Arte
Solução
p(t ) = det ( A − tI 2 )
⎛ ⎡3 5 ⎤ ⎡1 0⎤ ⎞
p(t ) = det⎜⎜ ⎢ ⎥ − t ⎢0 1⎥ ⎟⎟
⎝ ⎣ 2 − 7 ⎦ ⎣ ⎦⎠
⎡3 − t 5 ⎤
p (t ) = det ⎢
⎣ 2 − 7 − t ⎥⎦
p(t ) = (3 − t )(− 7 − t ) − 10
p(t ) = t 2 + 4t − 31

17. Arte
Aplicação
Determine o polinômio característico para o operador linear D : V → V , definida por

D( f ) =
df
, onde V é o espaço das funções contínuas de uma variável real de base
dt
B = {sen t , cos t} .

18. Arte

Álgebra Linear II Aula 8.2 Audemir


4

Solução
Determinaremos inicialmente a matriz A que define D , na base B = {sen t , cos t} .
D(sen t ) = cos t = 0 ⋅ sen t + 1 ⋅ cos t
D(cos t ) = −sen t = −1 ⋅ sen t + 0 ⋅ cos t
⎡0 − 1⎤
A=⎢ ⎥
⎣1 0 ⎦
19. Arte
Solução

⎡0 − 1⎤
A=⎢ ⎥
⎣1 0 ⎦
p(t ) = det ( A − tI 2 )
⎛ ⎡0 − 1⎤ ⎡1 0⎤ ⎞
p(t ) = det⎜⎜ ⎢ ⎥ − t ⎢0 1⎥ ⎟⎟
⎝⎣ 1 0 ⎦ ⎣ ⎦⎠
⎡− t − 1⎤
p(t ) = det ⎢ ⎥
⎣ 1 − t⎦
p(t ) = (− t )(− t ) − 1
p(t ) = t 2 + 1

20. Arte
Aplicação
Calcule o polinômio característicos dos operadores abaixo:
a) T ( x, y, z ) = ( x + 2 y + 3 z ,3 x + 4 z ,6 x + 4 y + 5 z )

21. Arte
Solução
T ( x, y, z ) = ( x + 2 y + 3 z,3x + 4 z,6 x + 4 y + 5 z )
T (1,0,0) = (1, 3, 6)
T (0,1,0) = (2, 0, 4)
T (0,0,1) = (3, 4, 5)
⎡1 2 3 ⎤
A = ⎢⎢3 0 4⎥⎥
⎢⎣6 4 5⎥⎦

22. Arte
Solução
⎡1 2 3 ⎤
A = ⎢⎢3 0 4⎥⎥
⎢⎣6 4 5⎥⎦
P(t ) = det( A − tI 3 )
⎛ ⎡1 2 3⎤ ⎡1 0 0⎤ ⎞
⎜ ⎟
P (t ) = det⎜ ⎢⎢3 0 4⎥⎥ − t ⎢⎢0 1 0⎥⎥ ⎟
⎜ ⎢6 4 5 ⎥ ⎢0 0 1 ⎥ ⎟
⎝⎣ ⎦ ⎣ ⎦⎠

Álgebra Linear II Aula 8.2 Audemir


5

⎡1 − t 2 3 ⎤
P (t ) = det ⎢⎢ 3 − t 4 ⎥⎥
⎢⎣ 6 4 5 − t ⎥⎦
p(t ) = t 3 − 6t 2 − 35t − 38

23. Arte
Aplicação
Calcule o polinômio característico do operador linear T : R 4 → R 4 definido por
T ( x, y, z, t ) = (3 x − 4 z,3 y + 5 z,− z ,−t ) .

24. Arte
Solução
T ( x, y, z, t ) = (3 x − 4 z,3 y + 5 z,− z ,−t )
T (1,0,0,0) = (3.1 − 4.0,3.0 + 5.0,−0,−0)
T (1,0,0,0) = (3, 0, 0, 0)
T ( x, y, z, t ) = (3 x − 4 z,3 y + 5 z,− z ,−t )
T (0,1,0,0) = (3.0 − 4.0,3.1 + 5.0,−0,−0)
T (0,1,0,0) = (0, 3, 0, 0)
T (0,0,1,0) = (3.0 − 4.1,3.0 + 5.1,−1,−0)
T (0,0,1,0) = (−4, 5, − 1, 0)
T (0,0,0,1) = (3.0 − 4.0,3.0 + 5.0,−0,−1)
T (0,0,0,1) = (0, 0, 0,−1)
T (1,0,0,0) = (3, 0, 0, 0)
T (0,1,0,0) = (0, 3, 0, 0)
T (0,0,1,0) = (−4, 5, − 1, 0)
T (0,0,0,1) = (0, 0, 0,−1)

⎡3 0 − 4 0⎤
⎢0 3 5 0⎥⎥
[T ]α
α
=⎢
⎢0 0 − 1 0⎥
⎢ ⎥
⎣0 0 0 1⎦
P(λ ) = det([T ]α − λI )
α

P (λ ) = (3 − λ ) 2 (−1 − λ ) 2

Intervalo Tempo: 20:25 /20:45 (20’)

Álgebra Linear II Aula 8.2 Audemir