Você está na página 1de 2

FACULDADE ATLÂNTICO

CURSO DE PEDAGOGIA
2ª P.P.
DISCIPLINA: LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO
PROFª. JANETE
ALUNA: CYNTHIA JUCIANE

Gomes, Álvaro Cardoso, 1994 –


Amor de Verão / Álvaro Cardoso Gomes. – 2.ed.-
São Paulo: Moderna, 2003. – (Coleção veredas) p.144

UM POUCO SOBRE O AUTOR

Álvaro Cardoso Gomes nasceu em Batatais, interior de São Paulo, em 28 de


março de 1944. Mas foi em Americana, ainda no interior de São Paulo, onde
concluiu o curso secundário, que desenvolveu o gosto pela leitura e pela escrita.
Essa cidade o marcou a tal ponto que se tornou o cenário preferido da maioria de
seus livros. Em 1964, veio para São Paulo e trabalhou durante algum tempo como
bancário, para poder pagar os estudos. Formou-se em português no curso de
letras da Universidade de São Paulo, e logo iniciou sua vida profissional como
professor. Hoje, leciona Literatura Portuguesa na USP e escreve resenhas para o
Jornal da Tarde, atividade que exerce desde 1996. Atuou ainda como resenhista
da revista Visão (de 1985 a 1989), e como professor de Literatura Brasileira na
University of Califórnia, Berkeley no ano de 1983. Foi também em São Paulo onde
começou a publicar seus livros, estreando com A teia de aranha, em 1978. A hora
do amor, lançado em 1986, foi seu primeiro livro para jovens com o qual obteve
grande sucesso. É casado pela segunda vez, tem duas filhas do primeiro
casamento, Melissa e Maya, e um menino do segundo, Filipe. Gosta muito de
gatos e se considera um torcedor quase fanático do Corinthians.

RESENHA

Válter é um rapaz tímido, que gosta de ler, usa óculos e se considera feio. Amor
de verão conta a história de amor de Válter e Ana, sua colega e vizinha. Nas férias
de verão, no sitio de Marcel, um colega, Válter vive algumas aventuras e
desavenças. Ele e os amigos usam uma casa em cima da árvore como refúgio,
longe das pessoas, em especial as meninas. Tudo se modifica quando chega a
prima de um dos garotos: Selma, uma garota mais velha, que mexe com todos
eles. Marcel, o dono do sítio, aposta que conquista a prima, mas é Válter quem
consegue manter uma amizade com a garota, descobrindo com ela como lidar
com seu amor por Ana. Na volta das férias, o rapaz está mais amadurecido para
tomar a decisão de se declarar a Ana, que o aceita e confessa também seu amor
por ele.
FACULDADE ATLÂNTICO
CURSO DE PEDAGOGIA
2ª P.P.
DISCIPLINA: LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO
PROFª. JANETE
ALUNA: CYNTHIA JUCIANE

Machado, Ana Maria –


Tudo ao mesmo tempo agora / Ana Maria Machado
São Paulo. Ática, 1997 – p.151

UM POUCO SOBRE O AUTOR

Na vida da escritora Ana Maria Machado, os números são sempre generosos. São
33 anos de carreira, mais de 100 livros publicados no Brasil e em mais de 17
países somando mais de dezoito milhões de exemplares vendidos. Os prêmios
conquistados ao longo da carreira de escritora também são muitos, tantos que ela
já perdeu a conta. Tudo impressiona na vida dessa carioca nascida em Santa
Tereza, em pleno dia 24 de dezembro. Vivendo atualmente no Rio de Janeiro, Ana
começou a carreira como pintora. Estudou no Museu de Arte Moderna e fez
exposições individuais
e coletivas, enquanto fazia faculdade de Letras na Universidade Federal (depois
de desistir do curso de Geografia). O objetivo era ser pintora mesmo, mas depois
de doze anos às voltas com tintas e telas, resolveu que era hora de parar. Optou
por privilegiar as palavras, apesar de continuar pintando até hoje.

Resenha

Muitas coisas legais aconteceram naquele ano. Jajá teve três Natais; Ciça passou
férias de julho inesquecíveis e Marina viveu um encontro completamente
inesperado. Sem dúvida, esses fatos marcarão para sempre a vida dos três
amigos.
Mostrando o cotidiano de um grupo de jovens, este livro discute com delicadeza e
simplicidade muitos temas atuais, como ética, solidariedade e justiça.