P. 1
EXCEÇÃO DE INCOMPETÊNCIA - ALIMENTOS

EXCEÇÃO DE INCOMPETÊNCIA - ALIMENTOS

|Views: 9.882|Likes:
Publicado porPeritoJuridico

More info:

Published by: PeritoJuridico on Jul 27, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/15/2013

pdf

text

original

EXMO(A). SR(A). DR(A). JUIZ(A). DE DIREITO DA 1ª VARA DE CÍVEL DA COMARCA DE CAMAQUÃ-RS.

DISTRIBUIÇÃO POR DEPENDÊNCIA AO AUTOS Nº: 1.08.0004756-2

EDGAR FRIAS, menor impúbere e EDSON FRIAS, menor impúbere, ambos representados por sua genitora, MARIA CLARA LISBOA, brasileira, solteira, desempregada, portadora do Documento de Identidade 9008768487, CPF 009.837.389-25, todos residentes e domiciliados na Rua X, nº. 15, Bairro Centro, em Eldorado do Sul/RS, por seu procurador infra-assinado consoante instrumento de mandato, em anexo, vêm, à presença de V. Exa., propor a

EXCEÇÃO DE INCOMPETÊNCIA EM RAZÃO DO LUGAR

com base nos arts. 100, II, e 112, do Código de Processo Civil, em face de PEDRO MANOEL FRIAS, brasileiro, solteiro, motorista, portador da CI/RG nº 323124345333, residente e domiciliado na Rua Bento Gonçalves, nº 321, bairro Centro, Camaquã/RS, pelas razões consoante seguem: 1. O excepto propôs perante esse MM. Juízo, Ação de Revisão de Alimentos, autos nº 1.08.0004756-2, em face dos excipientes, os quais foram citados por carta precatória, através de sua genitora. 2. No entanto, os excipientes mudaram-se dessa comarca há cerca de um ano, se encontrando domiciliados na cidade de Eldorado do Sul/RS, conforme

comprovam as contas de energia, telefone e água, em nome da genitora dos excipientes, todas anexas. 3. Deste modo, as ações que versem acerca de alimentos devem ser propostas no foro de domicílio dos alimentandos, conforme preceitua o artigo 100, II do CPC, in verbis: "Art. 100. É competente o foro: II - do domicílio ou da residência do alimentando, para a ação em que se pedem alimentos;" 4. Com efeito, o juízo competente para processar e julgar a presente ação de revisão de alimentos é o do atual domicílio dos excipientes, qual sejam, o da comarca de Eldorado do Sul/RS. 5. Por fim, para corroborar com as assertivas acerca da exceção de incompetência, traz os acórdãos: AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXCEÇÃO DE INCOMPETÊNCIA. AÇÃO DE REVISÃO DE ALIMENTOS. REGRAS DE COMPETÊNCIA DO ART. 100, II, DO CPC E DO ART. 147, I, DO ECA. PREVALÊNCIA DOS INTERESSES DO MENOR. COMPETÊNCIA ABSOLUTA DO FORO DO DOMICÍLIO DO INFANTE. RECURSO DESPROVIDO. O princípio da proteção dos interesses da criança e do adolescente, fundado na garantia de proteção integral do menor de que trata o artigo 227 da Constituição Federal, sobre o qual está fulcrada a regra de competência tratada nos artigos 100, II, do CPC e 147, I, do ECA, é de observância obrigatória e deve prevalecer sobre outras regras de competência relativa e de menor relevância. TJSC - Agravo de Instrumento: AG 55315 SC 2008.005531-5 ............................. AGRAVO DE INSTRUMENTO EXCEÇÃO DE INCOMPETÊNCIA -ALIMENTOS - FORO DO DOMICÍLIO DOS ALIMENTANDOS NECESSIDADE DE PROVA CERCEAMENTO DE DEFESA. Aplica-se ao presente caso, por não se tratar de matéria exclusiva de direito, a disposição contida no artigo 309 do CPC, que trata da exceção, devendo ser deferida a pleiteada oportunidade de produção de provas. TJMG: 102730900607430011 MG 1.0273.09.006074-3/001(1) .............................. AGRAVO DE INSTRUMENTO EXCEÇÃO DE INCOMPETÊNCIA - REVISIONAL DE ALIMENTOS - FORO COMPETENTE - FORO DO DOMICÍLIO DO ALIMENTANDO DECISÃO MANTIDA - RECURSO NÃO-PROVIDO. Correta é a decisão do magistrado que, com fulcro no artigo 100, II, do CPC, acolhe exceção de incompetência ajuizada pelo

alimentando, em revisional de alimentos alimentante no foro de seu domicílio. TJMS - Agravo: AGV 13022 MS 2005.013022-9

proposta

pelo

Portanto, tão somente a legislação indica a comarca competente para processar e julgar corretamente a ação de alimentos e suas revisões, bem como, os julgados evidencia tal exceção para o presente feito. ANTE O EXPOSTO, requerem: a) Recebimento e Processamento da presente ação em todos os seus termos; b) Seja intimado o digno representante do Ministério Público; c) Ao final seja julgada procedente a exceção argüida, sendo suspenso o andamento da ação principal e determinada a remessa dos autos para o juízo competente, qual seja o de Eldorado do Sul. d) Condenação em custas e honorários advocatícios e) O processamento da presente exceção de incompetência em apartado, ordenando a suspensão da ação principal e, após ouvida a parte contrária sejam as razões acatadas, remetendo os autos à comarca de Eldorado do Sul/RS, foro de residência e domicílio dos excipientes. Dá-se à causa o valor de alçada. Pede deferimento. Guaíba/RS, 15 de junho de 2010.

Advogado OAB

Advogado OAB

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->