Você está na página 1de 8

Documentos de funcionamento e dinamização da BE

(Actas/ registos de reuniões/ contactos, registos de projectos/ actividades realizados,


estatísticas da BE, materiais de apoio produzidos e editados, catálogo e outras
ferramentas utilizadas, resultados de avaliação da colecção, outros)

1. Registos de Actas de vários órgãos da Escola


Conselho Pedagógico
1. Boletim Informativo da BE, entregue na reunião número dois do Conselho Pedagógico, que
se realizou a quatro de Janeiro de dois mil e nove:

“Reforço doa acervos das Bibliotecas – ainda em Setembro foi remetido a todos os
coordenadores de Departamento e de Estabelecimento que fizessem chegar aos docentes a
necessidade de se definirem prioridades de aquisição em suporte livro e audiovisual para as
bibliotecas, que carecem de alguns materiais. As equipas das BE apelam para que as
sugestões sejam entregues nas bibliotecas.” … “Criação de uma equipa de alunos “Amigos
das Bibliotecas” para ajudar na animação e decoração das bibliotecas”, assim como … uma
“caixa de Sugestões/reclamações para melhorar o funcionamento das BE, de acordo com as
auscultações feitas.”;
“O Plano de Acção e o Plano Anual de Actividades das Bibliotecas definem o
modelo de auto-avaliação das BE, faseado por quatro anos (2009/2013), iniciando-se com
o Domínio D – Gestão das Bibliotecas (2009/2010); Domínio B – Promoção da Leitura e
da Literacia (2010/2011); Domínio C – Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de
Abertura à Comunidade (2011/2012) e Domínio C – Apoio ao Desenvolvimento Curricular
(2012/2013). Para o efeito, e tendo em conta o modelo de auto-avaliação da RBE e após o
preenchimento de um formulário de 2008/2009, foram elencados os pontos mais fortes e
fracos das BE, pelo que na nota introdutória do Plano de Acção se procedeu a uma
caracterização sumária do número de alunos por ciclo e ano de escolaridade no
agrupamento. Destes pontos fortes e fracos foram definidos objectivos e actividades para o
quadriénio de 2009/2013, desdobrados pelos quatro domínios já referidos e que indiciam
prioridades de intervenção”.
Estes documentos (Plano de Acção e Plano Anual de Actividades das BE) foram
previamente enviados, via e-mail, a todos os elementos que integram o Conselho
Pedagógico e posteriormente aprovados na reunião número dois daquele órgão, a quatro de
Novembro de dois mil e nove.
2. Boletim Informativo da BE, entregue na reunião número quatro do Conselho Pedagógico,
que se realizou a vinte de Janeiro de dois mil e dez: “No âmbito do Orçamento da RBE
atribuído para o acervo da BE de Vale de Pedras, informa-se que todos os livros, num total
de quatrocentos e vinte e nove registos, já estão devidamente registados e catalogados,
prontos a seguir para a referida biblioteca” … e foi dado a conhecer a “presença do
artista/declamador Afonso Dias na BE da Escola sede, no dia vinte e um de Abril, de dois
mil e dez, pelas dez horas e trinta minutos, em duas sessões do evento: “A Poesia está na
Escola … e em todo o lado”;

Departamento de Ciências Sociais e Humanas


3. Em acta (número dois) do Departamento de Ciências Sociais e Humanas, que se realizou
aos vinte e um dias do mês de Outubro consta que: “A coordenadora informou ter recebido
do Coordenador das Bibliotecas a informação de que será possível fazer uma listagem de
material a requisitar para uso das disciplinas, pelo que se decidiu proceder à listagem na
qual se incluirão os Jogos Supermatik”;

4. Na acta número quatro, do mesmo Departamento (CSH), que decorreu a vinte e cinco de
Janeiro de dois mil e dez, consta que: “Esteve presente, como convidado, o professor
bibliotecário, Joaquim Veiga. Este pediu aos colegas ajuda na dinamização da BE, pois um
dos objectivos é criar um centro de recursos. Para que esse centro de recursos cresça, é
necessário que todos os professores contribuam com materiais e sugestões nomeadamente
de recursos a utilizar”;

5. Conforme o teor da acta número cinco do Departamento de Ciências Sociais e Humanas, “o


professor bibliotecário, presente como convidado, apresentou o relatório de auto-avaliação
da BE. No geral a avaliação efectuada é bastante satisfatória. No entanto, foram apontadas
algumas deficiências na decoração e no acervo de audiovisuais da BE”;

Departamento de Matemática e de Ciências Experimentais


6. Na acta número dois, do primeiro período lectivo, do Departamento de Matemática e
Ciências Experimentais, regista-se que... “a coordenadora informou ainda que, a pedido do
coordenador da BE, professor Joaquim José Veiga, o campeonato de Sudoku e o Problema
do Mês, por iniciativas das professoras Margarida Brasão e Susana Barão, já estavam a ser
dinamizados na BE desde o início do mês de Outubro, como resposta ao apelo de alguns
alunos, junto da BE e habituados a participarem nestes dois campeonatos em anos lectivos
anteriores”. Do mesmo departamento e na reunião número um do segundo período lectivo
consta que: “A BE confirmou a presença do declamador de poesia, Afonso Dias, no dia
vinte e um de Abril de dois mil e dez”. Também na acta número dois do segundo período
lectivo, do mesmo departamento, e que se realizou no dia quatro de Março de dois mil e
dez, está referido que: “o coordenador da BE, professor Joaquim Veiga, apresentou o
relatório de auto-avaliação das bibliotecas e lembrou mais uma vez que espera sugestões
por parte dos professores para actividades e ou material a adquirir, nomeadamente livros e
material audiovisual e multimédia. Relativamente a esta solicitação de material a adquirir,
foi referido por alguns docentes que esta solicitação já tinha sido realizada no ano lectivo
anterior e que foram feitas sugestões sobre as quais não houve qualquer feedback. No
entanto o departamento sugeriu para este ano lectivo de alguns vídeos que aqui se registam:
documentários “Home – O mundo é a nossa casa”; “A Marcha dos Pinguins”; “A incrível
máquina humana”; “Super Vulcão”. Ficou também definido que posteriormente serão
entregues listas de sítios na Internet, livros e outros materiais importantes para a biblioteca,
no âmbito das disciplinas do departamento. Ainda neste âmbito, a professora Catarina
Duarte sugeriu que estes sítios sugeridos sejam parte integrante da página de internet da
escola e a professora Rita Guimarães disse que iria divulgar também na página da escola
uma lista de sítios relativamente às diferentes disciplinas também a constar na página da
escola”. Lembra-se qe os filmes sugeridos, anteriormente, foram facultados à biblioteca,
por oferta, pelo docente António Crispin e que a lista dos sítios para a interne foi
recepcionada – via e-mail – pela equipa da BE e posteriormente colocada, quer no Blog da
BE, quer ainda na página Biblioteca, constante na plataforma Moodle do Agrupamento
Vertical de Escolas Dr. Francisco Cabrita e, portanto, acessível a todos os elementos da
Comunidade Educativa.

Departamento de Línguas
7. Na acta número três, que decorreu no dia vinte e seis de Outubro regista-se que “a
coordenadora do Departamento transmitiu o pedido do Coordenador da BE de sugestões de
material a adquirir. Os professores do segundo ciclo consideram que existem livros
suficientes para este nível de ensino, já o mesmo não se verifica em relação ao terceiro
ciclo, sobretudo no que ao nono ano diz respeito. Nesta sequência, a professora Delfina
Vernuccio sugeriu a aquisição dos seguintes livros: O Velho e o Mar, de Ernest
Hemingway, Contos de Vergílio Ferreira, Crónica de uma Morte Anunciada de Gabriel
Garcia Marquez, Estórias Abensonhadas de Mia Couto e Contos Fantásticos de Edgar
Allan Poe. A professora Isabel Lima, ex-coordenadora do departamento, entregará a lista de
sugestões elaboradas no ano lectivo anterior”. Relativamente a estas propostas e, no âmbito
da verba atribuída pelo Plano Nacional de Leitura, para o terceiro ciclo, foram tidas as
sugestões apresentadas pelas docentes e foram adquiridas obras, num total de doze
exemplares por título, de modo a dar resposta positiva aos pedidos apresentados. A lista dos
Livros do PNL foi, por isso actualizada, de acordo com as novas aquisições, quer para o
segundo, quer ainda para o terceiro ciclos de escolaridade e, posteriormente,
disponibilizada por via e-mail à Coordenadora de Línguas e respectivos docentes da escola;

8. Na acta quatro do mesmo departamento, decorrida aos quinze dias do mês de Dezembro de
dois mil e nove, consta que a coordenadora informou que “o Coordenador da BE solicita a
participação dos docentes que requisitam obras do PNL para as aulas de estudo
Acompanhado, na medida em que alguns alunos do segundo retiraram os códigos de barras
dos livros”;

9. N acata seis, da reunião de vinte e sete de Janeiro de dois mil e dez, a coordenadora “deu
conhecimento dos pedidos efectuados pelo professor bibliotecário Joaquim Veiga ao nosso
departamento, para que a biblioteca seja um recurso de apoio ao departamento e às
disciplinas. São estes os pedidos: que apoio deve a biblioteca facultar a alunos e docentes
no âmbito das disciplinas do departamento de Línguas; facultar à biblioteca guiões de
leitura de obras, em suporte informático, para integrar no blogue da biblioteca, através da
disponibilização de material diverso com vista a integrar numa ligação, para o efeito;
indicação de sítios de Internet sobre conteúdos das disciplinas a integrar na ligação da
disciplina a criar na plataforma Moodle … e que o professor bibliotecário divulgou várias
actividades a desenvolver e informações relativas às BE do Agrupamento, constantes no
folheto informativo das BE”;

Departamento de Expressões
10. Na acta número um, refere-se que “a biblioteca está aberta das nove às dezassete horas e
pode requisitar-se o acervo bibliográfico e outros recursos audiovisuais (vídeos, DVD,
CD), mediante requisição, para o efeito, O professor bibliotecário, Joaquim veiga, é o
responsável das BE do Agrupamento”,

11. Na acta número quatro, de vinte de Janeiro de dois mil e dez consta que: “o professor
bibliotecário, Joaquim Veiga, divulgou várias actividades a desenvolver e informações
relativas às bibliotecas das escolas do Agrupamento, constantes no folheto Serviços de
Biblioteca”.

Informações das Bibliotecas Escolares – Mês de Junho 2010


(A constar como anexo nas actas, quer do Conselho
Pedagógico, quer nas actas dos Departamentos Curriculares)

1. Está disponível, em suporte digital, na página das Bibliotecas Escolares do Moodle do


nosso Agrupamento, um conjunto de sites e recursos lúdico/didácticos de âmbito curricular
para todos os ciclos, que vai sendo – dentro do possível – actualizado conforme a oferta
digital online, após pesquisa pela coordenação das BE, para o efeito;
2. Estes recursos podem ser acedidos por alunos, professores e pais/encarregados de
educação, como visitantes, através do site: http://moodle.aefc.pt;
3. Alguns desses sites foram conseguidos em parceria com alguns Departamentos
Curriculares (Matemática e Ciências Exactas), ou através de sites existentes em manuais
escolares, assim como através de blogs de bibliotecas escolares do Algarve, RBE, PNL,
entre outros;
4. Também os blogs das bibliotecas do nosso agrupamento constam na plataforma Moodle,
nos quais se disponibilizam os mesmos recursos;
5. Já foi anteriormente enviada esta informação, via e-mail, aos coordenadores dos diferentes
Departamentos para terem acesso a esses recursos, que podem ser úteis quer para alunos,
quer para docentes, quer ainda por pais / encarregados de educação;
6. Uma vez mais, solicita-se aos docentes dos diferentes ciclos, como já solicitado nos dois
anteriores períodos lectivos, que apresentem sugestões para reforço dos acervos das
bibliotecas, em diferentes suportes (livros, multimédia e audiovisuais) para posterior
aquisição;
7. Foi concluído, em trabalho de equipa com as assistentes técnicas das BE do 1.º ciclo, o
preenchimento das Bases de Dados online (composição das equipas, dinamização das
actividades, entre outros) relativas às bibliotecas escolares do nosso agrupamento, no
âmbito da RBE, que deverá dar-se por concluída até final do presente mês. Há, contudo
questões pontuais relativamente a número de utilizadores e empréstimos ao domicílio a
rectificar oportunamente, de acordo com a situação particular de cada biblioteca escolar;
8. Está em fase de elaboração o preenchimento online, do questionário da Auto-avaliação das
BES da EB1/JI dos Caliços e da EB2,3 Dr. Francisco Cabrita, pois já se procedeu ao
levantamento e tratamento estatísticos dos questionários feitos a alunos e docentes, para o
efeito. Este levantamento estatístico será disponibilizado, em Power Point / PDF
oportunamente, via e-mail. O relatório da auto-avaliação destas BE, após sua conclusão e
prévia apreciação pelos elementos do Conselho Pedagógico, deverá ser aprovado por este
órgão antes do final do mês de Julho, para posteriormente ser enviado online à RBE;
9. A Exposição de Anne Frank decorreu com sucesso, quer junto da Comunidade Educativa,
quer através da presença de alunos de outras escolas do Concelho de Albufeira, quer ainda
com a presença de entidades e cidadãos nacionais e estrangeiros. Há um registo fotográfico
da inauguração deste evento no Facebook relativo à BE, recentemente criado e a reforçar
oportunamente com outras informações / actividades das BE. Aceder em
www.facebook.com .
10. Apela-se que se informem os alunos da existência de blogs e página das BE no Moodle,
onde existem recursos diversos online para reforço das aprendizagens, assim como
relatórios e registo das diferentes actividades realizadas nas BE;
11. O Boletim “Notícias das Bibliotecas”, sempre que publicado, foi remetido online às
Assistentes Técnicas das Bibliotecas do 1.º Ciclo do nosso Agrupamento, à Drealg, BES do
Concelho de Albufeira e do Algarve, e por escrito, à Direcção, Coordenadores de
Departamento, Directores de Turma, Coordenadora de D.T., Psicóloga Sandra Gonçalves, e
aos professores, através da afixação dos mesmos no placar da BE existente na sala de
professores ou através dos Blog das BES.

2. Folheto Informativo do Guia do Utilizador


3. Plano de Contingência das Bibliotecas GRIPE A (H1N1)v
1. Etapa de Sensibilização
- Recepção aos 1.º 5.º anos, com distribuição de folhetos relativos à Gripe A: 1.
Como se Pode Proteger a Si e aos Outros e 2. Como Lavar as Mãos;

-escolar e do 1.º ciclo (1.º ano de escolaridade) fazer uma dramatização sobre a Gripe
A, com base nos folhetos indicados no ponto anterior;

alunos, um slogan de turma sobre esta temática, para divulgar em placares nas bibliotecas e outros
espaços das escolas;

– Solicitar aos directores de turma / titulares de turma dos restantes anos de


escolaridade, de todos os ciclos, que se conceba um soglan sobre a Gripe A, no âmbito da apresentação
das turmas para divulgar junto da comunidade educativa;

– a nível da cada escola, por ciclo, deve ser seleccionada o


melhor slogan, o qual se adoptará como o slogan de cada escola para divulgação dos cuidados a ter face à
pandemia da Gripe A.

2. Disponibilização à Comunidade Educativa dos blogues das bibliotecas e e-mail do Portal das
Escolas do Agrupamento Vertical Dr. Francisco Cabrita, onde constam os cuidados a ter relativamente
à pandemia da Gripe A, a saber:

1. Biblioteca Escola Sede: http://bibliotecadrfranciscocabrita.blogspot.com/

2. Biblioteca da Correeira: http://www.bibcorreeira.blogspot.com/

3. Biblioteca dos Caliços: http://biblioteca-calicos.blogspot.com/


4. Biblioteca de vale de Pedras:

http://bibliotecavalepedras.blogspot.com/feeds/posts/default
5. Portal das Escolas: https://www.portaldasescolas.pt.

3. Disponibilização dos Acervos Bibliográfico e Audiovisual ao Domicílio:


a) Acervo bibliográfico:

1. Exemplares da Enciclopédia Visual;


2. Exemplares da História Júnior;

3. Exemplares da Colecção: “Uma Aventura”;

4. Exemplares da Colecção: “O Bando dos Quatro”;

5. Exemplares de Banda Desenhada;

6. Exemplares da Colecção: “Os Cinco”;

7. Exemplares da Colecção: “Aventuras Fantásticas”.

b) Leitura digital do Plano Nacional de Leitura – entrar no sítio do Plano Nacional de Leitura:
http://www.planonacionaldeleitura.gov.pt e seleccionar:

1. do lado direito: Biblioteca de Livros Digitais;

2. Do lado esquerdo: Clube de Leituras (poesia, narrativas, teatro, ciência e críticas).

4. Disponibilização do Acervo Audiovisual: Vídeos, CD’S e DVD’S existentes e disponíveis nas bibliotecas
do Agrupamento.

5. Placares de Divulgação de Livros e sugestões temáticas


6. Equipas das Bibliotecas formadas por: Professores Bibliotecários, Equipas de Professores, Assistentes
Operacionais que se substituem, na eventualidade de ausência destes.

7. Articulação com os grupos disciplinares e professores titulares de ano para facultarem sugestões
de actividades de trabalhos e blogues para consulta digital, a disponibilizar nas bibliotecas e Portal das
Escolas.

8. Articulação do Plano de Contingência das Bibliotecas com O Clube de Saúde e os Serviços de Saúde
locais.

9. Pesquisa de informação relativa à Gripe A nos e-mails:

a) Plano Nacional de Leitura: www.planonacionaldeleitura.gov.pt/

b) Rede das Bibliotecas Escolares: www.rbe.min-edu.pt/

c) Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento: www.dgidc.min-edu.pt/

A Coordenação das Bibliotecas,


Professores Bibliotecários
Ivone Salgueiro e Joaquim Veiga
4. Avaliação Externa
No relatório da Avaliação Externa, elaborado pela equipa da Inspecção-Geral da Educação,
faz-se referência às BE, a saber:
No âmbito dos Resultados (prestação do serviço educativo), está expresso que “a
articulação entre diferentes níveis de educação / ensino passa pela comemoração de efemérides e
pelo desenvolvimento de alguns projectos comuns promovidos, particularmente, no âmbito das
bibliotecas escolares e do “Gabinete de Educação para a Saúde”;
No que se refere à Organização e gestão escolar, regista-se que “o Projecto Educativo
explicita os princípios orientadores da acção escolar: aumentar o sucesso dos alunos, prevenir o
abandono escolar, promover a formação cívica e melhorar a gestão de sala de aulas. O Plano Anual
de Actividades … inclui as acções a desenvolver … as propostas das BE “;
Relativamente à Avaliação por Factor, registe-se que «No sentido de incentivar a
participação dos alunos nas actividades escolares e promover a sua formação enquanto cidadãos”,
entre várias iniciativas desenvolvidas, refira-se a “disponibilização de recursos didácticos …nas
BE/CRE” e que nestas “existem «caixas de sugestões»;
No que respeita à Equidade e justiça faz-se indicação da “criação de espaços de
aprendizagem onde todos possam ter acesso a recursos diversificados, como as BE/CRE, … que
contribuem para uma maior riqueza das experiências de todos os alunos, proporcionando,
simultaneamente, uma escola a tempo inteiro às famílias.”;
Mais adiante, e no que diz respeito à Motivação e empenho, diz-se que “os coordenadores
das estruturas intermédias demonstraram-se empenhados em apoiar e mobilizar os colegas para
práticas pedagógicas diferenciadas, em particular os coordenadores dos directores de turma, dos
projectos e das BE/CRE. Foi evidente a actuação concertada dessas estruturas em áreas como a
educação para a saúde, a aquisição de hábitos de leitura e o desenvolvimento de práticas
ecológicas, entre outras”;
Ainda acresce referir no contexto da abertura e inovação, a referência a “plataforma
Moodle … e a criação de blogues”, meios nos quais as BE se incluem.