P. 1
PLANO DE AULA

PLANO DE AULA

|Views: 8.047|Likes:
Publicado porRodrigo Baron

More info:

Published by: Rodrigo Baron on Jul 29, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/16/2013

pdf

text

original

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL MESTRADO EM SAÚDE COLETIVA

Plano de Aula Disciplina: Futsal

Rodrigo Pereira de Souza

Canoas-RSCanoas-RS-Brasil, 2008.

1 EMENDA /CONTEÚDO DE AULA

Conhecimento do histórico, aspectos estruturais futsal e do mini-futsal, minifundamentos ofensivos e defensivos, sistemas ofensivos e defensivos, regras e a capacidade de identificação da técnica de ensino específica para cada um dos fundamentos. fundamentos.

2 OBJETIVOS DA DICIPLINA
2.1 Objetivo Geral Oportunizar o conhecimento dos fundamentos e táticas básicas para o desenvolvimento do processo de ensino/aprendizagem do futsal nas dimensões de caráter formativo, recreativo e competitivo. competitivo.

2.2 Objetivos Específicos
Conhecer o histórico e a evolução do futsal; futsal; Discutir as propostas metodológicas para o ensino do futsal; futsal; Praticar os fundamentos do futsal; futsal; Identificar os diferentes sistemas ofensivos e defensivos; defensivos; Desenvolver noções sobre regras e súmulas. súmulas.

3 ORGANIZAÇÃO METODOLÓGICA
Serão ministradas aulas teóricas, aulas práticas, discussões de temas e artigos, preparação de planos de aula e apresentação prática destes planos. planos. Exercícios e atividades práticas. práticas.

4 PROCESSO AVALIATIVO 4.1 Instrumentos: A avaliação será Instrumentos: continua e cumulativa e será feita por meio de uma prova de conhecimento teórico (grau 1) e de uma prática envolvendo técnica de ensino (grau 2). Além disso, os alunos deverão apresentar dois trabalhos sobre os temas específicos, sendo o primeiro na G1 e o segundo na G2. A prova terá peso 6.0 e o trabalho peso 4.0.

4.2 Critérios: Conceito mínimo: média sete (7), Critérios: mínimo: onde a avaliação numérica é considerada por meio do grau1 (G1) com peso ponderal um, do grau 2 grau1 (G1 (G2 (G2) acumulativa e peso ponderal dois. O aluno dois. que não atingir a nota, ou seja, média sete deverá recuperárecuperá-la através de uma prova de substituição do grau G1 ou G2 levando em consideração a menor nota atingida durante o semestre. Não semestre. atingindo a média previamente estabelecida estará reprovado por média ou poderá ser reprovado, também, por faltas, caso não atinja o equivalente de 70% de freqüência. 70% freqüência.

4.3 Avaliação da Disciplina
Avaliação teórica; Avaliação prática; Participação nas aulas práticas e teóricas; Pesquisa individual/grupo.

5 DESENVOLVIMENTO

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA
1.COSTA, Claiton Frazzon Futsal aprenda a ensinar. / Claiton Frazzon Costa ± Florianópolis: Visual ensinar. Florianópolis: Books, 2003. 2003. 2.GOMES, Antônio Carlos Futsal: metodologia e planejamento na infância e adolescência. Antônio Futsal: adolescência. Carlos Gomes, Jair de Almeida Machado. 1.ed. ± Londrina : Midiograf, 2001. Machado. ed. 2001. 3.GRAÇA, Amândio. O Ensino dos Jogos Desportivos. Amândio Graça e José Oliveira, Centro de Amândio. Desportivos. Estudos dos Jogos Desportivos. Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Desportivos. Universidade do Porto. 1998. Porto. 1998. 4.GUARINO, M. Manual do técnico desportivo: teoria e metodologia do ensino na formação técnicodesportivo: técnicotático / M> Guarino ± São Paulo: Ícone, 1996. Paulo: 1996. 5.JÚNIOR, Nicolino Bello. A Ciência do Esporte Aplicada ao Futsal ± Rio de Janeiro ± SPRINT, 1998. Bello. 1998. 6.LIVRO NACIONAL DE REGRAS FUTSAL, 2008. 2008. 7.LUCENA, Ricardo Futsal e a iniciação / Ricardo Lucena ± Rio De Janeiro: 5ª edição: 2001. Janeiro: edição: 2001. 8.MELO, Rogério Silva de Futsal 1000 exercícios/ Rogério Silva de Melo ± Rio de Janeiro: Janeiro: Sprint,2000. Sprint,2000.

7 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
1.DIAS, Raphael Mendes Ritti; SANTANA, Wilton Carlos de. Tempo de Incidência dos Gols em Ritti; de. Equipes de Diferentes Níveis Competitivos Na Copa do Mundo de Futsal. Buenos Aires: Revista Futsal. Aires: Digital, 2006; 11(101). 2006; 11(101) 2.FORTEZA, Armando de la Rosa. Direcciones del Entrenamiento Deportivo. Buenos Aires: Revista Rosa. Deportivo. Aires: Digital, ano 5, nº 27,novembro de 2000. 27,novembro 2000. 3.GARCÍA, Germán Andrín. Caracterización de los Esfuerzos en el Fútbol Sala baseado en el Andrín. Estudio Cinemático y Fisiológico de la Competición. Buenos Aires: Revista Digital, 2004; 10(77). Competición. Aires: 2004; 10(77) 4.GOMES, Antonio Carlos.Treinamento Desportivo: Estrutura e Periodização.Porto Alegre: Artmed, Carlos. Desportivo: Periodização. Alegre: 2002. 2002. 5.LOPES, Charles Ricardo; Hohl, Rodrigo; Tessuti, Lucas Samuel; Goulart, Luis Fernando; Ricardo; Rodrigo; Samuel; Fernando; Brenzikofer,René; Brenzikofer,René; Macedo, Denise Vaz de. Eficiência de Três Fases de Condicionamento Específico de. como Programa de Treinamento para Jogadores de Futebol, capítulo 2. In: Lopes, Charles Ricardo. In: Ricardo. Análise das Capacidades de Resistência, Força e Velocidade na Periodização de Modalidades Intermitentes. Intermitentes.[Dissertação (mestrado) ± Faculdade de Educação Física]. Campinas: Universidade Física]. Campinas: Estadual de Campinas; 2005 Campinas; 6.MATVEEV, Lev. El Processo del Entrenamiento Deportivo.Buenos Aires: Editora Stadium, 1977. Lev. Deportivo. Aires: 1977. 7.MOREIRA, Alexandre. A Eficácia E A Heterocronia das Respostas de Adaptação de Alexandre. Basquetebolistas Submetidos a Diferentes Modelos de Estruturação da Carga de Treinamento e Competição. Competição. [Tese de Doutorado em Educação Física ± Faculdade de Educação Física]. Campinas: Física]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2006. Campinas; 2006. 8.ZAKHAROV, Andrei. Ciência do Treinamento Desportivo. Rio de Janeiro: Grupo Palestra Sport, 1º Andrei. Desportivo. Janeiro: edição; 1992. edição; 1992.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->