P. 1
O segredo

O segredo

|Views: 738|Likes:
Publicado porSérgio Henrique
Compilação sobre o poder da mente, da vida.
Compilação sobre o poder da mente, da vida.

More info:

Published by: Sérgio Henrique on Jul 31, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/13/2013

pdf

text

original

O segredo

Desde os babilônios, egípcios, gregos etc. foi transmitido o “segredo” da realização pessoal porque é assim diante do Arquiteto Universal: felicidade de todos, paz, amor, prosperidade, saúde. Cura física, mental; bens materiais, qualidade de vida; saúde mental, física e espiritual, paz, sossego, amor, prosperidade, realizações pessoais, ajudar as pessoas. Tudo está na forma de pensar e agir do próprio ser. Todos trabalham com o mesmo “poder” infinito, todos se guiam pelas mesmas leis; as leis do universo são precisas que, quando conhecidas, podem os homens usá-las: ir à lua, ao fundo do mar etc. Não importa qual localidade do planeta esteja há mesma lei universal do Universo.

Lei da atração
O “Segredo” é a lei da atração. Tudo que está entrando para a sua vida está atraindo. O que se passa na sua mente atrai para si. São as imagens em sua mente a criar uma contraparte na matéria e a se materializar. "Começa por fazer o que é necessário, depois o que é possível e de repente estarás a fazer o impossível". ( São Francisco de Assis) Os semelhantes se atraem, isto é, como uma pessoa pensa irá atrair pessoas afins. Deve-se pensar no que quer realmente de coração: é o principio da atração. No que mais pensa atrai. Os três princípios da atração: pensamentos, materializam, coisas. Cada pensamento tem uma frequência distinta. Se pensar, visualizar, imaginar, desejar constantemente vai transmitir o desejo intimo de forma consistente. Os pensamentos são magnéticos, isto é, o que pensa atrai, e se concretiza quanto maior a intensidade do pensamento consciente ou inconsciente. Pense no que quer e não no que não quer. Se pensar no que não quer estará criando o que não quer, mas se pensar no que quer estará atraindo o que quer. O universo não distingue o que “não quer” do “que quer”, pois a questão para o universo é “é o que pensa, indiferente de “não” ou “sim”. Exemplo: se pensa “eu tenho dívidas e está difícil quitá-las” estará enviando ao universo “não conseguirei pagá-las” logo o universo está interpretando que você não quer conseguir pagá-las. Fica assim: “sei desejo é uma ordem”. A lei da atração é muito obediente ao que deseja, pensa, imagina, seja de si ou de outras pessoas. O mundo se transforma conforme o próprio sentimento de si. Se pensar no passado, no presente ou no futuro, a lei da atração está funcionando perfeitamente com seus pensamentos. Se pensar nos bons tempos do passado – e até que não terá mais emoções e acontecimentos bons em sua vida - assim estará fazendo em sua vida; se pensa no presente como uma estagnação, assim será; se pensa no futuro com duvidas, receios, medos, dificuldades em se realizar, assim será o seu futuro.
1

Não há um botão de “pausa” para isso ou aquilo, logo o que pensa se confirma no universo. A criação está sempre em constante movimento, materialização. A lei da atração dá aquilo que pensa, como age e o que fala: as emoções dentro de si é que vai materializar o que há dentro de suas emoções intimas verdadeiras, duvidosas, de como se vê diante da sociedade, do trabalho, de sua saúde. Se ficar reclamando que tudo está ruim, então assim será. Mas se mudar seu pensamento e comportamento para atitudes e pensamentos bons, então assim será e atrairá para você. Repetindo, conforme sejam seus pensamentos em relação a você (imagem pessoal) irá atrair pessoas, acontecimentos. Exemplo: uma pessoa é gaga, tem medo e vergonha de se expor porque acha que as pessoas rirão. Além de se “trancar” internamente – não se expor e nem as qualidades que tem – parecerá antipática, esnobe; nisso atrairá para si pessoas que não gostem. No que se concentrar com paixão e convicção, assim será. Logo o gago deveria pensar: “existem pessoas boas, educadas, compreensivas e eu as atrairei e, elas, serão minhas amigas verdadeiras; minha vida será como eu quero realmente para a minha felicidade”. O foco do problema foi mudado. Antes se preocupava com as pessoas que riam, as dificuldades por ser gago e os pensamentos próprios de obstáculos a própria vida levando a se comportar igualmente: retraído, tímido, envergonhado, sem prosseguir ou dar continuidade as realizações pessoais por que faltava fé em si mesmo. Sendo positivo em pensamentos e ações, conscientes ou inconscientes, se atraem pessoas iguais. Tudo é atraído por você: pessoas, saúde, trabalho, estilo de vida, relacionamentos, riquezas materiais, onde mora, o que possui. É como se fosse um “ímã”. A ciência da física quântica diz que “não se pode se ter um universo se não está mentalmente nele, que a mente está forjando a coisa que está sendo percebida”. Não há necessidade de entender ou compreender como funciona, mas sim ter fé. Exemplo: o que é energia? Há várias explicações diferentes, mas se sabe que existe e se pode usá-la: mover um veículo, gerar eletricidade, aquecer um alimento. São energias “iguais”, mas cada qual em uma vibração diferente a nível subatômico, mas de mesma origem. Então, e os pensamentos ruins se materializam? Está provado cientificamente que os bons pensamentos têm frequência maior que os maus pensamentos. Mas é o foco da própria pessoa que a colocará em sintonia com o bom ou mal pensamento, isto é, é a pessoa que escolherá o tipo de pensamento que quer ter, vivenciar. Isto já elimina a preocupação – que é um estado ruim quando se vê a preocupação (problema) como insolucionável. Os pensamentos não se tornam reais instantaneamente para repensar – a melhor forma é anotar em um papel o que desejo de coração, mas, antes, discerne, reavalie o que quer realmente. Tudo o que pensa, atrai. Queira ou não. Atrai inconscientemente. Mas não fique monitorando os pensamentos. Veja os sentimentos que mostram o que está pensando. Sentimentos bons e maus. Eis o que pensa, sente, e atrairá. Mudar a faixa vibratória. Eis a questão. Celebre os bons pensamentos e atrairá. Mas deve sentir plenamente. Exemplo: ficar alegre ao beber álcool. Uma ilusão porque está fazendo mal. Tanto é que sente no corpo os efeitos. Há as verdadeiras felicidades: não fazem mal ao corpo e mente. Comece agora a sentir felicidade, amor. O universo corresponde seu sentimento. Seus pensamentos (bons ou maus) e sentimentos criam a sua vida. Mudança de consciência, eis o segredo. O bom sentimento atrai boas coisas. Como? Pense em algo bom, que lhe agrade realmente. Começará a mudar o humor. Mas procure se realizar em atos ou procure atuar em prol das realizações pessoais. Você é o criador de seu destino conforme seu pensar. “Somos consequência do que pensamos”. (Buda)
2

Como pedir? Pense e Aladim e a lâmpada. Aladim pede e o gênio da lâmpada responde: “Seu desejo é uma ordem”.

Processo criativo:
1) Pedir. O que quer de verdade. Escreva no presente do indicativo o que quer em todas as áreas. 2) Acreditar que já possui: fé decidida. Não pergunte como conseguirá, mas acredite que terá. O universo mostrará. Jamais se desanime quanto ao tempo – o tempo é uma medida humana, mas não existem no universo as horas, os dias, os anos, os séculos. Tenha fé decidida que conseguirá. 3) Receber. Sinta-se bem agora como já tem. Seja feliz. Aí conseguirá. Se acreditar só intelectualmente não terá. Tem que ter o sentimento. Esse é o poder criativo. Sentir do fundo do coração e da alma que já tem. Não duvide para não “cortar” a criação. Nunca ache que não conseguirá. Vá a um lugar, experimente o carro que deseja. Sinta como tendo. Não atrase, não duvide, quando a intuição, oportunidade aparecer, vá. Os receios bloqueiam. Guarde as imagens do que quer e terá. Comece do nada e do nada terá. Pense: um carro à noite ilumina 100 metros, você quer chegar a uma cidade, mas você só vê os 100 m, porém chegará, pois é seu objetivo. Em nível cientifico não há tamanho, mas o desejo de ter. Não pense “isso é pequeno, logo é fácil”; “isso é grande, logo demorará”. O universo não tem tempo, hora, quem os criam são os seres humanos; não há grande ou pequeno, difícil ou fácil. A realidade muda conforme a mudança de o pensamento. Exemplo: vê divida e fica sintonizado na divida, logo ela sempre existirá pela lei de atração. Pense: “quitarei a divida”. Assim aja com atos também, economize, mas sem achar que será escasso sempre.

Mudança:
1) Gratidão – pense em que quer, agradeça o que possui, conseguiu, agradeça o que conseguirá (sinta gratidão a nível profundo). Se não tem, pense em ter, não duvide. Exemplo: um home pegou uma pedra e disse que traria sorte. Começou a ter. Conhecendo um amigo disse que traria sorte. O amigo disse que usará e terá sorte. Não foi a pedra, mas a mente, o sentimento empregado. É o pensar convicto, mesclado ao sentimento que “trouxe” sorte; 2) Visualize – programa Apolo “ensaio motor visual”, quando imagina, materializa. Os atletas usavam isso quando sentados e imaginando correndo – mente não distingue se é realidade ou não. Se concentre no resultado final ou o que deseja. Exemplo, ter carro. Sente-se, imagine-se o carro. É o sentimento que cria a atração e não só o pensamento. Tem que se sentir abundante. Não diga “um dia terei”, mas diga ”tenho”. A visão interior é que muda a própria vida. Não compreenda, mas acredite. O universo sabe qual o caminho é melhor. Não diga que quer do seu jeito, mas deixe nas mãos do universo. Peça o que quer realmente, aja em atos, tenha hábitos condizentes. Erros: deseja intensivamente, pela demora da realização a pessoa duvida. Assim seja: não se realiza. Então tenha a visão de já ter. O universo quer “persistência”. Acredite que merece, que tenha, sinta-se confiante em ter. O universo fará o resto. “É duro falhar, mas é pior nunca ter tentado alcançar o sucesso”. (Eleanor Roosevelt)
3

O segredo para ter dinheiro
Muitas pessoas pensam que são ruins, mas o que o torna é o uso. Quem dá “vida” é a pessoa. Então goste do dinheiro como possibilidades de realizações pessoais. Visualize os objetivos já alcançados – não duvide. De repende aparecerá intuição, pessoa, acontecimento correlacionado com o que quer. Pensamento inspirado é concretizar. A mente humana é limitada e em momentos acha que não conseguirá – pensa do jeito que acha mais provável, mas o universo tem possibilidades. Pense no que quer e atrairá. Pode não ser igual, mas não desanime e veja a similaridade. Muitas desanimam porque acham que deve ser algo como cópia perfeita, mas a verdade é que há o que quer sem ser cópia. Almeje sempre o que quer e não fique tolhido, estático. Se pensar eu tenho que acabar com dividas, então tá pensando nas dívidas e terá. Pense em créditos: seu desejo é uma ordem. Pense no que quer e não no que tem. Se quiser prosperidade pense nela. Faça um teste, imagine ganhando, tendo na conta bancária etc. Espere. Todos têm a capacidade de mudar. Mas faça a cada dia a possibilidade de poder ganhar. Estude, conheça o mercado, as necessidades das pessoas locais, esteja sintonizado com os eventos. A intuição ajudará e alguma pessoa vendo seu esforço lhe ajudará. Pensar sem agir não dá certo. Por quê? Porque se só pensar, e não agir, as possibilidades que surgirão desaparecerá por que não se mobilizou para “agarrá-las”. É como ver pessoas se divertindo, você quer estar lá, elas lhe chamam, mas, você, não quer ter o trabalho de se levantar.

Felicidade
Pode ter dinheiro, mas não é a riqueza total, mas uma parte. A vida é para ser abundante em tudo: família, profissão, saúde etc. Seja feliz dentro de si e o mundo se transformará. “Feliz é a pessoa que avança diariamente e não considera o que fez ontem, mas, sim, que progresso pode obter hoje”. François Rabelais "Um homem não está acabado quando enfrenta a derrota. Ele está acabado quando desiste." (Richard Nixon)

Relacionamentos
Somos criadores do nosso universo conforme nossos desejos. É importante ver os sentimentos, pensamentos, desejos e vontades (ações). Veja o que desenha, faz. Assim ver-se-á. É o que pensa! O que quer realmente? Pense, aja de acordo. Diversão amorosa? Casamento? Mas aja de acordo em cada etapa. O que não pode é ser diferente em cada situação porque será incompatível e não dará certo. Isto é, pensou em ter uma pessoa fixa, mas quando a encontra quer apenas curtir a pessoa ou não ter responsabilidade no relacionamento. Primeiro goste de você, assim é a lei da atração. Não pense que a felicidade está nas outras pessoas; seja feliz interiormente. Não ache que as outras pessoas são melhores, mas acredite que você próprio tem potencialidades. Veja as qualidades nas demais pessoas. Se ficar vendo só os defeitos então fará a outra pessoa ser apenas “defeitos”. O que acontece é conforme o pensar, projetar na vida e nas pessoas. Pode dar chance às pessoas criarem a felicidade, mas cada qual é responsável pela própria
4

felicidade. Não é o corpo que dirá que será feliz, mas o estado de espírito e comprometimento com a outra pessoa.

Saúde
O corpo é produto dos pensamentos. As ações é fruto do pensar de si, do mundo. Através do pensar a pessoa agirá: comer ou não, exercitar-se ou não, estudar ou não etc. Um tratamento médico ajuda o corpo, mas a mente é que ajuda a cura do corpo e dos próprios sentimentos. É o estado mental que influencia. Quando se coloca muito estresse na vida o corpo e a mente adoecem. A dor não é ruim, mas diz o que está errado. Exemplo: uma pessoa com câncer faz tratamento, mas duvida do tratamento, reclama, a mente coloca estresse e piora a saúde ou faz a pessoa desistir de procurar cura. Está comprovado cientificamente que fé – acreditar em algo superior ou em si e na aquisição da cura – ajudo muitíssimo na obtenção da cura. Tanto é verdade que os pacientes internados num hospital recebem ajuda de médico e psicólogos. Há uma equipe para cuidar da mente e do corpo. Isoladamente não há um processo de cura eficiente. Autocura. O corpo consegue na maioria das vezes curar-se. Quanto mais fala da doença, mas fica mau porque inconscientemente vê como eterna. Concentre-se na felicidade e não na dor, doença. É a autossugestão eficiente. Pense na cura, mas não desanime se não for igual como quer ou 100%. O que importa é o pensar positivo que leva a procurar “curas”. Mas a verdadeira “cura” está internamente. O homem se torna no que pensa. Se for negligente com sua alimentação terá o que fez e assim será com outros comportamentos. "Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio." (Hipócrates) Ou seja, o que introduzir em seu corpo afetará sua saúde física e mental. Você é responsável pela sua saúde.

O segredo para o mundo
As pessoas gastam energia em algo que querem acabar, mas deveriam fazer o inverso. Querer acabar com a guerra. Sai em manifestos. Na verdade dá movimento a guerra. Quando se pensa e faz algo que quer acabar na verdade perpetua o que se quer acabar. O processo correto e fazer algo diferente, mas com similaridade. Em vez de guerra deveria agir em educação, paz. Madre Tereza dizia: “nunca me verão numa passeata antiguerra, mas sim numa para a paz”. Logo, se quer ser antiguerra seja pró-paz; se é antifome, seja pró-alimento; se é antidrogas, seja pró-saúde; se é contra determinado político seja a favor de outro político. Exemplificando: 1) Pró-paz – educa quanto à tolerância religiosa, a igualdade racial, a equanimidade nas distribuições de riquezas; 2) Pró-alimentos – meios de ajudar as pessoas a terem alimentos quando escassos, quem tem mais doe algo; térreas improdutivas se transformam em oásis diante do trabalho; 3) Pró-saúde – mostrar os benefícios dos exercícios físicos a mente e ao corpo, a alimentação equilibrada e nutritiva, a capacidade latente em cada pessoa, o saber rir de si mesmo, a capacidade de administrar a vida, que errar é uma característica a cada ser humano e uma
5

oportunidade – como o erro – de procurar corrigir e encontrar a solução, pois assim é a vida: tentativa, erro e correção (quem não erra é porque nada faz) etc.; 4) Quando se é pró-adversário político se gasta energia em favor deste: fala-se dele, demonstra as qualidades, o coloca em evidência. Já contra o tal político se fala dele colocando-o em evidencia e dando a chance de ele se justificar. A energia flui conforme a sua atenção! A mente em si não distingue bem “querer acabar com a guerra” do “não querer mais a guerra”, mas sim foca no principal: “guerra”. Em contrapartida agindo em prol da paz a mente focaliza “paz” e buscará ferramentas adequadas. Um cientista não pensa no câncer em si, mas na cura. Ele estudará os efeitos e causas do câncer, mas procurando a cura. É bem diferente de estudar o câncer e suas manifestações. Outro exemplo. Há pessoas que querem cometer crimes, logo pensam em condenações jurídicas, prisões, porém não se pensa em como diminuir a criminalidade. Notem a diferença. No primeiro caso a solução é voltada a reprimir, enquanto a segunda é solucionar. Bem diferentes. Chegamos ao “segredo”: soluções. Gastam-se bilhões com tentativas de repressão, mas não há a vontade real que é solucionar. Madre Tereza sabia disso: repreender a guerra é dar atenção demasiadamente a ela sem buscar soluções. Já na passeata em prol da paz imprime nas mentes humanas a possibilidade de paz, que é possível ter paz. Repetindo, a mente em si não distingue, mas leva ao pé da letra: guerra é igual à guerra; paz é igual à paz. Os semelhantes se fundem, atraem-se. Se analisar bem a maioria das manifestações condenando a guerra geram sentimento de revolta e, geralmente, brigas. Já a mentalidade e ação de paz incute em seus membros a ideias de “sossego”, “ternura”, “amor”, “compreensão”. Muitos grupos ardilosamente usam os mecanismos que aqui estão descrito para um fim pessoal e maquiavélico. Se quiser revolta escolhem temas que vão mexer com as emoções negativas como ”guerra”, “racismo” etc. Se quiser uma marcha antirracismo crie uma que fala de igualdade racial. Quando há o pensar de “combater os racistas” as pessoas do grupo saem consciente ou inconscientemente com as ideias de “revolta” contra certas pessoas, atitudes racistas. Ao se depararem com possíveis racistas, geralmente há ataques mesmo que a contraparte nada tenha feito. Já o pensar de “igualdade racial” cria a mentalidade que todos são iguais e cada qual merece o devido respeito. Ao ver as demais pessoas, racistas ou não, se verá que ali há um ser humano e merece o devido respeito. Analisou a diferença? “Quando deixamos de contribuir, começamos a morrer”. (Eleanor Roosevelt) "Quando nossa consciência será tão carinhosa que agiremos para evitar a miséria humana ao invés de vingá-la?" (Eleanor Roosevelt) “Toda religião, arte e ciência são ramos de uma mesma árvore. Todas estas aspirações são enobrecimentos voltados para a vida do homem, levantando-o da esfera da mera existência física e elevando-o para a liberdade”. (Albert Einstein)

Não há escassez no mundo. Há uma mentirá de que não há bens suficientes para todos. O que é a realidade é o desperdiço. Se verificarmos realisticamente a humanidade nos primórdios não cultivava nenhum alimento. Provinha da própria natureza. Quando se firmou em algum lugar devido ao processo de agricultura passou a ter mais que as próprias necessidades. Analisando mais ainda, se admitirmos que haja escassez pela quantidade de seres humanos na terra, teremos que também admitir que o exagero de animais irracionais na terra há de trazer escassez. Em analogia teremos que verificar que, em relação ao
6

ser humano, o que há são aglomerações populacionais. É normal querer ficar em um local que haja abundância, conforto, tecnologia. Mas com políticas sérias se podem expandir os benefícios civilizatórios para outras regiões quando houver seriedade dos governantes. Outro fator importante é o desperdício. Citando o Egito antigo – épocas dos faraós – estes tinham ciclos de cultivos e armazenamentos. Sabiam que tal estação dava mais alimentos. Nas entressafras dosavam os alimentos e cada indivíduo racionava, mas não passava fome. Atualmente há desperdícios na humana. Assim fica difícil a natureza, que age com ciclos perfeitos e sincronizados – fornecer subsídios à vida humana. Ecologicamente falando é saber usar o que é preciso evitando-se o consumismo e desperdício. Avareza e medo: colaboram para o medo generalizado. O que tem que ter é soluções. "Não pretendemos que as coisas mudem se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar "superado". Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que as soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. “Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la”. (Albert Einstein). A realidade da própria vida é conforme o pensar. Tudo é energia. O que está no cosmo está em cada vida, mineral, átomos. Mas deve-se, então, não ver os noticiários, o que acontece no mundo e no próprio país, região? Não. Saber o que está acontecendo, bom ou mau, é estar consciente dos fatos. Quando ruim se devem mobilizar forças positivas (ações e pensamentos) para mudar o quadro caótico. Lembre-se de Madre Tereza que dizia: “nunca me verão numa passeata antiguerra, mas sim numa para a paz”. Logo, se quer ser antiguerra seja pró-paz; se é antifome, seja pró-alimento; se é antidrogas, seja pró-saúde; se é contra determinado político seja a favor de outro político.

Para pensar
Durante uma conferência em Berlin, um professor ateu desafiou seus alunos com esta pergunta: - Deus fez tudo o que existe? Um estudante respondeu: - "Sim, Ele criou!" - Deus criou tudo, mesmo? - Sim, professor - respondeu o jovem. O professor replicou: - Se Deus fez todas as coisas, então Deus fez o mal, pois o mal existe, e considerandose que nossas ações são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mal. O estudante calou-se diante de tal resposta e o professor, se vangloriava de haver provado uma vez mais que a Fé era um mito.
7

Outro estudante levantou a mão e disse: - Posso lhe fazer uma pergunta, professor? - Sem dúvida - respondeu o professor. - Professor, o frio existe? - Mas que pergunta é essa? Claro que existe; você nunca sentiu frio? O rapaz respondeu: - Na verdade, professor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, é ausência de calor. Todo corpo pode ser estudado quando tem ou transmite energia, mas é o calor e não o frio que faz com que tal corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor, todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Criamos esse termo para descrever como nos sentimos quando nos falta o calor. - E a escuridão professor, existe? - continuou o estudante. O professor respondeu: - Mas é claro que sim. O estudante respondeu: - Novamente o senhor se engana, a escuridão não existe. Podemos estudar a luz, mas a escuridão não. O prisma de Newton decompõe a luz branca nas várias cores. A escuridão não. Como se faz para determinar quão escuro está um determinado local? Apenas com base na quantidade de luz presente nele, não é mesmo? Escuridão é um termo que o homem criou para descrever o que acontece quando não há luz. Finalmente, o jovem perguntou: - Diga professor, o mal existe? Ele respondeu: - Claro que existe. Como eu disse no início da aula, roubos, crimes e violência em todas as partes do mundo, essas coisas são o mal. Então o estudante respondeu: - O mal não existe professor. O mal é a ausência do Bem, a ausência de Deus. É como nos casos anteriores. Deus não criou o mal. Não é como a Fé, que existe como existe a Luz e o Calor. O mal resulta de que a humanidade não tenha Deus no coração. É como o frio que surge quando não há calor, ou a escuridão que acontece quando não há luz. 1900 (mil novecentos e noventa). Este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça permanecendo calado. Imediatamente o diretor dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome? E ele respondeu: “ALBERT EINSTEIN”.

O que somos?
Somos energia. O corpo é uma energia condensada (teoria da relatividade). Se o corpo é o energia o que há depois da morte? A consciência é energia, então aonde irá? Logo a alma é, e o corpo é. Não é a aparência que dirá se a pessoa será infeliz ou não, mas o estado da alma: pensar, agir. Há pessoas paraplégicas que são felizes porque sabem viver plenamente. E há aquelas que não são incapacitadas motoramente, mas são psicologicamente. “Somos o que pensamos”. (Buda) Pergunte a um físico que estuda física quântica o que é energia? Ele responderá: “Ela não pode ser criada ou destruída, sempre é e sempre será, é tudo que existiu e existirá, está se movendo pela forma, para forma e saindo da forma, é única no universo todo, mas o que a difere e a qualidade e o tipo de escala das vibrações energéticas”.
8

Pergunte ao teólogo: “O que é Deus”? Ele responderá: “Não pode ser criado e nem destruído, sempre foi e sempre será, é tudo que existe no universo e na Terra, é tudo quanto pensar (espiritual e material), é energia viva que transforma, cria e nunca se destrói”. Vê-se claramente a singularidade entre ambos. Logo somos energia também e cada qual uma parcela, um quantum energético de uma grande energia – se examinar verá que sua aparência real é um aglomerado de células, estás são aglomerados de átomos e, estes, formados por prótons e nêutrons.

Comportamento
As pessoas agem como se o que possuem é culpa de alguém, algo, mas na verdade 80% é o comportamento da própria pessoa diante de si e das demais pessoas. Ação e reação de si para si, de si para a vida e pessoas. A lei da atração sempre existe. Se quiser felicidade, realização pessoal, então, mude os pensamentos e os atos. “Pensando no que pode ou não pode você tem razão”. (Henry Ford) “Ninguém pode magoar você sem o seu consentimento”. (Eleanor Roosevelt) “Ninguém pode fazer se sentir inferior sem o seu consentimento”. (Eleanor Roosevelt) “O único homem que jamais erra é aquele que nunca faz nada”. (Eleanor Roosevelt) “O ódio nunca desaparece, enquanto pensamentos de mágoas forem alimentados na mente. Ele desaparece, tão logo esses pensamentos de mágoa forem esquecidos”. (Sakyamuni) “Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolver em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos”. (Sócrates) “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância”. (Sócrates) “Faça aos outros, o que desejaria para si.” (Jesus) Os psicólogos dizem que 85% das famílias são conflituosas. Logo se chega à conclusão que quase todos têm problemas, mas cada qual pode mudar a situação para melhor quando se quer, se tem convicção em si. É só ver os exemplos de grandes mestres e pensadores e simples mortais. Todos tinham problemas e dificuldades, mas persistiram na aquisição das próprias realizações e alegrias.

O estado emocional construindo sua vida
É o estado emocional que transformará a sua vida. O que sente atraí, comporta-se como reflexo do próprio pensar de si, da vida e das demais pessoas. Não é o lugar, as circunstâncias que dirão que será ou não feliz, mas, sim, a emoção que está dentro de si, ou melhor, os pensamentos emocionais diante de sua personalidade, caráter. Ame-se, admita que tenha qualidade, conquistas, realizações. A felicidade está dentro de si porque a energia cósmica está dentro de si: o poder criador está dentro de si. Quando se está triste, melancólico, angustiado, raivoso, inquieto; quando se tem avareza, medos como receios, timidez, vergonha. Estará criando seu estado de personalidade e a sua vida em relação aos relacionamentos humanos, trabalho, estudos, alimentação etc. Como pensa, será!
9

Quando ficar triste, impaciente, angustiado, pessimista mude a sua maneira de pensar. Quando alguém lhe atormentar, angustiar, aborrecer mude a sua conduta mental e emocional. Não se deixe sintonizar, igualar a tal pessoa. Saia do local se der, não sendo possível acredite que está protegido e que a pessoa será assistida pelo magnetismo cósmico (que é sempre positivo). Como? Acredite que em si há o poder da centelha cósmica que é amor, ternura, abundância, paz, segurança. É que está dentro de cada um, logo a energia cósmica agirá em ti e na outra pessoa – quando se tem pensamento de fraternidade, amor (perdão, caridade). Isso transmutará o ambiente. Caso a pessoa ainda fique “negativa” ela mesmo sentirá vontade de sair. Pode ser que você fique com raiva, mas deve mudar a sua faixa vibratória, ou melhor, dizendo pensar na gratidão e na força cósmica que há em você. E quando se sentirá melhor?Depende da vontade, do grau de maturidade emocional e intelectual diante de desavenças, isto é, a compreensão psicológica do comportamento humano: psicologia comportamental. A tensão é uma maneira de a pessoa se defender e expurgar a carga emocional e psíquica que não sabe controlar ou porque é devido à imaturidade, ignorância diante da vida real, age sob o STATUS, valores mundanos passageiros e distorcidos (egolatria, complexos de inferioridade ou superioridade, medos). Não é o tamanho ou valor de algo que dará prazer, mas, sim, o comportamento mental (personalidade e caráter) da pessoa que projeta no que tem, faz. Explica-se o porquê que certo alimento que era prazeroso passa a ser desagradável, da caneta que era adorada por ser um presente querido, mas a gora passa a ser sem sentido.

Destino
Não há um quadro negro dizendo o que será, mas existe sim a caneta na própria mão a escrever a própria história. A vida é conforme o criar, agir. Não há regras de poder ou não poder fazer, mas existem leis naturais que o homem deve compreender e usá-las para ser feliz. Exemplo: não importa se uma pessoa é magra ou não, ao cair de um prédio sofrerá a lei da gravidade e, como tal, sofrerá no corpo físico o impacto – dois corpos não podem ocupar o mesmo local ao mesmo tempo (física). Outro fator é achar que não conseguirá. O impossível está na mente humana quando assim pensa. Leia sobre os “pensadores” e entenderá o “segredo”. Todos têm algo a acrescentar na vida e a cada qual ao seu tempo. Ninguém pode escrever a sua história, mas você permite que as pessoas em certo momento ajam na sua história, seu destino. As dúvidas colocam as pessoas em vários rumos. Ser parcial, tolerante, mas saber o que realmente quer; o que é realmente bom e ruim a saúde física e mental. "A filosofia de uma pessoa não é mais bem expressa em palavras; ela é expressa pelas escolhas que a pessoa faz. Em longo prazo, moldamos nossas vidas e moldamos a nós mesmos. O processo nunca termina até que morramos. E, as escolhas que fizemos são, no final das contas, nossa própria responsabilidade." (Eleanor Roosevelt) “Ganhamos força e confiança a cada experiência em que verdadeiramente paramos para enfrentarmos o medo”. (Eleanor Roosevelt) “A amizade consigo mesmo é crucial, porque sem ela não se pode ser amigo de ninguém mais no mundo." (Eleanor Roosevelt)
10

"Você ganha forças, coragem e confiança a cada experiência em que você enfrenta o medo. você tem que fazer exatamente aquilo que acha que não consegue." (Eleanor Roosevelt) “O segredo da saúde da mente e do corpo está em não lamentar o passado, em não se afligir com o futuro e em não antecipar preocupações; mas está no viver sabiamente e seriamente o presente momento”. (Sakyamuni). “Não é um deus que julga as pessoas, mas é a própria pessoa que faz o julgamento de si mesmo”. (Daisaku Ikeda). “O que somos hoje e o que seremos amanhã depende de nossos pensamentos. Se procedo mal, sofro as consequências; se procedo bem, eu mesmo me purifico”. (Sakyamuni). “Eu sou o resultado de meus próprios atos, herdeiros de atos; atos são a matriz que me trouxe, os atos são o meu parentesco; os atos recaem sobre mim; qualquer ato que eu realize, bom ou mal, eu dele herdarei. Eis em que deve sempre refletir todo o homem e toda mulher”. (Sakyamuni). “Bem farias em te examinares e refletires sobre a ti mesmo”. (Sakyamuni). “Em nossas vidas há momentos de alegria e de sofrimento. Se conseguirmos entender que sempre haverá bons e maus poderemos gradualmente a não o esperar somente bons momentos, e nem a detestar os maus”. (Daisaku Ikeda).

11

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->