Você está na página 1de 8

Breve Currículo da Docente

Comunicação Empresarial
Licenciada em Letras Português,
Aula 1 Inglês e Literaturas
MBA Executivo em Gestão
Profa. Kátia Luizari Estratégica de Vendas
katialuizari@grupouninter.com.br Dedica-se à docência, consultoria,
pesquisa e publicações nas áreas de
Comunicação, Responsabilidade
Comercio Exterior Social, Motivação e Técnicas de
Ensino

Comunicação é Poder! Poder é a habilidade em convencer,


Poder é Sucesso!
influenciar, induzir ou direcionar
“Se a linguagem não está em outra pessoa a seguir ou apoiar
consonância com a verdade das ideias e diretrizes sugeridas
coisas, os negócios não podem ser
Qual é a ferramenta mais utilizada
conduzidos com sucesso.”
por esse habilidoso que convence,
(CONFÚCIO séc. VI a.C.) influencia e direciona?

“A palavra é o meu domínio Comunicação Empresarial


sobre o mundo.”
Embora a expressão seja
(LISPECTOR, Clarice)
abrangente, envolvendo assessoria
“Liquidação de verão “Sandália prá mulher de imprensa, imagem corporativa,
Só hoje!” aberta atrás”
relações públicas, marketing
“Macarrão com ovos institucional, relacionamento com
(longos e curtos)”
a mídia etc., começaremos do
“Após as boas relações mantidas com o início, ou seja, com a comunicação
gerente X, o funcionário Y deverá ter
abonada a sua falta do último dia 12.” escrita (interna e externa)

1
Conceito Básico Comunicação Eficaz
“Todo homem tem o direito à O bom redator deve:
liberdade de expressão, que inclui
a liberdade de receber e transmitir »fazer a adequação de linguagem
informações e ideias por quaisquer ao público-alvo
meios, sem interferências,
e independentemente »ser claro e conciso
de fronteiras.”
»dominar a norma padrão/culta
(Art. 6o da Declaração dos Direitos Humanos)

Comunicação e Interação
»evitar gírias, jargões e excesso
Em toda comunicação ‘efetiva’ há,
de termos técnicos
necessariamente:

»responder, sem demora, as »emissor – quem envia


correspondências recebidas a mensagem

»tratar todos com cortesia »receptor – quem recebe


a mensagem

»mensagem – conteúdo das Tipos de Comunicação


informações transmitidas
Verbal
»código – linguagem utilizada
»Os seres humanos estabeleceram
um código denominado linguagem
»canal – meio de transmissão
escrita, ou falada. No entanto,
da mensagem
a comunicação verbal não se
»retorno – resposta do receptor resume a essas duas formas;
(feedback) nosso corpo também ‘fala’

2
Não verbal

»Gestos, olhares, expressões


Na verdade, os códigos verbal
corporais e faciais, movimentos,
e não verbal são associativos
imagens sonoras, olfativas e
e complementares. Um não se
visuais também compõem
efetiva sem o outro.
mensagens que desejamos ou
não transmitir

Tipos de Linguagem

Sonora: escala musical, sirenes Assim sendo, cada sinal

Visual: placas de sinalização, luminoso, cada música, cada


esculturas gesto, cada figura, traz em si

Pictórica: imagens, pinturas um discurso compreensível,


mesmo que sem palavras.
Gestual: danças, orientações para
o trânsito etc.

Características da Linguagem
Linguagem vital: prática diária,
As características da linguagem
fala popular
determinam três classes
fundamentalmente diversas,
“Ô seu Dirceu, não vê que estou
embora em todas persista
em confabulância secretíssima
o objetivo máximo, que
com a senhora delegada?”
é a comunicação

3
Linguagem intelectiva: representa Linguagem literária: representa a

a norma culta, a transmissão dos expressão do belo, o prazer estético

conhecimentos e sua crítica “De tudo ao meu amor serei atento


Antes e com tal zelo, e sempre, e
“Linguagem é a capacidade humana
tanto Que mesmo em face do maior
de usar um sistema de sinais para,
encanto Dele se encante mais meu
concretamente, comunicar suas ideias
pensamento (...)”
e pensamentos.”
(MORAES, Vinicius de)

Funções da Linguagem
»emotiva

A linguagem tem várias funções ou


»apelativa
finalidades, conforme as intenções
ou pontos de vista do emissor. »metalinguística
Basicamente, essas funções
classificam-se em: »informativa ou referencial

Função emotiva

»Predominantemente subjetiva e
“Eu sem você não tenho
centrada na 1a pessoa do singular, porque, porque sem você não
pois procura transmitir a sei nem chorar. Ando sem rumo
mensagem sob a ótica do emissor, sem saber que caminho seguir.”
ou seja, expressando seu estado
de espírito, sentimentos e opiniões

4
“Quer aprender inglês? Não
Função apelativa perca tempo. Venha conhecer
nossos métodos revolucionários!
»Aquela em que o emissor procura
Professores estrangeiros!
influenciar o comportamento de Preços acessíveis!
quem recebe a mensagem
Dynamic English Course
Rua dos Ingleses, 127.”

Função metalinguística “O nome Curitiba, capital do


Paraná, vem de curi (pinheiro) e
»Serve para definir ou explicar
tyba (muito, grande quantidade).
o próprio código. Os melhores
Curitiba, portanto, significa,
exemplos são as aulas, os
originariamente, lugar onde
dicionários e as gramáticas
há muitos pinheiros.”

Função informativa ou referencial “Os exercícios físicos aumentam


a força e a resistência muscular,
»Procura transmitir a mensagem ajudam a manter a postura
de maneira clara e objetiva, não correta e facilitam a respiração
dando margem à dupla e a circulação do sangue
interpretação no organismo.”

5
Sintetizando

Comunicação e interação: Tipos de linguagem:

»emissor »código »sonora »pictórica

»receptor »canal »visual »gestual

»mensagem »retorno

Funções da linguagem:
Características da linguagem:
»emotiva
»vital
»apelativa
»intelectiva
»metalinguística
»literária
»informativa ou referencial

Praticando a Teoria
(...) e os perigos por que passou
“Quais surpresas você pode ter ao o detetive David Trieste. Nunca as
dar carona, numa estrada deserta, páginas de um livro tiveram tanto
a uma linda garota com o pé suspense e movimento. Vá à banca
destroncado? Leia Terror na de jornais mais próxima e agarre
Floresta e você viverá o criminoso. (...)
as emoções (...)

6
(...) Leia Terror na Floresta Lá prás bandas do sertão, na
e encha de adrenalina seu fim porta da venda do seu Abel, um
menino barrigudinho fica parado
de semana!” vendo quem passa na estrada.
Dias desse passou um viajante a
Função predominante: cavalo e perguntou:
apelativa
– Você aí, menino, para aonde
Característica da linguagem:
vai essa estrada?

intelectiva (...)

(...)
Função predominante:
– Ela vai não, a gente é que vai
nela. informativa

– Engraçadinho de uma figa!


Como você se chama?
Característica da linguagem:
– Eu não me chamo não, os otro vital
é que me chama de Zé.

Definição de propósitos
Importante

»Informar, persuadir, solicitar


Público-alvo
e convidar

»O redator deve estar sempre Para que o leitor realmente compreenda

atento à capacidade de sua mensagem de imediato, é preciso

entendimento do receptor ter muito claro o que se deseja


transmitir.

7
Escolha da função da linguagem

»Intenções ou pontos de vista do


emissor