Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS - UCG

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS – JUR


CURSO DE DIREITO TRIBUTÁRIO I – JUR 3411
Prof. Rodrigo Gusmão de Paula
Exercício nº 1
11/03/2007
Aluno:

1) Sobre a atividade financeira do Estado, leia as a) o imposto é a única espécie de tributo não
afirmações abaixo e marque (C) para as afirmações vinculado;
certas e (E) para as erradas: b) pelo critério da competência os tributos podem
ser classificados em fiscal e extrafiscal;
( ) Toda entrada de dinheiro para os cofres públicos c) o exercício do poder de polícia do Estado não
é receita; justifica a cobrança de taxa pelo ente público;
( ) Somente a entrada definitiva é receita; d) o empréstimo compulsório pode ser cobrado,
( ) Receita originária é aquela que decorre da quando da atuação estatal de realização de uma
atividade econômica estatal (ex.: industrial); obra pública decorra, para os proprietários de
( ) A receita derivada é aquela obtida pelo exercício imóveis adjacentes, uma valorização de suas
do poder de império do Estado (ex.: tributo); propriedades;
( ) A despesa pode ser realizada pelo administrador e) as taxas e a contribuição de melhoria são
público sem previsão legislativa. tributos não vinculados;

2) São espécies de tributos, exceto: 6) Marque (C) para as afirmações certas e (E) para as
erradas:
a) Contribuição social;
b) Taxa; ( ) as limitações constitucionais ao poder de
c) Contribuição de Melhoria; tributar são regras que garantem ao contribuinte
d) Imposto; limites ao poder de tributar dos entes públicos
e) Taxa de Condomínio (Estado);
( ) no Sistema Tributário Brasileiro, os tributos só
3) Marque (C) para as afirmações certas e (E) para as podem ser instituídos por lei, sendo as espécies
erradas: legislativas próprias a lei ordinária e a lei
complementar;
( ) tributo é prestação pecuniária voluntária; ( ) o princípio da legalidade, no Sistema Tributário
( ) os tributos não são instituídos pela Constituição Brasileiro, tem características próprias, pois
Federal, mas apenas previstos por ela; exige que a lei esgote os dados necessários à
( ) tributo é receita pública originária; identificação do fato gerador da obrigação
( ) a hipótese de incidência de um tributo não pode tributária e a quantificação do tributo, sendo
ser um ato ilícito; denominado pela tipicidade cerrada;
( ) somente a lei pode instituir o tributo. ( ) no Sistema Tributário Brasileiro, é permitido
que a União, Estados, o Distrito Federal e os
4) Quanto às espécies tributárias, marque (C) para as Municípios cobrem tributos em relação a fatos
afirmações certas e (E) para as erradas: geradores ocorridos antes do início da vigência
da lei que os houver instituído ou aumentado;
( ) é correto utilizarmos a palavra “impostos” em ( ) o princípio da irretroatividade da lei tributária
lugar de “tributos”; está diretamente relacionado com princípio da
( ) um tributo somente poderá ser instituído se legalidade, porque garante ao contribuinte que o
previsto na Constituição e por quem ela poder estatal não irá cobrar dele tributo sobre
designar; fatos pretéritos, quando ainda não havia lei que
( ) as taxas não poderão ter base de cálculo própria o previa.
de impostos;
( ) taxa é o mesmo que preço público; 7) Considerando o critério de classificação dos tributos
( ) as taxas podem ser instituídas por quaisquer pela Regra Matriz, explique o que é tributo vinculado
entes públicos (União, Estados, DF e e não-vinculado, citando as espécies tributárias a eles
Municípios). relacionados.

5) Marque a alternativa correta: 8) Cite quais são os tributos que não estão sujeitos a
quaisquer das espécies do princípio da anterioridade.
Justifique.

Você também pode gostar