Você está na página 1de 20

Seções de Vigas

Vigas Secundárias e Terciárias

Barra com bulbo e


cantoneira de abas e
espessuras desiguais.

A eficiência estrutural, ou seja, a razão módulo de


seção por área seccional, é maior para a cantoneira.

A economia de peso, ao se usar cantoneiras, é de + 6%


para perfis de módulo 300cm3 e varia até + 12% para
perfis de 1500cm3.

Tal economia é muito valiosa para equipamentos e


meios de transporte.
Vigas Secundárias e Terciárias
Barra com bulbo e cantoneira de
abas e espessuras desiguais.

A vantagem da barra com bulbo é a maior facilidade de


pintura, o que é importante em compartimentos com
tinta especial.

Para união alinhada de perfis a solda entre bulbos é


mais difícil.

- O custo de fabricação das cantoneiras é menor.


Vigas Secundárias e Terciárias
Seções de Vigas

Barras chatas

Usadas em convés
principal para melhorar
as condições de
resistência longitudinal,
por levar o eixo neutro
da seção-mestra para
cima.
Usadas também como
reforços locais, para
módulos até uns 150cm3.
Seções de Vigas Vigas Secundárias e Terciárias

Outras seções laminadas

Cantoneiras de abas desiguais e espessuras iguais são


empregadas para pequenos módulos de seção, até uns 300
cm³.
Seções soldadas

PERFIS DE PESO ÓTIMO

: d = 1,47 Z/t Alma

a = 3 Z [ 2A+td ] - td2 [ 2A+td/2 ] Barra-Face


2d [ 3A+td ]
Seções soldadas

SÃO MAIS USADOS OS TIPOS T E L2

Usados para módulos de seção a partir de


700cm3.

Os tipos T, L2 e L2A são bem mais fáceis


de fabricar que os tipos L1 e L3.
SEÇÕES FORMADAS.

usadas para baixos módulos de


seção
O raio interno da curva é 3t.
VIGAS PRIMÁRIAS
Cantoneiras de abas e espessuras desiguais

usadas caso o módulo não seja muito grande.

Seções soldadas

Usadas caso o módulo seja bem grande.

Quando a alma da viga precisa ser de grandes dimensões,


reforços terciários devem ser colocados nela.

Nesse caso, peso ótimo: d = 1,19 Z/t

Se a barra-face passar 200mm da alma, borboletas devem


ser dispostas a cada 3m.
PROPORÇÕES DE VIGAS
Vigas secundárias longitudinais.
(Critério Flambagem)

tA > h/60 Alma GL


tB > b/10 Barra-face L NV
tB > b/20 Barra-face T NV
t > d/16 Barra-chata ABS

A Alma
B Barra-face
Tarefas

Procurar nas regras disponíveis na rede os valores


sugeridos para as proporções de vigas.

Interesses relacionados