P. 1
História - Caderno de Resoluções - Apostila Volume 3 - Pré-Universitário - hist2 aula13

História - Caderno de Resoluções - Apostila Volume 3 - Pré-Universitário - hist2 aula13

5.0

|Views: 2.791|Likes:

More info:

Published by: Geografia Caderno de Resoluções História on Jun 24, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

História 2

COMENTÁRIOS – ATIVIDADES
1.

aula 13
PARA

COMENTÁRIOS – ATIVIDADES PROPOSTAS
1. As regências representaram um grande perigo para a manutenção da unidade política e territorial do Brasil devido ao grande número de rebeliões que eclodiram em todas regiões.
Resposta correta: B

SALA

O Período Regencial foi um dos mais conturbados da história brasileira, quando a própria unidade nacional esteve em jogo. Esse período foi marcado por diversos conflitos regionais, tendo como principais motivos a questão da centralização política e o descaso governamental com o povo, como ficou registrado na Revolta dos Cabanos, ou Cabanagem, um movimento essencialmente popular ocorrido no Pará, entre 1835 e 1840.
Resposta correta: E

2.

O Ato Adicional de 1834 representa o momento mais republicano das regências, tendo um caráter descentralizador e liberal.
Resposta correta: A

3.

Em 1832, o então Ministro da Justiça da regência Trina Permanente promulgou uma lei que proibia o tráfico de escravos para o Brasil, como não foi cumprida ficou conhecida popularmente como “lei para inglês ver”.
Resposta correta: D

2.

Os restauradores, adeptos da monarquia absoluta, eram remanescentes do Partido Português e defendiam o retorno de D. Pedro I para o trono brasileiro. O grupo dos exaltados era formado, principalmente, pelas camadas médias urbanas, enquanto que os moderados eram constituídos pelos representantes da aristocracia rural. Essas duas correntes políticas compunham o chamado Partido Brasileiro e tinham se aliado para derrubar D. Pedro do poder.
Resposta correta: B

4.

A questão da abolição dos escravos não fez parte da pauta política de reivindicações, o que mostra o caráter elitista de nossa elite dirigente.
Resposta correta: D

5.

As regências podem ser consideradas momentos de profunda instabilidade política e de agitações sociais.
Resposta correta: C

3.

Por meio do Ato Adicional de 1834 as províncias ganharam maior autonomia. Foram criadas Assembléias provinciais nas províncias. Essas Assembléias tinham autonomia administrativa, mas seus presidentes continuavam sendo escolhidos pelo Governo central, que garantia assim o seu controle. Assim, a descentralização foi bastante limitada aos olhos dos exaltados. Segundo os moderados, a descentralização concedida foi a chave para as diversas revoltas ocorridas nas províncias durante o período.
Resposta correta: C

6.

Liberais e Conservadores, ou luzias e saquaremas, tinham uma origem comum, ambos eram egressos da facção liberal moderada que conduziu o governo durante a regência, cindindo-se, no período de Feijó, em progressistas e regressistas, respectivamente. Assim, nada mais natural que os liberais, estando no poder, adotassem medidas de caráter conservador, e a expressão de um contemporâneo serve para aquilatar esta faceta da política imperial: “o partido que sobe entrega o programa de oposição ao partido que desce e recebe deste o programa de governo.”
Resposta correta: B

4.

A Guarda Nacional foi criada pelo Padre Diogo Antônio Feijó, em 1832, quando ocupava o Ministério da Justiça. Era dirigida pelas elites políticas locais, demostrando a falta de confiança do governo na fidelidade do Exército. A Guarda Nacional era recrutada entre os cidadãos com renda anual superior a 200 mil réis, nas grandes cidades, e 100 mil réis nas demais regiões. Seu objetivo era combater a anarquia, reprimindo movimentos populares que ameaçassem a ordem e a unidade nacional.
Resposta correta: B

7.

Restauradores, moderados e exaltados são facções políticas que atuaram durante o início do período imperial e deram origem no final do Período Regencial aos primeiros partidos políticos brasileiros .
Resposta correta: B

8.

Os restauradores defendiam a volta de D. Pedro I, que estava em Portugal e eram conhecidos como Caramurus, uma alusão a um jornal com esse nome que fazia a propaganda do grupo.
Resposta correta: C

5.

O posicionamento desses partidos a nível regional não se diferenciava da postura nacional. A oposição entre elas devia-se basicamente à disputa pelo poder e à forma de organização desse poder, onde os conservadores defendiam a centralização político-administrativa e os liberais inclinavam-se pelo fortalecimento do parlamento e pela maior autonomia provincial. Quando estavam no poder, ambos tratavam de varrer toda e qualquer força ou influência do adversário.
Resposta correta: E

9.

Foi Feijó o criador da Guarda Nacional em 1831 com objetivo de descentralizar o poder militar na regência e valorizar a classe dos proprietários rurais.
Resposta correta: B

10. As rebeliões regenciais contestavam o poder central e visavam ao separatismo político.
Resposta correta: D

3ª SÉRIE E EXTENSIVO

|

VOLUME 3

|

HISTÓRIA 2

1

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->