Você está na página 1de 3

RITO DE INVESTIDURA DOS COROINHAS 2010.

Coordenador: Reverendíssimo Padre Luciano queremos apresentar-te as


crianças e adolescentes habilitados a prestarem o seu serviço na liturgia como
Coroinhas. Apresentar-se-ão, neste momento, aqueles que desejam ser admitidos
e permanecer na Pastoral dos Coroinhas:
Cada criança será chamada pelo nome.
Padre: Podes dizer-me se eles estão aptos a exercerem o ofício de Coroinha
nesta comunidade?
Coordenador: Sim. Após o período de preparação exigido para exercer tal
ministério, posso afirmar que eles estão aptos a desempenhar os serviços de
Coroinha, pois demonstraram, neste período de preparação, consciência e
maturidade, dedicação e zelo pela Eucaristia e demais serviços da comunidade.
O Sacerdote dirigindo-se aos Coroinhas interroga-os:
Padre: Caríssimos filhos tendes consciência do que estais pedindo?
Coroinhas: Sim, tenho!
Padre: Antes de conceder-vos o ingresso e permanência, diante de Deus e do seu
povo aqui reunido, eu vos pergunto: Quereis assumir o ofício de Coroinha,
movidos pelo desejo sincero de servir à Igreja de Deus?
Coroinhas: Quero.
Padre: Quereis desempenhar com o máximo cuidado e reverência os serviços do
altar, seguindo as orientações do (s) seu (s) Coordenador (es) e obedecendo a
mim e aos meus sucessores?
Coroinhas: Quero.
Padre: Oremos. Ouvi-nos ó Deus todo poderoso, e derramai sobre estes vossos
filhos a benção do Espírito Santo e a força de sua graça, a fim de que sempre
acompanheis com a riqueza dos vossos dons àqueles que apresentamos a vossa
solicitude para serem abençoados. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
na unidade do Espírito Santo.
Momento da benção da investidura.
Padre: Estimados filhos. Vós escolhestes livremente e com exemplar
generosidade servir a comunidade em todos os momentos de culto e de oração a
Deus. Vós fostes preparados para este serviço, portanto, sejais fiéis e
perseverantes no compromisso assumido. Peço-lhes que se ajoelhem para
receber a bênção de admissão e permanência neste ministério.
Os coroinhas se ajoelham.
Padre: Senhor Deus, criador do céu e da terra, eis aqui vossos filhos diante de
vós e humildemente vos pede a bênção.
Não permitais que vossos filhos sedam as tentações do pecado nem resistam aos
suaves impulsos de vossa graça, mas mostre para eles o vosso amor, para que
nunca desanimem e nunca caiam na fraqueza.
Senhor Deus olhe com amor para esses vossos filhos, ajudai-os diante das suas
dificuldades e que vossa misericórdia os acompanhe quando caírem em pecado.
ENVIAI SOBRE ELES, SENHOR, NÓS VOS PEDIMOS, O ESPÍRITO SANTO,
QUE OS FORTALEÇA COM OS SETE DONS DE VOSSA GRAÇA, A FIM DE
EXERCEREM COM FIDELIDADE O SEU MINISTÉRIO.
Que eles, servindo ao vosso amado Filho no altar, recebam dele a força
necessária para servir a Vós e aos irmãos, sempre iluminados pela Vossa Palavra.
Assim, imitando a Cristo, que não veio para ser servido, mas para servir, possa
reinar com Ele no Céu.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho †, que Convosco vive e reina, na
unidade do Espírito Santo.
Os coroinhas ficam de pé
Padre: Eu, em nome da Igreja aqui reunida, acolho-vos oficialmente como
Coroinhas desta Paróquia de São José Operário e da Comunidade Nossa
Senhora Aparecida.
Coordenador: Presenciemos, neste momento, a bênção das vestes que serão
utilizadas pelos coroinhas.Queiram ficar de pé,os padrinhos.
Padre: Oremos. Ó Deus de bondade, que ornais a Vossa Igreja de ministérios e
carismas e a guiai com amor e misericórdia, dignai-vos abençoar † estas vestes
litúrgicas que serão usadas por estes Vossos filhos e filhas que desejam servir
fielmente o Vosso altar. Dignificando a oração do Vosso povo e permanecendo
constantemente na Vossa presença, possam eles serem confortados pelas
virtudes dos sacramentos e caminhar sem tropeço rumo ao banquete celeste, a
festa que jamais se acaba. Por nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho na unidade
do Espírito Santo.
O sacerdote asperge as vestes com água benta.
Padre: Padrinhos, vocês se comprometem em acompanhar os seus afilhados em
seu ministério?
Padrinhos: Sim.
Coordenador: Os padrinhos dos anjos fiquem ao lado de seu afilhado.
Padre: Caros anjos recebam esta túnica branca, símbolo da tua pureza de
coração no serviço ao altar.
Receba este cíngulo, símbolo da pureza que deve ornar o teu coração e eu corpo.
Coordenador: Os padrinhos dos coroinhas fiquem ao lado de seu afilhado.
Padre: Caros coroinhas recebam esta túnica vermelha símbolo de tua coragem na
fé, como os mártires que deram a vida por Jesus.
Receba esta sobrepeliz, símbolo da pureza que deve ornar teu coração e teu
corpo.
Coordenador: Os padrinhos dos acólitos e cerimoniários fiquem ao lado de seu
afilhado.
Padre: Caros acólitos e cerimoniários recebam esta túnica preta, símbolo da
maturidade na fé e compromisso ainda maior.
Receba esta sobrepelis, símbolo da pureza que deve ornar teu coração e teu
corpo.
Coordenador: Neste momento, diante de toda a assembléia e de Deus, os
coroinhas farão seu juramento de fidelidade e compromisso.
Coroinhas: Prometo fazer tudo o que puder, para o decoro da Santa Liturgia,
servindo a Jesus Cristo, meu Senhor e Deus, que creio estar presente, no
Santíssimo Sacramento do altar.Espero ser fiel, com o auxílio da sua Santa Graça,
pela intercessão da Santíssima Virgem Maria, São José Operário e São Tarcisio,
nosso padroeiro.Amém.
Padre: Acolhamos os coroinhas com uma salva de palmas.