Você está na página 1de 2

FORÇAS INTERMOLECULARES

PROFº: JAIRO CUNHA Frente: 01 Aula: 20 GE130807


PE(m)/ CN(m)

FORÇAS INTERMOLECULARES

T
ais interações moleculares são muito fracas e são denominadas formas de van der Walls ou de London. As
substâncias têm baixos pontos de fusão e de ebulição, os quais aumentam em função da massa molar.

Substância Massa molar (g/mol) Ponto de fusão (ºC) Ponto de ebulição (ºC)
Metano, CH4 16 - 184,0 - 164,0
Etano, C2H6 30 - 171,4 - 93,0
Hexano, C6H14 86 -95,5 + 68,7

As forças de van der Walls ocorrem entre moléculas vizinhas, no estado líquido ou sólido de substâncias
normalmente gasosas na temperatura ambiente, como o nitrogênio e o gás carbônico (gelo seco – CO2 sólido). Devido a
intensa agitação de elétrons, dentro das moléculas pode ocorrer, num certo instante, uma distribuição não homogênea
de elétrons, provocando a polarização molecular que acaba também polarizando a molécula vizinha, produzindo uma
força de atração eletrostática entre os pólos induzidos(dipolos temporários). Os cristais formados por substâncias
apolares (cristais e gelo seco, de iodo) são exemplos de cristais moleculares, cujos arranjos são mantidos pelas forças
de Van der Walls.

OBSERVAÇÃO:

CRISTAIS COVALENTES

Existem macromoléculas formadas por um grande número de átomos unidos por ligação covalentes, que
apresentam altos pontos de fusão. São cristais covalentes. Além do diamante, Cn, e da grafite, Cn, incluem-se neste, o
caberto de silício [ (SiC)n ], o nitreto de alumínio [ (AIN)n ] e a sílica [ (SiOZ)n ].

FORÇAS INTERMOLECULARES NUMA SUBSTÂNCIA POLAR


As interações moleculares, neste, caso, dependem da maior ou menor polaridade das moléculas. Quanto maior
for essa polaridades, maiores serão as forças intermoleculares. Como as moléculas apresentam dipolos permanentes,
tais atrações são conhecidas como dipolo-dipolo. Quanto maior for a polaridade das moléculas, maiores serão as formas
intermoleculares. Esse comportamento é refletido nas propriedades físicas das substâncias: para substâncias distintas
com massas molares próximas, quanto maior a polaridade da molécula, maior o ponto de fusão e de ebulição.
Um caso extremamente importante da atração dipolo-dipolo ocorre quando a molécula apresenta hidrogênio
ligado a átomo de elemento altamente eletronegativo como: F, O e N. Como a polaridade das ligações é elevada, ocorre
uma atração entre a parte positiva de uma molécula de H e a parte negativa de outra molécula (F, O ou N). Tal força de
atração é de grande intensidade, um caso especial de atração dipolo-dipolo, recebe o nome de ligação (ou ponte) de
hidrogênio, que ocorre entre moléculas de HF, H2O, NH3 e entre moléculas de substâncias orgânicas como álcoois,
aminas, aminoácidos.
Os cristais formados por substâncias polares são denominados cristais dipolares, como por exemplo, o gelo
(mantido pelas forças dipolo-dipolo ou ligações de hidrogênio.

Muitos alimentos quando congelados apresentam problemas por


causa da destruição das células que os compõem, por vezes, esse
procedimento altera o sabor dos alimentos. O fenômeno ocorre
porque a água quando congelada forma cristais dipolares que pelas
pontes de hidrogênio aumentam o volume do líquido ao passar para a
fase sólida, estourando as células.
Contudo, o ponto de fusão fácil de ser atingido permite a conservação
de muitas espécies de alimentos extremamente perecíveis, como os
pescados.

Fale conosco www.portalimpacto.com.br


EXERCÍCIOS
01. (UFU-MG) É fato que, de todos os elementos químicos, apenas os gases nobres são encontrados na natureza na
forma de átomos de outros elementos, na mais diversas combinações, resultando em substâncias sólidas, líquidas ou
gasosas.
Em relação às seguintes substâncias puras: CC l 4( l ); I2(S); NH3( l ); CsC l (s) e CO2 (g), todas as alternativas estão
corretas, EXCETO:
a) O estado físico do I2 pode ser explicado pelas interações de Van der Walls, dipolo induzido-dipolo-induzido, existentes
entre as moléculas contituintes.
b) As moléculas de CO2 e CC l 4 são polares, porque as ligações C – C l e C – O são polares.
c) Na água em estado líquido, ocorrem tanto ligações covalentes, como também pontes de hidrogênio.
d) No CsC l sólido, encontram-se cátions e ânions que se atraem por forças de natureza eletrostática.
02. (UFRN) O metano (CH4) é uma substância constituinte do gás natural, utilizado como combustível para a produção
de energia.
Nas condições do ambiente (a 25 ºC e pressão de 1,0 atm), o metano se apresenta no estado gasoso, pois suas
moléculas e suas interações são, respectivamente:
TIPO DE MOLÉCULAS TIPO DE INTEGRAÇÃO
a) Apolares Dipolo instantâneo – dipolo induzido
b) Polares Dipolo-dipolo
c) Apolares Dipolo-dipolo
d) Polares Dipolo instantâneo – dipolo induzido
03. (UFSC) Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). Os compostos formados a partir dos elementos oxigênio, cloro,
sódio e cálcio devem apresentar fórmulas, ligações químicas predominantes e estados físicos, em condições ambientes,
respectivamente:

01. CaC l 2, iônica, sódio.


02. NaC l , iônica, líquido.
04. C l 2, covalente, gás.
08. Na2O, covalente, líquido.
16. O2, iônica, gás.

04. (FURG-RS) É possível fazer flutuar uma fina agulha de costura manual num copo d’água. Então é correto afirmar
que:

a) As moléculas da água são mais pesadas que os átomos do metal.


b) As forças que atuam na interface água-agulha são as pontes de hidrogênio.
c) As moléculas da agulha são maiores que as moléculas da água (“efeito peneira”).
d) As forças intermoleculares na superfície da água impedem o afundamento da agulha.
e) A agulha é mais leve que a água, pois sua densidade é menor.

05. (FEEVALE-RS) O CO2 é de importância crucial em vários processos que se desenvolvem na Terra, participando, por
exemplo, da fotossíntese, fonte de carbono para formação da matéria que compõe as plantas terrestres e marinhas.

Sabendo que as moléculas de CO2 é apolar, podemos afirmar que as formas intermoleculares que unem as moléculas
de CO2 são do tipo:

a) Iônico.
b) Ponte de hidrogênio.
c) Forças dipolo-dipolo.
d) Forças de London.
e) Forças dipolo-permanente.

06. (UFPI) Estudos recentes indicam que lagartixas podem andar pelo teto e em superfícies lisas utilizando forças
intermoleculares entre as superfícies e os filamentos microscópios que tem no pés (meio milhão em cada pé). Assinale o
tipo de interação correspondente neste caso:

a) Iônica.
b) Metálica.
c) Covalente.
d) Van der Walls.
e) Nuclear.

Fale conosco www.portalimpacto.com.br