P. 1
História - Pré-Vestibular Impacto - Grécia Antiga Berço da Civilização

História - Pré-Vestibular Impacto - Grécia Antiga Berço da Civilização

5.0

|Views: 3.283|Likes:
Publicado porHistória Qui

More info:

Published by: História Qui on Jun 26, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

1

CONTEÚDO

PROFº: PANTOJA

01
A Certeza de Vencer

GRÉCIA ANTIGA – BERÇO DA CIVILIZAÇÃO.
JACKY 31/01/08

Fale conosco www.portalimpacto.com.br

Berço da Civilização Ocidental récia Antiga deixou ao Ocidente um legado sem precedentes na História. Além da filosofia, que teve lá seu início a partir do século VI a.C., os gregos da Antiguidade criaram a democracia, construíram monumentos inigualáveis e ajudaram a estabelecer os princípios que levaram o mundo ocidental ao seu desenvolvimento. Atenas, capital da Grécia, como não poderia deixar de ser, foi uma grande protagonista desses tempos de glória. Mais do que isso: foi o símbolo maior da civilização grega, de seus valores e parâmetros morais, políticos e artísticos. Nas ruas de Atenas nasceram a filosofia e a democracia, foram encenadas obras dramáticas que marcaram a História e lá estão ainda hoje as marcas de uma era em que os gregos dominaram o mundo. Por conta de seu poderio, Atenas travou muitas guerras ao longo da Antiguidade. Uma das mais famosas foi contra Esparta, cidade grega que era sua antagonista. Disciplinados e guerreiros, os cidadãos de Esparta tinham como norma a rigidez, a austeridade e a submissão total do indivíduo ao Estado. Ainda hoje, se procurarmos a palavra "espartano" no dicionário de língua portuguesa, encontraremos o significado: "aquele que é sóbrio, rigoroso, austero e virtuoso". Além de Atenas e Esparta, a Grécia também nos oferece muitos tesouros arqueológicos e naturais em cidades como Tebas, Corinto e Delfos, além de suas ilhas paradisíacas (a mais famosa delas é a de Creta). No campo da arte, os gregos conseguiram harmonizar as formas da natureza com as formas ditadas pelo espírito, conceito que percorreu toda a arte produzida na Grécia Antiga e constitui um princípio básico da estética ocidental, especialmente em seus momentos de recuperação dos valoes clássicos. Como podemos ver, os mistérios e tesouros deixados pela Grécia Antiga continuam quase tão presentes quanto há milhaes de anos. Por isso, vale a pena mergulhar neste mundo de descobertas.

G

FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!

VESTIBULAR – 2009

Fale conosco www.portalimpacto.com.br

As invasões indo-européias (Formação do povo Grego)

Hélade, território dos antigos gregos, abrangia o sul dos ABálcãs (Grécia Continental), a Península do Peloponeso (Grécia Peninsular) e as ilhas do mar Egeu (Grécia Insular), além de colônias na costa da Ásia Menor e na Região conhecida como Magna Grécia – a Sicília e o sul da Península Itálica. Seu primeiro pólo cultural foi a ilha de Creta, a maior do Egeu. A civilização cretence floresceu entre 2000 e 1400 a.C., antes da chegada das tribos helênicas à região. Nesse período, Creta dominou o comércio marítimo no Mediterrâneo e estendeu sua influência à Grécia Continental. Dos Heróis de Homero ao “Período obscuro”

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!

VESTIBULAR – 2009

No século XII a.C., a sociedade cretense foi subjugada pelos aqueus, tribos de origem indo-européia que se estabelecera em Micenas e em outras cidades da Grécia Continental. Sob a hegemonia de Micenas, os aqueus também conquistaram a cidade de Tróia, Na Ásia Menor, numa guerra que se estendeu por dez anos. Diz a lenda que o conflito resultou no rapto de Helena, a linda esposa de Menelau, rei de Esparta, pelo príncipe Paris, filho do rei Príamo, de Tróia. Em meados do século VII a.C., os episódios da guerra inspirariam uma obra prima da literatura grega e mundial: o poema épico Ilíada (Tróia também era chamada de Ílion), atribuído a Homero. Ele também é considerado o autor de outra obraprima. Odisséia, que conta as aventuras do herói grego Odisseus (Ulisses) em seu retorno para casa, após a Guerra de Tróia. Outros grupos apresentados aos aqueus, como os eólios e os jônios, invadiram a Hélade até o século XII a.C., quando finalmente os dórios dominaram a região e provocaram o colapso da cultura micênica. A partir de então, o mundo grego atravessou um período difícil, designado por alguns historiadores como “Idade das Trevas” ou “Período Obscuro”.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->