Você está na página 1de 2

1

CONTEÚDO

PROFº: ZONI
06 ARTICULAÇÃO DAS ORAÇÕES COORDENADAS 01
A Certeza de Vencer GE080408

01. Reintroduza outra pontuação, nas seqüências abaixo, 02. Muitas vezes os sinais de pontuação permitem
explicitando o nexo coesivo por um conector que recuperar a coesão textual. No início do último verso
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

mantenha a adequada relação entre os enunciados. dessa estrofe, as reticências equivalem ao seguinte
Posteriormente, indique o tipo de relação implicada pelo coesivo seqüencial:
conector em uso, conforme o exemplo:
a) mas d) pois
a) Não fui à festa de seu aniversário: passei-lhe um b) e e) ou
telegrama. c) como
( ) mas... (Relação: Adversativa) Texto para a questão 03:
b) Não fui à festa de seu aniversário: estive doente. “Lutar com as palavras
É a luta mais vã
( ) porque... (Relação: dddddddddddddddd ) Entanto lutamos
c) Não fui à festa de aniversário: não posso dizer quem Mal rompe a manhã”.
(O lutador, Calor Drummond de Andrade)
estava lá.
03. A coesão seqüencial se tece nessa estrofe por meio
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd)
de “Entanto” e “Mal”. Esses coesivos introduzem no texto
d) João está desempregado e abatido; deves ajudá-lo. idéias que expressam, respectivamente:
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd) a) oposição e tempo
b) concessão e condição
e) Acenda as luzes; a energia já voltou. c) conseqüência e proporção
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd) e) causa e negação

f) Os convidados já chegaram; podemos começar a festa. Texto para a questão 04:

( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd) “O mundo é grande e cabe


Nesta janela sobre o mar.
g) Não o provoque, não o aborreça; ele é muito violento! O mar é grande e cabe
Na cama e no colchão de amar.
... (Relação: qu.. ( ) (Relação: ddddd) O amor é grande e cabe
h) Os exercícios estavam bastante difíceis; os alunos No breve espaço de amar”.
(O mundo é grande, Carlos Drummond de Andrade)
conseguiam resolvê-los;
04. Neste poema, o poeta realizou uma opção estilística:
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd)
a realidade de determinadas construções e expressões
i) A comida era muito boa. O pequeno restaurante vivia lingüísticas, como o uso da mesma conjunção para
vazio. estabelecer a relação entre as frases. Essa conjunção
estabelece, entre as idéias relacionadas, um sentido de:
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd)
a) oposição d) alternância
j) A comida era muito boa. O pequeno restaurante vivia b) comparação e) finalidade
cheio. c) conclusão
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd) Texto para a questão 05:
l) Os alunos não concordavam com a proposta da escola.
Eles também propuseram outra solução para o problema. Você desmaia
Quando vê sangue?
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd) Tem gente que morre
Porque não vê.
m) Não o critique em público. Ele é muito sensível; Doe sangue. Não dói nada
( ) porque....... (Relação: Dddddddddddddddd) E ajuda e tirar a dor de
Muitas pessoas
Texto para a questão 02
05. Os elementos coesivos “quando” e “porque”, no
anúncio acima, assumem respectivamente o valor
VESTIBULAR – 2009

“ (...) Julieta do céu! Ouve a calandra


Já rumoreja o canto da matina, semântico de:
Tu dizes que eu menti? ... Pois foi mentira...
... Quem cantou foi teu hálito, divinal!” a) condição, causa d) tempo, causa
(Castro Alves, Obra completa, Rio de Janeiro, Aguillar,p.122) b) concessão, explicação e) causa, modo
c) confirmação, conclusão

FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!


Fale conosco www.portalimpacto.com.br

06. Na frase: “Bem cuidado como é, o livro apresenta g) Encerrada a reunião, todos foram ao refeitório.
alguns defeitos”.

Começando com: “O livro apresenta alguns defeitos...”


manteríamos o mesmo sentido se continuássemos com:
h) Apesar de estar muito ferido, ainda socorreu aos
amigos.
a) desde que bem cuidado
b) ainda que bem cuidado
c) contando que bem cuidado
d) à medida que é bem cuidado
e) tanto que é bem cuidado i) Como fosse acanhando, não interrogava a ninguém.

07. Em: “Com muito cuidado, você deve fazer a prova de


português”.
j) Tomei tanto sol, que fiquei queimadíssimo.
A expressão grifada denota:

a) afirmação d) modo
b) causa e) concessão
c) explicação l) Paulo toca guitarra, sacudindo a cabeça.

08. Em: I – Mário estudou muito e foi reprovado!


II – Mário estudou e foi aprovado!
m) Terminando o espetáculo, o público aplaudido de pé.
O valor semântico do conector “e” nos itens I e II é,
respectivamente:

a) continuidade e conclusão
b) adversidade e continuidade n) Preocupado com a chuva, o homem se esqueceu do
c) adição e adição pacote;
d) adversidade e conclusão
e) explicação e adversidade

09. Identifique a relação lógico-semântica nos enunciados o) Ele foi despedido por não ter cumprido as normas.
abaixo, conforme o exemplo:

a) Ele ficou assim, desde que seus pais morreram.

p) Clara entrou em sala sem nos dar bom dia.

q) Indo à Belém, visite a Estação das Docas.


b) Irei à tua casa, desde que o tempo melhore.

r) Mal o jogo começou, a chuva começou a cair.


c) João e Maria foram ao shopping.

s) Já que o tempo melhorou, iremos à praia.


d) João estudou muito e não entendeu.

t) Os policiais foram mais rápidos que os assaltantes.


e) Achando-se doente, o professor não veio ao colégio.
VESTIBULAR – 2009

f) Estudando com vontade, farás boa prova.

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!