Você está na página 1de 2

Principais serviços do Linux

Diego Rodrigo Machado em 25/05/2005


Os serviços de rede inicializados com o Linux no momento do boot estão intimamente relacionados
ao software que está instalado. Nesta dica, farei uma breve descrição sobre os principais serviços
que são inicializados no boot. Isto ajuda a você saber quais serviços você pode desabilitar no boot
do sistema. Você não deve escolher os serviços dos quais não precisa, mas deve rodar todos os
serviços necessários para o propósito do servidor.

OBS: Algumas distros podem não ter alguns serviços mencionados abaixo.

Serviço
Descrição
(daemon)
amd Usado para montar arquivos de sistema NFS de imediato.
Usado para gerenciar e monitorar o estado da bateria (Usado em Notebooks e
apmd
Laptops).
alsa Usado para inicializar o Alsa (Advanced Linux Sound Architecture).
Usado para manter o curso do ARP (Protocolo de Resolução de Endereço) IP para
arpwatch
os mapeamentos de endereço Ethernet.
atd Usado para executar comandos fixados pelo comando at.
Sistema de auto arquivo, monta arquivos quando necessários e os desmonta
autofs
quando não estão em uso.
Usado para executar programas de usuários em tempo periódicos pré-
crond
determinados.
cupsd Usado para inicializar o Servidor de Impressão (CUPS).
dhcpd Usado para inicializar o Servidor de Host Dinâmico DHCP.
Daemon de roteamento de gateway usado para transformar um computador Linux
gated
em um roteador IP.
gpm Usado para oferecer suporte à mouse para aplicações baseadas em textos.
httpd Usado para inicializar o Servidor Web Apache.
inet Usado para inicializar um grande numero de serviços de rede.
innd Usado para inicializar o Servidor de notícias.
keytables Carrega o mapeamento do teclado.
Usado para inicializar o linuxconf, a ferramenta de administração de sistema
linuxconf
RedHat.
lpd Usado para inicializar os serviços de impressão.
mcserv Gerenciador de Arquivos que roda em uma janela de texto.
mysql Usado para inicializar o Servidor de Banco de Dados MySQL.
named Usado para inicializar o Servidor de DNS BIND.
netfs Script usado para montar e desmontar todos os pontos NFS.
Script que ativa e desativa todas as interfaces de rede configuradas para
network
inicializarem no momento do boot.
nfs Script usado para inicializar o Servidor de Arquivos de Rede NFS.
nscd Name Switch Cache Daemon. Usado para armazenar lookups para cliente NIS.
pcmcia Script para instalar suporte PCMCIA para laptops ou notebooks.
portmap Usado para gerenciar conexões RPC para protocolos como NFS e NIS.
postgresql Usado para inicializar o Servidor de Banco de Dados PostgreSQL.
Usado para permitir os usuários remotos alocarem usuários em qualquer máquina
rusersd
da rede.
Usado para permitir os usuários visualizarem mensagens em todo os terminais
rwalld
ativos do sistema.
Usado para permitir os usuários remotos listarem todos os usuários logados em
rwhod
uma máquina.
routed Usado para executar o Protocolo de Roteamento de Informação (RIP).
sendmail Usado para inicializar o Servidor de E-Mail SENDMAIL.
smb Usado para inicializar o Servidor de Mensagem de Bloco SAMBA.
Usado para reportar estatísticas SNMP (Protocolo de Gerenciamento de Rede
snmpd
Simples) para o monitor SNMP em sua rede.
sound Script que salva e recupera configurações da placa de som.
squid Usado para inicializar o Servidor Proxy SQUID.
syslog Usado para fornecer um arquivo unificado de log do sistema.
xntpd Usado para fornecer sincronismo de tempo NTP (Protocolo de Tempo de Rede).
Usado para transformar o sistema Linux em um Cliente de Serviço de Informação
ypbind
de Rede (NIS).
yppasswdd Servidor RPC para senhas de configuração do NIS.
Usado para transformar o sistema Linux em um Servidor de Serviço de
ypserv
Informação de Rede (NIS).

Estes são apenas alguns serviços do Linux. Talvez o seu sistema não tenha todos eles, porque
variam de distribuição para distribuição. Mas saber o que cada um faz é muito interessante,
principalmente se você quer tirar alguma certificação.