P. 1
Técnicas Anestésicas Odontológicas - dr sormani.

Técnicas Anestésicas Odontológicas - dr sormani.

|Views: 16.308|Likes:
Publicado porFábio Marotta

More info:

Published by: Fábio Marotta on Sep 04, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPSX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/19/2015

pdf

text

original

Técnicas Anestésicas Odontológicas

Prof. Sormani B.F. Queiroz C.D., MsC.

Anestesia Local
Tipos: Infiltrativa terminal Bloqueio regional Troncular

Tipos de Anestesia

Troncular

Tipos de Anestesia

Regional

Tipos de Anestesia Infiltrativa .

Áreas Favoráveis para Anestesia Infiltrativa Terminal na Maxila Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● ● Terceiro nível Quarto nível ● Quinto nível .

Áreas Favoráveis para Anestesia Infiltrativa Terminal na Maxila Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quinto nível .

Áreas Favoráveis para Anestesia Infiltrativa Terminal na Maxila

Técnicas Anestésicas
Maxila Infiltrativa Terminal

Infiltração Local

Bloqueio Regional Troncular

Tipos de Anestesia
 Maxila
 Infiltrativa Terminal  Infiltração Local Bloqueio Regional Troncular

Infiltrativa

Tipos de Anestesia
Maxila
Infiltrativa Terminal  Infiltração Local Bloqueio Regional Troncular

Regional

Tipos de Anestesia Maxila Infiltrativa Terminal  Infiltração Local Bloqueio Regional Troncular Troncular .

Infiltrativa Terminal Intraligamentar Supraperiosteal / subperiosteal .

Anestesia Intraligamentar .

Anestesia Infiltrativa Supraperiosteal Anestesia pulpar de um ou dois dentes maxilares (osso alveolar e ligamento periodontal também). Anestesia dos tecidos moles (se necessário) .

Contra-indicações Infecção ou inflamação aguda na área Osso muito denso sobre os ápices dos dentes .

Vantagens Alto índice de sucesso (95%) Técnica fácil de executar Bastante atraumática .

Áreas Anestesiadas Áreas inervadas pelos ramos terminais dos nervos: Polpa dentária Osso alveolar Tecidos moles da região bucal ao dente .

Desvantagens Não ideal para áreas extensas: Múltiplos pontos de punção Volumes de anestésico maiores .

Punção Acidental de Vasos Menos de 1% de possibilidade .

6 a 1ml de solução.Técnica Anestesia tópica Pontos de reparo: Fundo de sulco gengivo-labial Longo eixo do dente Inserir a agulha ao nível do fundo de sulco. . em direção ao ápice do dente Injetar de 0.

Anestesia Maxilar .

Anestesia Maxilar .

Anestesia Maxilar .

.

.

Sinais e Sintomas da Anestesia Formigamento Ausência de dor durante o procedimento dentário .

Causas de Falhas Penetração inadequada da agulha – distante do ápice do dente ou muito longe do osso. .

Bloqueio dos Nervos Alveolares Superiores Posteriores Indicações: Intervenções nos molares maxilares Quando há contra-indicação à anestesia infiltrativa terminal. .

Bloqueio dos Nervos Alveolares Superiores Posteriores Contra-indicação: Pacientes com risco de hemorragias .

Vantagens Atraumática Alto índice de sucesso Menor número de punções Diminui a quantidade de anestésico usado .

Desvantagens Risco de hematomas Pode não anestesiar o primeiro molar totalmente Não há referencias ósseas .

Injeções Intravasculares Aproximadamente 3% dos casos .

Pontos de Reparo Fundo de sulco Processo zigomático da maxila Tuberosidade maxilar .

ao nível dos molares maxilares. .Ponto de Punção Fundo de sulco.

posterior e medial Injetar 1.Técnica Usar agulha longa Posicionar o paciente Introduzir a agulha em direção superior.8ml de anestésico .

Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível ● Clique para editar os estilos do texto mestre Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível ● .

para editar os estilos do textopara editar os estilos do texto m Clique mestre undo nível Segundo nível ● Terceiro nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quarto nível ● Quinto nível ● Quinto nível .

Causas de Falhas Agulha muito superior. muito inferior ou muito lateral .

Complicações Injeção intravascular Hematomas Anestesia Mandibular .

Nervos Alveolares Superiores Médios Segundo nível ● ● Clique para editar os estilos do texto mes ● ● Terceiro nível Quarto nível Quinto nível ● Clique para editar os estilos do texto m Segundo nível Terceiro nível Quarto nível ● Quinto nível .

Nervos Alveolares Superiores Anteriores .

Nervos Alveolares Superiores Anteriores Clique para editar os estilos do texto m Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível e para editar os estilos do texto mestre gundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quinto nível ● .

Nervo Infraorbitário Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível e para editar os estilos do texto mestre gundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quinto nível ● .

Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível ● Nervo Infraorbitário Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível ● .

o nível para editar os estilos do texto mestre Nervo Palatino Maior Segundo nível ● ● eiro nível arto nível Quinto nível Clique para editar os estilos do texto me Terceiro nível Quarto nível ● Quinto nível .

Nervo Palatino Maior e para editar os estilos Clique para editar os estilos do texto do texto mestre Segundo nível gundo nível ● Terceiro nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quarto nível ● Quinto nível ● Quinto nível .

Nervo Nasopalatino e para editar os estilos Clique para editar os estilos do texto m do texto mestre gundo nível Segundo nível ● Terceiro nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quarto nível ● Quinto nível ● Quinto nível .

Nervo Nasopalatino Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível e para editar os estilos do texto mestre gundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível ● Quinto nível ● .

Resumo da Inervação da Maxila Ramos Alveolares Superiores Posteriores Ramos Alveolares Superiores Médios Ramos Alveolares Superiores Anteriores Nervo Nasopalatino Nervo Palatino Maior Nervo Palatino Menor Ramos Alveolares (A. M e P) .

Anestesia Mandibular Menor índice de sucesso (80 a 85%) Maior densidade óssea Acesso mais difícil aos troncos nervosos .

Tipos de Bloqueios Alveolar inferior Bucal Mentual / Incisivo Lingual Gow-Gates Akinose .

Bloqueio Mandibular É a técnica mais executada Alto índice de falha (feita às cegas) Sucesso depende da deposição do anestésico o mais próximo possível do tronco nervoso (1mm) .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Nervos Anestesiados Alveolar inferior Mentual Incisivo Lingual .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Áreas Anestesiadas: Dentes mandibulares até a linha média Corpo da mandíbula Mucosa vestibular anterior ao forame mentual 2/3 anteriores da língua e assoalho bucal Tecidos moles do lado lingual e periósteo .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Indicações: Tratamento de múltiplos dentes mandibulares Lesões dos tecidos moles anteriores ao forame mentual Anestesia Lingual .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Contra-indicações: Infecção na área de infiltração Pacientes com risco de auto-injúria .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior 10 a 15% de aspiração positiva .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Alternativas: Bloqueio dos nervos mentual/incisivo Infiltração (anterior) Ligamento periodontal/intraseptal Gow-gates Akinosi .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Pontos de Reparo Processo coronóide Plano oclusal dos molares inferiores Rafe pterigomandibular Músculo pterigóideo medial Face medial do ramo ascendente da mandíbula Espaço pterigomandibular .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível ● Clique para editar os estilos do texto me Segundo nível ● Terceiro nível ● Quarto nível Quinto nível ● .

na metade da incisura coronóide. 1 cm acima do plano oclusal ¾ da distância entre a incisura coronóide e a rafe pterigomandibular Inserir a agulha 2 a 2.5 cm .Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Ponto de punção Face medial do ramo.

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Causas de Falhas: Injeção muito baixa ou muito anterior Inervação acessória – nervo milohióide ou incisivo contra-lateral .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior Complicações: Hematomas Trismo Parestesia Paralisia facial .

1/4 1/4 1/4 1/4 .

.

x .

.

X .

Bloqueio do Nervo Alveolar Inferior .

Bloqueio do Nervo Mentual .

Bloqueio do Nervo Bucal .

Bloqueio do Nervo Bucal .

milohióide. alveolar inferior. quando há falha da técnica convencional Anestesia os nervos: auriculotemporal.Técnica de Gow-Gates Bloqueio do tronco do nervo mandibular. incisivo e mentual. . lingual. bucal.

Técnica de Gow-Gates .

Técnica de Akinosi Usada em casos nos quais o paciente não consegue abrir a boca .

Técnica de Akinosi .

Técnica de Akinosi .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->