Você está na página 1de 7

COORDENAÇÃO DE MATEMÁTICA

Aula
Turma: CP1M1

Prof. Mauricio França São Paulo, SP, 20 de agosto de 2010.

Atividades 1
Método: Euclides – Aplique o SILOGISMO para resolver as questões.

MODELO DO PLANO DE AULA

Plano de Aula

Nome do professor:

Ano:

Semestre:

Nome da disciplina:

Segue na página seguinte.

Ensino Público, Gratuito e de qualidade: Direito de Todos, Dever do Estado.

Lutar por uma escola primária pública e de qualidade para as crianças do Brasil!
Professora Maria José de Jesus

Plano de Aula

Disciplina: matemática

Série: sexta série

São Paulo, SP

2010
Tema: potência com números naturais

Tópicos:

 Conceitos primitivos com a operação de multiplicação;


 Definição;
 Propriedades;
 Operação

Objetivo Geral: Serem capazes aplicar a operação potência com números naturais.

Comentário: o objetivo geral é um enunciado geral, que indica a habilidade desejada


que se espera do aluno, que ele seja capaz de fazer com a operação multiplicativa.

Objetivos específicos:

É o que se espera de uma habilidade específica do aluno.

 Dados dois números naturais 2 e 3, o aluno será capaz de achar a potência de


dois ao cubo;
 Dados os números naturais 5 e 3, o aluno será capaz de achar a potência de
cinco ao cubo aplicando a operação multiplicativa;
 ...

Recurso didático: Quais a ferramentas que serão utilizadas para ensinar a potência.

 Vai usar o quadro giz;


 Uma cartolina quadriculada;
 Um engradado de refrigerante;
 ...

Metodologia: Qual o método utilizado?

 O método de Paulo de Freire;


 Dialético de perguntas e respostas;
 Piaget;
 Projetos;
 Frenet;
 Euclides
 Silogismo
 A partir do aluno, o método do aluno de produzir
 ...

Fundamentação teórica:

 Paulo Freire
 Frenet
 Neill
 Sócrates
 Platão
 Aristóteles
 Filosofia
 Pedagogia da natureza
 Piaget
 ...

Avaliação:

 Provas escritas valendo 10,0;


 Projetos
 Atividades produzidas pelos alunos

Observando a Lei

 Constituição
 LDB

Cronograma do plano: tempo

Fim do Plano
Comentário do objetivo.
As características de um objetivo:
1. Desempenho – o que o aluno deve ser capaz de fazer;
2. Condições – Condições importantes em que se espera que o
desempenho ocorra;
3. Critério – a qualidade ou o nível de desempenho que será considerado
satisfatório.

1. Palavras abertas a muitas 2. Palavras abertas a poucas interpretações


interpretações Usa nos objetivos
Não se usa nos objetivos - o objetivo tem que ser bem definido -
- deixa o objetivo em aberto. -
Saber Escrever
Compreender Enumerar
Realmente compreender Identificar
Apreciar Classificar
Apreciar completamente Solucionar
Captar o significado de Idear
Captar o significado de Construir
Apreciar Idear
Acreditar Construir
Ter fé em Comparar
internalizar Contrastar
sorrir

.Os verbos da segunda coluna defini a habilidade desejada no enunciado do objetivo.

Nos segundo caso, deixa a habilidade em aberto.

Exemplo

Objetivo específico: Ser capaz de escrever um artigo de jornal.

Critique o objetivo: Ser capaz de entender a matemática.

Ser capaz de fazer um bolo.

Ser capaz de colorir slides.

Ser capaz de somar uma coluna de números natrurais.

Exemplos de palavras que indicam fazer (desempenho).

Correr
Resolver

Discriminar

Escrever

Enunciar

Desenhar

Listar

Sorrir

Das condições

Dado um problema do seguinte tipo ...

Dada uma lista de ...

Dada qualquer referência de escolha do aluno ...

Dada uma matriz de correlações ...

Dado um jogo padronizado de ferramentas ...

Seja o objetivo

Apresentada uma lista de fatores históricas significativos, o aluno deverá ser capaz
de selecionar (sublinhar) pelo menos cinco fatores.

O vermelho = Condição

O azul = desenho (habilidade)

As habilidades = fazer

As competências = saber (conhecimento intelectual do objeto) para fazer.

Ser capaz de somar os quatro primeiros números naturais.

Competência: ter conhecimento dos números naturais


Habilidades: mostrar a soma

Prof. Maurício França

23/08/2010

Resumo dos objetivos

1. Um objetivo descreve o resultado que se pretende alcançar com a


aprendizagem, ao invés de um procedimento educacional;
2. Um objetivo sempre indica um desempenho, descrevendo o que o aluno
FAZ para DEMONSTRAR ter alcançado domínio do objetivo;
3. A preparação de um objetivo que descreva um intento de ensino exige
que você:
a. Escreva um enunciado que descreva o intento ou desempenho
principal esperando do aluno;
b. Se o desempenho for oculto, acrescente um comportamento
indicador, através do qual o desempenho principal se torne
conhecido. Faça com que o indicador seja o mais SIMPLES e
DIRETO possível.

25/08/2010

BIBLIOGRAFIA

1. Constituição Federativa do Brasil;


2. LDB;
3. MAGER, ROBERT F. . A Formulação de Objetivos de Ensino. Editora Globo. 7
edição.