Você está na página 1de 2

Telhas metálicas e suas opções na

cobertura
Telhas são encontradas em materiais diversos, com formas, características e utilização
distintas, determinadas por questões técnicas e apropriadas à construção em foco. As
versões metálicas têm como atributo principal a leveza, garantindo cobertura de vãos
extensos sem sobrecarga da estrutura.

A cobertura tem ganhado destaque nos projetos de construção mais modernos. Para
melhor desempenho e extensão da vida útil, ela deve ser determinada durante
elaboração dos projetos, para garantir sua integridade. Detalhes como ângulo de
inclinação devem ser considerados na colocação das telhas. No caso de pouca
inclinação, as águas pluviais escoarão com dificuldade, mas se houver inclinação em
demasia, haverá problemas na sustentação do telhado.

As telhas metálicas, feitas em aço galvanizado, têm perfis capazes de atender às


exigências dos mais distintos projetos arquitetônicos. Para telhados pequenos e médios
são recomendadas as telhas onduladas 17. Econômicas, com espessuras de quarenta e
três, cinqüenta, e sessenta e cinco milímetros, têm flexibilidade para cobrir arcos. A
trapezoidal 25 cobre áreas extensas e fecha aberturas laterais. Muito leves, fáceis de
manipular e conduzir, garantem ótima relação custo-benefício. Disponibilizadas nas
mesmas espessuras das onduladas, têm design moderno e funcional.

Coberturas resistentes à carga, para áreas planas e vãos livres extensos, pedem a
trapezoidal 40. É fabricada também na espessura de oitenta milímetros. Combinando
resistência e leveza, as telhas trapezoidais 120, propiciam rápidas montagens, sendo
destinadas especialmente a supermercados, shoppings e indústrias.

Para projetos que demarcam ambientes com equilíbrio acústico e térmico, opte pela
telha forro. É projetada sobre a trapezoidal 40, com uma camada de poliuretano
preenchendo os vazios dos trapézios, e formando um colchão isolante de trinta
milímetros. Como serve de acabamento, a camada isolante é revestida com PVC na cor
branca, que lhe confere um aspecto decorativo.

Em regiões com umidade do ar elevada, indicam-se telhas termoacústicas, que impedem


gotejamentos decorrentes da água condensada pelo calor. Essas telhas contribuem para
reduzir o consumo de energia, pois possibilita a utilização de aparelhos de refrigeração
menos potentes. Diferentemente da telha forro, a termoacústica é construída com duas
telhas, numa espécie de sanduíche recheado com uma camada de isolante.

Estes tipos de telhas também possuem diversidade de cores, que são aplicadas com
técnicas de pré ou pós-pintura e garantem flexibilidade, resistência e qualidade. A
quantidade de cores permite sua adequação aos mais diversificados projetos, sendo o
fator diferencial da cobertura, que lhe confere beleza, durabilidade e unicidade.

Interesses relacionados