Você está na página 1de 6

26/8/2010

Aspectos radiográficos das


periodontopatias e periapicopatias
Periodonto – tecidos circunvizinhos ao elemento dentário
que têm como função a proteção (gengiva) e a
Imagiologia sustentação (ligamento periodontal e osso alveolar) dos
dentes.

Aspectos radiográficos das


periodontopatias e periapicopatias

Gengivite
•É um processo inflamatório gengival, onde o epitélio
juncional permanece no nível original
•Presença de edema, alteração de cor e sangramento

Cálculo Periodontite
É caracterizada pela inflamação gengival, bolsa
periodontal, destruição do ligamento periodontal e osso
alveolar

1
26/8/2010

Técnicas radiográficas utilizada Vantagens do Paralelismo


Detalhe da região periapical
Técnica do paralelismo – não tem distorção, nem
sobreposição, distingue-se as cúspides V e L, mais detalhe Detalhe da crista óssea alveolar
das cristas ósseas
Detalhe da crista óssea alveolar e limite
Pode se utilizar radiografias:
amelocementário (local de muito acúmulo de
Interproximais (é incompleta)
Rx panorâmico (pouco detalhe das estruturas) biofilme)
Menor grau de deformação vertical
Distância entre cúspides

Indicação do paralelismo Limitações da técnica radiográfica


Osso cortical (lâmina dura) Não dá pra visualizar: presença de bolsas periodontais,

Osso medular biofilme dental


Alterações gengivais: retrações, hiperplasias gengivais,
Cálculo
bolsas gengivais
Espaço periodontal
Diagnóstico precoce de reabsorção óssea
Reabsorção óssea horizontal
Grau de mobilidade
Reabsorção óssea vertical Topografia dos defeitos ósseos (extensão – 2D)
Abcesso periodontal (área radiolúcida, bolsa Morfologia e dimensões dos defeitos e perdas ósseas
periodontal) (real > radiográfica)

Imagens Cálculo dentário


1. Cálculo
2. Osso medular: Maior densidade (osteoclerose)
Menor densidade (osteoporose)

•Perda de nitidez
3. Lâmina dura •Perda de continuidade
•Ausência de lâmina dura
•Aumento de espessura (força oclusal
4. Reabsorção da crista óssea alveolar (horizontal e
vertical)
5. Abcesso periapical (agudo e crônico)
6. Granuloma periapical
7. Cisto periapical

2
26/8/2010

Lâmina dura - espessamento 4 - reabsorção da crista óssea alveolar


Apresentação:
•1ª estrutura de suporte:
inflamação
•Restrita/ grupo de
dentes
•Tipos: horizontal e
vertical

Reabsorção da crista óssea alveolar Reabsorção da crista óssea alveolar


horizontal horizontal
•Processo inflamatório (perda é paralela ao Limite
amelocementário
•Cálculos
•Bolsas periodontais
•Localização
Evidência radiográfica:

RCOAH

Reabsorção da crista óssea alveolar Reabsorção da crista óssea alveolar


vertical vertical
•Reabsorção em sentido apical

Evidência radiográfica:

RCOAV

3
26/8/2010

reabsorção óssea horizontal e vertical espaço do ligamento periodontal


•Localização
•Diminuição do espaço periodontal (hipofunção)
•Aumento do espaço periodontal (hiperfunção)

Periápice Periapicopatias
•Pericementite apical (periodontite apical aguda)
A Associação Americana de Endodontia •Inflamação do ligamento periodontal
conceitua o periápice (Periodontium apical) •Causas: força mastigatória
•Corpo estranho no ligamento periodontal
como um complexo de tecidos que circunda •Evolução natural do processo de mortificação pulpar
a porção apical da raiz de um dente:
cemento, ligamento periodontal e osso Evidência radiográfica:
alveolar.

AEP

Periapicopatias 5 - Abcesso Periapical


Características clínicas:
1 – agudo:
•Dor
•Exuberância de características clínicas
Fatores:
•Dor contínua, intensa, pulsátil, localizada
•Físicos – trauma oclusal – restaurações, contato prematuro
•Alta virulência
•Químicos: irrigação, medicação Coleção purulenta
•Curta duração
•Agentes microbianos composta pela
•Baixa resistência desintegração tecidual e
Evidência radiográfica:
caracterizada pela
presença do exsudato no
interior da lesão
Não apresenta características radiográficas
AEP

4
26/8/2010

Abcesso Periapical Abcesso Periapical


2 – Crônico 2 – Crônico
•Caracteriza-se por ser uma lesão radiolúcida de •Ausência de lâmina dura
contornos difusos, associada ao ápice de um elemento
dentário desvitalizado Evidência radiográfica:

•Processo carioso
•Necrose pulpar
•Destruição da lâmina dura
•Forma irregular (difusa)
•Limites imprecisos
•Coleção purulenta se espalha entre as trabéculas ósseas ROPD

6 - Granuloma periapical
ROPD Formação patológica constituída de tecido de granulação
por tecido fibroso
Raiz
•Localização
•Evolução (cisto?)
•Ausência de lâmina dura
Evidência radiográfica:

ROPC

7 - Cisto periapical
ROPC Cavidade patológica revestida por epitélio comumente
formado por restos epiteliais de Malassez, apoiado sobre
uma capsula de tecido conjuntivp fibroso

•Conteúdo flúido, semifluido, sólido


•Crescimento lento
•Assintomático
•Expansão óssea – abula a cortical mas tem consistência
óssea

5
26/8/2010

7 - Cisto periapical
•Lesão radiolúcida unilocular, circunscrita com
osteogênese reacional associada ao ápice de um dente
ROPCC
•Ausência de lâmina dura

Evidência radiográfica:

ROPCC