P. 1
Metas de Aprend MATEMÁTICA

Metas de Aprend MATEMÁTICA

|Views: 3.800|Likes:

More info:

Published by: octávio v gonçalves on Sep 21, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2014

pdf

text

original

Sections

Introdução

O desenvolvimento das Metas de Aprendizagem para a disciplina de Matemática baseia-se no Programa de Matemática do Ensino Básico (PMEB), homologado em 2007 e implementado, no presente ano lectivo, em mais de 400 agrupamentos e escolas não agrupadas, e que será generalizado a todo o ensino básico em 2010-2011. Partiu-se do pressuposto que o PMEB é o documento curricular orientador para os professores na organização e planificação do seu ensino, constituindo as Metas uma referência para a avaliação. Os autores do PMEB organizaram-no partindo do Currículo Nacional do Ensino Básico e dos programas de 1990 e 1991, tendo em conta o desenvolvimento do conhecimento sobre o ensino e a aprendizagem da Matemática nos últimos anos, procurando melhorar a articulação entre ciclos, em especial a ligação entre o 1.º ciclo e os 2.º e 3.º ciclos. O PMEB está organizado em torno de temas matemáticos e de capacidades transversais – resolução de problemas, raciocínio matemático e comunicação matemática – assumindo que estas devem merecer uma atenção permanente no ensino. Assume ainda que o “ensinoaprendizagem se desenvolve em torno de quatro eixos fundamentais: o trabalho com números e operações, o pensamento algébrico, o pensamento geométrico e o trabalho com dados” (p. 1). As Metas de Aprendizagem apresentam-se organizadas a partir dos quatro temas matemáticos do PMEB: Números e operações, Geometria e Medida, Álgebra e Organização e Tratamento de Dados. A sua construção obedeceu a um conjunto de orientações gerais: ‐ partir do propósito principal de ensino, clarificar e operacionalizar os objectivos gerais e específicos do PMEB considerados fulcrais, usando exemplos ilustrativos quando entendidos como recurso necessário à sua compreensão; ‐ seguir de perto a formulação original dos objectivos do PMEB, de modo a evitar interpretações erróneas, nomeadamente, a de que existem novos resultados de aprendizagem esperados, para além dos que são visados pelo PMEB; ‐ articular, sempre que possível, as capacidades transversais com os tópicos matemáticos, embora sem carácter exaustivo;

1


‐ definir metas de final de ciclo e a partir delas as metas para cada um dos anos de escolaridade. No 1.º ciclo foram definidas duas etapas: 1.º-2.º anos e 3.º-4.º anos; Relativamente às capacidades transversais, há ainda a sublinhar que, uma vez que no PMEB estas são referidas como “objectivos de aprendizagem centrais”, devem merecer uma atenção particular no ensino da Matemática. Não podendo ser vistas à parte dos temas matemáticos, procurou-se integrá-las, sempre que possível, nas metas dos quatro temas matemáticos do PMEB, como referimos. Ainda assim considerou-se necessário incluir também quadros com a sua especificação, para cada um dos ciclos, procurando realçar aspectos particulares de cada uma delas e o seu carácter transversal. Tal como o PMEB, as metas definidas para os três ciclos do ensino básico, devem ser vistas como um todo, correspondendo a uma progressão na aprendizagem da Matemática ao longo do ensino básico e, nessa medida, constituírem uma referência para os agrupamentos e escolas isoladas. As Aprendizagens desejáveis à entrada do ensino básico têm um carácter indicativo a ter em consideração na organização do ensino, tanto pelos educadores de infância como pelos professores do 1.º ciclo. Como foi referido estas metas não substituem o Programa, nem a planificação do professor, deste modo, a ordem com que surgem num dado ciclo ou ano de escolaridade não representa necessariamente a ordem pela qual os tópicos matemáticos correspondentes devem ser tratados no ensino. Adicionalmente, tendo em conta que o PMEB se organiza por ciclos de escolaridade e não por anos, a opção pela definição de metas para cada um dos anos constitui uma indicação do momento em que deve existir a garantia de que a meta foi atingida pelo aluno, não colocando de parte a possibilidade de esta ter sido atingida mais cedo em virtude das opções de desenvolvimento curricular tomadas. A equipa de trabalho: Lurdes Serrazina (coordenadora) Ana Vieira Lopes Hélia Oliveira Hélia Sousa Irene Segurado Paula Teixeira Renata Carvalho Rui Candeias

2


Conhecimento Matemático - Pré-Escolar

Aprendizagens desejáveis à entrada no 1.º ciclo

Classifica objectos, fazendo escolhas e explicando as suas decisões. Classifica objectos identificando as suas semelhanças e diferenças. Utiliza diagramas de Venn, quando solicitado, para evidenciar os atributos dos objectos. Conta quantos objectos têm uma dada propriedade, utilizando gravuras, desenhos ou números para mostrar os resultados. Estabelece correspondências entre conjuntos de objectos e os números que lhe correspondem. Explica e reconhece padrões simples. Utiliza objectos familiares e formas comuns para criar e recriar padrões e construir modelos. Enumera e utiliza os nomes dos números em contextos familiares. Reconhece os números como identificação do número de objectos de um conjunto. Reconhece sem contagem o número de objectos de um conjunto (subitize) e verifica-a por contagem (até 6). Utiliza a linguagem “mais” ou “menos” para comparar dois números. Conta com correcção até 10 objectos do dia a dia. Utiliza os números ordinais em diferentes contextos (até 8). Reconhece os números de 1 a 10 Utiliza o 5 como um número de referência Estabelece relações numéricas entre números até 10. Começa a relacionar a adição com o combinar dois grupos de objectos e a subtracção com o retirar. Resolve problemas simples do seu dia a dia recorrendo a contagens Descreve as posições relativas de objectos usando termos como acima de, abaixo de, ao lado de, em frente de, atrás de, e a seguir a.

3


Descreve objectos do seu meio ambiente utilizando os nomes de figuras geométricas. Compreende que os nomes de figuras (quadrado, triângulo, rectângulo e círculo) se aplicam independentemente da sua posição ou tamanho. Usa expressões como maior do que, menor do que, mais pesado que, ou mais leve que para comparar quantidades e grandezas. Usa a linguagem do dia a dia relacionada com o tempo; ordena e estabelece sequências de acontecimentos familiares, ou de histórias. Conhece a rotina da semana e do dia da sua sala. Compreende que os objectos têm atributos medíveis, como comprimento ou volume ou massa. Identifica algumas transformações de figuras, usando expressões do tipo ampliar, reduzir, rodar , ver ao espelho. Interpreta dados apresentados em pictogramas simples, em situações do seu quotidiano. Exprime as suas ideias sobre como resolver problemas específicos oralmente ou por desenhos. Escuta os colegas e contrapõe as suas ideias Associa algumas relações dos jogos de faz de conta com a realidade 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 4


MATEMÁTICA 1.º CICLO

Capacidades transversais
Domínio de Metas de final do 1º ciclo referência Especificação das Metas Identifica o objectivo e a informação relevante para a resolução de um dado problema. Identifica problemas com informação irrelevante, dados insuficientes ou sem solução. Resolução de problemas Concebe estratégias diversificadas de resolução de problemas, como: -Resolve um problema análogo mas mais simples; -Explora casos particulares. Põe em prática estratégias de resolução de problemas. Utiliza estratégias do mesmo tipo em diferentes problemas e identifica estratégias diferentes na resolução do mesmo problema. Verifica a adequação dos resultados obtidos e dos processos utilizados. 2. Raciocínio Matemático Justifica as estratégias de resolução Justifica resultados matemáticos Explica e justifica as estratégias adoptadas e os processos utilizados. Explica ideias e processos matemáticos, oralmente e por escrito. Justifica os resultados matemáticos obtidos. Formula e testa conjecturas relativas a Formula e testa conjecturas situações matemáticas simples. (Por exemplo, observando regularidades e relações numéricas nas tabuadas).

Compreende o problema

Concebe estratégias de resolução

1.

Aplica estratégias de resolução e avalia a adequação dos resultados obtidos


 


5


Capacidades transversais
Domínio de Metas de final do 1º ciclo referência Interpreta informação matemática Representa ideias matemáticas Especificação das Metas Interpreta informação e ideias matemáticas representadas de diversas formas. Representa informação e ideias matemáticas de diversas formas, recorrendo a diversos tipos de representação (desenhos, palavras, símbolos, tabelas, esquemas e gráficos). Expressa ideias e processos matemáticos, oralmente e por escrito, utilizando linguagem e vocabulário próprios. Discute resultados, processos e ideias matemáticos.

Comunicação matemática

3.

4.

Exprime ideias matemáticas Discute ideias matemáticas


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


6


Números e operações
Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Classifica e ordena de acordo com um dado critério (invariância de quantidade). Usa os números nas suas diferentes utilizações: quantidade, ordenação, Compreende a noção de número identificação e localização. natural Realiza contagens progressivas e regressivas, utilizando números pelo menos até 1000. Compõe e decompõe números, pelo menos até 1000. Números e operações Números naturais Compara e ordena números, pelo menos até 1000. Identifica e dá exemplos de números pares e ímpares. Resolve problemas envolvendo relações numéricas, expressando as ideias matemáticas de diversas formas. Compreende o sistema de numeração decimal e representa números naturais, utilizando diferentes representações para o mesmo número. 
 Lê e representa números, pelo menos até 1000, no sistema de numeração decimal. Identifica e dá exemplos de diferentes representações para o mesmo número, utilizando números pelo menos até 1 000. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Realiza contagens progressivas e regressivas, utilizando números pelo menos até ao milhão. Compõe e decompõe números, pelo menos até ao milhão. Compara e ordena números em sequências crescentes e decrescentes, pelo menos até ao milhão. Explicita a noção de par e ímpar como uma propriedade dos números. Exemplo: Sabe explicar que os números pares são múltiplos de 2 e que a sua divisão por 2 dá resto zero mas a divisão dos números ímpares por 2 dá resto 1.

Lê e representa números, pelo menos até ao milhão, no sistema de numeração decimal. Identifica e dá exemplos de diferentes representações para o mesmo número, utilizando números pelo menos até ao milhão.

7



 Domínio de referência Metas final do1.º ciclo Compreende o sistema de numeração decimal e representa números naturais, utilizando diferentes representações para o mesmo número. Compreende a noção de múltiplo e divisor de um número natural. Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Identifica o valor posicional de um algarismo no sistema de numeração decimal. Representa números naturais na recta numérica. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Usa o sistema de numeração decimal, incluindo o valor posicional de um algarismo e justifica a sua natureza multiplicativa.

Números e operações Números naturais

Identifica e dá exemplos de múltiplos e divisores de um número natural. Explica que os divisores de um número são divisores dos seus múltiplos (e que os múltiplos de um número também são múltiplos dos seus divisores). Identifica a metade, a terça parte, a quarta parte, a décima parte e outras partes da unidade e representa-as na forma de fracção. Utiliza fracções para representar números racionais não negativos em diferentes contextos. Identifica e usa operadores como dobro, triplo, quádruplo e quíntuplo e relaciona-os, respectivamente, com a metade, a terça parte, a quarta parte e a quinta parte. Identifica número racional não negativo nas suas representações em forma de fracção e de decimal. Resolve problemas envolvendo situações onde as fracções surgem com diferentes significados (quociente, parte-todo e operador). Compara e ordena números representados na forma decimal. Representa números racionais não negativos na forma decimal e de fracção. Exemplo: ½ e 0,5; ¼ e 0,25; ¾ e 0,75; 1/10 e 0,1; 5/10 e 0,5. 8


Compreende a noção de número racional não negativo. Números e operações Números racionais não negativos 



 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Relaciona diferentes representações dos números racionais não negativos (fracções, decimais e percentagens) e usa valores de referência representados de diferentes formas. Exemplo: 0,5, ½ e 50%; 0,25, ¼ e 25%; 0,75, ¾ e 75%; 0,1 e 1/10; 0,01 e 1/100; 0,001 e 1/1000. Localiza e posiciona números racionais não negativos na recta numérica (nas suas representações em forma de fracção e de decimal). Resolve problemas envolvendo números na sua representação decimal e na de fracção (situações simples) em contextos diversos. Números e operações Números naturais e racionais não negativos Usa a adição nos sentidos combinar e acrescentar. Compreende as operações com números naturais e racionais não negativos na representação decimal Compreende e memoriza factos básicos da adição utilizando números pelo menos até 100. Relaciona os factos básicos da adição com os da subtracção. Usa a subtracção nos sentidos retirar, comparar e completar. Usa a divisão nos sentidos de medida, partilha e razão.

Números e operações Números racionais não negativos

Compreende a noção de número racional não negativo.

9


Domínio de referência Números e operações Números naturais e racionais não negativos

Metas final do 1.º ciclo Compreende as operações com números naturais e racionais não negativos na representação decimal

Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Usa a multiplicação nos sentidos aditivo e combinatório. Identifica situações envolvendo a divisão. 2ª etapa (3.º e 4.º anos)

Números e operações Números racionais não negativos

Identifica a metade, a terça parte, a quarta parte, a décima parte e outras partes da unidade e representa-as na forma de fracção. Utiliza fracções para representar números racionais não negativos em diferentes contextos. Identifica e usa operadores como dobro, triplo, quádruplo e quíntuplo e relaciona-os, respectivamente, com a metade, a terça parte, a quarta parte e a quinta parte.

Identifica um número racional não negativo nas suas representações em forma de fracção e de decimal. Resolve problemas envolvendo situações onde as fracções surgem com diferentes significados (quociente, parte-todo e operador). Compara e ordena números representados na forma decimal. Representa números racionais não negativos na forma decimal e de fracção. Exemplo: ½ e 0,5; ¼ e 0,25; ¾ e 0,75; 1/10 e 0,1; 5/10 e 0,5.

Compreende a noção de número racional não negativo.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


10



 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Opera com números naturais e racionais não negativos representados na forma decimal, usando propriedades dos números e das operações. Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Adiciona, subtrai e multiplica utilizando a representação horizontal e recorrendo a estratégias de cálculo. Exemplos: Para calcular 503-398 - Usa a adição 398+2=400;400+100=500; 500+3=503, portanto, 2+100+3=105; - Usa a subtracção 503-400=103; 103+2=105; -Utiliza a recta graduada e a recta não graduada. 2ª etapa (3.º e 4.º anos)

Utiliza estratégias de cálculo mental para as quatro operações, usando as suas propriedades, no conjunto dos números naturais e no conjunto dos números racionais não negativos. Exemplos: - Recorre à propriedade distributiva da multiplicação em relação à adição 14 x5=10x5+4x5= Constrói, justificando o 50+20=70) processo usado e - Usa diferentes memoriza as tabuadas do representações para o 2, 5, 10, 4, 3 e 6. mesmo produto Exemplo: Utiliza a tabuada 4x25=2x50=1x100 de multiplicação do 2 e -Simplifica os termos de através dos dobros constrói uma divisão para obter o a do 4. quociente 24:4 =12:2=6:1=6 - Recorre à decomposição 1,5+2,7=1,5+2,5+0,2=4, 0+0,2=4,2 Compreende e realiza algoritmos para as operações de adição, subtracção, multiplicação e divisão. Adiciona, subtrai, multiplica e divide com números racionais não negativos representados na forma decimal. Constrói, justificando o processo usado e memoriza as tabuadas da multiplicação do 7, 8 e 9.


 
 11


Números e operações Números racionais não negativos


 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Opera com números naturais e racionais não negativos representados na forma decimal, usando propriedades dos números e das operações. Resolve problemas em contextos numéricos, envolvendo as operações aritméticas. Resolve problemas em contextos numéricos utilizando números naturais, pelo menos até 1000 e números racionais não negativos na sua representação em forma de fracção (situações simples). Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Constrói, justificando o processo usado, as tabuadas da multiplicação do 11 e 12.

Números e operações Números racionais não negativos

Resolve problemas em contextos numéricos, utilizando números naturais, pelo menos até ao milhão e números racionais não negativos. Resolve problemas envolvendo as operações, discutindo resultados, processos e ideias matemáticos. Explica e justifica o efeito das operações sobre os números, no conjunto dos números naturais e no dos racionais não negativos. Exemplo: Explica o que acontece: - na multiplicação quando um dos factores é igual, menor ou maior que 1. - na divisão quando o divisor é igual, maior ou menor que 1.

Reconhece a ordem de grandeza de números e compreende o efeito das operações sobre os números.


 
 
 
 


12



 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Realiza estimativas de uma dada quantidade de objectos, usando referências adequadas. Realiza estimativas e avalia a razoabilidade de um dado resultado em situações de cálculo (adição e subtracção). Exemplos: Estima e avalia a - Estima 143+264, adicionando mentalmente razoabilidade 14 dezenas + 26 dos resultados. dezenas=40 dezenas, concluindo que o resultado é um pouco acima de 400. - Estima 458-347, arredondando os números à próxima dezena certa, respectivamente (460 e 350), verificando que o resultado é um pouco superior a 100.) Elabora sequências de números segundo uma dada lei de formação e investiga regularidades numéricas. Elabora sequências numéricas (repetitivas e crescentes) segundo uma dada lei de formação. Exemplos: Identifica regularidades em sequências como - 2, 4, 6, 8, … (números pares) - 1, 4, 7, 10, 13, … (começar com 1 e adicionar 3 sucessivamente). 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Realiza estimativas e avalia a razoabilidade de um dado resultado em situações de cálculo (multiplicação e divisão). Exemplo: Estima um produto arredondando um dos factores (4x19 é um resultado próximo de 4x20).

Números e operações Números racionais não negativos

Investiga regularidades numéricas no conjunto dos números naturais, formulando e testando conjecturas. Exemplos: - Regularidades em tabelas numéricas e tabuadas, em particular as dos múltiplos. - 2, 5, 11, 23 (duplica e adiciona 1). - Usa as tabuadas para formular e testar conjecturas. (Conjectura: os resultados da tabuada do 2 são números pares).


 
 


13



 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Elabora sequências de números segundo uma dada lei de formação e investiga regularidades numéricas. Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Investiga regularidades em sequências e em tabelas de números. Exemplo: Marca números de 5 em 5 numa tabela de números até 100, começando no 3 e identifica e descreve regularidades no algarismo das unidades ou no algarismo das dezenas. Resolve problemas que envolvam o raciocínio proporcional, explicando ideias e processos e justificando os resultados matemáticos. Exemplo: 1bola → 15 € 2 bolas → 30 € 4 bolas → 60 € 40 bolas → 600 € … 2ª etapa (3.º e 4.º anos)

Números e operações Números racionais não negativos 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Resolve problemas que envolvam o raciocínio proporcional.

14


Geometria e Medida
Metas Domínio de referência final do 1.º ciclo Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Sabe situar-se e exprime a sua posição no espaço, em relação aos outros e aos objectos, seleccionando e utilizando pontos de referência e utilizando vocabulário adequado. Elabora, representa e compara diferentes itinerários ligando os mesmos pontos (inicial e final) e utilizando pontos de referência. Descreve a localização relativa de pessoas ou objectos no espaço, utilizando vocabulário apropriado. Geometria Interpreta e desenha plantas simples. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Visualiza e descreve posições, direcções e movimentos, utilizando vocabulário apropriado. Identifica, numa grelha quadriculada, pontos equidistantes de um dado ponto. Desenha figuras numa grelha quadriculada dadas as suas coordenadas. Descreve a posição de figuras desenhadas numa grelha quadriculada recorrendo à identificação de pontos através das suas coordenadas. Interpreta e utiliza mapas e plantas e constrói maquetas simples. Compara, descreve e constrói sólidos geométricos, fazendo classificações e justificando os critérios utilizados (prismas, paralelepípedo, cubo, pirâmide, esfera, cilindro e cone, entre outros). Identifica um sólido geométrico enunciando as suas propriedades. Identifica várias planificações do cubo e constrói um cubo a partir de uma planificação dada.

Identifica, interpreta e descreve relações espaciais.

Geometria e Medida

Classifica, compara, transforma e descreve objectos e justificando os critérios utilizados. Reconhece figuras no plano e sólidos geométricos, identificando propriedades que os caracterizam. Identifica superfícies planas e não planas, em objectos comuns e em modelos geométricos. Compara e descreve sólidos geométricos, identificando semelhanças e diferenças.

15



 
 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Reconhece figuras no plano e sólidos geométricos, identificando propriedades que os caracterizam. Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Identifica polígonos e círculos nos sólidos geométricos, representa-os e classifica-os, justificando os critérios utilizados. Identifica e representa linhas rectas e curvas. Distingue entre interior, exterior e fronteira de um domínio limitado por uma linha poligonal fechada. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Justifica se uma dada figura pode ou não representar uma planificação de um cubo. Identifica propriedades de figuras no plano e faz classificações, justificando os critérios utilizados (triângulos, quadriláteros, pentágonos, hexágonos e círculos). Distingue círculo de circunferência e relaciona o raio com o diâmetro. Geometria e Medida Geometria Identifica e representa rectas paralelas e perpendiculares. Resolve problemas envolvendo propriedades das figuras geométricas no plano e no espaço. Compreende a noção de ângulo e reconhece diferentes tipos de ângulos (recto, agudo, obtuso e raso). Identifica ângulos em contextos diversos: ‐ em objectos do quotidiano ‐ em sólidos geométricos ‐ em polígonos ‐ em figuras planas não polígonos. ‐ no movimento de rotação de uma semirecta em torno da sua origem. Compara e classifica ângulos (recto, agudo, obtuso e raso). 
 
 
 
 
 16



 Domínio de referência Metas final do 1.º ciclo Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Identifica eixos de reflexão em figuras no plano. Exemplo: Utiliza a dobragem para verificar a existência de eixos de simetria em figuras. Identifica simetrias em figuras diversas, nomeadamente: ‐ polígonos ‐ frisos ‐ outras figuras. Representa frisos com simetrias de reflexão. Realiza composições e decomposições de figuras geométricas e relaciona as diferentes figuras. Exemplo: Constrói e representa todas as figuras diferentes possíveis de serem construídas a partir de dois triângulos dados. Constrói pavimentações e identifica polígonos que pavimentam o plano.

Compreende a noção Identifica figuras com de reflexão. simetria de reflexão em que o eixo de reflexão é vertical ou horizontal.

Desenha o transformado de uma figura numa reflexão a partir de uma reflexão de eixo vertical ou de eixo horizontal. Geometria e Medida Geometria

Resolve problemas geométricos em contextos diversos.

Resolve problemas envolvendo a visualização e a compreensão de relações espaciais, justificando ideias e processos matemáticos e utilizando linguagem e Resolve problemas vocabulário próprios. envolvendo a visualização e a Exemplo: Faz previsões compreensão de relações acerca dos resultados espaciais. Exemplo: Qual é a produzidos pela alteração da face do dado que está oposta posição de uma figura, à face com seis pintas? E à mantendo a forma e as face com uma pinta? dimensões.)


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 17


Domínio de referência

Metas final do 1.º ciclo

Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Identifica e relaciona as moedas e notas de euro. Realiza contagens de dinheiro e relaciona diferentes valores monetários. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Relaciona diferentes valores monetários, justificando as relações estabelecidas. Resolve problemas envolvendo contextos de dinheiro, concebendo e pondo em prática estratégias de resolução e verificando a adequação dos resultados obtidos e dos processos utilizados.

Compreende a grandeza dinheiro.

Representa valores monetários. Realiza estimativas de quantidades em dinheiro. Resolve problemas simples envolvendo contextos de dinheiro.

Geometria e Medida Medida

Compreende as grandezas comprimento, área, massa, capacidade e volume. Compreende o que é uma unidade de medida e o processo de medir.

Compreende as noções de comprimento, massa, capacidade e área.

Compreende a noção de volume.

Realiza medições utilizando unidades de medida não convencionais e convencionais (centímetro, metro, quilograma e litro) e utilizando instrumentos de medida adequados às situações. Compara e ordena comprimentos, massas, capacidades e áreas, utilizando materiais manipuláveis. Explica a necessidade de subdividir uma unidade em subunidades, concluindo que quanto menor é a unidade mais vezes é necessário repeti-la.

Realiza medições de grandezas em unidades SI, usando instrumentos de medida adequados às situações. Determina o volume de um cubo de uma forma experimental. Exemplo: Preencher o volume de um cubo por empilhamento de cubos menores onde a medida da aresta do cubo maior é múltipla da medida da aresta do cubo menor. Compara e ordena medidas de diversas grandezas.


 
 
 18


Domínio de referência

Metas final do 1.ºciclo

Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Explica e utiliza a fórmula para calcular a área do quadrado e do rectângulo. Resolve problemas respeitantes a grandezas, utilizando e relacionando as unidades de medida SI. Estima a área de uma figura por enquadramento. Realiza estimativas de medidas de grandezas e relaciona diferentes unidades de medida. Calcula o perímetro de figuras, realizando medições e usando unidades SI. Desenha polígonos em papel quadriculado com um dado perímetro e uma dada área. Determina, de modo experimental, o perímetro da base circular de um objecto. Resolve problemas relacionando perímetro e área, formulando e testando conjecturas. Exemplos: - Relaciona perímetro e área de rectângulos e de quadrados. - Representa rectângulos com o mesmo perímetro e diferentes áreas e com a mesma área e diferentes perímetros.

Compreende o que é uma unidade de medida e o processo de medir.

Realiza estimativas e Estima comprimentos, medições e relaciona massas capacidades e áreas. diferentes unidades de medida convencionais e não convencionais. Geometria e Medida Medida 
 
 
 Compreende a noção Determina o perímetro de de perímetro. figuras, utilizando unidades não padronizadas (recorrendo a materiais manipuláveis como o geoplano e os pentaminós).

19



 Domínio de referência Metas final do 1.ºciclo Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Estabelece relações entre factos e acções que envolvam noções temporais. Compreende as noções de tempo e de intervalo de tempo e compara a duração de acontecimentos. Reconhece o carácter cíclico de certos fenómenos e actividades. Relaciona entre si hora, dia, semana, mês e ano. Identifica e representa a hora, a meia-hora e o quarto-dehora. Lê e usa instrumentos de medida de tempo e representa medidas de tempo. Resolve problemas envolvendo situações temporais. Resolve problemas simples envolvendo situações temporais. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Lê e representa medidas de tempo. Estabelece relações entre hora, minuto e segundo. Mede e regista a duração de acontecimentos. Identifica intervalos de tempo e compara a duração de algumas actividades. Lê e interpreta calendários e horários.

Geometria e Medida Medida

Realiza estimativas relativas à duração de acontecimentos e resolve problemas envolvendo situações temporais.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


20


Organização e tratamento de dados
Domínio de referência Metas final do 1.ºciclo Analisa e interpreta informação de natureza estatística organizada de diversas formas. Metas de aprendizagem 1ª etapa (1.º e 2.º anos) Lê e interpreta informação apresentada em listas, tabelas de frequências absolutas, gráficos de pontos e pictogramas, respondendo a questões e formulando novas questões. Classifica dados utilizando diagramas de Venn e de Carroll. Formula questões, recolhe e organiza dados qualitativos e quantitativos (discretos) utilizando esquemas de contagem gráfica, tabelas de frequências absolutas, gráficos de pontos e pictogramas. 2ª etapa (3.º e 4.º anos) Lê e interpreta tabelas de frequência absoluta, gráficos de barras, gráficos circulares e diagramas de caule e folhas, respondendo a questões e formulando novas questões. Formula questões, recolhe e organiza dados qualitativos e quantitativos (discretos) utilizando tabelas de frequências absolutas, e tira conclusões. Constrói e interpreta gráficos de barras.

Organização e tratamento de dados

Recolhe e organiza dados de natureza diversa (qualitativos e quantitativos discretos) utilizando diferentes representações.

Usa informação de natureza estatística para interpretar ou comparar informação. Reconhece situações aleatórias, utilizando vocabulário apropriado.

Identifica a moda num conjunto de dados e usa-a para interpretar ou comparar informação.

Identifica situações aleatórias que envolvam o conceito de acaso, utilizando vocabulário apropriado (certo, possível, impossível, provável e improvável)


 
 
 
 
 
 
 
 


21


MATEMÁTICA 2.º CICLO Capacidades transversais
Domínio de referência Metas final do 2.ºciclo Compreende o problema Especificação das metas Identifica os dados, as condições e o objectivo do problema. Identifica problemas com informação irrelevante, dados insuficientes ou sem solução. Concebe estratégias diversificadas de resolução de problemas, tais como: - partir do fim para o principio; 5. Concebe estratégias de - tentativa erro; resolução - criação de um problema equivalente; - simplificação de um problema; - identificação de regularidades; Resolução de Problemas - utilização de casos mais simples ou particulares. Põe em prática estratégias de resolução de problemas. Aplica estratégias de resolução e avalia a adequação dos resultados obtidos Utiliza apropriadamente esquemas, estratégias informais e calculadora na resolução de problemas. Utiliza as TIC na resolução de problemas. Verifica a adequação dos resultados obtidos aos objectivos e contexto do problema. Explica as estratégias adoptadas e os processos utilizados. Justifica as estratégias de resolução Justifica a adequação das estratégias adoptadas e dos processos utilizados. Averigua da possibilidade de abordagens diversificadas para a resolução de um problema. Formula problemas a partir de situações matemáticas e não matemáticas 
 
 
 Formula problemas a partir de situações matemáticas e não matemáticas, apresentadas em linguagem verbal, pictórica ou simbólica matemática.

6.

22


Capacidades transversais
Domínio de referência Metas final do 2.ºciclo Especificação das metas Explica e justifica os processos matemáticos, resultados e ideias matemáticas, recorrendo a exemplos e contra-exemplos e à análise exaustiva de dados. Argumenta processos matemáticos recorrendo a exemplos e contra-exemplos. Analisa situações e formula conjecturas e generalizações (Por exemplo, na exploração de regularidades). Testa conjecturas fazendo deduções informais (Por exemplo, através de um contra-exemplo). Interpreta informação e ideias matemáticas representadas de diversas formas. Representa informação e ideias matemáticas de diversas formas, recorrendo a vários tipos de representações (pictórica, gráfica e simbólica) incluindo o recurso a tabelas e esquemas. Traduz relações de linguagem natural para linguagem matemática e vice-versa. Exprime ideias e processos matemáticos, oralmente e por escrito, utilizando a notação, simbologia e vocabulário próprios. Apresenta e discute resultados, processos e ideias matemáticos, oralmente e por escrito.

Raciocínio Matemático

Justifica e argumenta afirmações matemáticas

7.

Formula e testa conjecturas

Interpreta informação matemática Comunicação Matemática

8.

Representa ideias matemáticas

9.

Exprime ideias matemáticas

Discute ideias matemáticas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


23


Números e operações
Domínio de referência Metas final do 2.ºciclo Metas final do 5.º ano Identifica as várias representações de um número racional não negativo. Identifica fracções em contextos diversos com os significados de quociente, relação parte-todo, razão, medida e operador. Compreende a noção de número racional não Usa números racionais não negativos em contextos negativo diversos. Identifica e dá exemplos de fracções equivalentes a uma dada fracção. Identifica e dá exemplos de uma fracção na sua forma irredutível. Interpreta uma percentagem como um número de partes em 100. Relaciona as várias representações do mesmo número racional não negativo e usa-as na explicitação de raciocínios e justificação de processos. Localiza e posiciona na recta numérica, números racionais não negativos. Compara e ordena números racionais não negativo representados nas suas diferentes formas e explicando e justificando os processos utilizados. Metas final do 6.º ano

Números e operações

Representa e compara números racionais não negativos

24



 Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo

Metas final do 5.º ano Estima o resultado de operações com números racionais não negativos.

Metas final do 6.º ano

Determina um valor aproximado de um número e estima a resposta a problemas Distingue número primo de envolvendo números racionais não negativos. número composto. Identifica números primos menores que 100. Decompõe m factores primos. Interpreta e resolve problemas envolvendo a multiplicação e divisão de potências de base e expoente naturais usando regras operatórias.

Identifica quadrados de Calcula o valor de uma Opera com números números (até 12) e os cubos potência de base racional e expoente natural. racionais não negativos de 2, 3, 4, 5 e 10. e usa as propriedades Identifica o inverso de um Usa a noção de mínimo das operações múltiplo comum e máximo número. divisor comum de dois Compreende o efeito de números, na resolução de multiplicar e dividir um problemas e justifica os número racional não negativo processos utilizados. por um número menor do que 1. Utiliza os critérios de divisibilidade por 2, 5, 10, Interpreta e resolve problemas 3, 9 e 4 usando a multiplicação e divisão de fracções. Calcula o valor de uma potência de base e expoente Selecciona estratégias de naturais. cálculo mental ou escrito, adequadas à resolução de um Usa potências de base dez dado problema. na representação e decomposição de números. Opera com números racionais não negativos e utiliza Usa a noção de propriedades das quatro percentagem na resolução operações no cálculo mental. de problemas. Interpreta e resolve problemas usando a adição e subtracção de fracções.

Números e operações 
 
 


25



 Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo Opera com números racionais não negativos e usa as propriedades das operações

Metas final do 5.º ano Usa de forma flexível as representações dos números racionais não negativos, na resolução de problemas explicando e justificando os processos utilizados.

Metas final do 6.º ano

Números e operações

Compreende a noção de número inteiro.

Identifica e dá exemplos de números inteiros. Identifica grandezas que variam em sentidos opostos e utiliza números inteiros para representar as suas medidas. Identifica e dá exemplos de valor absoluto e de simétrico de um número. Localiza e posiciona números inteiros na recta numérica. Compara e ordena números inteiros na recta numérica. Interpreta e resolve problemas usando a adição e subtracção de números inteiros.

Representa e compara números inteiros.

Opera com números inteiros. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


26


Geometria
Domínio de referência Metas final do 2.ºciclo Metas final do 5.º ano Identifica os elementos de um sólido geométrico. Descreve sólidos geométricos recorrendo às suas propriedades e indica, justificando se um sólido geométrico corresponde a uma dada descrição. Classifica sólidos geométricos utilizando as suas propriedades. Identifica e relaciona o número de faces, de arestas e de vértices de uma pirâmide e de um prisma, com o polígono da base. Identifica e desenha planificações de sólidos geométricos. Constrói modelos de sólidos geométricos a partir da sua planificação. Resolve problemas envolvendo propriedades dos sólidos geométricos. Calcula o perímetro de uma Utiliza e relaciona as unidades figura. de volume e de capacidade do SI Calcula a área de um Compreende grandezas triângulo e de um círculo. Determina o volume do cubo, geométricas e do paralelepípedo e do cilindro. respectivos processos Determina valores de medida aproximados da área de um Resolve problemas que círculo desenhado em papel envolvam volumes de cubos, quadriculado. paralelepípedos e cilindros em contextos diversos. 
 
 27
 Metas final do 6.º ano

Geometria Figuras no espaço

Identifica e utiliza as propriedades dos sólidos geométricos.

Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo

Metas Final do 5.º ano

Metas final do 6.º ano

Geometria Figuras no espaço

Compreende grandezas Identifica a amplitude de um ângulo. geométricas e respectivos processos Mede, em graus, a de medida amplitude de um ângulo. Identifica sólidos geométricos através de representações no plano e vice-versa. Justifica se uma representação no plano pode ou não corresponder à planificação de um dado sólido. Identifica e representa rectas paralelas, perpendiculares e concorrentes, semi-rectas e segmentos de recta Identifica a posição relativa de duas rectas no plano.

Usa a visualização e o raciocínio geométrico na resolução de problemas em contextos diversos.

Geometria Figuras no Plano

Identifica os elementos de um polígono. Descreve um polígono recorrendo às suas Identifica e utiliza as propriedades e justifica se propriedades das figuras geométricas no uma dada descrição corresponde a um polígono plano. dado. Classifica polígonos utilizando as suas propriedades. Classifica triângulos quanto aos ângulos e quanto aos lados.


 
 


28


Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo

Metas final do 5.º ano Constrói triângulos utilizando instrumentos de medição e de desenho (régua, transferidor e compasso).

Metas final do 6.º ano

Geometria Figuras no plano

Usa as relações entre os elementos de um triângulo (casos de possibilidade na construção, relação entre Identifica e utiliza as lados e ângulos e a soma propriedades das das amplitudes dos ângulos figuras geométricas no internos e externos). plano. Identifica as propriedades da circunferência (raio, diâmetro, relação entre raio e diâmetro, etc.) Identifica figuras equivalentes no plano e distingue figuras equivalentes de figuras congruentes, justificando as opções tomadas. Constrói um ângulo sendo dada a sua amplitude. Classifica ângulos de acordo com a medida da sua amplitude. Relaciona vários tipos de ângulos. Identifica ângulos suplementares, complementares, verticalmente opostos e alternos internos. Estabelece relações entre ângulos.


 
 
 
 


29


Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo

Metas final do 5.º ano Faz estimativas da medida de amplitude de um dado ângulo, tendo como referência a amplitude de ângulos (Exemplo: ângulo de 45º, ângulo recto, ângulo raso, etc.) Resolve problemas envolvendo propriedades dos triângulos e do círculo. Resolve problemas utilizando propriedades dos polígonos regulares e irregulares. Resolve problemas envolvendo a determinação de perímetros de polígonos regulares e irregulares.

Metas final do 6.º ano

Relaciona vários tipos de ângulos.

Geometria Figuras no plano

Resolve problemas utilizando as propriedades das Resolve problemas que figuras geométricas no envolvam o cálculo do plano. perímetro ou da área do círculo, usando um valor aproximado de π.

Resolve problemas que envolvam áreas do triângulo e do círculo, bem como a decomposição e composição de outras figuras planas. Resolve problemas que envolvam estimativas de áreas e perímetros 
 
 
 
 
 
 
 


30


Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo

Metas final do 5.º ano

Metas final do 6.º ano Identifica o transformado de uma dada figura através de uma isometria (reflexão, rotação, translação ou reflexão deslizante) e justifica. Constrói o transformado de uma figura, a partir de uma isometria ou de uma composição de isometrias. Identifica as simetrias de reflexão (ou axiais) e de rotação em causa, dada uma figura geométrica e o seu transformado. Identifica as simetrias numa figura limitada e não limitada no plano. Desenha padrões geométricos que envolvam simetrias.

Compreende as noções e propriedades da reflexão, translação e rotação.

Identifica e usa as noções de simetria axial e de simetria rotacional na análise e construção de figuras planas.

Geometria Isometrias

Usa a visualização e o raciocínio geométrico na identificação de isometrias

Identifica simetrias (de rotação e de reflexão) em frisos e rosáceas. Constrói frisos e rosáceas que envolvam um ou dois tipos de simetrias, identificando e justificando quais as simetrias em causa.


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



 
 31


Álgebra
Domínio de referência Metas final do 2.ºciclo Metas final do 5.º ano Metas final do 6.º ano Resolve expressões numéricas usando o significado dos parênteses e a prioridade das operações Usa expressões numéricas para representar uma dada situação e dá exemplos de situações que possam ser representadas por uma expressão numérica. Usa igualdades e desigualdades para expressar relações matemáticas. Identifica e dá exemplos de Determina termos de ordens sequências e regularidades variadas de uma sequência, numéricas e não numéricas. sendo conhecida a sua lei de formação e justifica os processos utilizados. Álgebra Usa as relações entre os termos de uma sequência para indicar uma lei de formação, utilizando a linguagem natural e simbólica para justificar processos. Representa simbolicamente relações descritas em linguagem natural e reciprocamente. Interpreta diferentes representações de uma relação e relaciona-as. Compreende a noção de proporcionalidade directa. Identifica os conceitos de razão, proporção e constante de proporcionalidade em situações de proporcionalidade directa. Distingue situações em que existe proporcionalidade directa de situações em que não existe e justifica os processos utilizados.

Usa expressões numéricas em contextos diversos.

Explora e investiga regularidades

32



 Domínio de referência

Metas final do 2.ºciclo

Metas final do 5.º ano

Metas final do 6.º ano Utiliza proporções e a sua propriedade fundamental para resolver problemas. Usa o raciocínio proporcional em situações representadas sob a forma de texto, tabelas ou gráficos. Relaciona diferentes representações de situações de proporcionalidade directa (texto, tabelas, gráficos) Resolve e formula problemas envolvendo situações de proporcionalidade directa (usando por exemplo escalas).

Álgebra

Usa o raciocínio proporcional na resolução de problemas.


 
 



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



 33


Organização e tratamento de dados
Domínio de referência Metas final do 2.ºciclo Metas final do 5.º ano Interpreta dados em situações de vida real. Interpreta tabelas de Analisa e interpreta frequências absolutas e informação de natureza relativas, gráficos de estatística. barras, diagramas de caulee-folha, gráficos circulares e gráficos de linhas. Identifica acontecimentos aleatórios e usa os termos impossível, possível, certo, provável, igualmente provável e improvável para os caracterizar. Selecciona uma forma de recolha de dados e põe-na em prática. Formula questões susceptíveis de tratamento estatístico. Classifica dados em categorias ou classes. Constrói e interpreta gráficos circulares Metas final do 6.º ano Distingue dados de natureza qualitativa e de natureza quantitativa, discreta e contínua. Interpreta os resultados que decorrem da organização e representação de dados, e formula conjecturas a partir desses dados.

Organização e tratamento de dados

Recolhe e organiza dados estatísticos escolhendo um método Recolhe e organiza dados apropriado. de natureza diversa.

Constrói tabelas de frequências absolutas e relativas, gráficos de barras, diagramas de caulee-folha e gráficos de linhas. Resolve problemas usando Determina os extremos e informação organizada em amplitude de um conjunto de Usa informação tabelas e gráficos. dados e usa-os para resolver estatística para resolver problemas problemas e tomar Determina e usa a média decisões argumentadas aritmética, de um conjunto Usa recursos tecnológicos para de dados e usa-a para representar, tratar e apresentar a resolver problemas. informação recolhida.

34


MATEMÁTICA 3.º CICLO

Capacidades transversais
Domínio de referência Metas final do 3.ºciclo Especificação das metas Identifica os dados, as condições e o objectivo do problema. Compreende o problema Identifica problemas com informação irrelevante, dados insuficientes ou sem solução.

Concebe estratégias diversificadas de resolução de problemas, considerando abordagens tais como: 10. Concebe estratégias de – explora casos particulares; resolução – explora conexões matemáticas para obter múltiplas perspectivas de um problema; – resolve um problema análogo mas mais simples; – resolve o problema admitindo que se conhece uma solução. Põe em prática estratégias de resolução de problemas. Resolução de Problemas 11. Aplica estratégias de resolução e avalia a adequação dos resultados obtidos Utiliza apropriadamente as TIC na resolução de problemas. (por exemplo, na análise de um problema em diferentes representações e na modelação de situações). Verifica a adequação dos resultados obtidos aos objectivos e contexto do problema. Explica as estratégias adoptadas e os processos utilizados. Justifica as estratégias de resolução Justifica a adequação das estratégias adoptadas e dos processos utilizados. – desdobra um problema complexo em questões mais simples;

Formula problemas a partir de situações matemáticas e não matemáticas

Analisa as consequências de alteração dos dados e das condições de um problema na respectiva solução. Formula problemas a partir de situações matemáticas e não matemáticas, apresentadas em linguagem verbal, pictórica ou simbólica matemática.

35



 Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Especificação das metas Analisa situações e formula conjecturas e generalizações. (Por exemplo, na exploração de regularidades). Distingue casos particulares de generalizações. Testa as suas conjecturas usando casos particulares. Justifica afirmações matemáticas através de conceitos, propriedades ou procedimentos matemáticos, ou contraexemplos.

Formula e testa conjecturas

Raciocínio Matemático

12.

Justifica e demonstra afirmações matemáticas

Compreende a noção de definição em matemática e usa-a na dedução de propriedades de certos entes matemáticos. (Por exemplo, no estudo de quadriláteros). Distingue uma demonstração de um teste de conjecturas. Distingue uma argumentação informal de uma demonstração. Realiza demonstrações simples, usando vários métodos. (Por exemplo, a análise exaustiva de casos e a redução ao absurdo).

Interpreta informação matemática

Interpreta informação, ideias e conceitos representados de diversas formas, incluindo textos matemáticos.

Comunicação Matemática

13.

Representa ideias matemáticas

Representa informação, ideias e conceitos matemáticos de diversas formas. Recorre a vários tipos de representações (gráfica, algébrica e tabular) e estabelece conexões entre elas para obter múltiplas perspectivas de um problema e das suas soluções. Traduz relações de linguagem natural para linguagem matemática e vice-versa. Exprime resultados, processos e ideias matemáticos, oralmente e por escrito, utilizando a notação, simbologia e vocabulário próprios. Apresenta e discute resultados, processos e ideias matemáticos, oralmente e por escrito. Interpreta e critica as soluções de um problema (ou a sua inexistência) no seu contexto e discute o processo de resolução usado, apresentando argumentos fundamentados.

14.

Exprime ideias matemáticas

Discute ideias matemáticas


 
 36


Números e operações
Domínio de referência Metas final do 3.ºciclo Metas final do 7.º ano Traduz situações com números inteiros de linguagem natural para linguagem matemática. Metas final do 8.º ano Identifica um número racional como um número cuja representação decimal é uma dízima finita ou infinita periódica. Identifica números racionais representados nas formas decimal e fraccionária. Números e operações Compreende a noção de número real. . Metas final do 9.º ano Identifica um número real (racional e irracional) como um número cuja representação decimal é uma dízima finita ou infinita.

Resolve problemas e investiga regularidades envolvendo Representa números números reais. racionais por dízimas infinitas periódicas. Resolve problemas e investiga regularidades envolvendo números racionais. Traduz situações com números racionais de linguagem natural para linguagem matemática.

Representa e compara números reais. 
 
 
 
 


Compara e ordena números inteiros.

Compara e ordena números racionais representados nas formas decimal e fraccionária.

Compara e ordena números reais.

37


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Representa números inteiros e racionais não negativos na recta numérica.

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano

Representa e compara números reais. Números e operações

Representa números Representa números racionais na recta reais na recta real, numérica. utilizando o valor exacto ou Identifica a ordem aproximações de grandeza de adequadas. números racionais nas suas várias Representa e representações, interpreta intervalos incluindo a notação de números reais, científica. bem como a sua intersecção e Representa e reunião, simbólica e compara números graficamente. racionais positivos em notação científica. Identifica o modo como a calculadora representa um número em notação científica. Usa o conhecimento sobre a ordem de grandeza de números racionais na resolução de problemas e na avaliação da plausibilidade de um resultado.

Opera com números reais e utiliza as propriedades das operações no cálculo.

Utiliza as Adiciona, subtrai, Utiliza as propriedades das multiplica e divide propriedades das operações em Z com números operações no no cálculo de racionais. cálculo mental e expressões escrito em Q. numéricas Utiliza as propriedades das operações no cálculo mental e escrito, em Q.

38


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Justifica a regra da potência da potência (base e expoente naturais) e aplica-a no cálculo. Calcula o valor de potências em que a base (diferente de zero) e o expoente são números inteiros. Justifica a relação entre as potências de base e expoente natural com as potências de base inteira e expoente natural. Resolve problemas e investiga regularidades envolvendo potências.
Identifica a raiz quadrada e a raiz cúbica de quadrados e cubos perfeitos até 200. Calcula a raiz quadrada e a raiz cúbica utilizando a calculadora, no contexto de resolução de problemas. Relaciona potências e raízes.

Metas final do 8.º ano Justifica a relação entre as potências de base e expoente inteiros com as potências de base racional e expoente inteiro. Calcula o valor de potências em que a base (diferente de zero) é um número racional e o expoente é um número inteiro.

Metas final do 9.º ano Reconhece que as propriedades das operações em Q se mantêm em R e aplica-as na simplificação de expressões. Usa as propriedades: (a e b não negativos) e (a não negativo e b positivo), e explicaas.

Opera com números reais e utiliza as propriedades das operações no cálculo.

Efectua operações com potências de base racional Utiliza as (diferente de zero) e propriedades das expoente inteiro. operações em IR no cálculo mental e Utiliza as regras e as escrito. propriedades das operações em Q no Utiliza cálculo do valor de aproximações expressões adequadas aos numéricas tais contextos, na como: e resolução de problemas .

Números e operações 


39


Geometria
Domínio de referência Metas final do 3.ºciclo Metas final do 7.º ano Investiga e justifica propriedades dos quadriláteros (por exemplo, a soma dos ângulos internos dos triângulo s e quadrilátero, a fórmula da área do paralelogramo). Metas final do 8.º ano Usa a visualização na composição e decomposição de polígonos recorrendo a triângulos e quadriláteros. Metas final do 9.º ano Identifica o seno, o co-seno e a tangente de um ângulo agudo dado Determina as razões trigonométricas de um dado ângulo agudo a partir de elementos de um triângulo rectângulo., e conhecida uma razão trigonométrica do mesmo ângulo (recorre à calculadora e à construção geométrica).

Geometria Triângulos e quadriláteros

Analisa e utiliza propriedades e relações relativas a figuras geométricas no plano e no espaço

Relaciona os triângulos obtidos na decomposição de um triângulo Compreende e usa (nomeadamente as relações de pelas suas congruência de medianas e o triângulos para triângulo resolver problemas rectângulo pela em contextos altura referente à diversos hipotenusa) Classifica e constrói triângulos e quadriláteros a partir de condições dadas. Obtém uma fórmula para calcular a área de um trapézio a partir da sua decomposição.

Resolve problemas utilizando razões trigonométricas em contextos variados Usa a visualização (por exemplo, na resolução de Resolve problemas propõe a problemas no plano e no determinação de envolvendo espaço aplicando o distâncias a locais triângulos e Teorema de inacessíveis) quadriláteros. Pitágoras (por exemplo, determina a área do hexágono regular; o comprimento da diagonal espacial do cubo e do paralelepípedo).

40



 Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Deduz o valor da soma dos ângulos internos e ângulos externos de um triângulo.

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano Estabelece relações trigonométricas básicas entre o seno, o co-seno e a tangente de um ângulo agudo: e .

Compreende a noção de demonstração e faz raciocínios dedutivos em contextos geométricos e trigonométricos.

Explica uma demonstração do Teorema de Pitágoras (por exemplo, recorrendo à Investiga e explica decomposição de as propriedades, quadrados). relativamente aos lados, aos ângulos e às diagonais, de um paralelogramo utilizando, por exemplo software de Geometria Dinâmica. Relaciona os conceitos de semelhança e de proporcionalidade. Calcula distâncias reais a partir de uma representação - plantas, mapas e esquemas.

Geometria Semelhanças e isometrias

Geometria 
Triângulos
e
quadriláteros


Compreende e usa a noção de semelhança para resolver Utiliza os critérios problemas em da semelhança de contextos diversos. triângulos na resolução de problemas. Identifica o efeito de uma ampliação ou redução sobre uma figura nomeadamente sobre o seu perímetro e sobre a sua área.


 
 
 
 
 
 41



 
 Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano

Relaciona o Teorema de Thales (Se duas rectas Compreende e usa a paralelas noção de semelhança intersectam duas para resolver secantes, os problemas em triângulos obtidos contextos diversos. têm os lados correspondentes proporcionais) com a semelhança de triângulos. Caracteriza um vector. Adiciona geometricamente dois vectores (por exemplo vectores simétricos) Efectua translações associadas a um vector. (utiliza papel quadriculado e/ou instrumentos de desenho e medição e/ou software de Geometria dinâmica) Identifica e utiliza as propriedades de invariância das translações. Reconhece as propriedades comuns das isometrias. 
 
 
 
 
 42


Geometria Semelhanças e isometrias

Compreende e usa as isometrias para resolver problemas em contextos diversos.

Domínio de referência Geometria Semelhanças e isometrias

Metas final do 3.ºciclo


 Metas final do 7.º ano

Metas final do 8.º ano Compõe translações e relaciona a composição de translações com a adição de vectores. Reconhece que a translação é a única isometria que conserva direcções.

Metas final do 9.º ano

Compreende e usa as isometrias para resolver problemas em contextos diversos.

Resolve problemas Identifica e envolvendo constrói lugares polígonos e sólidos. geométricos no plano que Determina a área envolvem da superfície e o circunferência, volume de prismas círculo, bissectriz rectos, pirâmides de um ângulo e regulares, cones e mediatriz de um esferas. segmento. Utiliza critérios de paralelismo e perpendicularidade entre planos, e entre rectas e planos. Identifica superfície esférica e plano mediador. Resolve problemas envolvendo a circunferência e outros lugares geométricos. Relaciona a amplitude de um ângulo ao centro com a do arco correspondente e determina a área de um sector circular. Relaciona a amplitude de um ângulo inscrito e de um ângulo excêntrico com a dos arcos associados. 
 43


Geometria Figuras no plano e no espaço

Utiliza propriedades e relações relativas a figuras geométricas no plano e no espaço.


 Domínio de referência Metas final do 3.ºciclo Metas final do 7.º ano Metas final do 8.º ano Metas final do 9.º ano Investiga relações entre ângulos, arcos, cordas e tangentes nomeadamente: - a tangente à circunferência é perpendicular ao raio no ponto de tangencia; - a perpendicular a uma corda que passa pelo centro da circunferência bissecta essa corda. Constrói: Utiliza propriedades e relações relativas a figuras geométricas no plano e no espaço. - a circunferência inscrita e a circunferência circunscrita a um triângulo dado; - um polígono regular inscrito numa circunferência (conhecidos o centro da circunferência e um vértice do polígono). Determina a amplitude de um ângulo interno e de um ângulo externo de um polígono regular. 


Geometria Figuras no plano e no espaço 


44


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo Usa a visualização e o raciocínio geométrico na resolução de problemas em contextos geométricos. Compreende a noção de demonstração e faz raciocínios dedutivos em contextos geométricos.


 
 Metas final do 7.º ano

Metas final do 8.º ano Utiliza a visualização na resolução de problemas envolvendo polígonos e sólidos.

Metas final do 9.º ano Utiliza a visualização na resolução de problemas envolvendo lugares geométricos. Utiliza as propriedades das figuras geométricas em demonstrações simples.

Geometria Figuras no plano e no espaço


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



 


45


Álgebra
Domínio de referência Metas final do 3.ºciclo Metas final do 7.º ano Identifica a relação entre cada termo da sequência e a respectiva ordem. Representa o termo geral de uma sequência numérica que envolva expressões polinomiais do 1.º grau, usando símbolos matemáticos adequados. Determina termos de várias ordens a partir do termo geral. Simplifica Simplifica expressões expressões algébricas. algébricas como . Traduz relações de linguagem natural para linguagem matemática, dando sentido aos símbolos usados. Metas final do 8.º ano Representa o termo geral de uma sequência numérica, envolvendo expressões polinomiais do 2.º grau, usando símbolos matemáticos adequados. Representa sequências de fracções em que os numeradores e os denominadores tenham relações simples (por exemplo, e ). Simplifica expressões algébricas como -n2-n+3n2. Metas final do 9.º ano

Compreende a noção de termo geral de uma sequência numérica e representa-o usando símbolos adequados.

Álgebra Sequências e regularidades 
 


Interpreta e representa informação usando linguagem e procedimentos algébricos.

46


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Relaciona as diferentes representações de uma sequência (tabela, gráfica, termo geral, lei de formação escrita em linguagem natural). Distingue “variável” de “constante” .

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano

Álgebra Sequências e regularidades

Interpreta e representa informação usando linguagem e procedimentos algébricos.

Distingue Compreende os “expressão diferentes papéis dos algébrica” de símbolos em Álgebra. “equação”.

Distingue “expressão algébrica” de “fórmula”.

Distingue equação de inequação.

Resolve equações do 1.º e do 2.º grau a uma incógnita.

Identifica uma Resolve equações equação e a do 1.º grau respectiva solução. envolvendo coeficientes Relaciona os fraccionários (por significados de exemplo, “membro” e ou ). “termo”, e de “incógnita” e “solução” de uma Resolve equações equação. do 2.º grau Identifica equações equivalentes. Resolve equações do 1.º grau utilizando as regras de resolução. incompletas, utilizando a noção de raiz quadrada, a decomposição em factores e a lei do anulamento do produto

Álgebra Equações e inequações

Resolve equações do 2.º grau a uma incógnita, utilizando a fórmula resolvente


 
 
 
 


47


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo Resolve equações do 1.º e do 2.º grau a uma incógnita.

Metas final do 7.º ano Resolve equações do 1.º grau incluindo casos em que: • a incógnita está presente num ou em ambos os membros da equação; • envolvam parênteses

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano

Álgebra Equações e inequações

Resolve sistemas de duas equações do 1.º grau a duas incógnitas pelo método de substituição. Interpreta graficamente a solução de um sistema de duas equações a duas incógnitas, analisando os casos de sistemas possíveis (determinados e indeterminados) e impossíveis. Factorização de polinómios (por exemplo, . Interpreta fórmulas em contextos matemáticos e não matemáticos. Resolve equações literais em ordem a uma das letras (por exemplo, resolve em ordem a C a equação ). Representa informação, ideias e conceitos matemáticos de diversas formas.

Resolve sistemas de duas equações do 1.º grau a duas incógnitas.

Resolve sistemas de duas equações do 1.º grau a duas incógnitas.


 
 


48


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano Identifica uma inequação e a respectiva solução. Resolve inequações do 1.º grau utilizando as regras de resolução e representa o seu conjunto solução graficamente e na forma de intervalo de números reais.

Resolve inequações do 1.º grau a uma incógnita.

Álgebra Equações e inequações

Resolve e formula problemas envolvendo equações do 1.º grau. Comunica, raciocina e modela situações recorrendo a conceitos e procedimentos algébricos. Adequa a solução obtida na resolução de uma equação ao contexto do problema.

Resolve e formula problemas envolvendo equações do 2.º grau incompletas e sistemas de duas equações do 1.º grau.

Resolve e formula problemas envolvendo equações do 2.º grau.

Resolve e formula problemas envolvendo Adequa as soluções inequações. obtidas na resolução de uma equação do Adequa as 2.º grau incompleta soluções obtidas na resolução de e de sistemas de uma inequação ao duas equações do 1.º grau ao contexto contexto do problema. do problema.


 
 
 
 
 
 
 
 
 


49


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Identifica função como relação entre variáveis e como correspondência entre dois conjuntos. Identifica e representa pares ordenados no plano cartesiano. Identifica gráfico como conjunto de pontos no plano.

Metas final do 8.º ano Identifica a imagem dado o objecto e o objecto dada a imagem na representação gráfica de uma função linear ou afim. Representa gráfica e algebricamente uma função linear. Representa gráfica e algebricamente uma função afim. Representa algebricamente: – uma função linear sendo dado um objecto não nulo e a sua imagem; – uma função afim sendo dados dois objectos e as suas imagens. Relaciona as funções linear e afim, nas suas várias notações (por exemplo, f(x)=3x; y=3x).

Metas final do 9.º ano Representa graficamente funções do tipo , utilizando valores inteiros de a (positivos e negativos).

Compreende o conceito de função e de gráfico de uma função.

Álgebra Funções

Distingue gráfico de uma função de gráfico de uma correspondência que não seja função. Na resolução de problemas identifica o domínio, o contradomínio e determina imagens de objectos de funções definidas por uma tabela, por um gráfico e por uma expressão algébrica


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


50


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Interpreta gráficos que traduzam casos de proporcionalidade directa em contextos da vida real.

Metas final do 8.º ano Relaciona a função linear com a proporcionalidade directa.

Metas final do 9.º ano Interpreta gráficos que traduzam casos de proporcionalidade inversa em contextos da vida real.

Álgebra Funções

Usa o conceito de função em situações de proporcionalidade directa e inversa.

Analisa situações de proporcionalidade directa como função do tipo (k≠0).

Analisa situações de proporcionalidade inversa e identifica-as como função do tipo (k≠0) . Distingue situações de proporcionalidade directa de situações de proporcionalidade inversa.

Analisa uma função a partir das suas representações (tabela, gráfico, expressão algébrica e verbal) (Por exemplo, em Analisa propriedades situações de de uma função em variação de várias representações. temperatura; distância/tempo)

Relaciona as representações algébrica e gráfica das funções linear e afim. Relaciona a variação dos parâmetros a e b, na expressão , com o gráfico da função.

Relaciona as representações algébrica e gráfica da função de proporcionalidade inversa.

Relaciona a variação do parâmetro a, na expressão , com o gráfico da função (a com Interpreta a variação valores inteiros Relaciona a de uma função representação positivos e representada por um negativos). gráfica com a gráfico, indicando representação os intervalos onde a algébrica de função é crescente, situações de proporcionalidade decrescente ou constante. directa. 51



 
 Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo Comunica, raciocina e modela situações recorrendo a conceitos e procedimentos algébricos.

Metas final do 7.º ano Resolve e formula problemas, e modela situações utilizando funções de proporcionalidade directa.

Metas final do 8.º ano Resolve e formula problemas, e modela situações utilizando funções lineares e afins.

Metas final do 9.º ano Resolve e formula problemas, e modela situações utilizando funções de proporcionalidade inversa. Resolve e formula problemas, e modela situações utilizando funções do tipo (para valores de a inteiros, positivos ou negativos).


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


52


Organização e tratamento de dados
Domínio de referência Metas final do 3.ºciclo Metas final do 7.º ano Constrói, analisa e interpreta representações de dados e tira conclusões. Utiliza as representações gráficas de dados de forma adequada ao contexto: diagrama circular e gráfico de barras para dados qualitativos; gráfico de barras para dados discretos; histograma para dados contínuos; diagramas de caule-e-folhas e de extremos e quartis, para dados discretos ou contínuos. Determina a mediana, os quartis e a amplitude interquartis de um conjunto de dados. Metas final do 8.º ano Recolhe dados de fontes primárias e secundárias, incluindo a internet e publicações periódicas. Utiliza métodos de recolha de dados diversificados: observação, experimentação e questionários. Usa recursos tecnológicos para representar, tratar e apresentar a informação recolhida. Organiza, analisa e interpreta dados. Metas final do 9.º ano

Organização e tratamento de Dados (OTD)

Organiza, analisa e interpreta dados.

15.

Calcula medidas de localização e de dispersão.

16.


 
 
 
 
 
 
 
 


53


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano Explica as vantagens e desvantagens de usar a média e a mediana bem como a amplitude e a amplitude inter-quartis na interpretação de informação de natureza estatística. Identifica semelhanças e diferenças entre as distribuições atendendo às suas formas (simetria e enviesamento) e medidas de localização e de dispersão. Compara as distribuições de vários conjuntos de dados e tira conclusões, justificando-as

Metas final do 8.º ano Escolhe as medidas de localização mais adequadas para resumir a informação contida nos dados, • justificando as opções tomadas.

Metas final do 9.º ano

Compreende a informação de natureza estatística.

Organização e tratamento de Dados (OTD)

Identifica e minimizar possíveis fontes de enviesamento na recolha dos dados.

Desenvolve uma atitude crítica face a informação de natureza estatística.

17.

Formula questões e organiza adequadamente a recolha de dados. Planeia e realiza estudos que envolvam procedimentos estatísticos Distingue população e amostra. Identifica elementos que podem afectar a representatividade de uma amostra em relação à respectiva população.

54


Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo Planeia e realiza estudos que envolvam procedimentos estatísticos

Metas final do 7.º ano

Metas final do 8.º ano Analisa as situações em estudo e conjectura se as conclusões válidas para a amostra também o são para a população. Identifica acontecimentos aleatórios.

Metas final do 9.º ano

Organização e tratamento de dados (OTD)

Compreende a noção de aleatório e de experiência aleatória.

Usa os termos impossível, possível, certo, provável, igualmente provável e improvável para caracterizar acontecimentos aleatórios. Reconhece que a medida da probabilidade de um acontecimento se situa entre 0 e 1. Calcula a probabilidade de um acontecimento pela regra de Laplace. Explora a regularidades a longo termo através de tabelas de frequências relativas. Estima a probabilidade de um acontecimento usando a frequência relativa.

Compreende a noção de probabilidade e calcula a probabilidade de um acontecimento.

55



 Domínio de referência

Metas final do 3.ºciclo

Metas final do 7.º ano

Metas final do 8.º ano

Metas final do 9.º ano Identifica acontecimentos complementares e reconhece que a soma das suas probabilidades é 1. Identifica acontecimentos disjuntos ou mutuamente exclusivos e reconhece que a probabilidade da sua união é igual à soma das suas probabilidades.

Organização e tratamento de dados (OTD)

Compreende a noção de probabilidade e calcula a probabilidade de um acontecimento.

Resolve e formula problemas e discute a validade dos seus resultados.

Usa as medidas estatísticas de um conjunto de dados para resolver problemas.

Resolve e formula problemas em contextos estatísticos e interpreta os seus resultados tomando decisões informadas e argumentadas

Resolve e formula problemas envolvendo a noção de probabilidade e interpreta os seus resultados tomando decisões informadas e argumentadas.

56


You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->