Você está na página 1de 3

Precisam ou Não de Mim?

Será que alguém de mim vai


precisar? Como não sei, meu
rosto à vista vou deixar.
Um sorriso como o meu poderá
ser, Bem aquilo que alguém
necessita ver.
(Emily Dickinson)

Precisam ou Não de Mim?

Será que alguém de mim vai


precisar? Como não sei, meu
rosto à vista vou deixar.
Um sorriso como o meu poderá
ser, Bem aquilo que alguém
necessita ver.
(Emily Dickinson)
Estudo de Caso 1
Laura estava namorando o mesmo rapaz desde os dezesseis anos. Estava muito
apaixonada e sempre acreditara que se casariam quando ele voltasse da missão.
Logo depois da formatura, o namorado lhe disse que estava mais interessado noutra
jovem e que não queria mais sair com ela. Laura sentiu que o mundo desabara.

Estudo de Caso 2
Denise cresceu num lar onde sempre se sentiu amada. Gostava de voltar para casa
e apreciava as oportunidades de estar com a família. Quando freqüentava o ginásio,
o pai começou a rarear suas idas à igreja com a família, e logo seus pais passaram
a brigar a maior parte do tempo. Ela não gostava mais de ir para casa, e ficava
deprimida todas as vezes que ia à igreja sem o pai. Sentia que a vida tinha mudado
tanto, que nunca mais conseguiria ser feliz.

Buscai diligentemente,
orai sempre e sede crentes;
e todas as coisas contribuirão
para o vosso bem,
se andardes retamente e vos
lembrardes do convênio que
fizestes uns com os outros.
D&C 90:24