P. 1
FATECANO_6

FATECANO_6

|Views: 159|Likes:
Publicado porLeandro Bueno

More info:

Published by: Leandro Bueno on Sep 24, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/24/2010

pdf

text

original

Solenidade do dia 29 de abril marca o início das comemorações dos “5 anos de presença” da FATEC-Tatuí.

Essa Unidade de Ensino, segundo o IDETEC (Índice de Desenvolvimento do Ensino Técnico e Tecnológico de São Paulo), é uma das Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo que obteve o valor máximo na variação de

crescimento. No evento, houve o lançamento do selo comemorativo, do Manual de Orientação para Normalização para trabalhos acadêmicos. O Prof. Dr. Mauro Tomazela, diretor da FATEC-Tatuí, nessa ocasião, recebeu da Câmara Municipal o título de Cidadão Tatuiano pelos relevantes serviços prestados a essa comunidade. (pág 2)

Página 2 - Editorial - Festividades: Em 5 anos, entre as melhores
Selo comemorativo dos “5 anos de presença” da FATEC-Tatuí

Página 3 - Entrevista Página 4 - Sucata para alguns, tecnologia para nós
Na plateia, autoridades, professores, alunos, funcionários e convidados.

Página 5 - Frutos da parceria entre FATEC-Tatuí e ESALQ USP - Parcerias de sucesso Página 6 - Tudo novo de novo - Interdisciplinaridade!?

O Prof. Dr. Anderson Luiz de Souza (em pé à direita) entregou um exemplar do Manual de Normalização ao Prof. Rosirlei Clarete Batista Pavão (em pé à esquerda), coordenador do Curso de Automação Industrial e, no evento, representante de todos os coordenadores e docentes. No plano de Fundo (da esquerda para a direita) o Exmo Dr. Renato Amary, deputado Federal, o Exmo Sr. Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, prefeito de Tatuí, o Prof. Dr. Mauro Tomazela, diretor da FATEC-Tatuí e o Exmo Sr. José Tarcísio Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal de Tatuí.

Página 7 - Além dos desafios - FATEC-Tatuí forma 3ª turma Página 8 - Oportunidade: trabalhe na Empresa Júnior - FATEC-Tatuí terá o seu quinto curso

Prof. Dr Mauro Tomazela (ao centro), rodeado por professores, expõe o Título de Cidadão Tatuiano.

a fim de que todos. Ms. sentimento de pertencimento. O FATECANO é um jornal da Faculdade de Tecnologia de Tatuí. Anderson Luiz de Souza (vice-diretor). Nicole Poles. pois comprova nosso crescimento. Prof. . na solenidade. que nasceu no segundo semestre de 2009 e já se encontra disponível no site http://www.revistasapere. Mauro Tomazela (diretor). Oracy Gomes.inf. Prof. Phillip Lira. deputado Federal. Daiane de Souza (4º Semestre de Gestão Empresarial).Tatuí SP (15) 3205-7780 Diretor: Prof.edu. Anderson Luiz de Souza. as outras cinco foram eletrônicas e podem ser acessadas por meio do site www. mas sugere comprometimento com a cultura da FATEC Tatuí. Eva Weber e com a colaboração dos docentes da FATEC. Phillip Lira (3º Semestre de Gestão Empresarial). Vale ressaltar ainda que. houve uma notícia marcante: somos uma das Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo que obteve o valor máximo na variação de crescimento segundo o IDETEC (Índice de Desenvolvimento do Ensino Técnico e Tecnológico de São Paulo). Equipe FATECANO Mauro Tomazela. os acontecimentos. Equipe FATECANO (da esquerda para a direita) Carlos Renato Guilherme (2º Semestre de Gestão Empresarial). diretor da Faculdade de Tecnologia de Tatuí. Giovana Domingues (4º Semestre de Gestão Empresarial). Vanderlei dos Santos. a fim de gerar interação.fatectatui. No dia 29 de abril. professores e funcionários da FATEC-Tatuí Tiragem: 1000 cópias. Giovana Domingues. a projetos. recebeu da Câmara Municipal de Tatuí o título de Cidadão Tatuiano pelos relevantes serviços prestados a essa comunidade. do nosso compromisso com o ensino de qualidade continuarão a ser notícia no decorrer desse e dos próximos anos. Profª Drª Eoná Moro Ribeiro (Profª de Comunicação Empresarial). Nessa ocasião. aos discentes. comemoramos 5 anos de “vida” e já. Temos certeza de que mais realizações com a demonstração do nosso crescimento. Anderson Luiz de Souza Editores: Profª Drª Eoná Moro Ribeiro. Profª Ms. nossa organização. Dr. diretor da Faculdade de Tecnologia de Tatuí. Fale conosco: fatecano@fatectatui. Dr. o que possibilitará a sedimentação de nossa voz. Dr.br Da esquerda para a direita) Prof. a trabalhos que são realizados e precisam de normalização. os destaques possam chegar aos docentes. Site: www. houve um evento para “selar” a qualidade de nossa Unidade de Ensino: aconteceu o lançamento de um selo da FATEC-Tatuí para comemorar os cinco anos de presença. Prof. Portanto. Daiane Souza. Osvaldo D' Estefano Rosica (coordenador Gestão de Tecnologia da Informação). à pesquisa. Nicole Poles (3º Semestre de Gestão Empresarial). para solidificar a filosofia que anima e move a nossa Instituição. nº 665. ao desenvolvimento de novas tecnologias. O Exmo Dr. no mês de março. professores. “Esse Manual de Normalização surge num momento oportuno. O Manual pode ser adquirido na biblioteca da FATECTatuí.edu.Tatuí. A realização desse jornal faz parte de um projeto de Comunicação Interna. Arnaldo Gonçalves (coordenador de Manutenção Industrial). Renato Amary.edu. Rosirlei Clarete Batista Pavão (coordenador de Automação Industrial). também se encontram as normas para envio de artigos à R E V I S TA S A P E R E . aos funcionários. esse jornal é um canal que procura disseminar a “marca” da FATEC. conforme a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)”. Prof. O essencial é fazer as informações circularem com obje- tividade e credibilidade. Ele não se reduz à mera divulgação de informações. Mauro Tomazela. Prof. Prof. Dr.br. Nele. Prof. de nossa imagem. a fim de que os valores. para que todos possuam uma visão compartilhada sobre ela. É primordial que esse meio de comunicação possa também romper as fronteiras da Instituição e proporcionar ecos externos. Maria José Cardozo e Prof. Essa é a primeira edição impressa. que lançamos a 6ª Edição do FATECANO.Tatuí. Ms.br R.É com entusiasmo e com a sensação de “sermos grandes”. ao corpo administrativo. José Vicente Dias Mascarenhas (coordenador de Gestão Empresarial).Tatuí. do “modo de ser” dessa Unidade de Ensino. organizado e coordenado pela Profª Ms. Distribuição gratuita para alunos. foi lançado nosso Manual de Orientação para Normalização de trabalhos Acadêmicos. Carlos Renato Guilherme. o Prof. Mauro Tomazela Vice-Diretor: Prof. Ms. r e v i s t a eletrônica da FATEC. Dr. Profª Drª Eoná Moro Ribeiro. “fatecanos” ou não. funcionários e comunidade de Tatuí e região. presente no evento. Dr.fatectatui. possam conhecê-la para divulgar suas ações e suas boas atitudes. O ano de 2010 já está sendo marcado por grandes acontecimentos. Dr. já que a Graduação está ligada à extensão. Colaboradores: alunos. No decorrer dele. realizado por alunos e por professores do Curso de Gestão Empresarial. afirma o Prof. nossa vontade de estruturar e de proporcionar qualidade aos trabalhos científicos. Impressão: Diário de Sorocaba (15) 3212-4420. age como mediador no processo de disseminação da identidade. proferiu a palestra “Desenvolvimento Regional”.br.

a figura do Professor-Orientador e do aluno enquanto autor do seu processo de conhecimento. frutos de nosso trabalho. Dr. Os desafios são maiores. os alunos têm a oportunidade de expor seus projetos e de participarem de palestras. juntos. esse evento chama a comunidade para dentro de nossa Instituição. mas implantar uma Faculdade de Tecnologia não é tarefa fácil. inclusive. Tudo isso mostra seu crescimento. Já formamos. pelo Prof. Esse grupo já colheu seu primeiro fruto: o lançamento de uma manual que normaliza os trabalhos acadêmicos aqui desenvolvidos. mas as conquistas também são grandiosas e nos proporcionam forças para ultrapassar quaisquer obstáculos. diretor. É importante também nossa participação na Feira Tecnológica do Centro Paula Souza (FETEPS). desde agosto de 2009. Outro desafio é. cujo objetivo é reunir todas as Fatecs e demonstrar os melhores trabalhos de cada uma delas. do poder público local. essenciais para sua formação. o que a torna oficial. no tocante à Metodologia Científica. para tanto. trabalho não por dinheiro apenas. composto por mim. Por isso. . é diferente de gestar algo que se encontra caminhando. aqui.Tatuí. que geralmente ocorre em outubro. muito feliz. garantir a promoção do ser humano é o que se espera da Educação de qualidade. Além disso. Visa-se. mas pela gratificação de que nossas ações repercutem nas mais variadas esferas da sociedade. já temos também seu ISSN. que abraçaram os desafios lançados. instituir um padrão para os Trabalhos de Graduação (TG) de todos os cursos. sedimentar essas iniciativas. Com os investimentos recebidos. sinto satisfação. tornandose até melhor que a gente. por exemplo.Fico muito feliz com todo esse desenvolvimento da FATEC. Seu primeiro número foi bem recebido. e essa missão é o que move a FATEC-Tatuí. orgulho. vice-diretor. em grande parte. Para o segundo número. fazem essa instituição tornar-se grande. crescem. É também necessário fortalecer o nosso Simpósio Tecnológico. porque mostram sua diversidade de conhecimentos. à criação de uma estrutura que fortaleza. e Prof. nesse tempo. de professores. desenvolvem-se enquanto pessoas e cidadãos. contamos. gratidão por todos aqueles que. Pretendemos dar continuidade à Revista SAPERE. Dr. pela Profª Maria José Cardozo. a fim de possibilitar o seu contato com o que aqui desenvolvemos. Enfim. Já tinha a experiência da FATECSorocaba. uniformizar. Fico grato. adquiridos. Posso afirmar ainda que me sinto um pouco pai. também cresci muito.Tatuí cresceu em 5 anos o que muitas outras cresceram em 35. a fim de assegurar a qualidade na produção científica. um grupo. que sairá até o final de junho. que veio para Tatuí em 2006 e sempre recebeu o apoio do Centro Paula Souza. (Da esquerda para a direita): Prof. a FATEC. junto aos coordenadores. Anderson Luiz de Souza. A cada concretização de idéias que nasceram há algum tempo. Vanderlei dos Santos. Nele. solidifique. que já vem pensando detalhadamente em como instaurar. um pouco mãe nesse processo de gestação de nossa Faculdade. Profissionalmente. Deparar-nos com resultados. pela Profª Eva Weber. pela Profª Eoná Moro Ribeiro. quando os alunos são absorvidos pelo mercado de trabalho e se realizam. da equipe de coordenadores. é o que há de melhor na vida. madura. na verdade. com a publicação de autores externos à FATEC. Mauro Tomazela. de workshops.

Luís Antônio. poderiam virar sucata. . a FATEC.Tatuí. segundo o professor Osvaldo D'Estefano Rosica. Através de parcerias com o Poder Judiciário. “Afinal. em fóruns. “as peças que estão em inutilidade terão destino adequado para não comprometerem o meio ambiente. no dia 31 de março. estiveram em visita ao CEDIR. acesso à consulta do ISS.” A partir desse necessário cuidado. desenvolvida a partir dos componentes dos caça-níqueis. mais de 70 máquinas caçaníqueis começaram a ser apreendidas. e. IPTU entre outros” afirma o Prof. o “lixo eletrônico” é separado e possui destino certo.Ta t u í . a m b o s d a FAT E C . o que resta deve ter um destino apropriado e estamos nos preparando para isso. Marcel Parischi Musa Ali.Tatuí pelo Exmo Dr. em conjunto com a Associação Paulista de Amparo ao Excepcionais. No entanto.Tatuí criou uma solução para esse “entulho”. com órgãos da prefeitura e com escolas particulares da cidade. Mais dois projetos. Ainda. “Ele constitui uma estação computadorizada que dará à população inicialmente acesso à internet em locais públicos e. foram doadas para a nossa instituição a fim de serem transformadas em tecnologia. hoje se tornou instrumento de aprendizagem. Um deles é o “Terminal de Consultas” que em breve terá inaugurado o primeiro protótipo a ser instalado na Prefeitura de Tatuí.No final do ano passado. possível também graças ao uso de parte dos componentes retirados dos caça-níqueis doados. Vinicius Vieira. eles encontraram a solução e a motivação para concluir o seu projeto. Davi Zeneratto e Mateus Vilalta. posteriormente. caçaníquel já aberto exibindo os componentes. Juiz da Vara Especial Criminal. após a implantação de um novo sistema em andamento na Prefeitura. ao máximo. “Automação de uma Incubadora de Ovos” que controla a temperatura do ambiente e se diferencia pelo seu baixíssimo custo. Noventa porcento dos componentes eletrônicos da chocadeira foram retirados de máquinas caçaníqueis. o Prof. as peças dos caçaníqueis. Paulo Sérgio Sgroi Pupo. formados em Automação Industrial no semestre passado. Esse é o caso dos exalunos da Fatec. A FATEC. essas peças estão sendo reutilizadas para alguns Trabalhos de Graduação ou TCCs (Trabalho de conclusão de curso). estão sendo desenvolvidos pela Fatec em parcerias com a prefeitura e o Colégio Objetivo de Tatuí. Máquinas que estavam em delegacias. Marcelo Nalesco Salmoso. a FATEC-Tatuí tem aproveitado. em visita ao CEDIR (Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática).” afirma o Prof. O objetivo foi tomar contato com a questão do destino do “lixo eletrônico”. Luis Antônio Galhego Fernandes e o Prof. Paulo Sérgio Sgroi Pupo. Sem condições financeiras. o que antes era apenas uma diversão ilegal. das antigas máquinas. Rosica. Depois disso. envolvendo os componentes Ao centro. que selou parceria com a Instituição para que possam ser desmontadas e seus componentes reutilizados em projetos tecnológicos. No CEDIR. Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática da USP. mas algo sempre sobrará e não poderá ser “simplesmente jogado” no aterro sanitário. sem uso e que seriam destruídas. também pretende criar um curso de Hardware para os alunos da APAE. Da esquerda para a direita: Prof. Marcel Parischi Musa Ali e a “Incubadora de Ovos Automatizada”. Além de serem objetos de estudo. Luís Antônio e Prof. apreendidas e entregues à Fatec. passível de descarte.

Fabio Barros Sebastião. com a participação de professores e de alunos no desenvolvimento de pesquisas. e os alunos da FATEC-Tatuí puderam aplicar. após ser detectado um determinado padrão de som produzido por eles. Carlos e Felipe. Eles estão desenvolvendo atividades de Iniciação Científica neste núcleo. Prof.Tatuí.Alunos de diferentes Universidades e de regiões do Brasil foram selecionados para participarem. com a supervisão e o direcionamento dos profissionais do NUPEA. de um programa de treinamento oferecido pelo NUPEA. A empresa patrocinadora firmou essa parceria com a FATEC. desenvolvidas na Granja Querência do Grupo Agropecuária Bressiani e gerenciada pelo Sr. O projeto do Kit didático foi desenvolvido pelo Prof. ministraram uma palestra sobre instrumentação aplicada à zootecnia de precisão. Durante essas atividades. todos os participantes passaram por um curso de atualização em Ambiência e Bem Estar animal. a partir de uma parceria entre a Faculdade de Tecnologia Tatuí e a ESALQ-USP. foi elaborado um experimento de automação para alimentação de suínos.ª Dr. situações já forjadas nos exercícios teóricos em classe. A pesquisa desses graduandos visa ligar a sonorização de animais a uma interface de software e hardware.Ta t u í f o i representada pelos alunos Felipe Augusto Barnabé e Carlos Eduardo Dias Wandermur. na segunda quinzena de janeiro de 2010. Moacir. descobrimos a necessidade de que o laboratório tivesse um equipamento. coorientador desses alunos. Iran José Oliveira da Silva e da Prof.00. à colaboração do coordenador do curso de Automação Industrial. para atender às necessidades da disciplina de Microcontroladores. haverá profissionais disponíveis e qualificados para atender tanto a demanda local quanto a regional. Aldie Trabachini da FATEC. a partir do qual se permitisse a visualização da hidráulica móvel. A empresa HM Eletrônica d e C e r q u i l h o pa t r o c i n o u a confecção de 10 Kits didáticos para estudo de Microcontroladores da família PIC.000. sob coordenação do Prof. como alavancas. ministrada no 5° semestre do Curso de Automação Industrial. Essa empresa gentilmente colocou à disposição suas oficinas e grande parte do material. a curto prazo. . ambos do 5º Semestre de Automação Industrial. “No 1º semestre de 2009. concretizar seus conhecimentos. Felipe Augusto Baranabé (em pé). Moacir (segundo da esquerda para a direita) e alunos do 5º Semestre de Automação Industrial da FATEC. Paulo Antonio Michelone. e a um grupo formado pelos alunos do 5º Semestre de Automação Industrial. para acionamento de dispositivos. Orlando Homen de Mello. Aldie Trabachini e Carlos Eduardo Dias Wandermur durante o experimento em campo. pensando que. espera-se ampliar a capacidade e a qualidade do treinamento no tema” afirmou o Prof. e as diferentes forças atuantes nos atuadores em função dos elementos da física. Prof. projetar e fabricar o guincho” comemora o Prof. “Com esse equipamento. O equipamento existe para ser adquirido no mercado no valor de R$ 35.ª Késia Oliveira da Silva Miranda. momento e variações dos ângulos de apoio. Prof. A parceria FATEC-ESALQ vem se consagrando. para a realização do projeto de criação de um guincho hidráulico didático que já está sendo usado no Laboratório de Hidráulica dessa Unidade de Ensino.Tatuí. Profº Rosirlei Clarete Batista Pavão. A Nalton Indústria Mecânica Ltda. houve pesquisas de campo. O projeto só foi concluído graças à orientação do Profº Moacir Tomazela. Dr. Nessa ocasião. localizada em Pereiras. Na primeira etapa do treinamento. também firmou uma parceria com a FATEC. mas a equipe aceitou o desafio de dimensionar. Orlando. Jeferson Franzol e Thiago Silva Nascimento. com uma carga horária de 40 horas. Núcleo de Pesquisa em Ambiência da ESALQ.USP. juntamente com o Prof.Tatuí. produzidos originalmente pela Microchip Semiconductors (USA). Nelson Passareli Paschoal. Na semana subseqüente. A FAT E C . Orlando Homen de Mello e aluno do 5º Semestre de Automação Industrial usando o Kit. Bruce Alex Gazzola Ribeiro.Tatuí.

uma articulação voluntária e coordenada das ações disciplinares orientadas por um interesse comum. nas relações sociais. os GEPITEC com a seguinte temática: professores e os alunos da FATECSerá possível desenvolver a Tatuí para. Imaginamos que essa vontade seja compartilhada pelos professores. interdisciplinaridade no ensino discutirmos esse tema.. pelos professores e pelos alunos de explicar. ou penúltimo semestre. Para finalizar. em vários momentos. mas também em família e na sociedade. pelos alunos e pelos funcionários. que pode ser o objeto de conhecimento. ela deve partir da necessidade sentida pelas escolas. realmente servem de inspiração e força. e tirar aquilo outro! Isso não presta. iniciamos nossas pesquisas na FATEC de Tatuí no segundo semestre de 2009 através de um será determinado pelos problemas Grupo de Estudos e Pesquisa do cotidiano escolar. enfim à vida. p. a dinâmica da classe. cujo título era “QUEM EU SOU FAZ A DIFERENÇA”. um projeto de investigação. mas também a sua construção. e fugir da sensação de que. talvez vários (BRASIL. que o ato de ensinar deverá valorizar a construção do conhecimento através dos saberes. já ditas por outros anteriormente. aquele professor era melhor. aluno. nosso velho conhecido. “um por todos e todos por um”. Mas o papel aceita tudo e talvez soem demagógicas e vazias. de prever algo que desafia uma disciplina isolada e atrai a atenção de mais de um olhar. Às vezes. e na nossa sempre crescente insatisfação. outras não deixarão de aparecer. de intervir. do tipo “unidos venceremos”. um plano de intervenção. tentar mudar para melhor. com um sentimento de ÂNIMO. ainda que estejamos no último. não nos dizem muito. como tem acontecido em alguns casos. muitas são as possibilidades quando se trata de interdisciplinaridade não existindo um modelo fechado a seguir. Nesse sentido. no GEPITEC. de forma que analisemos o nosso papel não só como profissional. mudar a nossa atitude em relação aos fatos. Paulo Rubens Rocha Albino ministra interdisciplina-ridade a disciplina de Administração Geral no Curso de Gestão Empresarial e a disciplina de será percebido pela Processos Gerenciais no Curso de Gestão equipe de docentes de de Tecnologia da Informação. ela pressupõe uma organização.Esta é a primeira edição do FATECANO em 2010. Paulo Freire. o cansaço pela jornada dupla. em seu livro “Pedagogia da Autonomia” reforça.. ENTUSIASMO e ENERGIA! Ignorar o medo da novidade. tão amplo. a interdisciplinaridade supõe um eixo integrador. Agindo assim. de algum modo. curtir a família. de Manutenção. os novos professores contratados para o curso de especialização em Comercio Exterior e SI. etc. como você mudou. principalmente quanto à postura e à prática dos professores que procuram não somente transferir o conhecimento. Interdisciplinar denominado Convidamos. superior tecnológico? porém essencial no âmbito de O desafio é não somente a construção do conhecimento. quero convidar todos a encarar esse novo ano letivo. juntos. A interdisciplinaridade influencia também os diversos níveis de ensino. que nos levasse a ignorar as muitas dificuldades que temos enfrentado até aqui. palavras de ordem. Compartilhando a experiência. O desenvolver da O Prof. Com base nessas conceituações. a estréia do curso de TI no período vespertino Eu queria escrever algo inspirador. Feliz reestréia do jornal e ótimo 2010! Por André Lima Ferreira Aluno do 5 º semestre de Gestão Empresarial . mas também Prof. docente ou discente da FATEC TATUÍ. grandes expectativas em relação ao ano letivo e muita vontade de fazer as coisas acontecerem. participei de um treinamento em Gestão de Pessoas. tudo isso pode ser um fator de desânimo em nossa carreira rumo à graduação. dificuldades no aprendizado e no ensino. de Automação. o palestrante nos explicou o sentido do programa: levar-nos a uma reflexão sobre o nosso papel no trabalho. fazer mais. vai perceber uma grande diferença em sua vida. de compreender. essa interação pode acontecer em níveis de complexidade diferentes no cotidiano escolar. por todas as pessoas que fazem parte da nossa comunidade estudantil e acadêmica. os seus resultados. pois a maioria dos alunos trabalha. a falta de tempo para estudar. Saudamos os calouros das turmas de Gestão Empresarial . 2002. estamos. Ao contrário. que. cada vez melhor. cada instituição e o “Start” . enfim. 88-89). Poderíamos nos iludir escrevendo aqui coisas grandiosas. assim. Há pouco. Entre os vários “autores” que tratam da interdisciplinaridade. Experimente. “Nós somos os melhores!”. quando clamamos por mudanças (Isso está ruim! Precisa mudar aquilo. Principalmente quando as pessoas começarem a comentar entre si e contigo. pois isoladamente. nos referindo a uma espécie de interação entre as disciplinas ou áreas do saber. de mudar. reproduzir pensamentos. etc. você.. O título me chamou a atenção.COMEX Quando falamos de Interdisciplinaridade. funcionário. Paulo Rubens Rocha Albino por despertar a postura e a prática interdisciplinar que preza os saberes e as experiências de cada um dos indivíduos que buscam o conhe-cimento. mais do que falar. Embora três meses já se tenham passado desde o início das aulas. às pessoas.). No entanto. Aceitar as pessoas como elas são.. e conte para nós na próxima edição do FATECANO. Ousar. e. ainda há muitas novidades: edição impressa. Segundo os parâmetros curriculares nacionais (PCN). pensemos em mudar primeiro a nós mesmos. a infraestrutura precária. em alguns momentos de nossa vida. é claro. na vida pessoal. superadas essas. Jairo Gonçalves Carlos defende que a interdisciplinaridade não deve ser considerada como uma meta obsessivamente perseguida no meio educacional simplesmente por força da lei. busca por despertar a integração entre as disciplinas. no decorrer do treinamento.

Parabéns a todos! Professor Osvaldo D`Estefano Rosica Coordenador do Curso de Gestão de Tecnologia da Informação No dia 26 de março. como Professor e Coordenador do curso.Quanto ao projeto caça-níqueis (criação de terminais de consulta). representante no Brasil do isCOBOL COBOL Orientado a Objeto. que será o laboratório para o desenvolvimento desse software. Modalidade Automação Industrial . a configuração dos dois novos servidores recebidos do Centro Paula Souza com toda a tecnologia GNU/Linux. Dr. mas aqui. Prof. já começamos o curso com uma parceria com a Empresa Globaldata. Implementamos. e mais. Outro desafio está no desenvolvimento de um software livre para micro e pequenas empresas.O nosso desafio é tornar o Curso de Gestão de Tecnologia da Informação. Há. 551 Centro Tatuí. também. com o excelente ensino público que a FATEC de Tatuí proporciona. para atingir os anseios dos alunos e a empregabilidade. em um curso de excelência. Para tanto. estou presenciando os alunos infectados com o vírus da vontade de aprender. em nosso mundo real.Tatuí) e formanda do Curso de Automação Industrial Formandos durante o juramento . Mantemos também parceria com a APAE-Tatuí para evidenciar aos alunos a necessidade de instaurar ações que promovam o bem social. Fruto dessa parceria nasce o primeiro curso de pós-graduação da FATEC-Tatuí. houve a solenidade de colação de grau da Terceira Turma do Curso Superior de Tecnologia em Eletrônica. detentora de um software único no Brasil: “prontuário eletrônico que atende às necessidades do SUS”. acabamos de estabelecer o primeiro contato com a empresa BRIVI. a se iniciar no primeiro semestre de 2011. que teve início na FATEC-Tatuí em fevereiro deste ano. para tanto. detentora do software livre para banco de dados. uma parceria com a FJS. à Rua Oracy Gomes. Mauro Tomazela (diretor da FATEC. Vamos informatizar essa instituição com o software livre GNU/Linux. Vale ainda ressaltar que são muitos os vírus encontrados hoje no mundo virtual. que será implantado inicialmente nas empresas incubadas pela FATEC-Tatuí. Dr. temos a intenção de institucionalizar esse programa a ser usado na disciplina de bancos de dados do Curso de TI. no Auditório Jornalista “Maurício Loureiro Gama”. Anderson Luiz de Souza (vicediretor e paraninfo da Turma) fez a entrega dos certificados. intitulado “Tecnologia da Informação para Saúde”. estamos encontrando receptividade para concluir os trabalhos com os alunos do curso de GTI. Em parceria com a empresa Ingress. com a qual também pretendemos formalizar parceria. Prof.

Thomaz Sávio Convento. de Automação e de Manutenção Industrial e de Gestão de Tecnologia da Informação. No plano da frente: Thiago Silva Nascimento. José Vicente Dias Mascarenhas. a FATEC. A Empresa Júnior também conta com a colaboração do Prof. alinhando a teoria com a prática vivenciada. . A Empresa Júnior é encarada como uma oportunidade de os graduandos concretizarem seus conhecimentos teóricos. desenvolver estratégias de marketing voltadas à produção fonográfica. de forma plena e inovadora. ou seja. Jonathan Messias Santos. para cada projeto musical o melhor ambiente para a captação do som. operação de som. O Tecnólogo formado nesse curso atua em todas as etapas do processo de produção. em produção fonográfica . Pode atuar em produtoras. Domina tecnologias de gravação e produção de CDs. lidar com pessoas. O Prof. dará início ao seu 5º Curso. conhecedor das novas formas e técnicas disponíveis de distribuição musical. atividades de gestão voltada aos negócios de pequeno e médio portes. divulgação e distribuição do produto final. acompanha os projetos. préprodução. os coordenadores de cada curso. visa ao aperfeiçoamento profissional. a Diretora Administrativa e Financeira é Eliana Attina Soares do Nascimento (Gestão Empresarial) . em atividade desde 2009. atuar como operador ou mesmo gerenciando as atividades de um estúdio de gravação. com o apoio dos professores especialistas de cada curso. em razão da formação técnica e musical. mixagem e masterização. Profº Ms. em estúdios de qualquer porte. o vice-presidente é Thiago Silva Nascimento (Automação Industrial). opera estúdios de áudio e edita vinhetas e obras musicais. que administra a questão contábilfinanceira. e às terças das 18h30min às 20h30min. O presidente é o aluno do Curso de Gestão Empresarial. Altimar Vieira do Amaral. Ms. quartas e quintas das 16h30min às 19h.Tatuí. para a tomada da melhor decisão ou fazer o encaminhamento mais adequado. como em âmbito estadual com as competências específicas para atuar nas peculiaridades da economia estadual/regional nas seguintes possibilidades: em seu próprio negócio (abrindo seu próprio estúdio). gravação. José Vicente Dias Mascarenhas. Os interessados em fazer parte dessa equipe deverão procurar pelo plantão. médias e grandes empresas. potencializar as virtudes do local e minimizar os problemas com ruídos no local. o de Tecnologia em Produção Fonográfica. estúdios de gravação e sonorização de eventos e espetáculos. pequenas. Eliana Attina Soares do Nascimento. em parceria com o Conservatório Dramático e Musical "Dr. suas habilidades. Jonathan Messias Santos (Gestão Empresarial) é o Diretor de RH e o Diretor de Marketing é Gilberto Lameu da Silva (Automação Industrial). articular os conhecimentos. Em pé da esquerda para a direita: Bruce Alex Gazola Ribeiro. Gilberto Lameu da Silva . na biblioteca da FATEC. se preferirem. Profº Altimar Vieira do Amaral. Tem como objetivo ampliar o aprendizado dos graduandos de Gestão Empresarial. diagnosticar cenários visando o estabelecimento de um empreendimento (negócio). gravadoras. A partir de agosto de 2010. Sua meta é desenvolver ações nas respectivas áreas que otimizem os resultados da micro. Ms.TATUÍ às segundas. desenvolvendo habilidades de trabalho em equipe. Bruce Alex Gazola Ribeiro (Automação Industrial) é o Diretor de Projetos. avaliar os impactos do empreendimento. Esses profissionais podem atuar tanto em âmbito nacional. é uma realização de professores e de alunos e já está em pleno funcionamento. podem procurar .A Empresa Júnior da FATECTatuí. coordenador do Curso de Gestão Empresarial. de comunicação e de negociação visando à autonomia para tomada de decisão. Thomaz Sávio Convento. desenvolver. edição. Carlos de Campos". São habilidades desse tecnólogo: diagnosticar.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->