Salle Merril Redfield

A Alegria da Meditação

SEXTANTE

Copyright © 2002 por Salle Merrill Redfield Título da edição original em inglês: The joy of meditating Publicado originalmente nos Estados Unidos por Warner Books, Inc., tradução Maria Teresa Machado preparo de originais Regina da Veiga Pereira revisão Sérgio Bellinello Soares locução do CD Juraciara Diácovo produção do CD Carlos Irineu da Costa fotolitos Mergulhar Serviços Editoriais Ltda. CIP-BRASIL. CATALOGAÇÂO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. R249a Redfield, Salle Merrill A alegria da meditação / Salle Merrill Redfield ; tradução de Maria Teresa Machado. - Rio de Janeiro : Sextante, 2002 : + CD Tradução de: The joy of meditating ISBN 85-7542-010-0 I. Meditação. I. Título. 02-0153. CDD 158.12 CDU 159.98

Todos os direitos reservados, no Brasil, por Editora Sextante (GMT Editores Ltda.) Av. Nilo Peçanha, 155 - Gr. 301 - Centro 20020-100 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) 2524-6760 - Fax: (21) 2524-6755 Central de Atendimento: 0800-22-6306 E-mail: atendimentoí^esextante.com.br www.esextante.com.br

AGRADECIMENTOS Agradeço de coração a Gail Nelson. e sobretudo a James. a Albert Clayton Gaulden. pelo apoio constante e inestimável. pelo amor e estímulo incondicionais. . que intuiu este livro muito antes que eu o visse como uma realidade.

15) . (I Timóteo 4.Medita essas coisas e a elas entrega-te para que teu progresso se manifeste a todos.

Como desaceleramos nosso ritmo. porém. Este livro é para aqueles que querem tentar. navegar na crista do nosso cotidiano. Há. Sentimos no fundo que a vida não devia ser assim. São cada vez mais numerosas as pessoas que vêm encontrando na meditação um instrumento valioso para aperfeiçoar sua maneira e capacidade de lidar com o estresse e manter o pique. Não há ninguém que seja capaz de passar por esse tipo de transformação sem viver a experiência da meditação e sentir os seus efeitos. Podemos refletir. sempre às voltas com incêndios que precisam ser apagados. Viver. procurando manter o passo e conseguir fazer frente a todas as opções e demandas que o mundo moderno impõe a nós e aos nossos filhos. Eu não sei se é possível transmitir plenamente o que alguns minutos por dia de tranqüilidade e recolhimento são capazes de fazer por uma pessoa. e ser. sujeitos a um nível de expectativa a que nunca conseguimos corresponder. temos mais tempo e lucidez para cuidar daquilo que é de fato fundamental e premente. para muitos de nós. alterações na percepção que são ainda mais extraordinárias. sem fôlego. Queremos estar na linha de frente. A vida normal. passou a ser uma sucessão de readaptações velozes. que é necessário haver um estado de espírito que torne mais fácil lidar com as responsabilidades e os desafios súbitos e imprevistos que nos atropelam. e não sentir que vamos ficando para trás. James Redfield . Quando livramos a mente do que é inútil. o que nos permite planejar nossos passos e até parar simbolicamente para contemplar as flores e sentir o seu perfume. Vivemos também em tempos de expectativas elevadas e opressoras. vem ganhando um ritmo que mal podemos acompanhar. em casa. porque aprofunda o relaxamento e elimina a tensão. na comunidade. desenfreadas mesmo. o tempo parece render mais.APRESENTAÇÃO Vivemos em tempos de mudança cada vez mais acelerada. Todas essas mudanças são construídas através da experiência concreta e regular da meditação. Já se comprovou através da pesquisa que a meditação produz mudanças corporais. no trabalho.

mas. A líder do grupo era uma mulher altamente intuitiva que nos ajudava a relaxar. quando conseguíamos entender as coisas com mais clareza. nossa meditação tinha por objetivo tentar nos ajudar reciprocamente a achar soluções para os problemas do cotidiano. Foi nessa turnê de divulgação do livro de James que eu percebi o quanto a prática da meditação se havia popularizado. Isto. A Profecia Celestina.Introdução Eu comecei a tomar consciência da real importância da meditação quando a minha vida deu uma guinada de cento e oitenta graus em 1989. James Redfield. Inicialmente a meditação era associada às religiões orientais ou às escolas esotéricas do pensamento ocidental. Mais tarde. vendi a minha casa e mudei-me para um outro estado. O fato é que. No passado. longe dos meus amigos. graças à sincronia de uma série de fatos. a sentir-nos amados. independentemente de como nos sentíamos no início da meditação. Mas hoje a meditação é entendida como um estado mental . os efeitos daquele convívio pacífico só se faziam sentir mais tarde. Os exercícios de visualização me proporcionaram uma progressiva sensação de bem-estar e conforto. Naquele ano. como se veria depois. que eu me vi convivendo com um nível elevado de estresse e ansiedade. eu terminei um casamento de sete anos. preparou-me para conduzir as sessões de meditação para milhares de pessoas durante a viagem que eu e meu marido. nesse período. convidaram-me a assumir a liderança do nosso grupo de meditação. Tudo foi tão repentino e traumatizante. Esta tornou-se também a base das meditações que gravei numa fita de áudio. Fiquei sabendo que havia na cidade para onde me mudei um grupo de pessoas que se reunia uma vez por semana para meditar e orar. comecei a meditar todos os dias. a meditação era algo que eu fazia de vez em quando. a buscar uma sintonia com os aspectos mais elevados de nós mesmos. Eu vivia na expectativa das sessões semanais de meditação e fui estreitando o vínculo com os colegas do grupo. Em outras. Havia vezes em que encontrávamos prontamente as respostas. Meditações Celestinas. fizemos pelo exterior divulgando o livro dele. terminávamos o encontro com uma enorme sensação de bem-estar. Ao nos reunirmos a cada semana.

conhecidos em todo o país como os papas da florescente medicina da mente e do corpo. Sinto-me também mais lúcida e criativa. Jon Kabat-Zinn. mentalizar e respirar profundamente. As quatro meditações apresentadas a seguir podem ser praticadas isoladamente e em qualquer situação de vida. mediante um rigoroso programa que inclui dieta. encontro lá no fundo de mim uma esplêndida sensação de paz. A pesquisa do Dr. Ornish foi pioneira na demonstração de que se pode reverter a doença coronariana sem o uso de remédios ou cirurgia. introduzindo a meditação numa perspectiva bastante geral que privilegia o relaxamento e a arte da imaginação e da visualização. além de começar a ganhar crédito científico. um livro agora clássico que também deu origem a um especial de televisão exibido nos Estados Unidos. em San Francisco. ao alcance de praticamente qualquer pessoa. e sobretudo na prevenção dessas doenças. O Dr. ganhou fama internacional pela utilização da ioga e da meditação no tratamento de pacientes com dor crônica e doenças relacionadas ao estresse. Prefiro meditar caminhando junto à natureza. tem crescido o número de pessoas que manifestam interesse em meditar por conta própria. Este livro tem por objetivo facilitar essa prática. fundador e diretor da Clínica de Redução do Estresse do Centro Médico da Universidade de Massachusetts. estou em comunhão profunda com a fonte divina. O Dr. Entre os efeitos positivos da meditação contam-se a sensibilidade mais aguçada. A medida que nossa sociedade toma consciência dos benefícios da meditação. Dean Ornish é professor-assistente de clínica médica e diretor do Instituto de Pesquisa em Medicina Preventiva da Escola de Medicina da Universidade da Califórnia.extraordinariamente relaxante e benéfico. Estão . Ao desacelerar. Jon Kabat-Zinn e Dean Ornish. o autor Bill Moyers fala do trabalho de pesquisa dos Drs. caminhadas e meditação. pois tenho a sensação de que. A pesquisa do Dr. Em Healing and The Mind (A cura e a mente). o maior controle das emoções e a expansão da criatividade. Jon Kabat-Zinn na Clínica de Redução do Estresse demonstrou a eficácia da meditação no tratamento da hipertensão e da ansiedade. no meio de um bosque ou à beira-mar. O tempo que eu uso no meu cotidiano para meditar é vital.

Vá com calma..organizadas em seqüência e é importante seguir a ordem. Abra seu coração. usando todo o tempo que for necessário para conseguir visualizar plenamente cada pensamento. Mas. Sugiro que você mantenha este livro à sua cabeceira. .. as meditações devem ser lidas e ouvidas com o máximo de atenção possível e com o espírito receptivo. Cada meditação levará de quinze a vinte minutos. você vai encontrar aqui a alegria de meditar. lembre-se. Leiao quando quiser relaxar e complemente-o ouvindo o CD. completando cada uma das meditações antes de passar à seguinte. para surtirem efeito.

seu corpo esteja bem relaxado antes de limpar a mente e abrir-se para um nível de consciência mais elevado. sentirmos dores ou tensão muscular em vários pontos do corpo. é possível que você se dê conta de que a sua mente "viajou" ou ficou ligada em alguma preocupação decorrente dos problemas do dia. você receberá instruções para contrair levemente os músculos e depois soltar. Os pontos mais sensíveis costumam ser as costas. Se você costuma sentir dores na coluna lombar. Acho que um suave fundo de música instrumental ajuda a atingir melhores resultados. Isso acontece com todo mundo. Aos poucos. por causa dos efeitos da meditação. Faça isso. à medida que for trabalhando o seu relaxamento corporal. Deixe-a fluir solta durante toda a meditação. A música ajuda você a relaxar e a concentrar a mente. por causa do estresse a que estamos sujeitos no nosso dia-a-dia. o pescoço e os ombros. . Não há maneira certa ou errada de meditar. Quanto mais você praticar. Preste atenção na sua respiração. talvez seja melhor deitar-se com um travesseiro debaixo dos joelhos. E possível que. você sinta necessidade de corrigir a sua posição. Não se preocupe também com os problemas. os benefícios trazidos pela meditação farão dela uma feliz necessidade. tome consciência e volte a se concentrar. quando você meditar. mais fácil irá se tornando. Esse movimento de entrega intensifica o processo de relaxamento. é normal. Cada vez que a mente se dispersar. Durante a meditação. numa cama de colchão firme ou no chão.PRIMEIRA MEDITAÇÃO Esta meditação foi pensada para relaxar a musculatura do corpo e reduzir a tensão e a ansiedade. aliviando a pressão. pois mais tarde você vai ter tempo para resolvê-los com muito mais equilíbrio e serenidade. Eu sugiro que você se sente numa cadeira macia ou que se deite de costas. E muito comum. Lembre-se que você está apenas começando. Não se censure nem perca o estímulo por causa da dispersão. Durante a meditação. É importante que. Tente apenas relaxar e seguir as instruções o melhor que puder.

Agora. Deixe o seu corpo acomodar-se. Sinta de novo os pulmões se expandindo e o tórax se abrindo quando você inspira e descendo quando você expira. Agora. . as coxas. Solte o ar lentamente. preste atenção na sua barriga da perna. preste atenção na sua maneira de respirar.. em seguida. glúteos e coluna lombar. Sinta os seus pulmões se expandindo e o seu abdome subindo quando você inspira e descendo quando você solta o ar. Contraia e solte a musculatura das coxas.. Conscientemente. Respire profundamente. na cama ou no chão. Como é que eles se sentem? Contraia levemente os músculos dos pés. Se você continuar a sentir alguma tensão nas pernas.Meditação Comece a meditação fazendo suaves movimentos com o corpo até sentir que está numa posição confortável. concentre-se na região do estômago e do abdome. suba para o seu tórax. Concentre-se. Agora. relaxe o estômago e o abdome respirando fundo. na musculatura das suas costas. Agora. Quais são as partes do seu corpo que estão relaxadas? Quais são as partes que estão tensas? Agora. Se for necessário. Agora. como se estivesse afundando na cadeira. soltando-as em seguida. Procure se liberar de qualquer tensão que possa estar armazenada aí. a ansiedade se acumula nessa parte do corpo porque o estresse faz essa musculatura se contrair. Comece a examinar cuidadosamente todo o seu corpo. Contraia os glúteos por alguns segundos e solte-os. veja como estão seus quadris. Inspire pelo nariz e expire pela boca. volte a contraí-las. Muitas vezes. preste atenção nos seus pés. acomode-se melhor na sua posição. Contraia levemente por alguns segundos e depois solte-a. apenas por alguns segundos. Faça com as suas costas movimentos leves e suaves para ajudar a desmanchar eventuais tensões musculares nessa região. e depois solte-os. Em seguida.

vamos ver se conseguimos diminuir esse desconforto. Mais uma vez. apertando com força durante um momento. aproximando e depois erguendo as sobrancelhas. Procure relaxar completamente a cabeça. E importante que os seus movimentos sejam lentos e conscientes. Feche as mãos. O estresse também pode provocar a contração dos ombros na altura do pescoço. aproximando as duas omoplatas uma da outra. relaxe a testa. Fique assim uns dois segundos e depois solte. Em seguida. Conte devagar até dez. primeiro no sentido dos ponteiros do relógio.Para relaxar os músculos entre as omoplatas. evite qualquer movimento brusco ou que não seja confortável. Sinta o seu corpo relaxando completamente e se . Mova o maxilar inferior para um lado e para o outro e veja se ele está mais solto. virando a cabeça para a esquerda e para a direita como se você quisesse olhar para um lado e para o outro. Agora. Sinta como os músculos do pescoço vão ficando mais relaxados. respire profundamente e vá soltando o ar aos poucos. Se você costuma sentir o seu pescoço tenso. Se você sentir o maxilar preso ou rígido. gire lentamente a cabeça. Movimente um pouco os seus braços e mãos e depois deixe-os cair naturalmente. Contraia e solte os músculos dos seus braços. curve de leve a coluna dorsal. depois no sentido inverso. Faça leves movimentos circulares com o maxilar e veja como ele se sente. concentre-se nos seus braços e nas suas mãos. Tenha cuidado com o seu pescoço. e solte. Devagar e muito suavemente. Agora. contraindo e soltando os músculos do rosto. Descontraia e relaxe o seu rosto. Veja como o seu pescoço se sente depois de ter soltado os ombros. cerre os dentes uma ou duas vezes e solte-os em seguida. Verifique se os seus ombros estão soltos e relaxados. alongue os músculos do seu pescoço.

Agora. Agora. Lembre-se de inspirar profundamente pelo nariz e soltar o ar pela boca. imagine-se no meio de um círculo de luz com poderes curativos. Inspire. Observe mais uma vez o seu corpo. . prenda o ar contando até quatro e solte. respire mais uma vez profundamente. Inspire de novo. respire profundamente. Quando tiver vontade. Pare de tempos em tempos. lembre-se de manter os ombros abaixados e soltos. De novo. Toda vez que você sentir algum estresse ou desequilíbrio. Solte a imagem da luz. Pare um instante para sentir a paz que inunda o seu corpo e vivencie a sua conexão com essa luz amorosa e curativa. Ao retomar as atividades do dia. relaxe o corpo e respire profundamente três ou quatro vezes. Se você perceber que é preciso relaxar melhor alguma parte do seu corpo. Aproveite essa luz entrando pelo seu corpo para soltar cada parte que ainda não está bem relaxada. Sinta como a sua respiração ajuda a relaxar profundamente o seu corpo. feche os olhos. comece a mexer-se e espreguiçarse suavemente. antes de soltar. visualize a luz curativa inundando seu corpo e formando em torno de você uma bolha de luz protetora. prendendo o ar e contando devagar até quatro. Antes de encerrar a meditação. sabendo que ela permanecerá com você. abrindo lentamente os olhos.entregando como se você fosse um boneco de pano. levando a luz para os seus pulmões. volte a contrair e soltar essa parte. Sinta o seu corpo ir absorvendo essa luz. três vezes. a última vez: inspire lentamente.

.SEGUNDA MEDITAÇÃO Esta segunda meditação tem a finalidade de ampliar a sua capacidade de relaxar e acalmar a mente. A meditação começa com um breve período de relaxamento. mais fácil será visualizar as cenas. Se você não conseguir ver logo todas as imagens plenamente. Quando tiver se acostumado a relaxar profundamente. visualizando as cores e formas. você estará no ponto certo para expandir sua consciência através da visualização. Nesse lugar. você fará uma viagem mental seguindo uma trilha no meio das árvores até um riacho cristalino. Imagine o melhor que puder tudo o que está à sua volta. você irá sentar-se e mergulhar na beleza do ambiente. tenha paciência. Confie nas imagens que lhe vêm espontaneamente à cabeça. Quanto mais você praticar esta meditação. Em seguida.

por suas costas. ajudando a relaxar e soltar os músculos do pescoço. Se você sente alguma parte rígida ou contraída. verifique se os seus ombros estão abaixados e relaxados. Agora. verificando como eles se sentem. Inspire lentamente pelo nariz e expire pela boca. aperte e contraia suavemente os músculos das pernas. Agora. segure o ar e expire. Vá subindo pelo seu tronco. Lembre-se de respirar enquanto relaxa o seu corpo. visualizando esses músculos se soltando e se entregando.Meditação Vamos começar a meditação respirando profundamente. Respire uma última vez: inspire. Respire fundo três vezes. e conte devagar até quatro. Quais são as partes do corpo que estão relaxadas? Onde ainda existem pontos de tensão? Assim como você fez na primeira meditação. Pare um instante e examine o seu corpo todo para ver como ele se sente. com as costas bem apoiadas e a coluna reta. soltando depois. antes de expirar. Agora. Veja se você está numa posição confortável. respire profundamente e use a respiração para relaxar os músculos. Como está a parte superior das costas? O espaço entre as omoplatas está tenso ou relaxado? Faça pequenos movimentos circulares com as omoplatas e veja se isso ajuda a soltar a musculatura. comece pelos pés. Lembre-se de apertar e contrair qualquer músculo que esteja tenso. Se existe algum ponto de tensão nos seus pés. . Inspire de novo. Solte-os. Inspire lentamente pela boca e solte o ar pelo nariz. as suas pernas. contraia os pés levemente e solte-os em seguida. prendendo o ar. conte devagar até dez. Se você sente que elas estão tensas. Como é que o seu pescoço está se sentindo hoje? Vire a cabeça lenta e suavemente para um lado e para outro. Continue a levar o relaxamento para todas as partes do seu corpo. Inspire.

Talvez até uma pedra no meio do riacho. permaneça em sossego durante alguns momentos observando o ambiente. Como é esse portão? É uma porteira simples e rústica ou é um portão rico e enfeitado? Imagine o portão que lhe parecer mais bonito e convidativo. Pare e aspire o seu perfume. Pare um pouco e olhe em volta até achar um lugar tranqüilo e seguro para sentar-se. Ao longo da trilha há muitas flores do campo. Agora. Comece a ouvir ao longe o som de água corrente. Escolha o lugar que você achar mais atraente. Repare em volta as árvores altas. A não ser que queira convidar alguém para ir junto. Comece a caminhar pela trilha que se estende à sua frente. passe e feche o portão atrás de você. Agora. Como é a trilha? E uma trilha de terra ou é uma trilha pavimentada? O dia está lindo e o sol brilha no céu. sentindo como se tivesse deixado para trás por algum tempo o seu dia-a-dia. Saiba que o portão está aí para proteger os lugares sagrados que ficam do outro lado.Mais uma vez. . Abra o portão. Comece a viagem visualizando-se de pé diante de um portão. Siga na direção do riacho. Em volta de você há lindas árvores frondosas e verdes. Talvez você esteja vendo flores do campo ou uma vegetação variada. a vegetação verde e exuberante. sobre uma manta ou numa pedra. Você pode sentar sobre a relva. Você é a única pessoa que pode atravessar o portão. prepare-se para fazer uma viagem mental por uma trilha no meio das árvores que levará você até um riacho tranqüilo. examine o seu corpo todo e acomode-se melhor se for preciso. pode colocar os pés na água e sentir seu movimento e frescor. as samambaias. Se ficar no meio ou na beira do riacho. Afaste-se da trilha pisando com os pés descalços na relva fresca e macia. Comece a andar.

conectando-se com a beleza uma última vez. . enchendo-o de luz. Inspire de novo. Tome consciência de que você se encontra exatamente onde devia estar. Observe sua cor e sua forma. Se quiser. Agora.Olhe riacho acima e repare a água correndo sobre as pedras cinzentas e roliças. alimentando o seu corpo. Talvez haja peixinhos no riacho. no seu cotidiano. Inspire profundamente e sinta-se em comunhão com a natureza e com o Universo. você sentir tensão ou alguma angústia. ponha os pés dentro d'água. Durante alguns instantes. cuidando de você. Desfrute a sensação de amor e paz que inunda seu corpo. Olhe para o fundo do rio e procure ver se há alguma pedra ou seixo especialmente bonito. É um seixo macio e roliço. Você está se alimentando da energia da natureza. Sinta o frescor da sombra das árvores frondosas. sinta a sua conexão com a beleza à sua volta. Sinta como se uma presença amorosa estivesse protegendo você. Experimente mergulhar as mãos e sentir se a água está fria. devolva a pedra ao leito do rio. feche os olhos. Quando você achar que chega. Sinta a luz penetrando em cada célula. ou é uma pedra pontuda e cheia de arestas? Examine durante algum tempo e sinta o contato da pedra em suas mãos. Sinta o frescor da brisa no seu corpo. ouça ao fundo os sons dos passarinhos e dos grilos. prepare-se para deixar esse lugar sagrado. Enfie a mão até o fundo e pegue a pedra. Sinta o efeito calmante do murmúrio da água brincando nas pedras. respire profundamente uma ou duas vezes e visualize-se nele. Agora. deite-se de costas olhando o céu azul e as nuvens brancas que flutuam lá no alto. Quando você achar que é hora. Toda vez que. Veja o reflexo do sol brilhando na água. Repare que algumas pedras estão cobertas de musgo.

Na volta. abra-o lentamente e passe por ele. Chegando ao portão. voltando à trilha por onde você veio. observe de novo as árvores e as flores.Olhe uma última vez ao redor. Veja o portão ao longe. Respire profundamente antes de retomar o seu dia. . Feche o portão atrás de você e aos poucos vá se preparando para encerrar a sua meditação. Saiba que uma parte sua transformou-se por causa dessa experiência. Afaste-se do riacho. Comece a mover-se e a se espreguiçar.

Pelos próximos quinze ou vinte minutos. você irá desenvolver a experiência do amor. revendo as imagens e a sensação de beleza experimentada antes. Aqui. esta meditação amplia o que foi vivido nas meditações anteriores. . A finalidade desta meditação é explorar uma experiência mais profunda do Divino. Ela começa relaxando o seu corpo e depois novamente leva você numa viagem pela trilha no meio das árvores até o riacho. você continua pela trilha até chegar a um lago majestoso de água cristalina. relaxe o seu corpo e usufrua o que vai viver.Terceira Meditação Assim como na segunda meditação. Depois de um breve período.

comece a tomar consciência do seu corpo. Observe o arvoredo alto e frondoso e a vegetação exuberante. inspirando pelo nariz e soltando o ar pela boca. Libere toda a tensão que você puder.Meditação Vamos começar a meditação respirando profundamente. sentindo o seu tórax e o abdome subirem e descerem. Relaxe a região do estômago e o abdome. do lado de fora. Se for necessário. você é a única pessoa capaz de abrir o portão e ir para os lugares que estão do outro lado. . Verifique se os seus ombros estão soltos e relaxados. Caminhe em direção ao riacho. Quais são as partes do seu corpo que estão relaxadas e quais são as que estão tensas? Comece pelos pés e examine o seu corpo todo. Agora. respire profundamente três vezes. Agora. visualize-se diante do portão pelo qual você passou na última meditação. aproveite o relaxamento para encontrar a melhor posição para o seu corpo. Lembre-se de contrair e soltar cada músculo que esteja tenso. Quando chegar perto. Inspire lentamente pelo nariz e solte o ar pela boca. Sinta o chão onde você está pisando e o cheiro da terra. Passe pelo portão e feche-o atrás de você. Comece a caminhar pela trilha que você já conhece no meio das árvores. confiando que o seu corpo vai continuar relaxando naturalmente durante toda a meditação. A cada inspiração. saia de novo da trilha para a relva fresca. todas as suas preocupações. Sinta como se você estivesse deixando para trás. Lembre-se. Deixe os seus braços e mãos naturalmente caídos. comece lentamente a contar até dez. Aproveite o dia lindo e o sol radioso. Em seguida. Vá andando até começar a ouvir o som do riacho à distância. prenda o ar e conte devagar até quatro antes de soltar. Agora.

Em seguida. Recorde profundamente essa experiência. Olhe em frente e veja lá adiante um campo florido. Como o seu corpo se sente quando você está dando amor? Em seguida. Agora. Procure ver se há peixes. patos. Observe como o seu corpo se sente quando você pensa no amor que recebeu. Dê uma última olhada em volta antes de se preparar para deixar o riacho e seguir caminho. procure um lugar agradável para se sentar. Repare que depois desse campo há um lago tranqüilo. abaixe-se e coloque a mão na água. comece a perceber bem perto de você a presença de uma luz amorosa. Observe a cor e a transparência da água. Quando achar esse lugar. Inspire profundamente até sentir uma forte conexão com a beleza do lago. volte à trilha e retome a caminhada. ocupando-o inteiro. Sinta plenamente a presença dessa luz dentro de todo o seu corpo. Levante os olhos para as diferentes árvores que se erguem às margens do lago. Agora. Sinta-se recebendo amor e aceitação. Agora. tentando ver o seu reflexo. Quando você quiser.Sente-se e fique um tempo ouvindo o murmúrio tranqüilizante da água rolando nas pedras e dos pássaros cantando em volta. cisnes ou outros animais. transmitindo força e energia. Essa luz divina inunda o seu corpo. imagine o seu amor saindo de você como se . lembre de algum momento da sua vida em que você deu muito amor a alguém. crie um ambiente seguro e confortável para onde você tenha sempre vontade de voltar. Observe o colorido das flores e o verde das samambaias. Comece a pensar em algum momento de sua vida em que você sentiu que recebia muito amor. absorvendo a energia da natureza. Respire profundamente e sinta a paz desse lugar. Essa luz curativa envolve você. Qual é a sua temperatura? Mire-se na água cristalina. Entregue-se completamente ao momento. Vá seguindo a trilha no seu percurso sinuoso à beira do riacho. Aproxime-se do lago e repare como é calma a superfície da água.

Retome o seu dia sabendo que você recebeu o dom do amor divino e compartilhou-o com mais alguém. Visualize a cor e a forma dessa luz. não importa quem seja. Faça a caminhada de volta passando pelo riacho e pelo arvoredo alto. Agora. Repare como os seus músculos relaxaram durante a meditação. Pare um instante e concentre-se de novo em você. pense em alguém com quem você gostaria de compartilhar essa luz. visualize-se na beira do lago. confiando que a luz lhes trará um grande bem. Chegando ao portão. Respire mais uma vez profundamente e comece a concentrar-se no local onde você está meditando. Dentro de você estão todos esses sentimentos maravilhosos de amor. seu corpo inundado de luz divina e dirija a luz para essa pessoa. Dirija-se à trilha por onde você veio. Talvez você esteja vendo mais de uma pessoa. Continue a envolver essa pessoa ou essas pessoas até você achar que elas absorveram toda a luz possível. Quando no seu cotidiano você quiser mandar essa luz amorosa para alguma pessoa.fosse uma luz. . Veja essa pessoa ou essas pessoas sendo envolvidas por sua luz amorosa. Volte a olhar o lago e respire profundamente. Dê uma última olhada no lugar onde você se sentou e prepare-se para partir. pare um instante. saia e feche-o. Solte a imagem delas. Escolha a primeira pessoa que lhe vem à mente.

você vai visualizar certos fatos da sua vida. . o seu destino e a sua missão. você irá novamente fazer a caminhada pela trilha. Enquanto ouve as ondas quebrando. revivendo o relaxamento. a percepção da beleza e a sensação do amor divino que você experimentou nas três meditações anteriores. até alcançar a grandiosidade e beleza de um vasto oceano. A finalidade desta meditação é usar a sua capacidade de visualização para descobrir a direção que sua vida deve tomar para que você ame e sirva melhor aos outros. Nesta meditação você seguirá a trilha indo ainda mais longe.QUARTA MEDITAÇÃO Esta última meditação.

você consegue avistar a linha do horizonte de um vasto oceano azul e esmeralda. Agora. Lá longe. você começa a ouvir o barulho das ondas quebrando suavemente na praia. conte devagar até dez. Abra o portão e passe. Desça pelo lado oposto e vá até a praia. Respire profundamente três vezes. siga andando pela trilha até avistar o lago à distância. Agora. Aspire o perfume das flores silvestres. Procure a posição mais confortável. sinta-se mais uma vez como se você estivesse deixando para trás todos os seus aborrecimentos e preocupações. Pare um pouco para contemplar a água correndo por entre as pedras. Sinta o seu corpo ficando mais leve a cada respiração. segure o ar e conte devagar até quatro antes de soltar. além da colina. Não se esqueça de observar as árvores e as flores à sua volta. Lembre-se de contrair e soltar todos os músculos que estão tensos. Inspire e solte o ar lentamente. volte a examinar o seu corpo. Comece a caminhar pela trilha. Agora. Caminhando na direção da colina. Vá seguindo a trilha no seu percurso sinuoso às margens do riacho. Quando tiver vontade. veja-se diante do portão que você visualizou nas meditações anteriores. olhe à sua direita uma outra trilha que leva a uma pequena colina. Suba até o alto da colina e contemple a vista magnífica. Comece pelos pés e examine o seu corpo todo. A cada inspiração. Sinta o seu rosto se suavizando. observe como o seu corpo está se sentindo hoje. Ao fechar o portão. Verifique se os seus ombros estão soltos e relaxados. . enquanto ouve o canto dos pássaros. expandindo o seu peito e o seu abdome. Em vez de andar até o lago. inspirando pelo nariz e soltando o ar pela boca. Agora.Meditação Comece a meditação respirando profundamente.

Sinta a brisa fresca e suave arrepiando sua pele. dizer uma palavra amável. Pense agora em alguma coisa especial. Caminhe um pouco. Respire essa luz e sinta que ela alimenta cada célula do seu corpo. sente-se onde você se sentir mais confortável. Agora. Comece a visualizar a mesma luz das meditações anteriores. mesmo que seja muito simples. ajudar uma pessoa. Mais uma vez.Sinta a areia morna e macia debaixo dos seus pés. Pode ter sido alguma coisa bem simples. nos . Veja como o seu corpo se sente quando você recorda esse fato. Repare no contraste da cor da areia com a cor do mar. visualize um mundo onde esses atos são comuns e espontâneos. sinta a luz amorosa inundando o seu corpo. Pense nos gestos que lhe dão mais alegria. vamos fazer um exercício mental parecido com o da terceira meditação. Telefonar para alguém. Como seria viver num mundo assim? Como seria o crescimento e o desenvolvimento de cada pessoa? Pense um momento na sua própria vida e procure lembrar as coisas mais significativas que lhe aconteceram desde o seu nascimento. como alguém que lhe sorriu no elevador ou ajudou você a cumprir uma obrigação. Pense em alguma coisa que alguém fez por você nesses últimos tempos e que lhe deu muita alegria. compreendesse você e amasse você. enchendo-o de energia. fazendo desse mundo um lugar melhor e mais bonito. Um mundo onde todos estão repletos de muito amor e dando amor ao próximo. que você pode fazer por alguém nas próximas vinte e quatro horas. Sinta como se esse amor divino conhecesse você. Sempre conservando a luz amorosa dentro de você. Os seus atos de bondade se somam aos muitos atos de amor praticados pelos outros. irradiando e ampliando o amor. Pode ser diretamente na areia ou sobre uma toalha ou debaixo de uma barraca. Inspire profundamente o cheiro da maresia. Olhe para o mar e deixe seus olhos seguirem por alguns momentos o vaivém das ondas na areia. conhecendo o lugar. Quando tiver vontade.

seus principais talentos. repare que o sol vai se pondo e que está na hora de voltar à trilha. Siga pela trilha. Suba de novo até o alto da colina para olhar uma última vez o oceano e contemplar a beleza do horizonte ao pôr-do-sol. lembre-se da viagem que você fez e das percepções que teve. do lugar onde está e lentamente comece a mexer-se e espreguiçar-se. abra-o devagar e saia. passe pelo lago e comece a ouvir ao longe o murmúrio do riacho. Deixe o riacho para trás e dirija-se ao arvoredo e ao portão. As coincidências começarão a acontecer à medida que a visão mais profunda de seu ser for se tornando real. Levante-se e faça o caminho de volta. O que é que essas coisas querem dizer? Que espécie de missão ou destino elas apontam? Que tipo de contribuição especial você pode dar ao mundo? Reflita sobre essas questões durante todo o tempo que você quiser. . Antes de retomar as atividades do seu dia. respire profundamente. Vá agora tomando consciência do seu corpo. Chegando a ele. Depois. Confie em suas intuições e observe-as com a maior atenção. naquilo que você realiza com mais naturalidade.

que. esposa.PALAVRAS FINAIS Amigas e amigos. Tornei-me mais complacente comigo e com os outros. mesmo que para isso seja necessário vencer uma resistência inicial. Pode ser que não percebamos na hora e até nos revoltemos com algum problema ou perda. em vez de julgálos e condená-los. se não tivermos um espaço para nos concentrar e desligar do tumulto. que a meditação deixará de ser um dever para tornarse uma agradável necessidade. Somos tantas coisas — mãe. profissional. Mais tarde. é claro. iremos descobrir e certamente será algo que pode contribuir para o nosso crescimento. O que a meditação me trouxe de fundamental foi o contato com a dimensão divina que está presente no mundo. acabamos perdendo contato com o que há de mais íntimo e essencial em nós: a nossa dimensão divina que se traduz concretamente em gestos de amor grandes e pequenos. mas dá maior serenidade para enfrentar as situações difíceis. Hoje sei que fazemos o que é possível em um determinado momento e que erros são excelentes oportunidades de crescimento se. Essa consciência da dimensão divina presente no Universo . não deixando que me afetassem como acontecia antes. Minha convicção vem do fato de ter experimentado em mim mesma as transformações que a meditação trouxe e de ter verificado o mesmo em muitas outras pessoas. A meditação me trouxe a paz interior que eu procurava há tanto tempo e que. Aprendi que portas se fecham para que outras se abram. porém. Procurem praticá-las o mais regularmente possível. diminuí meu nível de expectativa. em mim mesma. heróicos e anônimos. membro de uma família mais ampla —. amiga dos amigos. dona-de-casa. Passei a relativizar os acontecimentos externos. aprendermos com eles. Agora sei que tudo em nossa vida tem um sentido e uma razão. é sinônimo de felicidade. Como já foi dito. em todos os seus seres. passamos o dia tão envolvidos pelas múltiplas solicitações. tenho certeza de que lhes trouxe uma contribuição preciosa com essas quatro meditações. os benefícios conquistados lhe darão tanta alegria. Isso. não elimina a dor ou sofrimento causados sobretudo pelas perdas. para mim. Dá mais esperança.

e em todos os seus seres ajudou no meu relacionamento tanto com a natureza quanto com as pessoas. procuro descobrir em cada um o que tem de melhor e que muitas vezes se esconde debaixo das aparências. É o que lhes desejo: que sejam felizes. a paz interior. Porque. a capacidade de dar e receber amor. a compaixão. quando entro em contato com o que há de melhor nas pessoas. para mim. contribuo para que esse aspecto desabroche e floresça. esses são os principais elementos que nos realizam profundamente e fazem a nossa felicidade. desejei compartilhar minha experiência e minha crença com vocês. Percebo que. Para ajudá-los essencialmente a conquistar a serenidade. Hoje. Por tudo isso. Fim .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful