P. 1
Bioquímica Aula 2 - água, pH e Tampões

Bioquímica Aula 2 - água, pH e Tampões

|Views: 9.029|Likes:
Publicado porgmpmelo

More info:

Published by: gmpmelo on Sep 25, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/11/2013

pdf

text

original

1

Agua Agua
pH pH
8oluçáo Tampáo 8oluçáo Tampáo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 2
AGUA AGUA
A água é indispensável a todos os processos
bioquímicos e fisiológicos.
A natureza físico-química da vida na Terra reflete em
grande parte as propriedades da água.
< Conceito- é a substância que se encontra em maior
quantidade no interior da céIuIa (±70%). É
considerada um solvente universal, atuando como
dispersante de inúmeros compostos orgânicos e
inorgânicos das células.
< Pelo fato de ela penetrar em todas as partes de cada
célula, a água é o meio onde ocorrem o transporte de
nutrientes, as reações do metaboIismo cataIisadas
por enzimas e a transferência da energia química
< om isso, todos os aspectos da estrutura e função
ceIuIares estão necessariamente adaptados às
propriedades físicas e químicas da água
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
3
<< mportância mportância da da água água::
<< 1 1- - Principal constituinte dos organismos;
<< 2 2- - As reações orgânicas só se podem desenvolver se as
moléculas e os iões estiverem em solução aquosa;
<< 3 3- - $erve de veículo aos principais nutrientes, aos
produtos de metabolismo e resíduos de excreção ;
<< 4 4- - #egulação da temperatura corporal:
-alor específico elevado (manter a temp. corpórea
constante);
-alor de vaporização elevado;
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
4
A A quantidade quantidade de de água água retida retida um um organismo organismo
varia varia em em função função dos dos fatores fatores : :
1 1.. Atividade Atividade de de tecido tecido ou ou órgão órgão;;
2 2.. dade dade do do organismo organismo;;
3 3.. Espécie Espécie ;;
4 4.. $exo $exo;;
5 5.. Nível Nível nutricional nutricional
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
5
1 1.. Atividade Atividade de de tecido tecido ou ou órgão órgão;;
Normalmente, quanto maior a atividade metabólica de um
tecido, maior é a taxa de água que nele se encontra.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
6
A intensidade do sinal da #MN de
um determinado tecido está relacionada
com a quantidade de água que estes
possuem. Quanto maior for o conteúdo em
água, mais forte é o sinal da #MN e
melhor a imagem resultante. Os tecidos
com lesões têm alteração no conteúdo de
água, e normalmente têm mais água que
um tecido saudável.
#essonância Magnética Nuclear
Imagens obtidas por RMN Imagens obtidas por RMN
1 1.. Atividade Atividade de de tecido tecido ou ou órgão órgão;;
OO tipo tipo de de tecido tecido é é uma uma variável variável que que também também deve deve ser ser
considerada considerada::
Tecido adiposo 30%
Tecido conjuntivo 60%
Pele 71%
Fígado 73%
Músculo 77%
Tecido nervoso 84%
Fluidos orgânicos 90 a 99,5%.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
9
2 2.. dade dade do do organismo organismo;;
Geralmente, a taxa de água decresce com o aumento da
idade.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
10
O teor de água do corpo
subtrai-se por perda de líquido
intracelular, o que acarreta a
diminuição da relação
intracelular para o extracelular.
Assim, perdem-se água e
potássio devido à diminuição
dos números de células no
organismo
2 2.. dade dade do do organismo organismo;;
Outro fato que deve ser considerado é o teor de gordura
na carcaça.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
11
3 3.. Espécie Espécie ;;
a) No homem, a água representa 65% do peso do corpo;
b) Em certos fungos, 83% do peso é de água;
c) Já nas medusas (águas-vivas) encontramos 98% de
água.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
12
4 4.. $exo $exo;;
Fêmeas Fêmeas apresentam apresentam teores teores superiores superiores de de gordura gordura
subcutânea subcutânea e e conseqüentemente conseqüentemente apresentam apresentam menor menor
quantidade quantidade de de água água nos nos cortes cortes ( (R. Bras. Zootec., v.33, n.6,
p.2387-2393, 2004)
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
13
5 5.. Nível Nível nutricional nutricional;;
OO nível nível nutricional nutricional influência influência a a deposição deposição de de gordura gordura na na
carcaça carcaça.. Exemplo Exemplo suplementação suplementação com com cromo cromo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
14
CIoreto CIoreto Levedura Levedura Caseína Caseína ComerciaI ComerciaI
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
15
Os bovinos e suínos têm fraca adaptação a perda de água,
os ovinos, camelos e burros tem maior adaptação
No decorrer da fase de desidratação a água que se encontra nos tecido é a
primeira a ser eliminada; Mas o conteúdo de água no sangue não muda,
permitindo assim uma atividade vascular normal.
No homem e outros mamíferos ao contrário, a perda de água começa pelo
plasma
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
16
As fezes dos ovinos, com formato de síbalas, são normalmente mais
secas do que as fezes dos bovinos, a menos que a dieta seja rica em
alimentos com altos teores de água. A urina é usualmente mais
concentrada do que a dos outros animais, principalmente sob condições
de pouca disponibilidade de água. Portanto, os ovinos apresentam uma
ótima capacidade de retenção e aproveitamento de água.
<< "uanto "uanto à à origem, origem, a a água água do do organismo organismo pode pode ser ser: :
< Endógena - Aquela proveniente das reações químicas que
ocorrem no próprio organismo, com liberação de água.
ExempIo: água liberada durante a síntese de proteínas,
polissacarídeos, lipídios e ácidos nucléicos e, ainda, no final da
respiração celular.
< Exógena - Aquela proveniente da ingestão.
ExempIo: água contida nos alimentos ingeridos.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
17
<< "uanto "uanto à à origem, origem, a a água água do do organismo organismo pode pode ser ser: :
< Endógena (síntese protéica)
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
18
<< "uanto "uanto à à origem, origem, a a água água do do organismo organismo pode pode ser ser: :
< Endógena (Iigação entre carboidratos)
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
19
<< "uanto "uanto à à origem, origem, a a água água do do organismo organismo pode pode ser ser: :
< Endógena (Iigação entre carboidratos)
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
20
< O átomo de oxigênio partiIha dois dos seus seis
eIétrons de valência com os átomos de hidrogênio para
formar as ligações covalentes entre oxigênio e
hidrogênio;
< O átomo de oxigênio possui 4 de seus eIétrons de
valência que não participam então em ligações, mas que
produzem uma zona de carga negativa que tende a
repeIir Iigeiramente os átomos de hidrogênio;
< Por esta razão, a moIécuIa de água não é Iinear,
formando antes um ângulo com aproximadamente
104,5º.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
21
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
22
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
23

Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
24
A nuvem eIetrônico da molécula de água é mais mais densa densa nas nas imediações imediações
do do oxigênio oxigênio, tendo uma carga elétrica local mais negativa e conferindo
uma poIaridade poIaridade eIétrica eIétrica à à moIécuIa moIécuIa.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
25
Por causa desta poIaridade poIaridade, um átomo de oxigênio oxigênio pertencendo pertencendo a a uma uma
determinada determinada moIécuIa moIécuIa de de água água tende tende a a atrair atrair um um átomo átomo de de hidrogênio hidrogênio
de uma molécula vizinha, estabelecendo uma ligação intermolecular
denominada ponte de hidrogênio.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
26
<< !ontes !ontes de de hidrogênio hidrogênio entre entre moléculas moléculas de de água água: :
< Este tipo de Iigação tem uma energia reIativamente baixa (23
kJ/mol), a suficiente para estabelecer a ligação mas também ser
facilmente quebrada.
< A água pode ser então pensada como uma rede rede de de moIécuIas moIécuIas
coesas coesas, mas não estáticas como num sólido; esta coesão confere-
lhe uma densidade elevada em comparação com outros líquidos à
mesma temperatura e causa a existência de uma elevada tensão
superficial.
< A existência de pontes pontes de de hidrogênio hidrogênio aumenta a temperatura de
ebulição e a temperatura de fusão. mportante para manter a
termoregulação .
<< gua é muito importante sob o ponto de vista bioIógico, gua é muito importante sob o ponto de vista bioIógico,
devido às suas propriedades físico devido às suas propriedades físico- -químicas. químicas.
<< Dentre Dentre eIas, eIas, pode pode- -se se citar citar: :
<
> CaIor específico: muito alto, Atua no equilíbrio da temperatura dentro da célula,
impedindo mudanças bruscas de temperatura, que afetam o metabolismo celular.
 CaIor específico é uma grandeza física que define a variação térmica de determinada substância substância ao
receber determinada quantidade de caIor.
> Poder de dissoIução: muito grande. É, por isso, considerada o solvente universal. Essa
propriedade é muito importante, pois todas as reações químicas celulares ocorrem em
solução. Além disso, a água é importante meio de transporte de substâncias dentro e fora
das células.
> Tensão superficiaI: grande. Moléculas grandes ,com cargas, aderem fortemente às
moléculas de água, o que permite a manutenção da estabiIidade coIoidaI.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
27
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
28
<< $oIubiIidade $oIubiIidade em em água água
< omo a água água é um dos constituintes fundamentais fundamentais da da céIuIa céIuIa, é
importante reconhecer que moléculas são solúveis ou não em meio
aquoso.
<< s s moIécuIas moIécuIas podem podem dividir dividir- -se se em em: :
 idrofílicas, ou solúveis em água,
 idrofóbicas, ou insolúveis em água.
 Em geral, moléculas poIares poIares são são hidrofíIicas hidrofíIicas e moléculas apoIares apoIares são são
hidrofóbicas hidrofóbicas
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
29
<< $oIubiIidade $oIubiIidade em em água água
<< s s moIécuIas moIécuIas idrofíIicas idrofíIicas,, ou ou solúveis solúveis em em água água
< A maioria dos sais cristalinos, por exemplo, cloreto de sódio, facilmente se dissolve em
água mas é praticamente insolúvel em líquidos não-polares como o clorofórmio ou o
benzeno.
< A água também dissolve muitos compostos orgânicos que possuem grupo carboxila e
amino, que tendem a se ionizar pela interação com a água.
< ompostos orgânicos neutros com grupos polares funcionais: os alcoóis, os aldeídos e
as acetonas.
< Esta propriedade é um reflexo do caráter dipolar da molécula de água
< $EMELANTE D$$OLVE $EMELANTE
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
30
<< $oIubiIidade $oIubiIidade em em água água
<< s s moIécuIas moIécuIas idrofóbicas, ou insolúveis em água
< A grande maioria das moléculas orgânicas encontradas em sistemas
vivos são hidrofílicas, podendo difundir na célula ou ser
transportadas por fluidos dentro de um organismo, associadas ou
não a outras moléculas.
< A maioria dos metabolitos caem nesta categoria.
< Esta característica é fundamental para a manutenção da estrutura
de algumas biomoléculas.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
31
<< s s moIécuIas moIécuIas idrofóbicas, ou insolúveis em água
< A natureza físico-química da vida na Terra reflete em grande parte as
propriedades da água.
http://www.johnkyrk.com/cellmembrane.port.html
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 32
pH pH
http://www.ufrgs.br/leo/site_p/ph.htm
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
33
<< Revisão Revisão Iogaritmo Iogaritmo
< Os Iogaritmos, como instrumento de cálculo, surgiram para realizar
simplificações, uma vez que transformam muItipIicações e divisões
nas operações mais simples de soma e subtração.
< Napier foi um dos que impulsionaram fortemente seu
desenvolvimento, perto do início do sécuIo XVII. Ele é considerado o
inventor dos logaritmos, muito embora outros matemáticos da época
também tenham trabalhado com ele.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
34
<< Revisão Revisão Iogaritmo Iogaritmo
< O método de Napier baseou-se no fato de que associando aos
termos
de uma progressão geométrica
b, b
2
, b
3
, b
4
, b
5
, . , bn, .
aos termos da progressão aritmética
1, 2, 3, 4, 5, ... , n, ...
< então ao produto de dois termos da primeira progressão, b
m
.b
p
, está
< associada a soma m+p dos termos correspondentes na segunda
progressão.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
35
<< Revisão Revisão Iogaritmo Iogaritmo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
36
<< Revisão Revisão Iogaritmo Iogaritmo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
37
<< Revisão Revisão Iogaritmo Iogaritmo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
38
<< Revisão Revisão Iogaritmo Iogaritmo
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
39
<< Definição Definição: : p p potenciaI potenciaI hidrogeniônico hidrogeniônico
< O p ou potenciaI de hidrogênio iônico, é um índice que indica a
acidez, neutralidade ou alcalinidade de um meio.
< O conceito foi introduzido por $. P. L. $rensen em 1909. O "p"
deriva do alemão 54903, que significa poder de concentração, e o
"" é para o ião de hidrogénio (

).
< o p é simplesmente uma forma de exprimir a concentração do ião
hidrogênio, as soluções ácidas e básicas a 25º podem ser
identificadas através dos seus valores de p
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
40
<< Definição Definição: : p p
cido cido é toda sustância que doa prótons (

)
Base Base é toda substância que recebe prótons (

)
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
41
<< Definição Definição: : p p
A água tem comportamento anfiprótico, ou seja, tanto caráter ácido
quanto básico.
Reação simpIificada da auto Reação simpIificada da auto- -ionização: ionização:
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
42
<< Definição Definição: : cáIcuIo cáIcuIo do do p p
A equação é simplesmente uma definição concebida com o objetivo de
simplificar a representação numérica de [

(.
aso contrária teríamos teríamos que trabalhar com vaIores pequenos e negativos vaIores pequenos e negativos ( por
isso se utiliza o sinal negativo na fórmula.
$oIuções $oIuções ácidas ácidas: : [

( > 1,0 x 10
-7
, p < 7,00
$oIuções $oIuções básicas: básicas: [

( < 1,0 x 10
-7
, p > 7,00
$oIuções neutras: [

( = 1,0 x 10
-7
, p = 7,00
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
43
<< Definição Definição: : escaIa escaIa de de p p
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
44
<< Definição Definição: : como como determinar determinar oo p p
Por adição de um indicador indicador de de p p na solução em análise. A cor do
indicador varia conforme o p da solução.
Um indicador indicador é uma substância que varia varia de de cor cor dentro de um
pequeno intervalo de p, devido ao fato de poder existir em duas ou
mais formas que têm estruturas estruturas distintas distintas e apresentam cores
diferentes
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
45
< Tabela com variações de alguns indicadores
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
46
<< Definição Definição: : como como determinar determinar oo p p
&tiIizando um peagâmetro
apareIho consiste de um eIetrodo de vidro e uma escaIa de Ieitura.
eIetrodo é feito de um vidro muito fino, que estabeIece e mede a diferença de
potenciaI entre a soIução a ser medida, e a soIução interna do eIetrodo, que serve
de referência.
potenciaI eIétrico é então convertido para uma escaIa de vaIores de p, que são
os vaIores apresentados na escaIa de Ieitura.
Formas Formas de de caIibração caIibração: : com um ponto ou com dois pontos (mais correto)
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo
47
<< p p e e céIuIas céIuIas cancerígenas cancerígenas
O Dr Otto Warburg, prémio Nobel (1931) descobriu que as células
cancerígenas produzem ácido lático e conseqüentemente apresentam
p ácido.
Nano Nano- -peagâmetro mede p no interior de céIuIas vivas em tempo peagâmetro mede p no interior de céIuIas vivas em tempo
reaI reaI
ientistas criaram um novo instrumento óptico que poderá permitir, entre outras
possibilidades, que biópsias de células cancerígenas sejam feitas sem a
necessidade da retirada física do material a ser analisado, retirada esta que
hoje exige a execução de um procedimento cirúrgico.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 48
Tampões Tampões
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 49
$ão soluções que, devido à sua composição, resistem,
dentro de certos limites, a variações bruscas no p pela
adição de álcali ou de um ácido.
Tampões Tampões
Conceito Conceito
Uma soluaçao tampão é constituída por uma mistura entre
um ácido fraco e a sua base conjugada
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 50
Ácidos são chamados fracos quando não Iiberam todo o seu
conteúdo de
++
quando em solução aquosa
Tampões Tampões
Conceito Conceito
A (ácido fraco) ɇ

A
-
Existe um equilíbrio entre o ácido (A) e a sua forma dissociada. No entanto,
a maior quantidade é de ácido (A) não dissociado.
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 51
Base é qualquer substância capaz de se associar a
++
Tampões Tampões
Conceito Conceito
A (ácido fraco) ɇ

A
-
A
-
é a base conjugada
#ecebe o nome de base conjugada por que está associada
a um ácido fraco
Base Base conjugada conjugada
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 52
$e no sistema ocorrer aumeno na concentraçao de

por
acréscimo de ácido (

), a reação será deslocada no sentido
da formação de A (ácido fraco) o p é mantido
Tampões Tampões
A (ácido fraco) ɇ

A
-
Fucionamento Fucionamento
$e no sistema ocorrer aumeno na concentraçao de O
-
por
acréscimo de base (O
-
), ocorrerá a formação de água, a
reação será deslocada no sentido da formação de

) o p é
mantido
Dr. Gabriel Maurício Peruca de Melo 53
Tampões Tampões
A (ácido fraco) ɇ

A
-
Fucionamento Fucionamento
Desta forma a concentração de

é mantida constante e o
p no meio não se altera significativamente com acréscimo
de ácido ou base no meio.
É por este motivo que ácidos fracos sao tampões (
minimizam variações de p).

& 
E:, F 3/85038E;0 -46:J2.48 0 184O.48 , 94/48 48 574.08848  3,9:70, 1J8.4
6:J2., /, ;/, 3, %077, 701090 02 7,3/0 5,790 ,8 574570/,/08 /, E:, 

7 ,-70,:7J.4!07:.,/004 

< 

43.094
F , 8:-893., 6:0 80 03.4397, 02 2,47 6:,39/,/0 34 390747 /, .F:, ]  A .438/07,/, :2 84;0390 :3;078, ,9:,3/4 .424 /85078,390 /0 320748 .42548948 473.48 0 3473.48 /,8 .F:,8 !04 1,94 /0 0, 503097,7 02 94/,8 ,8 5,7908 /0 .,/, .F:, , E:, F 4 204 43/0 4.47702 4 97,3854790 /0 3:9703908 ,8 70,08 /4 209,-4824 .,9,8,/,8 547 032,8 0 , 97,38107H3., /, 0307, 6:J2., 42 884 94/48 48 ,850.948 /, 0897:9:7, 0 1:34 .0:,708 0894 30.088,7,20390 ,/,59,/48 8 574570/,/08 1J8.,8 0 6:J2.,8 /, E:, 
7 ,-70,:7J.4!07:.,/004 

<

<

< 254793.,
< <

/, E:, E:,

<

< 

!73.5, .43899:390 /48 47,38248 
8 70,08 473.,8 8O 80 54/02 /0803;4;07 80 ,8 24F.:,8 0 48 08 089;0702 02 84:4 ,6:48, 
$07;0 /0 ;0J.:4 ,48 573.5,8 3:9703908 ,48 574/:948 /0 209,-4824 0 708J/:48 /0 0.704  
#0:,4 /, 902507,9:7, .47547, 
,47 0850.J1.4 00;,/4 2,3907 , 9025 .475O70, .4389,390  
,47 /0 ;,547,4 00;,/4  

7 ,-70,:7J.4!07:.,/004

 6:,39/,/0 /0 E:, 709/, :2 47,3824 ;,7, 02 1:34 /48 1,94708   9;/,/0 /0 90./4 4: O74 O74  /,/0 /4 47,3824 47,3824  85F.0   $04 $04  J;0 3:97.43, 

7 ,-70,:7J.4!07:.,/004 

/0 :2 90./4 2.9./0 /0 90.47 F .4397. 9.. 7 .4!07:./004  ./.. ..-O./. /0 E:./4 4: O74 O74 472./0 209.20390 6:. 9.-70.47 . 6:0 300 80 03.:7J.394 2.

394 2. 2. 6:0 :2 90.#088433.0 ..42 .7  39038/.8 14790 F 4 83.4 34 . 6:.43.42 0808 9H2 . .4390/4 02 E:./48 ../.:. /./4 089E 70.47 147 4 .390 8 90. 0 3472.:/E./4 90. # 0 2047 . 2.3F9. # /0 :2 /090723. /... 6:0 08908 5488:02 ":./4 8.8 E:.02 708:9./0 /0 E:.4390/4 /0 E:.907.0.20390 9H2 2.39/./0 /4 83.

0384-9/.2.8547# .

./4 307.0 807 .-70./.48  .43:39.438/07.4!07:. 9. %0../4  8.   7 .484  :/48 473.4   !00  J.0 6:0 9../4 .438/07././4 4: O74 O74 954 /0 90. ./0 /0 90./004  .:4  %0.7E.:7J./4 F :2.2-F2 /0./5484   %0././4 .

.3824 7 .:20394 /.. 9../0 9047 /0 E:.8 34 47. /0 E:..42 4 . /4 . 70.0:.:7J./0 /4 47.7 5.7 4 6:0 .0 .3824 07.7. /0 J6:/4 397.7709. /.4 397..4754 8:-97./004  .F:. 80 547 507/. 0 549E884 /0.3824 47.0:.-70.708. /0. /.20390 . 4 097.0:.4!07:. ...7 882 507/02 80 E:. /23:4 /./4  /23:4 /48 320748 /0 .

7 .3824 :974 1. /.../4 F 4 9047 /0 47/:7. .438/07./004  .:7J.94 6:0 /0.0 807 .7. 3.4!07:.-70../0 /4 47.3824 47..

.8 20/:8. E:.0  .07948 1:348  /4 5084 F /0 E:./004  .4754 .8 . 705708039. 7 .. E 3.  /4 5084 /4 ..-70. .:7J.4!07:. 4 4202 . 85F.8 E:.2 .4397.8 03.248  /0 E:.

5708039. 8:-.5708039.  3  5     7 .43806Q039020390 .:7J. 0 .2 904708 8:5074708 /0 47/:7. 348 .:930.39/..2 20347 6:.47908 # 7.4!07:.8 4490. .8 ./004  . $04 $04 H20./0 /0 E:.-70.

43.0 3:97.4!07:. 3:97..42 .7.:7J... .7424 47094 0. 7 .4 . 4207. ..80J3.. .0/:7. /05484 /0 47/:7.43.0 3:97. 3J. 3. 31:H3. J.43.7../004  . . 0254 8:502039..-70...

882 :2.. 7 .-70. 507/.4 .2048 0 -:7748 902 2./. 504 5. ./..9.47707 /.80 /0 /08/7.4 .9. 57207. .3:0 34 2:/./4 F .348 0 8:J348 9H2 17.59. .4 4 /0.59. /0 E:. 348 90. . /0 E:./.420.82.. .4390/4 /0 E:. 807 023.4397E74 . 4 4202 0 4:9748 2. 507/.47 .4397.8.7 3472./0 . 6:0 80 03. 48 4...:. E:. 34 8.2J10748 .348 .8 -4./004  .4 .8 4 ./.4!07:.:7J. 507293/4 . 1.

4!07:..20390 2.348 .8 80.394 48 4.574.. !479../.5. 80..8 1008 /48 -4.0397.. /09.09../0 /0 E:.5.94 /0 8J-.948 904708 /0 E:. F :8:. /8543-/..43..-70.:7J.5708039.  :73. 7 .8 /4 6:0 .348 . /4 6:0 .43/08 /0 54:./004  .20390 84. .20390 2./0 /0 709034 0 .8 84 3472. /48 4:9748 .42 1472. 20348 6:0 .20394 /0 E:. O92.8 573.348 .32./. 02 .2 :2.8 1008 /48 4. 7.203948 .8 .42 .

203948 307/48 7 .390 ..394  4702 .48 0 .42 -07. /:7. 30894 0254 E:.47702 34 57O574 47..4!07:. 348 . 34 13.3824 .439/.030390 /.08 6:J2. E:. 0254 E:.7J/048 5J/48 0 E.:7J.4 /0 E:.8 6:0 4.0:.< ":. 6:0. 6:0.4 . /4 47./.030390 /. ./004  . 574. 70857.8 5488../48 3:.-70. 8J39080 /0 57490J3. 574.3/.3824 54/0 807 807 < 3/O03.F.8 70. /.7 < O03.. -07.

3824 54/0 807 807 < 3/O03./004  ..:7J. E:.< ":. 8J39080 5749F.394  4702 .4!07:..-70. 7 . /4 47.

< ":.7-4/7..394  4702 .4!07:./004  . .4 03970 .948 7 .-70.. E:. /4 47.:7J.3824 54/0 807 807 < 3/O03.

E:.:7J.3824 54/0 807 807 < 3/O03.4!07:.4 03970 .-70. /4 47.< ":../004  ..394  4702 .7-4/7. .948 7 .

.08 2.03908 03970 4H34 0 /74H34 E9424 /0 4H34 5488:  /0 80:8 0F97438 /0 . 30.4!07:.5. /0 E:. 34 F 30..H3. 70507 07.. 1472.2 0394 02 ..42 .79.7 1472.:7J. 7.79.20390 48 E94248 /0 /74H34 !47 089.4. 24F.-70. 6:0 903/0 .3908 :2 3:4 . /48 /48 80:8 808 0F97438 /0 ./.8 .42 48 E94248 /0 /74H34 5.7 .4 .7.7.. 43.3/4 .H3../004 ..:.08 .< E9424 /0 4H34 5. 6:0 34 5.8 6:0 574/:02 :2.5742..9. .20390     < < 7 . /0 .

-70.7 .:7J../004  .4!07:.

-70.4!07:.    7 .:7J../004  .

:.02 00973.:./004  . .8 20/.7/. 54. 4.. 0F97.. 3:. /0 E:.8 /038.4 /. F 2.431073/4 :2. 24F. 2.-70..:.08 /4 4H34 903/4 :2. 0 .9.. 7 ./0 0F97.  24F..:7J.7.8 30.. 24F. 3.4!07:.

/.4 3907240./0 :2 E9424 /0 4H34 507903. :2.7 /03423..:.:7J.97.-00.4!07:.3. 903/0 .03/4 .03/4 :2.7 :2 E9424 /0 /74H34 /0 :2. .!47 .:./. 24F. 54.:8. /0 E:. /089. 24F.-70. 089. /090723.7/. . 54390 /0 /74H34 7 .:./004  .. .

20390 -.9. 70.  ..< < !43908 /0 /74H34 03970 24F. 890 954 /0 .8 /0 E:. 0307.4 902 :2..:. E:.

7.8 9. /038/. 02 .:8.-00. 8:1.  089H3..425. /0 :2./.3907 . /0 0-:4 0 .424 3:2 8O/4 089. 90384 8:5071.0390 5..9:7.:7J.4084 .7. 902507. 00.7.424 :2.24 ./. 902507. /0 543908 /0 /74H34 .07 .8 34 089E9. /0 1:84 25479. .4 < < 7 .408. 70/0 /0 24F././.20390 6:0-7.390 5... ./0 00. 089H3. 089.2-F2 807 1. 2. 9072470:...4 2..42 4:9748 J6:/48  2082.:2039. 902507.-70.4!07:.8 . 54/0 807 0394 5038. ..9:7.:.  E:.8 2.. . 0 .4 .431070 0 :2. ./004  .9:7.8 .

/0 /0 .0:. 6:0 . 4 84.3/0./0 . . 7./004  .8 . 6:.39/. 7 ./. 1J8..8574570/../0702 1479020390 8 24F./081J8.0-07 /090723.:7J.8574570/.F:.-4O.0:.4 2:94 .390 548 94/..8  %0384 8:5071.8 /0 902507.4 6:J2./0 F 2:94 25479.08 6:J2.7. 34 06:J-74 /. E:.7  .438/07./488:.8 /03974 0 147..3/08 .47 <  !4/07 /0 /884:4 2:94 7.390 204 /0 97.078.9:7.< :..4 < 03970 0.47 0850.. 574570/.8 ..F:. /.:.8 .39084-454394/0.44/.109.J1.8 7.3854790 /0 8:-893. 88.-/.89.47702 02 84:4 F2 /884 .4 70.8 70.42 ..9..J1.4!07:.0390 :3.:.F2:9425479.7 54/0 . 7.8 . 250/3/4 2:/.3:9034 /. 4 6:0 507290 .7.708 4./488:.3/0 A 547 884 . /0 /090723. /03974 /.47 0850. 902507.2 4 209.-4824 ..9.9:7.-70.4 F :2.3. F 25479.8 /0 E:. 8:-893./081J8. 2.94 9:./.8 -7:8. 6:0 /0130 .3/0 4F.8  /0.4 9F72..8 54/0 80 .. . . 089./.7  .4  /0.

2039. E:. F :2 /48 . F 25479.8 84 84.708 84 /741O-.8 0 24F.54.390 70.43899:3908 1:3/. 24F..8 54/02 /.:7J.8 4: 384.708 84 /741J.6:484 8 24F.  2 07./7 02  /741J..8 /.08 02 E:..8 4: 84./0 02 E:.-70.< $4:-/.F:.4!07:.07 6:0 24F. 424 .8 < < 7 .:.08 4: 34 02 204 ./004  .:.. ./7 80 02 /.  /741O-..8 .430.:.8 54.08 02 E:.:.

3907.2-F2/884.:.486:05488:027:54.708 . 8 24F./0 02 E:./0J/480 .7 /.4!07:.E:.0 02 E:.47. 42548948473..< < $4:-/. /48 8.7E907 /54.8.4830:9748.427:54854.8 F 57..0943.-70.4741O724 4: 4 -03034 E:.43.0 .424 4 .348 547 00254 ..8 ./004  .8 4: 84. 2. < $%$$ '$% 7 ./0 F :2 70104 /4 .789.9.. 24F..20390 384.9.0 02 J6:/48 34 54.02:948.:.8 < < < < 89..42.  2.234 6:0903/02.8043. /0 E:.848.7-4.750.20390 80 /884...08 02 E:.47094 /0 8O/4 1.42548948473.4.7081:3.:7J.4O8 48.8 /741J. 574570/.

-4948 .< < $4:-/.02 3089.:.47. /0 ..8 547 1:/48 /03974 /0 :2 47.8 473.8 54/03/4 /1:3/7 3./.-70.08 02 E:./0 02 E:. 4: 807 97.907J89.2039. 8 24F.48 84 /741J.8 24F.4397. /.:. .8 24F.4!07:. 5./. <  7. 89. /48 209.8 .F:.8 4: 384..47.7.../004  . .8 /741O-.3:9034 /.8 02 88902. F 1:3/.3824 ..385479.8 03.8  2.8 < < 7 ..9047. 2...8 4: 34 . .884.8 -424F.:7J.3/0 2. 4:97./....:2. .7.:. 0897:9:7.:.

:. %077.. 1J8./08 /.9:70.< 8 24F../. 995. .3/0 5. 701090 02 7. E:. 3. /.4 6:J2.8 /741O-.8 574570/.  3.08 02 E:.8 4: 384.790 .

.

 437 .42.

4!07:.30 5479 92 < 7 ..0202-7./004  .:7J..-70.

5 995.

.

 :178 -7.

04.

890*5.

./004  .-70.5 92 7 .:7J.4!07:.

.8 82508 /0 842. 0 8:-97.7.2-F2 903..08 :2.7.42 00 7 . 70.438/07.7924 < 8 4.< #0.2 2:95.381472.4 /4 8F.08 0 /.20394 50794 /4 3J.902E9. 4:9748 2.79248 2:94 02-47..0 6:0 97.E.4 < .507 14 :2 /48 6:0 25:843.4./4 4 3..:4 ' 0 F .424 3897:20394 /0 .2 97.:4 8:77.-70.7 8251.4!07:.08 2./004  .2 5. .:7J../4 .-.48 /.84 4.8 4507. 9. F54.2 1479020390 80: /0803.808 3..79248 .03947 /48 4.

/004  ./.< #0.7924 2F94/4/0.842.507 -.57470884 -2 -5 089E .57207.47708543/039083.80:3/.4!07:.-70..792F9..804: 80341.2 5/48907248. 57470884 7 .        3  < < < 0394. .57470884.3/4.94/06:0.- - - -   -3  .:7J.884.884.48907248/..84 4...57470884042F97.48 907248 /0:2..4574/:94/0/48907248/.

/004  .-70.4!07:.:7J..84 4.< #0.7924 7 .

4!07:.7924 7 .< #0./004  .:7J.84 4.-70..

-70.:7J.< #0.84 4../004  .7924 7 .4!07:.

7924 7 .84 4./004  ..:7J.-70.4!07:.< #0.

.024 54903 6:0 831.8 ./.. /0 05727 .3/./004  .8 0 -E8. 1472..0 6:0 3/.0397. 4 4 /0 /74F34  4 5 F 8250820390 :2. /4 ./0 30:97.-70.8 .4 /4 4 /74H34 . ../.4 0 4  F 5..8 84:08 E.094 14 3974/:/4 547 $ !  $ 703803 02   5 /07.4 F :2 J3/.7.. . 54/07 /0 .4!07:.43..4708 /0 5 < < < 7 .   54/02 807 /0391. /0 /74H34 3./0 /0 :2 204 .4 0134 5 4: 54903./0 4: ..43..43....97.< 0134 5  54903..F8 /48 80:8 . /74033..0397.:7J./.

80 F 94/.4!07:. 8:893..0-0 57O9438  7 .< 0134 5 0134 . 57O9438  ..-70. 6:0 /4./4 F 94/./004  . 8:-893.. 6:0 70.:7J.

/.:7J.425479./004  .-70.4 #0.48251...4!07:./..7E907 E./.3157O9../.:94 43.:94 7 .< 0134 5 0134  E:.4 4: 80. 902 ...20394 ./4 6:.4 #0.394 -E8.48251.394 . 9.

8 (     5 $4:08-E8.-./004  ./0 ( .4/0 8251.:4 /4 5 0134 06:.8 (     5 $4:0830:97.8 $4:08-E8.0-/.4708506:0348030.84.4397E7./.4244-09.:7J...42.43.E.48 547 907J.4708506:0348030.7.48 88480:9.9. $4:08E..248 6:097.907J..483..43.4F8250820390:2. ..248 .4!07:.< 0134 .-70.1O72:..43:2F7.8 (     5 7 .9..30./0134.9.8 $4:08E./.7.705708039.

..-70. /0 5 0134 7 .:7J..< 0134 08./004  .4!07:.

4 1. /0 ...47 /03974 /0 :2 506:034 3907.3E80  .7./47 /0 5 3. 84:4 &2 3/./004  . 84:4 02 ...8 1472.7 4 5 0134 !47 .8 6:0 9H2 0897:9:7..4708 /10703908 7 ..7./47 .8 /8939..-70.4 /0 5 /0.2 .94 /0 54/07 0897 02 /:.47 /4 3/.8 0 .4!07:./47 F :2./4 /0 :2 3/. 6:0 . .4314720 4 5 /.< 0134 ../4 .5708039.:7J.424 /090723.8 4: 2. 8:-893.

...4!07:.7.:383/.:7J../004  .42.08/0.-0.< %.-70./4708 7 .

./74 2:94 134 6:0 089.. 84:4 . 472.8 /0 . 84:4 39073.4!07:. 0 . /10703.:7J...704 . :2.-00..4708 .0 /0 70107H3. 00974/4 F 1094 /0 :2 ./74 0 :2.5.424 /090723.< 0134 .42 :2 54394 4: .7. 08.20974 .8 . /4 00974/4 6:0 807..-7.4708 /0 5 6:0 84 48 . /0 09:7.438890 /0 :2 00974/4 /0 ../48 3. 08.4 7 .7 4 5 0134 &9.-7. /0 54903./004  .. 08.42 /48 543948 2... 0F97.. /0 09:7. /0 .3/4 :2 50. 807 20//..4 .477094 .079/4 5.0 0 20/0 ...5708039. 03970 . 54903.4 F 0394 .-70.43.

 03989./4 E9.8 .07J03..2 :2 34.80290254 .4 7 .8 /0 ./004  .F:.F:.-70.7-:7 57F24 4-0  /08././4 . 1J8..< 5 0 .8 ./08 6:0 -O58.../.7.F:.3.4 6:0 54/07E 507297 03970 4:97./4 7097.2097420/0534390747/0.8 80.4-7: 6:0 .8 574/:02 E.3.8 5488-/.8 7 994 ... 30. .7.088/.77.34 70.4 3897:20394 O59.2 109.907. 7097. /4 2.F:.8 802 .8 .4 0 .2 5 E. 6:0 40 00 .34 50..07J03./0 /. 089.5708039.8 .:7J.07J03.4!07:. 807 .43806Q039020390 . 00.8 .3.8.:4 /0 :2 574.3.8.0/20394 .

-70.2508 7 .%..4!07:.:7J./004  .

-.80 .-70. 8:../004  .08 -7:8./4 /0 E. 03970 :2 E./4  8:./4 17. . 7 .2508 43...43899:J/. 84:.07948 2908 .425484 7088902 /03974 /0 ./. 4: /0 :2 E...43:.4 0 ..:7J.4 9./4 &2.%. . 289:7.7.4!07:.8 34 5 50.254 F . 547 :2. .094 $4 84:08 6:0 /0.

2 94/4 4 80: .-70.3/4 34 -07./4  0..2./4  34 /884..2508 43./48 17../4 7 .8:./4 17.48 6:./48 84 .094 .4!07:.394 .:7J./004  ./0 F/0E./884. 4039..4390/4 /0  6:.%. 1472..47 6:.4    890 :206:J-74 039704E.  E./.3/4 02 84:4 ..2.6:48.39/.

 #0.80 F 6:.7 .2508 43. 547 6:0 089E .43:..4!07:.43:.-70.80./.43:.4   F./.094 ..884. .%.. ./4 17../004  .884.80.:7J./.0-0 4 3420 /0 -.5.80.6:07 8:-893. :2 E.4  E. ../.-.43:../.   7 . .. /0 80 .80 ./4 17.

4!07:.47707E ./004  ./.20394  E.4 /0  547 ..4 /0  4 5 F 2.7F8.. .4    $0 34 88902. 70.-70. .24 /0 -.43.2508 :.39/4 7 .39/4 $0 34 88902./4 17.47707 .4 807E /084.4 /0  E.7F8. 4.47707 . .4 /0  547 .. 70.:2034 3.:7J.0397.43...4 /0 E:. 34 8039/4 /.4 807E /084. 1472.4 4 5 F 2.24 /0 E.%.0397./4  .:2034 3. 4../.80  4.../4 17.43. 34 8039/4 /. 1472.. 1472.

42 ..08 /0 5 7 .43. 1472./48 17.39/.4    089./4 4: -.:7J. .4 /0  F 2. .20390 .907.43.4 6:0 E..48 8.80 34 204 A 547 0890 249.%.9./4 17..24 /0 E.. ./004  ..390 0 4 5 34 204 34 80 .2 ..20394  E.0397.4389.2508 232.4 9.7F8.7.2508 :.. 831.4!07:.-70.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->