Você está na página 1de 9

ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

GEOGRAFIA – NETO C) mármore, quartzito, granito.


01. (Fuvest) Da ação de solapamento realizada pelas ondas do mar na D) basalto, calcário, carvão.
costa brasileira resulta uma forma de relevo escarpado, que se E) calcário, carvão, arenito.
apresenta, geralmente, mais vertical nas formações sedimentares
que nas cristalinas. São 07. As zonas sísmicas do globo estão associadas:

A) os tômbolos. A) às áreas de contacto das placas tectônicas.


B) os "pães-de-açúcar". B) à presença de estruturas geológicas muito antigas.
C) as falésias. C) à formação das bacias sedimentares.
D) os canyons. D) aos escudos cristalinos ou maciços antigos.
E) os fjords. E) aos dobramentos antigos.

02. As formas presentes no relevo terrestre resultam da estrutura 08. Assinale a alternativa que contém os principais agentes internos de
geológica e dos processos geomórficos. As altas montanhas, como formação do relevo.
o Everest no Himalaia, e as fossas oceânicas são formas que A) tectonismo, vulcanismo e abalos sísmicos;
resultam da ação dos fatores B) erosão, abrasão e corrosão;
A) internos, tais como vulcanismo e tectonismo, responsáveis C) pedogênese, terremoto, erosão;
pela estrutura do relevo. D) vulcanismo, erosão e sedimentação;
B) externos, tais como erosão e ação humana, responsáveis pela E) abalos sísmicos, deslizamento e pedogênese.
modelagem do relevo.
C) climáticos, tais como temperatura e pressão atmosférica, 09. A Teoria da Deriva dos Continentes:
responsáveis pela esculturação do relevo.
D) externos, tais como vulcanismo e erosão, responsáveis pela A) está sendo inteiramente contestada pela Teoria da Tectônica
modelagem do relevo de Placas.
E) internos, tais como ação humana e tectonismo, responsáveis B) é anterior e serviu como base para o desenvolvimento da
pela esculturação do relevo. Teoria da Tectônica de Placas.
C) admite que inicialmente só existia um supercontinente do qual
03. “Esse tipo de ação erosiva age na atualidade, principalmente nas teriam se originado os continentes atuais.
áreas de altas latitudes. No passado geológico, deixou sinais de sua D) é de autoria de Roland Stevenson.
atividade em lugares de latitudes médias como a região dos E) está corretamente mencionada nas alternativas b e c.
Grandes Lagos dos Estados Unidos”.
O tipo de ação erosiva descrita no texto é a: 10. As rochas, antes de serem trabalhadas pela erosão, são
“preparadas” por um conjunto de reações químicas ou fenômenos
A) marítima físicos, para ação de desgaste.
B) eólica
C) glacial A essa fase que precede a erosão denominamos:
D) fluvial
E) antrópica A) abrasão
B) intemperismo.
04. (FEI-SP) Sobre a estrutura interna da terra, é correto afirmar:
C) orogênse.
I. Essa estrutura não é estável e o deslocamento e as D) evapotranspiração.
acomodações de blocos produzem efeitos na superfície
terrestre. E) estratificação.
II. Acredita-se que os continentes estejam caminhando, afastando-
se de uma posição original onde havia apenas um bloco
continental: a Pangéia. GEOGRAFIA – MARCELO LIMA
III. O contato entre as placas tectônicas não produzem efeitos 11. Sobre a distribuição espacial da indústria nos Estados Unidos,
sensíveis na superfície terrestre. pode-se afirmar que
A) Apenas I e II estão corretas
I. no Sul, o Texas concentra importante indústria alimentícia e
B) I, II e III estão corretas
têxtil, fruto dos investimentos governamentais na época da
C) Apenas I e III estão corretas
Guerra Fria, visando a integração da região.
D) Apenas II e III estão corretas
II. Nova York, situada na região dos Grandes Lagos, é a "capital
E) Apenas II está correta
industrial" do país e concentra uma produção diversificada,
com destaque para as indústrias automobilísticas.
05. Assinale a alternativa onde encontramos apenas rochas III. o Nordeste é a região de maior concentração industrial e
metamórficas: urbana, formando um cinturão que se estende dos Grandes
A) gnaisse, mármore, quartzito. Lagos à costa do Atlântico.
B) calcário, carvão, arenito. IV. no Oeste, encontram-se as mais importantes concentrações de
C) basalto, calcário, carvão. indústrias de alta tecnologia que formam, ao sul de São
D) granito, basalto, calcário. Francisco, o Vale do Silício (Silicon Valley).
E) mármore, basalto, carvão.
São corretas SOMENTE
06. Assinale a alternativa onde encontramos apenas rochas
A) I e II
sedimentares.
B) I e III
A) granito, basalto, calcário. C) II e III
B) carvão, arenito, gnaisse. D) II e IV

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 1


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

E) III e IV
Dentre as características do atual modelo de produção industrial, a
que melhor se relaciona às informações do trecho anterior é:
12. A indústria de automóveis japonesa Toyota revelou que pretende
plantar ao redor de suas fábricas, na Grã-Bretanha, árvores A) mercado de trabalho que exige qualificação da mão-de-obra
manipuladas geneticamente para absorver os gases poluentes B) estratégias de produção que transpõem as fronteiras nacionais
emitidos pelos motores que queimam combustíveis fósseis. C) pesquisa científica que promove o desenvolvimento de novas
("JORNAL DO BRASIL", 18/08/98) tecnologias
D) ramos industriais novos que constituem elementos dinâmicos da
A notícia anterior revela uma preocupação, em certas partes do economia
mundo, de combater o problema ambiental de: E) ramos industriais partidários sem consumo.
A) desmatamento. 16. Nos últimos séculos, o desenvolvimento da atividade industrial
B) desertificação. aumentou a presença de gases nocivos na atmosfera. Analise as
C) efeito estufa. afirmativas a seguir:
D) assoreamento.
E) erosão eólica. I. A temperatura média da Terra tem aumentado por causa do
dióxido de carbono, que acelerou o efeito estufa.
13. O modelo industrial está passando por transformações. É a II. Se a concentração de gás carbônico na atmosfera continuar
revolução tecnocientífica, que tem por características o(a): aumentando, poderá haver problemas ligados à fusão das
geleiras nos domínios polares.
A) petróleo como principal fonte de energia. III. O aumento da temperatura média na Terra resultará em
B) ampliação dos postos de trabalho no setor secundário. alterações na biosfera, influenciando a distribuição geográfica
C) biotecnologia como setor de ponta. dos seres vivos.
D) limitação das atividades das transnacionais.
E) transferência dos pólos tecnológicos para os países A) se todas as afirmativas estiverem corretas
subdesenvolvidos. B) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas
C) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas
D) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas
14. "Normalmente habituados a considerar estatística e cientificamente
E) se nenhuma afirmativa estiver correta
como pobres, todas as pessoas que não atingem um nível mínimo
de sobrevivência, sociólogos e economistas do Primeiro Mundo
confirmam, em seus países, o surgimento de uma classe de 17. Existe um setor que é considerado fundamental na economia. De
indigentes formada não só por imigrantes ou refugiados, mas sim acordo com Adam Smith, ele está associado à construção da
por uma parte da força de trabalho do próprio país. O fenômeno se "riqueza das nações", na medida em que tem a capacidade de se
deve à reestruturação industrial e ao esfacelamento do sistema de inter-relacionar com os demais setores econômicos. Que setor da
garantia e assistência social." economia é esse?
A) Setor Primário.
Da leitura do texto e de seus conhecimentos sobre a economia B) Setor Terciário.
mundial é possível afirmar que C) Setor de Serviços.
D) Setor Agrícola.
A) há uma forte tendência a aumentar o número de pobres à E) Setor Secundário.
medida que mais trabalhadores passam a atuar no setor
terciário. 18. A industrialização nos países do chamado Primeiro Mundo, os
B) a pobreza de parcelas consideráveis da população é resultado países capitalistas economicamente desenvolvidos, entrou, nas
do declínio da participação dos países ricos no comércio últimas décadas do século XX, em uma fase conhecida como
mundial. Terceira Revolução Industrial. No que se refere à utilização de
C) a política neoliberal praticada pelos governos dos países ricos, fontes de energia para a produção econômica nessa nova fase de
a partir da década de 80, tem promovido a concentração de industrialização, é CORRETO afirmar que:
renda e gerado o aumento da pobreza. A) o carvão mineral é a principal fonte de energia da atualidade,
D) o surgimento da pobreza entre parte da população dos países em função da importância das máquinas a vapor.
ricos está associado à formação dos blocos econômicos que B) a única fonte de energia da atualidade é a nuclear, por causa
permitem a livre circulação de pessoas e mercadorias. da importância da indústria automobilística.
E) os maiores índices de pobreza estão concentrados nas áreas C) a utilização de qualquer fonte de energia tende a ser
rurais e nas pequenas cidades dos países ricos, não existindo abandonada, a despeito da atual importância do petróleo, a fim
nas grandes metrópoles mundiais. de se evitar danos ambientais.
D) a utilização de fontes de energia renováveis e menos
15. "O filme publicitário começa com meninos jogando futebol na rua. poluidoras tende a prevalecer, apesar de ser ainda muito
Logo essas cenas passam a ser intercaladas, de forma simétrica, grande a importância do petróleo para o desenvolvimento
com imagens de Ronaldinho jogando pela seleção brasileira. (...) industrial.
Uma típica cena brasileira usada para vender uma marca E) a utilização do carvão vegetal tende a tornar-se predominante,
americana, a Nike?(...) pois é hoje cada vez maior a consciência da necessidade de
Com faturamento de US$ 9,2 bilhões no ano fiscal terminado em proteger o meio ambiente.
maio de 1997, a fabricante de roupas e calçados esportivos Nike
acabou se tornando, nos últimos anos, um dos melhores exemplos 19. "Modernização de fábricas no Brasil é estopim da greve na General
de uma empresa global(...). Motors dos Estados Unidos." (Revista "Época", 22.6.1998.)
A Nike não é dona de nem sequer uma fábrica, não emprega No sistema globalizado, a afirmação destacada indica a "fábrica
nenhum operário, não tem nenhuma máquina.(...) global," onde
Atualmente, cerca de 80% dos calçados da Nike são feitos em
fábricas de cinco países asiáticos(...)." I. a produção e o consumo se mundializaram e cada etapa do
(Adaptado de "Folha de São Paulo", 02/11/97) processo produtivo pode ser desenvolvida em um país

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 2


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

diferente. D) a África e a América do Sul estão se distanciando, com o


II. os Países Recentemente Industrializados (NIC's) garantem o alargamento do Oceano Atlântico e o deslocamento da placa
acúmulo de capitais em grande escala e promovem a pesquisa, Sul-Americana em direção à de Nazca.
o que resulta num acelerado avanço tecnológico e na E) o surgimento dos Apalaches e das fossas do Pacífico resultou
homogeneização do espaço. do choque entre as placas Americana e Asiática no período
III. o Estado enfraquecido, que perde poder face às grandes terciário da era atual.
corporações, é substituído pela ação das Organizações Não- 23. Observe as proposições a seguir:
Governamentais.
IV. o capital aproveita-se das vantagens e das possibilidades de I. As rochas cristalinas do tipo magmática foram formadas nas
lucro que a diversidade do espaço mundial pode oferecer. primeiras eras geológicas.
II. O tectonismo corresponde ao processo de dobramento e
Está(ão) correta(s) fraturamento da crosta terrestre.
III. As voçorocas são enormes buracos feitos pela erosão,
A) apenas I. resultantes da ação conjugada de enxurradas e águas
B) apenas II. subterrâneas em terrenos de fragilidade.
C) apenas II e III. IV. As restingas são acumulações arenosas que unem ilhas a
D) apenas I e IV. continentes, originando penínsulas.
E) I, II, III e IV. V. As planícies são superfícies mais ou menos aplainadas ou
mesmo acidentadas, formadas por erosão e acumulação, em
20. As afirmações a seguir apontam algumas tendências da nova lógica estruturas cristalinas.
de localização industrial.
Estão incorretas:
I. Distribuição dos estabelecimentos industriais das empresas
em diferentes localidades de tradição manufatureira. A) IV e V;
II. Separação territorial entre processo produtivo e gerenciamento B) I, II e III;
empresarial com a reintegração de ambos por intermédio de
redes informacionais. C) II, IV e V;
III. Desconcentração da atividade industrial e emergência de D) III e IV;
novos espaços industriais, estruturando redes globalizadas.
IV. Concentração territorial da indústria dependente de fontes de E) III, IV e V.
energia e matéria-prima.
Está correto apenas o que se afirma em 24. O Himalaia, os Andes e as Rochosas são exemplos de cadeias
montanhosas
A) I e II.
B) I e III. A) originadas de dobramentos de idade cenozóica.
C) II e III. B) resultantes de blocos falhados de idade proterozóica.
D) II e IV C) originadas de dobramentos de idade paleozóica.
E) III e IV D) resultantes de falhamentos do cristalino de idade mesozóica.
E) originadas de fraturamentos e diaclasamentos de idade
21. Com o desenvolvimento da Teoria das Placas Tectônicas, nos anos cenozóica.
60 e 70, fenômenos como o vulcanismo, os terremotos e a
formação de cadeias montanhosas vêm tendo uma compreensão 25. O basalto, o carvão mineral e o gnaisse são, respectivamente,
mais aprofundada. Isto permite, inclusive, a previsão de eventos de exemplos de rochas:
alta intensidade destrutiva, conforme a possibilidade de que a A) magmática extrusiva, metamórfica e magmática intrusiva;
Califórnia, nos próximos anos, venha a sofrer um grande terremoto, B) magmática extrusiva, sedimentar e metamórfica;
já que, nessa região, a crosta terrestre: C) metamórfica, sedimentar orgânica e dedrítica;
A) apresenta uma zona de encontro de placas tectônicas com D) química, orgânica e dedrítica;
expansão do assoalho oceânico. E) orgânica, metamórfica e dedrítica.
B) se encontra profundamente fraturada pela formação de uma
dorsal oceânica. 26. O continente americano apresenta uma certa semelhança na
C) está sendo empurrada para baixo formando uma fossa abissal. formação de seu relevo. De oeste para leste observa-se:
D) forma uma área de separação de placa com forte epirogênese. A) planície, planalto, montanha, serra
E) se divide em duas placas que deslizam paralelamente em B) planalto, montanha, planície, montanha
sentidos contrários. C) planalto, planície, montanha, planalto
D) planície, montanha, serra, planície
22. As massas continentais que conhecemos não são fixas, mas se E) montanha, planície, planalto, planície
separam, se chocam, abrem fendas e levantam montanhas. Com
base na teoria da Deriva dos Continentes, aperfeiçoada pela teoria 27. A um conjunto de montanhas mais ou menos alinhadas, que não
da Tectônica de Placas, é possível admitir que possua grande extensão, nem grandes altitudes, damos o nome de:
A) cordilheira
A) o material magmático que sobe para a crosta terrestre vem
B) morros
impedindo que o "Chifre da África" se separe do restante do
C) serra
continente africano.
D) colina
B) os continentes, massas flutuantes sobre um mar de magma,
E) depressão
tendem a se agrupar em um único megabloco, denominado
Pangéia. 28. Para as formas do relevo que se apresentam mais baixas que as
C) o "anel de fogo" do Pacífico sofrerá os efeitos do terremoto Big terras vizinhas, damos o nome de:
One, exceto a Califórnia situada na borda da placa Norte-
Americana, onde a energia acumulada é menor. A) planaltos
B) depressões

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 3


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

C) planícies E) dependeu de progressos náuticos que, para a época podem


D) montanhas ser considerados verdadeiramente revolucionários.
E) cordilheiras
32. Portugal no contexto dos Grandes Descobrimentos apresentava
29. Sobre os agentes que modelam o relevo terrestre, as modificações elementos medievais e modernos que conduziram a um tipo
que ocorrem na crosta e as formas que assumem essas alterações, peculiar de colonização. No Brasil, heranças portuguesas
é INCORRETO afirmar que: mesclaram-se àquelas provenientes da presença indígena e
A) os movimentos tectônicos, que provocam dobras e falhas, são africana, conduzindo a um tipo específico de formação social.
os mais duradouros e os que mais profundas alterações Baseando-se nessas considerações, assinale a alternativa correta
determinam nas paisagens. de acordo com as afirmativas abaixo:
B) o vulcanismo extrusivo determina derrames de rochas ácidas e
básicas, sendo que as últimas formam depósitos mais I. No imaginário português, o mar apresentava-se como a morada
extensos. de seres lendários e míticos; condição de purgatório ou paraíso
C) os falhamentos ocorrem, de um modo geral, em terrenos para aqueles que o atravessavam. Paralelamente, a nação
pouco resistentes, e são responsáveis pela formação de portuguesa apresentava-se como o símbolo da possibilidade de
"horts" (blocos deprimidos) e "graben" (blocos levantados). dominar o mar, ao criar um grande império comercial e sacralizá-
D) as águas correntes são os mais importantes agentes de erosão lo através da disseminação do Cristianismo.
e sedimentação, exercendo sua ação sobretudo através do II. A expansão colonial reforçou a velha prática medieval em
trabalho fluvial. Portugal de distribuição de privilégios para a nobreza,
E) a erosão eólia dá lugar a formas pitorescas (mais estreitas na fortalecendo seu parasitismo. No Brasil, tal prática realizava-se
base), em virtude de a ação do vento ser mais intensa na pela distribuição de cargos político-burocráticos, além de
superfície. sesmarias, gerando as bases para a constituição de uma elite
colonial.
30. A estrutura geológica, os tipos de rochas e de solos e a morfologia III. A ordem jurídica da sociedade portuguesa era a estamental,
do relevo devem ser levados em conta na organização do espaço, classificando os indivíduos entre nobreza, clero e povo. No Brasil,
pois estão relacionados com a(o): não havia diversificação na hierarquia social. O único critério de
I. ocorrência ou não de fenômenos como o vulcanismo e divisão social baseava-se no estatuto jurídico: homens livres X
terremotos. cativos.
II. ocupação e distribuição geográfica da população. A) Todas estão corretas.
III. traçado e implantação de rodovias e ferrovias. B) Somente I e II estão corretas.
C) Somente II e III estão corretas.
Assinale a opção que contém a(s) afirmativa(s) correta(s):
D) Somente I e III estão corretas.
A) apenas I. E) Todas estão erradas.
B) apenas II e III.
C) apenas I e III. 33. (UFPB) Leia as estrofes do poema “A canção do africano”.
D) apenas II. “Lá na úmida senzala,
E) todas. Sentado na estreita sala,
HISTÓRIA – ISMAR TAVARES Junto ao braseiro, no chão,
Entoa o escravo o seu canto,
31. (UFSE) E ao cantar correm-lhe em pranto
Saudades do seu torrão...
I. “Foi preciso um aprimoramento dos conhecimentos geográficos, De uma lado, uma negra escrava
sobretudo os ligados aos mares e oceanos, e também o Os olhos no filho crava,
desenvolvimento da cartografia, de modo a se ter melhor Que tem no colo a embalar...
representação dos lugares, das dimensões, das distâncias.” E à meia voz lá responde
II. “Desenvolveram-se também a elaboração e uso de instrumentos Ao canto, e o filhinho esconde,
náuticos que auxiliavam a navegação, importantes sobretudo Talvez p’ra não a escutar!
para as viagens a longa distância, como a bússola e o ´Minha terra é lá bem longe,
astrolábio.” Das barras de onde o sol vem;
III. “A construção de embarcações teve que responder às Esta terra é mais bonita,
necessidades de expansão. Teve três tipos de embarcações Mas à outra eu quero bem!
capazes de realizar viagens de longa distância: a piroga com ´Lá todos vivem felizes,
balanceio, usada de Madagáscar à Ilha de Páscoa; o junco com Todos dançam no terreiro;
fundo chato, utilizado nos mares do Extremo Oriente e o navio A gente lá não se vende
com quilha, usado na Europa.” Como aqui, só por dinheiro´.
O escravo então foi deitar-se,
Com base nos textos é correto afirmar que a expansão marítima Pois tinha de levantar-se
européia: Bem antes do sol nascer,
E se tardasse coitado,
A) desacelerou o desenvolvimento dos conhecimentos sobre Teria de ser surrado,
navegação marítima do homem moderno; Pois bastava escravo ser.
B) resultou da utilização de processos de fabricação e orientação E a cativa desgraçada
náuticos desenvolvidos pelos chineses e polinésios; Deita seu filho, calada,
C) revelou cientistas náuticos que, eliminaram todos os E põe-se triste a beijá-lo,
problemas práticos enfrentados em cada viagem marítima no Talvez temendo que o dono
Atlântico; Não viesse, em meio ao sono,
D) demonstrou que os conhecimentos do homem moderno sobre De seus braços arrancá-lo!”
navegação eram considerados extremamente precários;

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 4


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

ALVES Castro, Recife, 1863. In: GOMES, Eugênio (org.) Castro Alves: podiam extrair gêneros extras para sua subsistência, como o
obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1976. tabaco, a banana, o cará, a comida de regalo, etc.;
B) um mecanismo de distração dos senhores, os quais passarão
As estrofes espelham a situação do africano, escravizado e exposto a produzir alguns gêneros para sua subsistência, criando,
a uma nova realidade e condições de vida, diferentes daquelas a assim, uma válvula de escape contra as pressões do sistema;
que estava habituado, restando-lhe poucas opções. C) um mecanismo de distração para os escravos que, após
Tendo como base de referência esse poema, analise as seguintes passarem a semana inteira produzindo apenas cana-de-
afirmações: açúcar, em um dia da semana poderiam se dedicar ao plantio
de outros gêneros, além de receberem uma pequena parcela
I. A opção pela escravidão do africano deveu-se, principalmente, da produção para seu próprio consumo;
à possibilidade de ampliação do lucrativo comércio que se D) um mecanismo de controle e manutenção da ordem escravista,
estabeleceu entre a Colônia brasileira e a burguesia já que senhores e escravos podiam trabalhar conjuntamente,
metropolitana portuguesa. distraindo-se das tensões permanentes do sistema e
II. Os africanos vinham para o Brasil em navios negreiros. Por se amenizando as profundas diferenças sociais existentes entre
tratar de uma carga lucrativa, os traficantes tinham o maior eles;
cuidado em transportá-los , tomando medidas cautelares, no E) uma espécie de propriedade privada dos escravos, que
que dizia respeito à alimentação e a higiene a fim de evitar a possibilitava a estes produzir gêneros complementares para
proliferação de doenças dentro das embarcações. sua subsistência, suprindo também as necessidades
III. A ordem geral imposta pelo proprietário era a obediência do alimentares de seu senhor, que trocava esses produtos por
escravo e, caso não fosse cumprida, ele era submetido a cana-de-açúcar.
castigos corporais cruéis. A principal reação dos escravos era
fugir em busca de liberdade e para se defenderem da 35. ( UFPE/2007 ) A União Ibérica durou 60 anos e teve influência na
perseguição formavam comunidades chamadas quilombos. colonização portuguesa do Brasil. Durante o período da união entre
Portugal e Espanha, o Brasil:
Está(ão) correta(s) apenas:
A) Conviveu com muitas rebeliões dos colonos contra o domínio
A) I e III espanhol.
B) II e III B) Registrou conflitos entre suas capitanias, insatisfeitas com a
C) III instabilidade econômica.
D) II C) Conseguiu ficar mais livre da pressão dos colonizadores
E) I europeus.
D) Atingiu o auge da sua produção açucareira com ajuda de
34. (PUC-RS) INSTRUÇÃO: Responder à questão 10 sobre a capitais espanhóis.
escravidão no Brasil, com base no texto abaixo. E) Foi invadido pela Holanda, interessada na produção do açúcar.

“A Brecha Camponesa 36. (FACID/2006) “ O negro foi exposto a um mundo social que se
organizou para os segmentos privilegiados da raça dominante”. (
Um outro mecanismo de controle e manutenção ‘da ordem Florestan Fernandes, Sociólogo ).
escravista foi a criação de uma margem de economia própria para o
O negro foi trazido para o Brasil para atender a uma necessidade
escravo dentro do sistema escravista, a chamada brecha
básica do colono branco: ser utilizado como mão-de-obra. Sobre o
camponesa’. Ao ceder um pedaço de terra em usufruto e a folga
mesmo e sua condição, podemos afirmar que:
semanal para trabalhá-la, o senhor aumentava a quantidade de
gêneros disponíveis para alimentar a escravatura numerosa, ao I. O escravismo colonial, iniciado no século XVI, foi estruturado
mesmo tempo em que fornecia uma válvula de escape para as como elemento de acumulação capitalista em conjunção com
pressões resultantes da escravidão (...). a política mercantilista.
O espaço da economia própria servia para que os escravos II. A partir de meados do século XVI, o número de escravos
adquirissem tabaco, comida de regala, uma roupinha melhor para africanos superou, totalmente os indígenas como mão-de-obra
mulher e filhos, etc. Mas, no Rio de Janeiro do século XIX, sua escrava nas áreas açucareira e mineradora.
motivação principal parece ter sido o que apontamos como válvula III. O negro foi escravo porque não reagiu à escravidão. Essa
de escape para as pressões do sistema: a ilusão de propriedade visão é falsa, preconceituosa e racista.
‘distrai’ a escravidão e prende, mais do que uma vigilância feroz e IV. Inferiorizado e adjetivado pelo homem branco como vadio,
dispendiosa, o escravo à fazenda. ‘Distrai’, ao mesmo tempo, o preguiçoso, traiçoeiro, malicioso etc., o negro perdia sua
senhor do seu papel social, tornando-o mais humano aos seus identidade e se submetia à estrutura escravista.
próprios olhos. (...) Certamente o fazendeiro vê encher-se a sua
alma de certa satisfação quando vê vir o seu escravo da sua roça Assinale:
trazendo o seu cacho de bananas, o cará, a cana, etc. (...) O A) I, II e III estão corretos.
sistema escravista – como qualquer outro – não poderia, B) Todos estão corretos.
evidentemente, viabilizar-se apenas pela força. ‘O extremo C) I, III e IV estão corretos.
aperreamento desseca-lhes o coração’, escreve o barão justificando D) I e IV apenas estão corretos.
a economia própria dos escravos, ‘endurece-os e inclina-os para o E) Todos estão errados.
mal. O senhor deve ser severo, justiceiro e humano’.”
REIS, João José & SILVA, Eduardo. In: BECHO, Myriam Motta &
BRAICK, Patrícia Ramos. História das cavernas ao terceiro milênio. 37. (UFRN) No século XVIII, teve inicio a exploração da região
São Paulo, Moderna, 1997, p. 248. mineradora no Brasil, provocando transformações importantes na
economia colonial, tais como o(a):
A chamada “brecha camponesa”, de que tratam os autores do texto,
refere-se a: A) desenvolvimento de um intenso mercado interno na colônia,
dinamizado por comerciantes e tropeiros atraídos pela chance
A) um pedaço de terra cedido em usufruto ao escravo, além de de enriquecimento;
uma folga semanal para trabalhar na terra, de onde os negros B) criação de um grande centro produtor de manufaturas, na zona
aurífera, o qual fornecia produtos para o consumo das outras

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 5


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

capitanias;
C) valorização da moeda local, possibilitando, a Coroa
portuguesa, obter um grande aumento da arrecadação
tributária que pesava sobre a colônia;
D) investimento de capitais estrangeiros na atividade
agroexportadora açucareira, para fazer frente ao rápido
processo de crescimento da mineração.
E) Uma revalorização da cultura canavieira no nordeste brasileiro.

38. ( UESPI/2000 ) “ A conquista e exploração das colônias é um ponto


essencial das idéias mercantilistas. A expressão clássica desse fato
em nível ideológico é a teoria do pacto colonial, onde se trai a falsa
suposição de que haveria de fato um pacto ou acordo tácito entre
as metrópoles e as colônias.”
( Francisco Falcon. Mercantilismo e transição. 1981 ).
Com base no fragmento acima, assinale a alternativa correta:

A) O termo pacto colonial é perfeitamente adequado para se


definir as relações entre metrópoles e colônias durante a era
moderna, na medida em que se mantém fiel a forma como os
conquistadores interpretaram as relações entre as duas partes.
( Sampaio. “Primeira Missa”. In: Humores nunca dantes navegados: o
B) Em termo de equivalência jurídica, é possível definirmos que Descobrimento segundo os cartunistas do sul do Brasil. Porto Alegre: SEC-RS,
as relações estabelecidas entre as metrópoles e suas colônias 2000 ).
durante a era moderna constituíram-se sob a forma de um Considerando a situação histórica e os significados expressos no cartum
verdadeiro pacto, haja vista a troca de vantagens entre as acima, analise as seguintes afirmações.
duas partes: às metrópoles era reservado o direito ao
“exclusivismo” colonial e às colônias o direito à constituição de I. O cartum retrata o momento inicial da conquista portuguesa,
um mercado interno e uma indústria autônomos. demonstrando aspectos do “choque cultural” ocorrido entre os
C) O termo pacto colonial, do ponto de vista historiográfico, é conquistadores e os indígenas.
inadequado para se definir a forma assumida pelas relações II. A dominação portuguesa do Brasil não se deu unicamente com
entre metrópoles e colônias durante a era moderna. Um dos base na exploração dos recursos naturais e do trabalho indígena,
motivos que o desqualifica é o fato de obscurecer o caráter mas também apresentou aspectos nitidamente ideológicos, como a
unilateral e espoliador destas relações. imposição da religião católica aos autóctones.
D) Os colonizadores europeus não concordavam com a utilização III. O cartum apresenta o momento inicial do contato interétnico como
do termo pacto colonial para definir as relações estabelecidas sendo de tensão e conflito armado e econômico, visto que os
entre as metrópoles e suas colônias. O principal motivo era a nativos reagiram às tentativas de vigilância impostas pelos
impossibilidade do termo definir , com precisão, a natureza conquistadores.
destas relações. Quais estão corretas?
E) As letras A e D estão corretas e são complementares.
A) Apenas I.
39. ( Unifesp/2007 ) “ Não é minha intenção que não haja escravos... B) Apenas I e II.
nós só queremos os lícitos, e defendemos (proibimos) os ilícitos”. C) Apenas I e III.
Essa posição do jesuíta Antônio Vieira, na segunda metade do D) Apenas II e III.
século XVII: E) I, II e III.

A) Aceita a escravidão negra mas condena a indígena. HISTÓRIA – WALLYSON VERAS


B) Admite a escravidão apenas em caso de guerra justa. 41. (UFPB) O conhecimento histórico evoluiu muito no Ocidente. Suas
C) Apóia a proibição da escravidão aos que se convertem ao linguagens, teorias e conceitos exigem do historiador uma formação
cristianismo. profissional complexa e abrangente.
D) Restringe a escravidão ao trabalho estritamente necessário. Sobre a historiografia e sua evolução, é correto afirmar que
E) Conserva o mesmo ponto de vista tradicional sobre a
escravidão em geral. A) a História-crônica surgiu no século XIX, influenciada pelo
positivismo.
40. ( UFRS ) Observe o cartum abaixo: B) o conceito de representação é chave para a História-ciência,
especialmente na investigação das realidades econômicas.
C) a análise quantitativa é muito utilizada pela Nova História
Social para compreender o cotidiano e os mitos.
D) a ciência da História surgiu na Antigüidade, fruto da criação do
método crítico por Heródoto.
E) a perspectiva da História Total foi contribuição do marxismo
para a abordagem das estruturas econômico-sociais.

42. (UFES) Na Antigüidade Oriental, o Modo de Produção Asiático


caracterizou-se fundamentalmente pelo(a):

A) fracionamento da propriedade fundiária em partes entregues a


nobres da Casa Real;
B) concentração do controle da produção num partido político;
C) apropriação formal da terra pelo Estado e efetiva pela

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 6


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

comunidade camponesa, cujos membros deveriam pagar 45. (UFRS) O atual Iraque abrigou territorialmente a maior parte da
impostos e prestar serviços ao Estado; Antiga Mesopotâmia ("terra entre rios") berço de ricas civilizações.
D) emprego da força de trabalho escravo, com um comércio Entre essas civilizações encontram-se os sumerianos, os quais se
operoso, controlado por uma burguesia ativa e numerosa. caracterizavam por
E) industrialização acentuada, calcada sobre uma farta e barata
força de trabalho servil, amplamente dominada pela A) apresentar uma comunidade constituída por clãs familiares
aristocracia fundiária. independentes, onde a administração política descentralizada
era exercida pelos patriarcas das aldeias.
43. (FUVEST) Sobre o surgimento da agricultura - e seu uso intensivo
B) constituir um império duradouro e unificado, imune, graças a
pelo homem - pode-se afirmar que:
suas defesas naturais e a seus grandes exércitos, aos perigos
inerentes às migrações de sociedades nômades.
A) foi posterior, no tempo, ao aparecimento do Estado e da C) representar uma sociedade liderada pela oligarquia mercantil e
escrita. pelos proprietários de navios, cujo poder e riqueza advinham
B) ocorreu no Oriente próximo (Egito e Mesopotâmia) e daí se sobretudo do comércio e do domínio dos mares do Oriente
difundiu para a Ásia (Índia e China), Europa e, à partir desta Médio.
para a América. D) provocar uma ruptura embrionária entre a dimensão divina e a
C) como tantas outras invenções teve origem na China, donde se dimensão humana da figura real, dado que o "Patesi" não era
difundiu até atingir a Europa e, por último, a América. o seu próprio Deus, como no Egito, mas apenas seu
D) ocorreu, em tempos diferentes, no Oriente Próximo (Egito e representante.
Mesopotâmia), na Ásia (Índia e China) e na América (México e E) formar um povo economicamente auto-suficiente, que não
Peru). praticava relações comerciais com o exterior.
E) de todas as invenções fundamentais, como a criação de
animais, a metalurgia e o comércio, foi a que menos contribuiu 46. (UFC) O nome do rei egípcio Amenófis IV (c.1377 a.C. - c.1358
para o ulterior progresso material do homem. a.C.) está ligado à reforma religiosa que substituiu o culto de Amon-
Rá por Áton e determinou o fim do politeísmo. Além do caráter
religioso, essa reforma buscava:
44. (UFSM)
A) limitar a riqueza e o poder político crescentes dos sacerdotes.
B) reunificar o Egito, após as disputas promovidas pelos
nomarcas.
C) pôr fim às revoltas camponesas motivadas pelos cultos
antropomórficos.
D) reunir a população, por meio da religião, para fortalecer a
resistência aos hicsos.
E) restabelecer o governo teocrático, após o crescimento da
máquina administrativa.

47. (UFRN) Na Antigüidade, durante o reinado de Ciro I (559-529 a. C.),


os persas construíram um vasto império e governaram diferentes
povos, adotando uma política que respeitava as diferenças culturais
e religiosas. Esse modo de proceder está exemplificado no fato de
A) incorporarem a cultura sumeriana, especialmente os registros
Entre os tesouros encontrados no túmulo de Tutankhamon (faraó da nova língua semítica em caracteres cuneiformes.
que reinou entre 1332 e 1322 a.C.), acha-se este baixo-relevo em B) arregimentarem entre os caldeus, após a conquista da
ouro representando uma cena da vida privada da família real: a Babilônia, os sátrapas, administradores encarregados das
esposa do faraó esfregando óleo perfumado no corpo do marido. províncias imperiais.
Dos artesãos e trabalhadores em geral que produziram o túmulo e C) libertarem os judeus cativos na Babilônia, que retornaram à
suas riquezas, não se acharam vestígios. Sobre essas figuras Palestina e reconstruíram o templo de Salomão e o culto a
anônimas, pode-se afirmar: Iavé.
D) difundirem no Egito o culto de Ahura-Mazda, que, integrando-
I. Eram cidadãos do Estado teocrático egípcio e, como tais, se às idéias religiosas egípcias, deu origem ao maniqueísmo.
tinham direitos semelhantes aos dos seus reis e patrões. E) Responsável pela conquista do Egito, na Batalha de Pelusa.
II. Serviram aos soberanos egípcios e garantiram a sobrevivência
dos valores deles por meio de obras artísticas. 48. (UFSM) A região da Mesopotâmia ocupa lugar central na história da
III. Eram operários das obras funerárias dos reis e aristocratas e humanidade. Na Antiguidade, foi berço da civilização sumeriana
tinham seus direitos garantidos por severa legislação do devido ao fato de
Código de Hamurabi. A) ser ponto de confluência de rotas comerciais de povos de
IV. Eram homens e mulheres que entregavam o trabalho e a vida diversas culturas.
para que a grandeza do Estado egípcio se perpetuasse no B) ter um subsolo rico em minérios, possibilitando o salto
tempo. tecnológico da idade da pedra para a idade dos metais.
Está(ão) correta(s) C) apresentar um relevo peculiar e favorável ao isolamento
necessário para o crescimento socioeconômico.
A) apenas I. D) possuir uma área agriculturável extensa, favorecida pelos rios
B) apenas I e II. Tigre e Eufrates.
C) apenas II e IV. E) abrigar um sistema hidrográfico ideal para locomoção de
D) apenas III e IV. pessoas e apropriado para desenvolvimento comercial.
E) I, II, III e IV.
49. (UFRS) A chamada Revolução Urbana foi antecedida pelos

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 7


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

avanços verificados no período neolítico, a saber, a sedentarização milênios: as pirâmides de Gizeh, as tumbas do Vale dos Reis e os
das comunidades humanas, a domesticação de animais e o numerosos templos construídos ao longo do Nilo.
surgimento da agricultura. Porém, há cerca de cinco mil anos O que hoje se transformou em atração turística era, no passado,
ocorreram novos avanços, quase simultaneamente, em pelo menos interpretado de forma muito diferente, pois
duas regiões do Oriente Próximo: na Mesopotâmia e no Egito.
Assinale a única alternativa que NÃO corresponde a A) significava, entre outros aspectos, o poder que os faraós
transformações ocorridas nesse período. tinham para escravizar grandes contingentes populacionais
que trabalhavam nesses monumentos.
A) Diversificação social: ocorreu o surgimento de uma elite social B) representava para as populações do alto Egito a possibilidade
composta por sacerdotes, príncipes e escribas, diretamente de migrar para o sul e encontrar trabalho nos canteiros
ligada ao poder político e afastada da tarefa primária de faraônicos.
produzir alimentos. C) significava a solução para os problemas econômicos, uma vez
B) Expansão populacional: verificou-se o surgimento de grandes que os faraós sacrificavam aos deuses suas riquezas,
cidades, densamente povoadas, especialmente na região construindo templos.
mesopotâmica. D) representava a possibilidade de o faraó ordenar a sociedade,
C) Desenvolvimento econômico: a economia deixou de estar obrigando os desocupados a trabalharem em obras públicas,
baseada somente na produção auto-suficiente de alimentos que engrandeceram o próprio Egito.
para basear-se na manufatura especializada e no comércio E) significava um peso para a população egípcia, que condenava
externo de matérias-primas ou de manufaturados. o luxo faraônico e a religião baseada em crenças e
D) Descentralização político-econômica: o controle econômico superstições.
passou a ser feito pelos poderes locais, sediados nas
comunidades aldeãs, que funcionavam como centros de 53. (UFPE 2001) Alguns historiadores afirmam que a História iniciou
redistribuição da produção. quando a humanidade inventou a escrita. Nessa perspectiva, o
E) Surgimento da escrita: foi uma decorrência do aumento da período anterior à criação da escrita é denominado Pré-História.
complexidade contábil. Serviu inicialmente para controlar as Sobre esse assunto assinale a alternativa CORRETA.
atividades econômicas dos templos e palácios, mas depois
teve profundas implicações culturais, como o surgimento da A) A história e a Pré-História só podem se diferenciar pelo critério
literatura. da escrita. Logo, aqueles historiadores que não concordam
50. (UNESP) Na região onde atualmente se encontra o Líbano, com esse critério estão presos a uma visão teológica da
instalou-se, no III milênio a.C., um povo semita, que passou a História.
ocupar a estreita faixa de terra, com cerca de 200 quilômetros de B) Esta afirmação não encontra qualquer contestação dos
comprimento, apertada entre o mar e as montanhas. Várias razões verdadeiros historiadores, pois ela é uma prova irrefutável de
os levaram ao comércio marítimo, merecendo destaque sua que todas as culturas evoluem para a escrita.
proximidade geográfica com o Egito; a costa, que oferecia lugares C) Os historiadores que defendem a escrita como único critério
para bons portos; e os cedros, principal riqueza, usados na que diferencia a História da Pré-História reafirmam a tradição
construção de navios. positivista da História.
D) A escrita não pode ser vista como critério para distinguir a
O contido nesse parágrafo refere-se ao povo História da Pré-História, pois o aspecto econômico é
A) fenício. considerado um critério muito mais importante.
B) hebreu. E) Os únicos historiadores que defendem a escrita como critério
C) sumério. são os franceses, em razão da influência da filosofia iluminista.
D) hitita.
E) assírio. 54. (UFC 2004) Os hebreus desenvolveram sua civilização no primeiro
milênio antes de Cristo. A respeito dela podemos afirmar,
corretamente que:
HISTÓRIA – DANIEL MARTINS
51. (UFPI-2008) Segundo os relatos bíblicos, os hebreus migraram do A) a importância da história da civilização hebraica se expressa,
Egito para a Palestina e, lá, conquistaram territórios e formaram, especialmente, através da formação de um Estado
depois de algum tempo, uma Monarquia. Sabe-se, também, que o centralizado.
povo hebraico, tinha, na sua religião, um traço que o diferenciava B) a civilização hebraica apresenta traços específicos que
dos demais povos que habitavam a Palestina. Sobre a religião decorrem do seu distanciamento frente às demais culturas do
hebraica, é incorreto afirmar que: Oriente Próximo.
C) a importância do estudo dos hebreus se justifica pelo
A) baseava-se na crença da revelação direta de Deus, o que monoteísmo ético que surge e se desenvolve entre eles,
levava os hebreus a acreditarem que eram os escolhidos por constituindo-se um ponto de partida para o cristianismo e o
Deus para serem seu povo na Terra. islamismo.
B) tinha na Arca da Aliança um elemento concreto de ligação com D) os antigos hebreus têm como livro sagrado o Novo
Javé. Testamento, que compreende vários outros livros, dentre os
C) contava com uma estrutura sacerdotal hierarquizada, cujo quais está o Gênesis, que trata da Criação.
centro era a figura de um Sumo sacerdote que dirigia as E) e) a antecedência da civilização hebraica à sumeriana explica
práticas religiosas em Israel. a presença de mitos semelhantes nas duas culturas.
D) diferenciava-se, pelo caráter monoteísta, das demais religiões
orientais na antiguidade. 55. (UNESC-2008.1) “As civilizações da Antiguidade despertam grande
E) o culto a Javé assumia papel central nas práticas hebraicas, no fascínio entre as pessoas que buscam compreender a construção
entanto, o culto privado de divindades zoomórficas sempre foi de complexas sociedades.” (Freitas Neto, José Alves de. e
aceito pela religião oficial. Tasinafo, Célio Ricardo. História Geral e do Brasil. São Paulo:
Harbra, 2006.P.19.)
52. (ENEM 2009) O Egito é visitado anualmente por milhões de turistas
de todos os quadrantes do planeta, desejosos de ver com os De acordo com seus conhecimentos sobre as Civilizações da
próprios olhos a grandiosidade do poder esculpida em pedra há Antiguidade Oriental e Clássica, analise os itens abaixo e marque a

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 8


ESPECÍFICO

GEOGRAFIA - HISTÓRIA

alternativa que apresenta a somatória correta. surgimento das desigualdades sociais, do Estado, bem como
pela maior difusão de um estilo de vida urbano.
(02) Os Fenícios se destacaram no comércio marítimo e na D) O processo de surgimento dos primeiros grupos humanos
organização política, formando um primeiro reino unificado da sedentários, no neolítico, pode ser considerado uma das
História Antiga Oriental. consequências geradas pelo desenvolvimento da agricultura e
(04) A Civilização Medo-Persa teve no dualismo religioso a sua da domesticação de animais.
marca, organizado por Zoroastro, tendo como livro sagrado o Zend E) Em princípio a ocorrência de uma gradual divisão entre cidade
Avesta. e campo, no processo de desenvolvimento das primeiras
(08) A mitologia, a Filosofia, a Democracia foram conhecimentos civilizações, pode ser considerada uma expressão geográfica
importantes legados pelos gregos e macedônicos. da divisão social do trabalho.
(16) As Leis romanas colaboraram para a evolução do direito e da
justiça no mundo ocidental, principalmente a partir da publicação da 59. (UESPI 2002) O código de Hamurábi, apesar de não ser o mais
lei das doze tábuas. antigo corpo de leis de que se tem notícia, representa porém um
dos mais extensos e conhecidos. Sobre as características
Somatória CORRETA: apresentadas por seu conteúdo, é correto afirmar:

A) 06 A) Era semelhante aos atuais códigos de leis, pois fundamentava-


se numa linguagem extremamente técnica e objetiva.
B) 12
B) Voltava-se exclusivamente para o ordenamento de questões
C) 22 relativas à esfera privada – relações familiares, conjugais,
escravidão – já que, no Império Babilônico as questões
D) 26
públicas eram da alçada da religião.
E) 28 C) Possuía um formato semelhante ao da Lei das Doze Tábuas
romana, tendo inclusive sofrido diversas alterações ao sabor
das disputas políticas ocorridas entre a burocracia estatal
56. (UFC – 2005) Os fenícios, povo de origem semita que se fixou e babilônica e os grupos dominados (camponeses e povos
desenvolveu as suas cidades numa faixa de 200 quilômetros conquistados).
situada entre o mar Mediterrâneo e as montanhas do atual D) Possuía, do ponto de vista da construção lingüística, um estilo
Líbano, conheceram o apogeu da sua influência a partir de literário que lhe atribuía uma função de caráter ideológico: o
1400 a.C. (destruição de Cnossos em Creta). Entre as desenvolvimento de um culto à personalidade de seu criador.
afirmações que se seguem, escolha aquela que caracteriza de E) Apesar de adotado na Mesopotâmia toda a sua inspiração
maneira correta esse povo. advinha da tradição egípcia, sendo o Livro dos Mortos a sua
A) Viviam num sistema político teocrático. principal matriz.
B) Suas principais atividades econômicas eram agrícolas.
60. (UFPI) Sobre o Egito Antigo, assinale o que for correto.
C) Praticavam uma religião maniqueísta.
D) Eram especializados no comércio marítimo.
A) Era auto-suficiente em produtos agrícolas e em matérias-
E) Seu alfabeto foi elaborado a partir do alfabeto grego.
primas as mais diversas.
57. UESPI 2004 - A sociedade hebraica teve a religião como suporte B) A isenção de impostos aos camponeses foi o maior estímulo
fundamental para a construção da identidade cultural. Não se pode do Estado egípcio para o desenvolvimento da agricultura.
esquecer também, na época dos profetas, entre os séculos VIII e C) O Nilo, se, de um lado, favorecia a produção de papiro, por
VII a.C., que a religião: outro, dificultava a produção de cereais por conta das
inundações.
A) era politeísta, tendo em Abraão seu grande líder e D) Mantinha intercâmbio comercial com outros povos, graças, em
intermediário nas revelações divinas. grande parte, ao excedente de sua produção agrícola.
B) adotou a monoteísmo, com a liderança corajosa de Moisés, E) A proibição de relações comerciais com outras sociedades
que enfrentou a perseguição egípcia. provocava, constantemente, os efeitos do desabastecimento.
C) dividiu-se em três: a dos essênios, a dos saduceus e a dos
fariseus.
D) sofreu influência dos persas, acreditando na ressurreição da
alma e no paraíso.
E) adquiriu um conteúdo ético, pois os profetas denunciaram as
injustiças sociais.

58. (UESPI 2002) Assinale a alternativa INCORRETA:

A) A agricultura de regadio, desenvolvida às margens de grandes


rios, representava a principal fonte de aquisição de recursos
necessários à sobrevivência dos grupos humanos do
paleolítico. Em função deste fato, esse período foi marcado
pelo surgimento de grandes “ civilizações hidráulicas”,como a
egípcia.
B) É possível afirmar e a existência de uma relação direta entre o
tipo de atividade econômica, centralmente praticada por uma
determinada sociedade, e o nível de desenvolvimento da
divisão social do trabalho em seu interior. Partindo desse fato,
pode-se explicar uma menor especialização das funções nas
sociedades de caça e coleta.
C) A superação do chamado Modo de Produção Comunal
primitivo foi marcada, entre outros acontecimentos, pelo

Homepage: www.colegioseculus.com.br “Porque o sucesso tem pressa” 9