P. 1
Positivismo x princípios

Positivismo x princípios

|Views: 546|Likes:
Publicado porWebCarlos

More info:

Published by: WebCarlos on Sep 28, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/08/2012

pdf

text

original

Seminário Positivismo Jurídico x Jusnaturalismo: A flexibilização do Positivismo

Positivismo Positivismo é um conceito que possui diversos significados, abrangendo tanto noções filosóficas e científicas do séc. XIX quanto outras do séc. XX. O criador deste conceito é Isidore Auguste Marie François Xavier Comte, ou, Augusto Comte, um filósofo francês que viveu entre os anos de 1.798 a 1.857. Ele introduziu a noção de positivismo na primeira metade do século XIX, e, desde seu início até o presente século, o sentido da palavra alterou-se radicalmente, incorporando diversos sentidos, sendomuitos deles até mesmo contraditório e opostos entre si. Então surgem o PositivismoJurídico, encabeçado pelo austríaco Hans Kelsen e o PositivismoLógico, também conhecido como Círculo de Viena, cujos idealizadores são Rudolph Carnap, Otto Neurath e demais associados. O positivismo lógico é também conhecido como empirismo lógico ou neopositivismo. Tem uma posição filosófica geral baseando-se no pensamento empírico tradicional e no desenvolvimento da lógica moderna. Como o foco aqui é discorrer sobre o positivismo jurídico e os princípios, encerramos aqui as observações sobre o positivismo lógico. Positivismo Jurídico Decorrente da origem da concepção positivista, o positivismo jurídico é uma doutrina do Direito que entende que Direito é tão somente o que é posto e estabelecido pelo Estado, ou seja, o que está, pelos legitimados a fazê-lo, posto, estabelecido, escrito e previsto em lei. Tudo o que não está previsto em lei está, assim, desprovido de força jurídica. O positivismo jurídico tem por base a tese de que o Direito constitui produto da ação e vontade humana e não da imposição de uma divindade, da natureza ou da razão, segundo o entendimento da doutrina jusnaturalista. Na acepção do positivismo jurídico, o Direito moderno, positivado, é algo que fora imposto por seres humanos para alcançar fins essencialmente humanos. É um aspecto teleológico. Grande parte dos afiliados à doutrina positivista entende não existir relação entre direito, moral e justiça, uma vez que as noções de moral e justiça são relativas, sofrendo alterações no tempo, desprovidas de força política para se impor contra a vontade do criador das normas jurídicas. Positivismo no Brasil Augusto Comte, idealizador da concepção positivista universal, criou, tendo por base o positivismo, o seguinte lema: L´amourpourprincipeetl´ordrepour base;

o que está escrito. ela diz. encontra-se Nísia Floresta Brasileira Augusta.stanford.edu/Brazil/brazil_orderandprogress42703. Brasil goza de paz sob um império. cruzada por uma faixa branca com as palavras ³Ordem e Progresso´. azul existindo no Brasil a cor de uma ordem feliz. e acima de tudo amor´. Sobre a bandeira há um campo verde simbolizando a natural abundância do Brasil. fraterna e progressista. Uma constituição republicana foi adotada em 1891. Ronald Hilton: De fato. tem possibilidade de gerar efeitos na vida das pessoas. que fora consagrado pelas disposições transitórias da Constituição Federal de 1891 como Fundador da República Brasileira.leprogrèspourbut. e Fonseca tornou-se presidente. pergunta: O que quer dizer o que está escrito sobre a bandeira do Brasil?: ORDEM E PROGRESSO. Dentre eles. que se vale do legislador para tanto. expressa de forma clara a influência do positivismo no Brasil. representando os anseios a uma sociedade justa. De fato. em nossa bandeira encontramos o lema Ordem e Progresso. Dionísia Gonçalves Pinto.html´. uma paz que foi perdida em 1889 quando um golpe de Estado do exército liderado por Marechal Deodoro da Fonseca acabou com o império. está a tradução de seu texto. somente tem valor jurídico e. Outro exército se revoltou e o forçou a resignar o cargo em favor do Vice-Presidente Floriano Peixoto. Brasil: Ordem e Progresso Ross Rogers. embora sua intenção tenha sido simplesmente buscar uma alteração no gabinete. Existiram outros positivistas de relevante importância no Brasil. Jr. estudado por Roderick Barman. Um interessante artigo publicado por um acadêmico norte-americano. posto e estabelecido pelo Estado. determinado. cumpre observar principalmente que o positivismo jurídico é uma doutrina da qual considera que somente é válido. De todo o exposto. A bandeira assim simboliza a ordem feliz do qual o Brasil tanto aspira. Sobre ele está a constelação do Cruzeiro do Sul. portanto. No processo de consolidação da república no Brasil encontramos o Coronel Benjamim Constant. que fora a primeira feminista brasileira e discípula direta de Comte. que proclamou o princípio: ³Ordem e progresso. Se esta for encontrada por Lula da Silva. No meio está um globo azul. que é provavelmente o hino nacional mais humano do mundo. Diferentemente dos países americanos espanhóis. existe um grande diamante amarelo simbolizando a riqueza mineral do país. Eles colocam ³Ordem e Progresso´ sobre a nova bandeira. do original em inglês que pode ser encontrado na página: ³http://wais. o progressopor fim´. Desde então o Brasil tem se esforçado para alcançar estabilidade. nós veremos. Abaixo. chamado Ronald Hilton. . O Coronel Benjamim Constant fora adepto da doutrina positivista. O Brasil é um interessante caso. o fundador do positivismo. e exaltam o amor no novo hino nacional. A república fora proclamada pelos discípulos brasileiros de Auguste Comte. A literal tradução é ³O amor por princípio e ordempor base.

fixado pelo Estado. exatamente por definir a lógica e a racionalidade do sistema normativo. disposição fundamental que se irradia sobre diferentes normas. Para os jusnaturalistas (isto é. que dificilmente pode-se dissertar doutrinariamente sobre qualquer tema decorrente desta ciência. A expressão "direito natural" é por vezes contrastada com o direito positivo de uma determinada sociedade. na maioria das vezes. mas tão somente que o que está posto. as diretrizes que devem ser seguidas por todo o Direito. São ensinamentos básicos e gerais que delimitam de onde devemos partir em busca de algo. venha a ser realizado. o que está definido como legal. É através deles que podemos extrair regras e normas de procedimento. compondo-lhes o espírito e servindo de critério para a sua exata compreensão e inteligência. concretizado. o conteúdo do direito positivo não pode ser conhecido sem alguma referência ao direito natural. injusto e deveras prejudicial. SegurançaJurídica A segurança jurídica é um princípio de que se vale o Direito para que possa se verificar e se realizar. pois com isso quebrar-se-ia ou seria colocado em risco asegurançajurídica. positivado. a execução certa e segura do Direito Positivado. estabelecido. É a real garantia da possibilidade de conhecimento do Direito posto. não pode ser reconhecido juridicamente. bem como de sua efetiva operatividade e de sua aplicabilidade. tudo o que não estiver contido em leis. o direito posto. A estrutura do Direito é corolário de tal forma dos princípios jurídicos. sem que haja uma série de princípios a serem citados. por definição. verdadeiro alicerce dele. Princípios Jurídicos Princípio é toda estrutura sobre a qual se constrói alguma coisa. de forma efetiva. os juristas que afirmam a existência do direito natural). por vezes. o que lhe permite ser usado. Os Princípios jurídicos são os pilares.Assim. Não significa necessariamente que seja efetivamente realizada a justiça. ³Princípio é. ainda que este tenha falhas e. as bases do ordenamento. válido em qualquer lugar. É o conhecimento dos princípios que preside a intelecção das diferentes partes componentes do todo unitário que há por nome sistema jurídico positivo. para criticar o conteúdo daquele direito positivo.´ Direito natural (em latim lexnaturalis) ou jusnaturalismo é uma teoria que postula a existência de um direito cujo conteúdo é estabelecido pela natureza e. verdades práticas que visam treinar nossamente para melhor discernirmos sobre os caminhos corretos a serem tomados nos objetivos. É assim. mandamento nuclear de um sistema. no que lhe confere a tônica e lhe dá sentido harmônico. ou seja. Eles traçam as orientações. a segurança jurídica. portanto. [1] .

Samuel vonPufendorf. quando surge a noção dos direitos fundamentais. e exerceu uma influência profunda no movimento do racionalismo jurídico do século XVIII. . Thomas Hobbes. e no desenvolvimento da common law inglesa. John Locke e Jean-Jacques Rousseau. Francisco Suárez. Hugo Grócio. Richard Hooker.A teoria do direito natural abrange uma grande parte da filosofia de Tomás de Aquino.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->