Você está na página 1de 3

EXMO. SR. DR.

JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DA


COMARCA DE POÁ-SP.

ANA MARIA DA SILVA,


brasileira, casada,do lar, portadora da carteira
de identidade nº 18.941.132 e inscrita no CPF sob
o nº 082.121.288-57, residente e domiciliada na
Rua Barão de Almeida Vallim,75-Jd. Medina, nesta
cidade, CEP:08556-000, por sua
procuradora,conforme Convenio DPE/OAB-SP, que
esta subscreve, vem, à presença de V. Exa.,
propor o presente:

REQUERIMENTO DE ALVARÁ

com fundamento na Lei nº 6.858/80, pelos fatos e


fundamentos que passa a expor:

PRELIMINARMENTE

DA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA:

Inicialmente, afirma, de acordo com o art. 4º da


Lei nº 1.060/50, com a nova redação dada pela Lei
nº 7.510/86, e art. 5º, LXXIV da Constituição
Federal, que é pessoa sem recursos financeiros,
não podendo, desta forma, arcar com as custas
processuais, sem prejuízo do sustento próprio,
motivo pelo qual requer o benefício da
ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA.

DOS FATOS CONSTITUTIVOS:

No dia 19 de agosto de 2009, faleceu ab


intestato, ALVINO OZEAS DOS SANTOS, brasileiro,
casado, aposentado, inscrito no CPF sob o n.
771.461.908-20, conforme certidão de óbito em
anexo.

Importante ressaltar que a requerente era casada


com o de cujus aproximadamente a 14 anos, sendo
que o falecido não deixou bens a inventariar,
conforme consta dos documentos em anexo.

Ocorre que,anteriormente a seu óbito, este


recebeu seu beneficio do INSS,correspondente a 1
salário mínimo,no Banco do Brasil,Agência
Itaquaquecetuba.Porém,tal quantia se encontra
bloqueada pela instituição bancária,devido ao
óbito do titular da conta.

A requerente é pessoa simples, idosa, com


problemas de saúde, que depende deste valor para
lhe complementar a sobrevivência,agora sozinha,
sem seu cônjuge.

DO PEDIDO:
Face ao exposto, vem a requerente com base e
fundamentos nos dispositivos legais requerer a V.
Exa. o seguinte:

1-Deferimento da Assistência Judiciária, nos


termos da lei;

2-Expedição de Oficio ao Banco do Brasil de


Itaquaquecetuba, a fim de que informe os valores
depositados na conta do de “cujus”;

3-Expedição de ALVARÁ, autorizando a requerente a


proceder ao levantamento da quantia dos valores a
que faz jus junto ao citado Banco do Brasil.

Protesta por todos os meios de prova em direito


admitidas.

Atribui-se à causa o valor de R$ 480,00.

Nestes termos,
Pede Deferimento.

Poá, 16 de outubro de 2009.

PRISCILA SIMÃO DE OLIVEIRA CORREA


OAB/SP: 212.046