Você está na página 1de 2

Laboratorio de Fisica II – Experimento 4: Potencia

Material Necessario :
- Dois multitestes.
- 3 resistências ficas na placa EQ027 N.5 (CIPEDE).
- 5 fios com ponteira banana.
- Uma fonte variável de tensão continua.

Montagem:
Experimento 4a: Utilizando a placa EQ027 N.5 e os fios com ponteira banana,
montamos um circuito de resistências em paralelo e em serie, como indicado na figura abaixo.

(Desenhar a figura do circuito)

Com um multímetro na função ohmimetro e da tabela de cores para resistencias,


identificamos os valores medidos e nominais em vários pontos do circuito, e montamos a
tabela abaixo com os resultados e suas devidas incertezas.

Pontos Circuito ∆R= 1-5 ∆R= 2-6 ∆R= 3-7 ∆R= 3-6 ∆R=
Resistencia 884,29 ±86,55 820,00 ±82,00 180,00 ±9,00 100,00 ±5,00 64,29 ±0,33
Nominal
(Ω)
Resistencia 871,00 ±6,97 810,00 ±6,48 181,00 ±1,45 101,00 ±0,81 66,00 ±0,53
Medida
(Ω)

Em Seguida, alimentamos o circuito com a Fonte Variável de tensão continua conectando-a


entre os pontos 1 e 3. Regulamos a tensão para 4 V conferindo com um voltímetro nos pontos
de saída da fonte. A fim de obter os valores da corrente, com um amperímetro, conectamos o
mesmo entre uma saída da ponte e o ponto 1, em seguida medimos a corrente total que entra
pelo circuito. Assim do mesmo modo, fazendo a mudança da posição do amperímetro,
medidos a corrente em diversos pontos do circuito. E também, com ajuda de um voltímetro,
determinamos a tensão entre os diversos pontos do circuito.
Todos os resultados obtidos estão expostos na tabela abaixo.

Pontos Circuito ∆= 1-5 ∆=0 2-6 ∆= 3-7 ∆= 3-6 ∆=


Tensão(V) 4 ±0,02 3,69 ±0,02 0,29 ±0,01 0,29 ±0,01 0,29 ±0,01
Corrente(mA) 4,56 ±0,09 4,56 ±0,09 1,57 ±0,03 2,82 ±0,06 4,56 ±0,09

Com o objetivo de obter e interpretar a potencia em um circuito, calculamos a potencia


elétrica em cada um dos resistores do circuito e a potencia total, sendo P= V.I. Confira os
resultado na tabela abaixo.

Pontos Circuito ∆= 1-5 ∆=0 2-6 ∆= 3-7 ∆= 3-6 ∆=


Potencia(mW) 18,08 ±0,37 16,68 ±0,34 0,45 ±0,01 0,82 ±0,02 1,32 ±0,03
Comparando o resultado obtido da potencial total do circuito com os resultados da potencia
individual de cada resistência, concluímos que a potencial total do circuito e aproximadamente
igual a somatória individual das potencias elétricas de cada resistência.

Ptotal = 18,08±0,37 (mW)

P1-5+P2-6+P3-7= 17,95±0,18 (mW)