P. 1
Glândulas endócrinas-resumo-Medicina

Glândulas endócrinas-resumo-Medicina

|Views: 2.327|Likes:
Publicado porabresser

More info:

Published by: abresser on Oct 03, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/09/2013

pdf

text

original

3/10/2010

Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina Departamento de Morfologia e Genética Disciplina de Anatomia Descritiva e Topográfica

GLÂNDULAS ENDÓCRINAS

Glândulas endócrinas
‡ também denominadas ³glândulas sem ducto´ ‡ constituem o chamado ³sistema endócrino´ ‡ do grego, endo = dentro, interno ‡ do grego, crino = secreção ‡ objeto de estudo da Endocrinologia
‡ trata da comunicação, do controle, do metabolismo e da integração das estruturas do corpo humano por meio de mensageiros químicos (hormônios) ou substâncias químicas sintetizadas parcialmente ou totalmente pelos seus próprios órgãos. Metaforicamente...´os hormônios
3/10/2010

são a sintonia fina da freqüência modulada do corpo´

Glândulas endócrinas
‡ HORMÔNIO

‡ molécula endógena responsável pela comunicação celular ou extra-celular e corresponde ao mensageiro químico, cuja função geral, é a homeostase ou manutenção de um meio ou ambiente interno sadio para fazer frente a um ambiente externo mutável e, nem sempre, confortável

3/10/2010

Glândulas endócrinas
‡ Quimicamente, os hormônios classificam-se em:

1 - derivados de aminoácidos

2 - polipeptídeos

3 - esteróides

4 - derivados de ácidos graxos
3/10/2010

Becker et al, 1990

Glândulas endócrinas
1 - hormônios derivados de aminoácidos
‡ triptofano
‡ serotonina ‡ melatonina

‡ tirosina
‡ dopamina ‡ norepinefrina ‡ epinefrina ‡ triiodotironina (T3)

‡ ácido L-glutâmico
‡ ácido gama-amino-butírico (GABA)

‡ histidina
‡ histamina
3/10/2010

Becker et al, 1990

Glândulas endócrinas
2 - hormônios polipeptídeos

‡ hormônio liberador de tirotropina

‡ insulina

‡ hormônio de crescimento

‡ fator de crescimento do nervo

3/10/2010

Becker et al, 1990

Glândulas endócrinas
3 - hormônios esteróides

‡ progesterona

‡ andrógenos

‡ estrógenos
‡ córtico-esteróides ‡ vitamina D e seus metabólitos

Becker et al, 1990
3/10/2010

Glândulas endócrinas
4 - hormônios derivados de ácidos graxos

‡ prostaglandinas

‡ leucotrienos

‡ tromboxano

Becker et al, 1990
3/10/2010

Glândulas endócrinas
‡ Os tipos de secreção e transporte de hormônios para seus alvos celulares são: 1 - hemócrino 2 - parácrino 3 - neurócrino 4 - autócrino 5 - solenócrino
3/10/2010

Becker et al, 1990

Glândulas endócrinas

1 - HEMÓCRINO

‡ tipo de transporte através do sangue (o hormônio é liberado pela célula no espaço intercelular, penetra por fenestrações nos capilares, onde é diluído e conduzido pelo sangue)

3/10/2010

Glândulas endócrinas
HORMÔNIO

veia que drena a glândula endócrina

seio coronário Vv. cardíacas mínimas Vv. cardíacas anteriores

sangue venoso sistêmico ou portal

3/10/2010

coração

Aorta

Glândulas endócrinas

2 - PARÁCRINO

‡ liberação do hormônio em alta concentração no espaço intercelular e interação com receptores de células vizinhas

3/10/2010

Glândulas endócrinas
3 - NEURÓCRINO

‡ secreção a partir dos neurônios (neurotransmissores, neuromoduladores e outros peptídeos) e pode ser SINÁPTICA (o mensageiro atravessa o espaço sináptico) ou NÃOSINÁPTICA ou NEURO-SECREÇÃO (o mensageiro é transportado à sede distal de ação por intermédio do sangue ou líquido intercelular)

3/10/2010

Glândulas endócrinas

4 - AUTÓCRINO

‡ o hormônio liberado por uma célula interage com a célula que o secretou e portanto, trata-se de uma auto-regulação de uma célula pelo seu produto

3/10/2010

Glândulas endócrinas

5 - SOLENÓCRINO

‡ do grego solen = canal. Trata-se da secreção de peptídeos e aminas na luz de órgãos viscerais, nos brônquios e no aparelho urogenital (gastrina, secretina, peptídeo intestinal vaso-ativo, entre outros).

3/10/2010

Glândulas endócrinas

‡ os hormônios sofrem ³variações periódicas´... ‡ também denominadas de ...´oscilações temporais´ ‡ podem ser de minutos, horas, anos... ‡ ...ou dias (circadiano) ‡ são os chamados ³biorritmos´ ‡ sucessão do dia e da noite = ex.: glândula pineal ‡ ciclos menstrual e sazonais = ex.: sistema genital
3/10/2010

Glândulas endócrinas
‡ Topograficamente, as glândulas endócrinas classificam-se em:

1 - cefálicas 2 - cervicais 3 - cervicotorácicas 4 - torácicas 5 - abdominais 6 - abdominopélvicas 7 - pélvicas
3/10/2010

8 - escrotais

Glândulas endócrinas
1 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS CEFÁLICAS

‡ são representadas por:

‡ 1.1- glândula pineal

‡ 1.2 - órgão subcomissural

3/10/2010

‡ 1.3 - hipófise

Glândulas endócrinas
2 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS CERVICAIS

‡ são representadas por:

‡ 2.1- hipófise da faringe

‡ 2.2 - glândula tireóide

3/10/2010

‡ 2.3 - glândulas paratireóides

Glândulas endócrinas

3 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS CERVICOTORÁCICAS

‡ são representadas por:

‡ 3.1- timo

3/10/2010

Glândulas endócrinas

4 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS TORÁCICAS

‡ são representadas por:

‡ 4.1- coração

3/10/2010

Glândulas endócrinas
5 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS ABDOMINAIS

‡ são representadas por:

‡ 5.1- glândula supra-renal ‡ 5.2 - ilhotas pancreáticas ‡ 5.3 - estômago ‡ 5.4 - intestino delgado ‡ 5.5 - rim
3/10/2010

Glândulas endócrinas

6 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS ABDOMINOPÉLVICAS

‡ são representadas por:

‡ 6.1- placenta

3/10/2010

Glândulas endócrinas

7 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS PÉLVICAS

‡ são representadas por:

‡ 7.1- ovários

3/10/2010

Glândulas endócrinas

8 - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS ESCROTAIS

‡ são representadas por:

‡ 8.1- testículos

3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas

3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas
1.1 - Glândula pineal ‡ do latim pinealis = relativo ao pinho, cone do pinho ‡ também conhecida como:
‡ epífise do cérebro ‡ corpo pineal ‡ órgão pineal ‡ conário (do grego konarion = diminutivo de cone)

‡ 7 mm de comprimento e 4 mm de largura
3/10/2010

‡ massa de cerca de 160 mg

Glândulas endócrinas cefálicas
1.1 - Glândula pineal

‡ pertence ao epitálamo ‡ órgão mediano e ímpar ‡ situa-se abaixo do esplênio do corpo caloso ‡ contém MELATONINA (do grego melas = preto) ‡ sintetizada a partir da serotonina e da histamina

3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas
1.1 - Glândula pineal ‡ desempenha papel na fotorrecepção... ‡ ...e no equilíbrio hídrico e salino ‡ tem ação inibidora sobre as gônadas, em mamíferos ‡ regula os ciclos circadianos na espécie humana ‡ regula e modifica a atividade:
‡ da adenohipófise ‡ da neurohipófise ‡ das ilhotas pancreáticas ‡ do córtex da glândula supra-renal
3/10/2010

‡ das gônadas

Glândulas endócrinas cefálicas
1.1 - Glândula pineal ‡ Aa. cerebrais posteriores

‡ Rr. corióideos posteriores mediais direito e esquerdo

‡ Aa. pineais
3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas
1.1 - Glândula pineal ‡ Vv. pineais

‡ Vv. cerebrais internas

‡ V. cerebral magna
3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas
1.2 - Órgão subcomissural ‡ situa-se:
‡ abaixo da comissura posterior do cérebro ‡ teto do aqueduto do mesencéfalo

‡ é um órgão circunventricular ‡ formado por:
‡ células gliais ‡ células do epêndima especializadas

‡ secreção lançada no líquido cerebrospinal
3/10/2010

‡ hormônio = mucopolissacarídeo neutro

Glândulas endócrinas cefálicas
1.2 - Órgão subcomissural ‡ não possui ³barreira encefálica´

‡ interfere na homeostase hídrica e no equilíbrio salino

‡ postulado como sendo o ³centro regulador da sede´

‡ muito pouco desenvolvido no indivíduo adulto
3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas
1.2 - Órgão subcomissural ‡ sua condensação forma a fibra de Reissner

‡ estende-se pelo aqueduto do mesencéfalo e quarto ventrículo

‡ canal central da medula espinal até a parte
3/10/2010

coccígea

Glândulas endócrinas cefálicas
1.3 - Hipófise

‡ glândula intra-craniana ‡ pequena, com o tamanho de uma ervilha grande ‡ localizada na fossa hipofisial da sela turca... ‡ ...do osso esfenóide ‡ liga-se ao hipotálamo através do infundíbulo ‡ divide-se em ³adenohipófise´ e ³neurohipófise´
3/10/2010

Glândulas endócrinas cefálicas
1.3 - Hipófise ‡ adenohipófise:
‡ parte tuberal ‡ parte intermédia ‡ parte distal

‡ neurohipófise:
‡ infundíbulo

3/10/2010

‡ sistema portal hipofisário (Popa, Fielding, 1930)

Glândulas endócrinas cefálicas
1.3 - Hipófise ‡ A. carótida interna

‡ A. hipofisária superior ‡ A. hipofisária inferior

‡ arteríolas dos vasos que compõem o círculo
3/10/2010

arterial do cérebro

Glândulas endócrinas cervicais

3/10/2010

Glândulas endócrinas cervicais
2.1 - Hipófise da faringe ‡ pequena estrutura mediana

‡ situada no teto da parte nasal da faringe

‡ coleção residual da adenohipófise...

‡ ...derivada da bolsa de Rathke

3/10/2010

‡ capaz de secretar após a 28ª semana intra-uterina

Glândulas endócrinas cervicais
2.2 - Glândula tireóide ‡ do grego thyreoeides, thyreos = escudo oblongo ‡ estrutura em forma de U ‡ localiza-se em ambos os lados da laringe e traquéia ‡ possui dois lobos direito e esquerdo ‡ os lobos são ligados pelo istmo da glândula tireóide... ‡ ...que cruza os 2º, 3º e 4º anéis traqueais ‡ eventualmente, há o lobo piramidal
3/10/2010

‡ recoberta por uma fina cápsula fibrosa

Glândulas endócrinas cervicais
2.2 - Glândula tireóide ‡ está associada com fenômenos de crescimento e... ‡ ...regulação do metabolismo basal de todo o corpo

‡ falta de hormônio = hipotireodismo
‡ deficiência mental e cretinismo na infância ‡ mixedema na vida adulta

‡ excesso de hormônio = hipertireoidismo
3/10/2010

‡ tireotoxicose

Glândulas endócrinas cervicais
2.2 - Glândula tireóide ‡ A. subclávia ‡ A. carótida externa ‡ Tronco tireocervical ‡ A. tireóidea superior ‡ A. tireóidea
3/10/2010

‡ Tronco braquiocefálico

‡ A. tireóidea ima

inferior

Glândulas endócrinas cervicais
2.2 - Glândula tireóide ‡ Vv. tireóideas superior e média ‡ V. tireóidea inferior

‡ V. braquiocefálica ‡ V. jugular interna esquerda

3/10/2010

Glândulas endócrinas cervicais
2.3 - Glândulas paratireóides ‡ são dois pares de pequenas estruturas amareladas
‡ glândulas paratireóides superior e inferior ‡ e, às vezes, glândulas paratireóides acessórias

‡ 5 mm de comprimento, 3 mm de largura e... ‡ ...2 mm de espessura com 50 gramas de massa ‡ regulam o metabolismo do cálcio ‡ secretam PARATORMÔNIO

‡ estão nas margens laterais da face profunda dos
3/10/2010

lobos da glândula tireóide e sua cápsula fibrosa

Glândulas endócrinas cervicais
2.3 - Glândulas paratireóides ‡ A. subclávia ‡ A. carótida externa ‡ Tronco tireocervical ‡ A. tireóidea superior ‡ A. tireóidea
3/10/2010

inferior

‡ Aa. paratireóideas

Glândulas endócrinas cervicotorácicas

3/10/2010

Glândulas endócrinas cervicotorácicas
3.1 - Timo ‡ do grego thymos = excrecênscia ‡ órgão linfóide e bilateralmente simétrico ‡ encontra-se bem desenvolvido até a adolescência ‡ involui após a puberdade ‡ embriologicamente é um órgão par...porém... ‡ ...anatomicamente parece ser mediano e bilobado ‡ possui lobos direito e esquerdo
3/10/2010

Glândulas endócrinas cervicotorácicas
3.1 - Timo ‡ influi no funcionamento da junção neuromuscular

‡ associado com crescimento e maturidade sexual

‡ ativo na linfocitogênese e nas funções de imunidade

‡ produz TIMOSINA e TIMOPOIETINA
3/10/2010

‡ maturação de linfócitos T

Glândulas endócrinas torácicas

3/10/2010

Glândulas endócrinas torácicas
4.1 - Coração ‡ produz o FATOR NATRIURÉTICO ATRIAL

‡ o fator induz natriurese e diurese

‡ atua diretamente sobre a fisiologia renal

‡ produzido pelos cardiomiocitos atriais
3/10/2010

Glândulas endócrinas torácicas
4.1 - Coração ‡ o fator natriurético atrial determina:

‡ vasodilatação generalizada;

‡ aumento da permeabilidade vascular à água;

‡ aumento da filtração glomerular;

3/10/2010

‡ diurese e natriurese.

Glândulas endócrinas abdominais

3/10/2010

Glândulas endócrinas abdominais
5.1 - Glândula supra-renal ‡ antes chamada de ³glândula adrenal´ ‡ par de corpos marrom-amarelados e retroperitoneais ‡ revestidas de cápsula ‡ parte medial da extremidade superior de cada rim ‡ glândulas supra-renais acessórias:
‡ rim, fígado; ‡ pâncreas, mesentério; ‡ plexo celíaco, gônadas, epidídimo;
3/10/2010

‡ ligamento largo.

Glândulas endócrinas abdominais
5.1 - Glândula supra-renal ‡ glândula supra-renal direita = aspecto triangular

‡ glândula supra-renal esquerda = aspecto semilunar ‡ possui:
‡ hilo (no sulco anterolateral) ‡ córtex (10% da glândula) ‡ medula (90% da glândula) ‡ margem medial e margem superior
3/10/2010

‡ faces anterior, posterior e renal

Glândulas endócrinas abdominais
5.2 - Ilhotas pancreáticas ‡ antes chamadas de ³ilhotas de Langerhans´ ‡ descritas por Paul Langerhans, em 1869 ‡ 700.000 - 1,2 milhões de ilhotas por pâncreas ‡ 2 - 3% da massa total do órgão
‡ Paul Langerhans * Berlin, 25/07/1847 ‚ Ilha da Madeira, 20/07/1888

³Contributions to the microscopic anatomy of the
3/10/2010

pancreas´ (Fevereiro de 1869)

Glândulas endócrinas abdominais
5. 2 - Ilhotas pancreáticas ‡ contém as células:
‡ alfa que produzem e liberam glucagon ‡ eleva o nível da glicemia

‡ beta que produzem e liberam a insulina ‡ diminui o nível da glicemia

‡ delta que produzem a somatostatina
3/10/2010

‡ regula os níveis de insulina e glucagon

Glândulas endócrinas abdominais
5.3 - Estômago

‡ secreta GASTRINA

‡ células da túnica mucosa da parte pilórica

3/10/2010

Glândulas endócrinas abdominais
5.4 ± Intestino delgado

‡ produz SECRETINA

‡ hormônio polipeptídico básico

3/10/2010

Glândulas endócrinas abdominais
5.5 - Rins

‡ produzem a RENINA

‡ atua no controle da pressão arterial

3/10/2010

Glândulas endócrinas abdominopélvicas

3/10/2010

Glândulas endócrinas abdominopélvicas
6.1 - Placenta ‡ produz gonadotrofina coriônica humana,...

‡ ...estrogênio e progesterona

‡ produção pelo trofoblasto celular interno

‡ participa da manutenção da gravidez
3/10/2010

Glândulas endócrinas pélvicas

3/10/2010

Glândulas endócrinas pélvicas
7.1 - Ovários ‡ são as gônadas femininas ‡ situadas na pelve ‡ produzem estrogênio e progesterona

‡ os hormônios desenvolvem o endométrio uterino até um estágio apropriado para receber o ³ovo´ em desenvolvimento
3/10/2010

Glândulas endócrinas escrotais

3/10/2010

Glândulas endócrinas escrotais
8.1 - Testículos ‡ são as gônadas masculinas

‡ situados no escroto

‡ cada testículo = 250 lóbulos com túbulos seminíferos

‡ produzem testosterona e espermatozóides
3/10/2010

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->