P. 1
HIGIENIZAÇÃO CORPÓREA

HIGIENIZAÇÃO CORPÓREA

|Views: 5.834|Likes:
Publicado porMichelle Cristina

More info:

Published by: Michelle Cristina on Oct 05, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/08/2015

pdf

text

original

HIGIENIZAÇÃO CORPÓREA
HIGIENIZAÇÃO CORPÓREA

NiedjaCandida;

Paulo Alberto;

PriscillaBatista;

SandrineChagas;

StefâniaFabíola;

Vanessa Sibelle;

Alessandro Silva;
Ana Moura;
Elismar Barros;
Fábia Sousa;
Girlene Ribeiro;
Márcia Cibele;
Michelle Canhoto;

CONCEITO
CONCEITO

-Cuidados com o corpo e a mente.

-Sãopráticasquepromovemasaúde
atravésdalimpezapessoal.

‡Tipos de Cuidados:

²Banho no leito

²Higiene bucal

²Higiene íntima

²Cuidados com a integridade da pele

NORMAS
NORMAS

01±AhigienedopacienteficaacargodaEquipedeEnfermagem;

02±Explicarsempreaopacienteoquevaiserfeito;

03±Preferencialmenterealizarahigieneoraldopaciente,antesdo
banhoeapósasrefeições,comsoluçãodeBicarbonatodeSódio,
equandosefizernecessário;

04±Aolidarcomopaciente,demaneiradireta,eimprescindívelouso
deluvasparaprocedimentos;

05±Cuidarduranteobanho,paranãoexpor,desnecessariamente,o
paciente.Aprivacidadecontribuimuitoparaoconfortomentaldo
paciente;

06±Secarbemtodaasuperfíciedocorpodopaciente,principalmente
asdobras;

07±Asportasdobanheironãodevemsertrancadas,duranteobanho;

08±Deve-setestaratemperaturadaágua,antesdobanhodo
paciente.Geralmenteseusaáguamorna.

Éobanhoefetuadoem

pessoascomIncapacidadede
deambulaçãoouLimitaçãode
movimentação,compreservação
dahigienecorporal,Princi-
palmentedaspartesíntimas.

BANHO NO LEITO
BANHO NO LEITO

‡Higienização total ou parcial do corpo

±Pacientes acamados

±Impossibilitados de saírem do leito

‡Um banho completo:

±Limpa a pele
±Estimula a circulação

±Proporciona um exercício leve

±Promove conforto

‡Avaliar a condição da pele, a mobilidade
articular e a força muscular.

‡Pode ser completo ou parcial.

TIPOS
TIPOS

‡Aspersão-banho de chuveiro

‡Imersão-banho na banheira

‡Ablução-jogando pequenas porções de água
sobre o corpo

‡No leito -usado para pacientes acamados em
repouso absoluto.

Aspersão
Aspersão--banho de chuveiro.
banho de chuveiro.

Imersão
Imersão--banho na banheira
banho na banheira

Ablução
Ablução--jogando pequenas
jogando pequenas
porções de água sobre o corpo.
porções de água sobre o corpo.

No leito
No leito --usado para pacientes
usado para pacientes
acamados em repouso absoluto
acamados em repouso absoluto

MATERIAL NECESSÁRIO
MATERIAL NECESSÁRIO

‡Recipiente com água morna;
‡Roupa de uso pessoal, material para higiene

oral;
‡Toalha;
‡Sabonete, desodorante;
‡Cuba rim forrada com papel;
‡Roupa de cama;
‡Comadre ou papagaio;
‡Saboneteira, luvas de procedimento;
‡Bacia, biombo

PROCEDIMENTOS
PROCEDIMENTOS

‡Colocar o biombo;

‡Fechar janelas e portas;

‡Desocupar a mesa de cabeceira;

‡Oferecer comadre ou papagaio antes de iniciar o banho;

‡Desprender a roupa de cama, retirar a colcha, o
cobertor, o travesseiro e a camisola, deixando-o
protegido com o lençol;

‡Abaixar a cabeceira da cama caso seja possível;

‡Colocar o travesseiro sobre o ombro;

‡Ocluir os ouvidos;

‡Colocar a bacia sob a cabeça;

‡Lavar os cabelos;

Escala de
Escala de Braden
Braden

‡Avalia o risco para a úlcera de pressão e nortear a seleção
das medidas preventivas necessárias.

‡Deve ser utilizada no momento da admissão nas unidades de
internação ou reabilitação hospitalares, nos asilos, nos
programas de visita domiciliar e outras situações de cuidado
de saúde.

‡Abaixo de 12 = Risco elevado,13-14 = Risco moderado, 15-
16 = Baixo risco. Associado a essa avaliação, segundo
Braden a outros fatores que devem ser analisados: Uso de
Corticóide, Neoplasias, Desidratação.

‡Diabete Mellitus, Insuficiência Renal, Insuficiência Cardíaca,
DPOC, Traumas Múltiplos,Sedação, Obesidade ou Caquexia.

LAVAGEM DOS CABELOS
LAVAGEM DOS CABELOS

Material:

‡Shampoo;
‡Balde;
‡Bacia;
‡Toalha de banho;
‡Luvas para procedimento;
‡Forro e saco plástico;
‡Pente;
‡Algodão em bola (02 unidades).

Técnica
Técnica

01 ±Explicar ao paciente o que ser feito;

02 ±Reunir o material no carro de banho e levá-lo

próximo a cama do paciente;

03 ±Lavar as mãos;

04 ±Fechar portas e janelas;

05 ±Abaixar a cabeceira do leito do paciente;

06 ±Retirar o travesseiro;

07 ±Colocar toalha de banho na cabeceira da cama, sob

o forro com o plástico;

08 ±Colocar sobre o forro com plástico, a bacia com água morna;

09 ±Colocar o paciente em posição diagonal, com a cabeça próxima

ao funcionário;

10 ±Proteger os ouvidos do paciente com algodão;

11 ±Colocar outra toalha ao redor do pescoço do paciente, afrouxando

a camisola, no caso de mulher, ou retirando a camisa no caso de

homem, cobrindo-o com o lençol;

12 ±Sustentar a cabeça do paciente com uma das mãos, sobre a

bacia com água;

13 ±Pentear os cabelos, inspecionando o couro cabeludo, cabelos e

observando condições de Anormalidade;

14 ±Umedecer os cabelos com um pouco de água, aplicando o

shampoo evitando que o liquido escorra nos olhos;

15 ±Massagear o couro cabeludo com as pontas dos dedos;

16 ±Lavar os cabelos;

17 ±Enxaguar os cabelos do paciente ate sair toda espuma, com o

auxilio de uma jarra;

18 ±Despejar a água da bacia, quantas vezes forem necessário;

19 ±Elevar a cabeça do paciente e espremer os cabelos com cuidado,

fazendo escorrer água;

20 ±Retirar a bacia que esta sob a cabeça do paciente;

21 ±Descansar e envolver a cabeça do paciente na toalha;

22 ±Secar os cabelos com toalha de banho ou forro;

23 ±Pentear os cabelos do paciente;

24 ±Recolocar o travesseiro e voltar o paciente a posição inicial;

25 ±Retirar a toalha, recompor o material no carro de banho, deixando

paciente em posição confortável;

26 ±Lavar as mãos;

27 ±Anotar na prescrição do paciente.

Tratamento de pediculose
Tratamento de pediculose

Pedículoshumanossãoparasitasdoserhumano,
conhecidopopularmentepor³piolhos´,sendo
encontradosnocourocabeludoeoutrasregiões
pilosasdocorpo.

Ossintomasincluem:pruridointenso,presençade
lêndeasepresençadoprópriopiolho.

Oobjetivodotratamentodepediculoseéeliminar
oparasitaeseusovos,proporcionandoconfortoao
pacienteeevitandosuapropagação.

Material:Bandeja,1pardeluvas,
antiparasitáriotópico,impermeávelseo
pacientenãopudersentar-se,1forro,1
toalhaderosto,recipienteparalixo,2tiras
defitaadesiva,1pardegazes,pentefino.

Tratamento de pediculose
Tratamento de pediculose

1. Reunir o material necessário e levá-lo ao quarto;

2. Pedir ao paciente que se sente na cadeira ou no leito;

3. Calçar as luvas;

4. Proteger o rosto do paciente com a toalha e os ombros com o
forro;

5. Aplicar o antiparasitário tópico no couro cabeludo, usando as
gazes,

repartindo os cabelos;

6. Prender os cabelos fazendo um turbante justo com o forro;

7. Deixar o paciente confortável e a unidade em ordem;

8. Deixar o produto agir. Se aplicar à noite, deixar até a manhã
seguinte;

9. Encaminhar o paciente ao chuveiro para lavar os cabelos;

10. Pentear os cabelos com pente fino.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->