P. 1
Aula 6 - Origem das espécies e dos grandes grupos de seres vivos

Aula 6 - Origem das espécies e dos grandes grupos de seres vivos

|Views: 3.591|Likes:
Publicado porFelipe Miranda

More info:

Published by: Felipe Miranda on Oct 07, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/14/2012

pdf

text

original

Mutação e seleção natural

Migração

Deriva gênica

Princípio do fundador

ANAGÊNESE: consiste na transformação progressiva de uma espécie, com mudanças graduais que levam à adaptação evolutiva (microevolução).

CLADOGÊNESE: processo pelo qual duas populações isoladas diferenciam-se no decorrer do tempo, originando duas novas espécies.

GRADUALISMO: a evolução ocorre de modo lento e contínuo, com os seres vivos adaptando-se gradualmente aos ambientes.

EQUILÍBRIO PONTUADO: as populações passam longos períodos evoluindo lentamente, sem alterações expressivas em suas características, seguidos por períodos rápidos de grandes mudanças (estases).

Espécie é um grupo de populações cujos indivíduos são capazes de se cruzar e produzir descendentes férteis, em condições naturais, estando reprodutivamente isolados de indivíduos de outras espécies.

 UNIDADE REPRODUTIVA;  UNIDADE ECOLÓGICA;  UNIDADE GENÉTICA;

 UNIDADE EVOLUTICA.

SUBESPÉCIE, ou RAÇAS, são populações de mesma espécie que diferem entre si quanto a determinadas características. Ocorre geralmente pelo processo de irradiação adaptativa.

ESPECIAÇÃO ALOPÁTRICA: considera que o primeiro passa para a formação de duas espécies é a separação geográfica entre populações de uma espécie ancestral.

ESPECIAÇÃO SIMPÁTRICA: duas espécies podem surgir sem que haja qualquer isolamento geográfico prévio. (ocorre geralmente pelo processo de seleção disruptiva).

Processos pré-zigóticos de isolamento reprodutivo:
• • • • Isolamento de hábitat; Isolamento sazonal ou estacional; Isolamento etológico ou comportamental; Isolamento mecânico.

Processos pós-zigóticos de isolamento reprodutivo:
• Inviabilidade do híbrido; • Esterelidade do híbrido.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->