Você está na página 1de 4

1.

Argumente sobre o interesse de Émile Durkheim pela educação,


conforme o contexto histórico que ele vivenciava.

Durkheim assumia uma postura muito conservadora e entendia que a escola


tem papel fundamental na formação moral e ética da sociedade. Com a
ampliação do ensino publico na França a partir do séc. XVII a escola toma o
lugar da igreja e da família na fundamentação das regras para convivência
social. O objetivo da escola era modificar a ordem social que sofreu grandes
mudanças com o advento do capitalismo e tecnologias. Era necessária uma
nova ordem social para haver coesão social e, segundo Durkheim, o que
possibilita essa coesão é a moral.

2. Explique o que é fato social, utilizando a educação como exemplo.

Fato social é tudo que é exterior, coercitivo e geral. Um exemplo de fato social
seria o ensino da língua portuguesa nas escolas brasileiras, é exterior porque
independe da vontade da pessoa - um brasileiro que mora no Brasil precisa
saber a língua portuguesa -, é coercitivo porque é quando se aprende uma
língua e necessário adequar-se e obedecer às regras desta língua e é geral
quando obriga o falante brasileiro conhecer a língua para poder se comunicar.

3. Defina os conceitos de Solidariedade Mecânica e Solidariedade


Orgânica.

Solidariedade mecânica é aquela onde há a manutenção das semelhanças


entre os indivíduos e essas semelhanças são necessárias para sua
sobrevivência, essa manutenção é devida a coerção social, e por vezes é
severa e repressiva com objetivo de minimizar as diferenças.

A Solidariedade orgânica tem como característica principal a divisão do


trabalho. Nesta solidariedade as diferenças formam uma espécie de rede social
onde tudo se completa. Junto com a solidariedade orgânica vem a autonomia
e a consciência individual.

4. Em sua opinião, qual é a aplicabilidade da teoria educacional de


Durkheim nos dias atuais?

Segundo Durkheim a escola deve preparar o aluno para se relacionar segundo


as normas de convivência social e deve também instigar o espírito critico,
valorizando a interpretação e analise. Atualmente a escola não tem cumprido
com seu objetivo de reguladora social, e seria importante que os princípios
Durkheimianos fossem aplicados de forma que a escola voltasse a ser
instrumento de coesão social.
UEPA- Universidade do Estado do Pará

CCSE- Centro de ciências sociais e educação

Curso de pedagogia

Disciplina: Sociologia da educação

Nome: Robson Augusto da Silva Junior

Exercício: A educação sob o enfoque de Émile Durkheim.

Belém, 06 de Outubro de 2010


UEPA- Universidade do Estado do Pará

CCSE – Centro de ciências sociais e educação

Curso de pedagogia

Disciplina: Sociologia da educação

Nome: Robson Augusto da Silva Junior

Exercício: A educação sob o enfoque de Émile Durkheim.

Trabalho apresentado para avaliação parcial


da disciplina sociologia da educação sob
orientação da Prof. Dra. Victoria Paracampo.

outubro/2010.

Belém, 06 de Outubro de 2010

Você também pode gostar