Você está na página 1de 2

Evolução da fotografia

Os princípios básicos da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando


Aristóteles verificou que os raios de luz solar, ao atravessarem um pequeno
orifício, projectavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este
método recebeu o nome de câmara escura.

No entanto, a primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em


1825 por um francês. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa
placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz
solar por oito horas.

Há dez anos que Joseph Nicéphore Niépce já tentava este feito, mas sem êxito.
Nesta primeira fotografia via-se a vista da janela do sótão de sua casa. Aos poucos
foram desenvolvidas novas técnicas.

Recentemente, os processos fotográficos modernos sofreram diversos


refinamentos e melhoramentos. Hoje em dia impera a fotografia digital, deixando
para trás os rolos fotográficos e os negativos

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak.


Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo,
substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era
imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica
não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas
vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para
mais tarde recordar…
Fig.1 Primeira maquina fotografica de kodak (1888)

Trabalho realizado por:

Ana Carolina Miranda 9ºE Nº3

Helder Marques 9ºA Nº9

Raúl Serra 9ºA Nº23