P. 1
Técnicas de Moldagem em Implantodontia

Técnicas de Moldagem em Implantodontia

|Views: 5.788|Likes:
Publicado porInstituto Velasco
Aula integrante do Curso de Especialização em Implantodontia do Instituto Velasco. Muitas aulas tem complementos em vídeos que devem ser buscados através de nosso canal no YouTube: http://www.youtube.com/user/InstitutoVelasco
Aula integrante do Curso de Especialização em Implantodontia do Instituto Velasco. Muitas aulas tem complementos em vídeos que devem ser buscados através de nosso canal no YouTube: http://www.youtube.com/user/InstitutoVelasco

More info:

Published by: Instituto Velasco on Oct 12, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial No-derivs

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

12/26/2012

Moldagem de Transferência

Rogério Gonçalves Velasco
Coordenador dos cursos de Pós-graduação em Implantodontia do Instituto Velasco
‣ ‣ ‣ ‣ ‣ Doutor em Implantodontia pela Faculdade São Leopoldo Mandic, Campinas Mestre em Medicina - área de Concentração em Ciências da Saúde/Cirurgia de Cabeça e Pescoço, pelo Hospital Heliópolis - São Paulo, 2004. Especialista em Prótese Bucomaxilofacial através da Associação Brasileira de Ensino Odontológicos, São Paulo, 2003 Especialista em Prótese Dentária pela Universidade São Marcos, 2009 Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial  pela Universidade São Marcos, São Paulo, 2009

rogeriogvelasco@gmail.com

www.rogeriovelasco.com.br

Centro de Estudos Práticos e Pesquisa dedicado aos cursos de atualização em Implantodontia, Cirurgia e Prótese ministrados pelo Instituto Velasco.

Transformando conhecimento em saúde

Cursos com credenciamento no MEC, sob portaria nº 1.342 de 10 de novembro de 2008, seguindo diretivas do CFO para cursos de especialização em odontologia.

Objetivos
Conceito de moldagem Tipos de materiais para moldagem Apresentar dispositivos para moldagem de transferência Apresentar as principais técnicas de moldagem em implantes

Objetivos
Conceito de moldagem Tipos de materiais para moldagem Apresentar dispositivos para moldagem de transferência Apresentar as principais técnicas de moldagem em implantes
O assunto Moldagem de Transferência será abordado novamente em quando for discutido cada tipo de prótese: Overdenture, Protocolo de Branemark, PPF parafusada, PPF cimentada e Sistemas CAD-CAM

Objetivos da Moldagem

Phillips R,1993

Objetivos da Moldagem

Phillips R,1993

Reproduzir com precisão o posicionamento dos implantes e seu relacionamentos com as estruturas conexas.

Objetivos da Moldagem
• •

Phillips R,1993

Reproduzir com precisão o posicionamento dos implantes e seu relacionamentos com as estruturas conexas. Reproduzir com precisão estruturas dentais e sua relação com as estruturas vizinhas.

Objetivos da Moldagem
• • •

Phillips R,1993

Reproduzir com precisão o posicionamento dos implantes e seu relacionamentos com as estruturas conexas. Reproduzir com precisão estruturas dentais e sua relação com as estruturas vizinhas. Reproduzir com precisão estruturas anatômicas.

Objetivos da Moldagem
• • •

Phillips R,1993

Reproduzir com precisão o posicionamento dos implantes e seu relacionamentos com as estruturas conexas. Reproduzir com precisão estruturas dentais e sua relação com as estruturas vizinhas. Reproduzir com precisão estruturas anatômicas.

Objetivos da Moldagem
• • •

Phillips R,1993

Reproduzir com precisão o posicionamento dos implantes e seu relacionamentos com as estruturas conexas. Reproduzir com precisão estruturas dentais e sua relação com as estruturas vizinhas. Reproduzir com precisão estruturas anatômicas.

Precisão: ausência de elementos supérfluos

Objetivo de copiar com precisão a posição do implante

Objetivo de copiar com precisão a posição do implante
(longo eixo e posição do sistema antirotacional)

Objetivo de copiar com precisão a posição do implante
(longo eixo e posição do sistema antirotacional)

em relação às estruturas bucais

Objetivo de copiar com precisão a posição do implante
(longo eixo e posição do sistema antirotacional)

em relação às estruturas bucais
(tecido peri-implantar, elementos dentários e relação inter-maxilar)

Material de Moldagem Ideal

‣ ‣ ‣ ‣ ‣ ‣ ‣ ‣ ‣ ‣ ‣

Facilidade de manipulação Tempo de trabalho Reprodução passiva de detalhes Facilidade de remoção Resistência ao rasgamento Recuperação elástica Estabilidade dimensional Permitir desinfecção Compatibilidade com material para modelo Custo Odor e sabor

Anelásticos

Classificação

Elásticos

Anelásticos

Godiva Pasta zoe

Resina acrílica Gesso

Classificação

Elásticos

Anelásticos

Godiva Pasta zoe

Resina acrílica Gesso

Classificação

Elásticos Hidrocolóides

Elastômeros

Anelásticos

Godiva Pasta zoe

Resina acrílica Gesso

Classificação

Elásticos Hidrocolóides Reversíveis Irreversíveis Elastômeros

Anelásticos

Godiva Pasta zoe

Resina acrílica Gesso

Classificação

Elásticos Hidrocolóides Reversíveis Irreversíveis Elastômeros Mercaptana Poliéter Silicone de Adição Silicone de condensação

Materiais de Moldagem

Materiais de Moldagem
Hidrocolóide

Materiais de Moldagem
Hidrocolóide Silicone de Condensação

Materiais de Moldagem
Hidrocolóide Silicone de Condensação Mercaptana

Materiais de Moldagem
Hidrocolóide Silicone de Condensação Mercaptana Silicone de Adição

Materiais de Moldagem
Hidrocolóide Silicone de Condensação Mercaptana Silicone de Adição Poliéter

Materiais de Moldagem
Hidrocolóide Silicone de Condensação Mercaptana Silicone de Adição Poliéter

Precisão

Alginato

Alginato Vantagens
‣ ‣ ‣ ‣ Fácil manipulação Baixo custo Conforto para o paciente Não exige equipamento elaborado ‣ Hidrófilo

Desvantagens
‣ Pobre reprodução de detalhes ‣ Baixa estabilidade dimensional (sinérese e embebição) ‣ Baixa resistência ao rasgamento ‣ Sensível à desinfecção

Silicone de Condensação

Silicone de Condensação Vantagens
‣ ‣ ‣ ‣ Fácil remoção Boa reprodução de detalhes Bom tempo de trabalho Boa recuperação elástica

Desvantagens
‣ ‣ ‣ Baixa estabilidade dimensional Mais hidrofóbico Baixa resistência ao rasgamento

Silicone de Adição

Silicone de Adição Vantagens
‣ ‣ ‣ ‣ ‣ Boa resistência ao rasgamento Excelente reprodução de detalhes Hidrofílico Automix Excelente recuperação elástica

Desvantagens
‣ ‣ ‣ Alto custo reação de presa inibida pelo enxofre Liberação de H2

Poliéter

Poliéter Vantagens
‣ ‣ ‣ ‣ ‣ Boa resistência ao rasgamento Excelente reprodução de detalhes Hidrofílico Excelente recuperação elástica Automix (sistema Pentamix)

Desvantagens
‣ ‣ ‣ Alta rigidez Difícil remoção Alto custo

Quadro comparativo
Alginato Tempo de trabalho Estabilidade dimensional Reprodução de detalhes Resistência ao rasgamento Vida útil Compatibilidade com material para modelo
Curto/médio Baixa

Silicone de Condensação
Curto/médio Média

Silicone de Adição
Médio/longo Ótima

Poliéter
Longo Ótima

Baixa

Boa

Boa

Ótima

Baixa

Boa

Ótima

Ótima

Média

Média

Grande Grande
Tempo pelo fabricante

Grande

Grande

Grande

Grande

98

Hidrofilia
82° 53°

Silicones Hidrofóbicos

Polissulfeto

Silicones Hidrofílicos

49° 27°

Poliéter Craig RG et al. 1997 Alginato

Pilar de transferência

Pilar de transferência

Pilar de transferência

anti-rotacional

chanfro bilateral anti-rotacional

Pilar de transferência

chanfro bilateral anti-rotacional

Pilar de transferência

chanfro bilateral anti-rotacional Retenção

Pilar de transferência

réplicas de Implantes
morse He Hi

He

He

HI

Moldeira Aberta Moldeira Fechada variações de técnicas

condição peri-implantar

condição peri-implantar

condição peri-implantar

condição peri-implantar

condição peri-implantar

condição peri-implantar

condição peri-implantar

Moldeira

Moldeira Aberta
Técnica

Moldeira Aberta
Técnica

Resina acrílica

=

Contração

=

indução de tensão

Resina acrílica

=

Contração

=

indução de tensão

compensAção dA DISTORÇÃO

Resina acrílica

=

Contração

=

indução de tensão

compensAção dA DISTORÇÃO

Moldeira Aberta
características

Moldeira Aberta

Muito precisa

independe do material imobilização do transfer

características

Moldeira Aberta

Muito precisa

independe do material imobilização do transfer

características

Moldeira Aberta

Muito precisa

independe do material imobilização do transfer

características

Moldeira Aberta

Muito precisa

independe do material imobilização do transfer

características

Moldeira Aberta
características

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

próteses parafusadas

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

próteses parafusadas

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

próteses parafusadas

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

próteses parafusadas

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

overdenture

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

overdenture

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

overdenture

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

overdenture

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

protocolo de branemark

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

protocolo de branemark

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

protocolo de branemark

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

Moldeira Aberta

indicada sempre que não queremos solda no trabalho final

características

Moldeira Aberta
características

Moldeira Aberta

Difícil uso em:

Pacientes com Fobias pequena abertura de boca implantes muito inclinados gde qde de implantes

características

Moldeira Aberta

Difícil uso em:

Pacientes com Fobias pequena abertura de boca implantes muito inclinados gde qde de implantes

características

montadores de implante

montadores de implante

anti-rotacional

montadores de implante

encaixe quadrado

anti-rotacional

montadores de implante

encaixe quadrado

anti-rotacional

variação de Técnica
Ferulização de implantes + moldeira fechada

Moldeira fechada
Técnica

Moldeira fechada
Técnica

Moldeira fechada
Técnica

Moldeira fechada
características

Moldeira fechada
características

rápido e simples de se fazer

Moldeira fechada
características

rápido e simples de se fazer

Moldeira fechada
características

rápido e simples de se fazer

Moldeira fechada
características

rápido e simples de se fazer

Moldeira fechada
características

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada

precisão depende de:

qualidade da impressão qualidade do material

características

propriedades do material

Moldeira fechada
características

Moldeira fechada

facilidade para grande quantidade de implantes

características

Moldeira fechada

facilidade para grande quantidade de implantes

características

Moldeira fechada
características

Moldeira fechada

indicado quando a solda da estrutura faz parte do processo de confecção da prótese compensação da distorção

características

Moldeira fechada

indicado quando a solda da estrutura faz parte do processo de confecção da prótese compensação da distorção

características

Moldeira fechada

indicado quando a solda da estrutura faz parte do processo de confecção da prótese compensação da distorção

características

Moldeira fechada

indicado quando a solda da estrutura faz parte do processo de confecção da prótese compensação da distorção

características

Moldeira fechada

indicado quando a solda da estrutura faz parte do processo de confecção da prótese compensação da distorção

características

Moldeira fechada
características

Moldeira fechada

Implantes inclinados podem `rasgar` a moldagem

características

Moldeira fechada

Implantes inclinados podem `rasgar` a moldagem

características

Moldeira fechada

Implantes inclinados podem `rasgar` a moldagem

características

Moldeira fechada

Implantes inclinados podem `rasgar` a moldagem

características

Qual técnica é mais precisa?

Transfer padrão

Transfer padrão ferulizado com acrílico

Transfer asperizado e com tratamento adesivo

Transfer padrão

Transfer padrão ferulizado com acrílico

Transfer asperizado e com tratamento adesivo

Conferindo modelos

variação de Técnica
moldagem com componentes

variação de Técnica
moldagem com componentes

variação de Técnica
moldagem com componentes

Moldagem com compoentes

Pouca Indicação Clínica

Moldagem com compoentes

Pouca Indicação Clínica gde risco de distorção

Moldagem com compoentes

Pouca Indicação Clínica gde risco de distorção uso quando o componente já está cimentado em definitivo Preparo = dente

Moldagem com compoentes

Pouca Indicação Clínica gde risco de distorção uso quando o componente já está cimentado em definitivo Preparo = dente

Copiando papila

Modelo de trabalho

Modelo de trabalho

Modelo de trabalho

Modelo de trabalho

Pilar de Transferência

Pilar de Transferência

CONUS SUMMALIS

Fixação do Pilar de Transferência

CONUS SUMMALIS

Ajuste do Pilar de Transferência

CONUS SUMMALIS

Ajuste do Pilar de Transferência

CONUS SUMMALIS

Ferulização do Pilar de Transferência

CONUS SUMMALIS

Ferulização do Pilar de Transferência

CONUS SUMMALIS

Moldagem simplificada

CONUS SUMMALIS

Modelo de trabalho

CONUS SUMMALIS

Modelo de trabalho

CONUS SUMMALIS

Modelo de trabalho

CONUS SUMMALIS

Modelo de trabalho

CONUS SUMMALIS

Modelo de trabalho

CONUS SUMMALIS

Conferência do Modelo

Bibliografia

The Osseointegration Book: from calvarium to calcaneus
Per-Ingvar Branemark. Germany, Quintessence, 2005

Manual de Implantodontia Clínica. Contemporary Implant Dentistry.

M. Davarpanah, H. Martinez, M. Kebir, JF Tecicuanu, Brasil, Artmed, 2003. Carl E. Misch, Brasil, Livraria Santos, 2001

Atlas Coloridos de Odontologia: Implantodotia
Hubertus Spiekermann, Brasil, ArtMed, 2000

Tissue-integrated Prostheses : Osseointegration in Clinical Dentistry Prótese Sobre Implantes

Per-Ingvar Brånemark, George A. Zarb e Tomas Albrektsson. USA, Quintessence, 1985

Carl Misch, Brasil, Santos, 2005

Os artigos utilizados estão referendados junto ao seu assunto específico em cada slide.

Centro de Estudos Práticos e Pesquisa dedicado aos cursos de atualização em Implantodontia, Cirurgia e Prótese ministrados pelo Instituto Velasco.

Transformando conhecimento em saúde

Cursos com credenciamento no MEC, sob portaria nº 1.342 de 10 de novembro de 2008, seguindo diretivas do CFO para cursos de especialização em odontologia.

Esta aula foi produzida e é distribuído através da licença de utilização Creative Commons e Science Commons. O Projeto Science Commons tem três iniciativas interligadas para acelerar o ciclo de pesquisa: a produção contínua, facilidade de acesso e reutilização do conhecimento, que está no princípio do método científico. Juntas, estas iniciativas formam uma infra-estrutura colaborativa, facilitando acesso às descobertas científicas . Você tem a liberdade de:
Compartilhar — copiar, distribuir e transmitir a obra.

Sob as seguintes condições:
Atribuição — Você deve creditar a obra vinculando o documento ao autor, com e-mail e site. Uso não-comercial — Você não pode usar esta obra para fins comerciais, como apresentações públicas, aulas e cursos, somente consulta pessoal. Vedada a criação de obras derivadas — Você não pode alterar, transformar ou criar em cima desta obra.

Ao distribuir esta obra, permitir contato direto com autor: Rogério Gonçalves Velasco rogeriogvelasco@gmail.com www.institutovelasco.org.br www.rogeriovelasco.com.br

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->