Você está na página 1de 32

Nº 911

De 20 a 26 de setembro de 2009
EDIÇÃO NACIONAL

w
w
www
www
w ... fff oo ll hh aa uu n
n ii vv ee rrr sss aaa lll ... ccc ooo m
m ... bbbrrr
m

TI
RA
3.

G
EM
E

50
EDIÇÃO ESPECIAL

RE
E

CO
M
0.
RD
COMO A

E
L
00 A
R

0
E
S
FAMÍLIA
MARINHO
DESTRÓI O
BRASIL
AE

FOTOS: FOLHAPRESS

João Roberto Marinho José Roberto Marinho Roberto Irineu Marinho

Estes senhores são donos da TV Globo. Uma herança que


cresceu e se mantém sob acusações de fraudes, privilégios de
políticos e manipulações. Até quando eles continuarão impunes?
PÁG. 10
2 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 opinião
RECADO DA REDAÇÃO
Esta edição especial da Folha Universal
é dedicada, em sua quase totalidade, a um
único tema que interessa muito a você. A
influência da "Rede Globo" na vida social
e política do País ou como um grupo que
deteve, por décadas, o monopólio da
comunicação prejudicou o Brasil. Criada
e fortalecida através de ligações com a
Ditadura Militar, o regime que deixou o
País sem liberdade por longos e tenebrosos
21 anos, a "TV Globo", da família Marinho,
assiste ao fim de sua hegemonia e,
acostumada a privilégios, demonstra que não
sabe conviver com a livre concorrência. Nas
páginas desta edição, mostramos como a
"Globo" recebeu injeção de dinheiro público,
se apropriou de terrenos, também públicos,
envolveu-se em fraudes e falsificações, e
manipulou o noticiário, principalmente
durante eleições. E, ainda assim, perde cada
vez mais espaço na audiência para o avanço
da "TV Record". Boa leitura.

Leia a opinião do bispo Edir Macedo


na página 4i, do caderno Folha IURD

CARTAS
PARABÉNS País está vivendo. Meus parabéns a trabalhadores mais atentos quan- espiritual. Como os norte-america- Lula e Sarkozy, para a compra, pelo
Sou espanhol e mudei para este toda a redação. to aos seus direitos. nos são os maiores consumidores brasileiro, de aviões de caça Rafale,
País bonito que é o Brasil. Como ca- de cocaína, deveriam montar bases precisa de maiores esclarecimentos
tólico, me envergonho da posição Santiago Jordá Gonzalez Giselle Rodrigues Reis militares nas fronteiras deles, para à população, que, no final das
de minha igreja em relação a alguns Natal (RN) Belo Horizonte (MG) não deixar sair dólares e não deixar contas, é quem vai pagar esta alta
assuntos de interesse social, como entrar cocaína. Obama continua fatura. Todos sabemos que as Forças
sexualidade, aids, instrução, ciência INSEGURANÇA NO TRABALHO EXPANSÃO E BELIGERÂNCIA com o mesmo espírito de Bush, de Armadas Brasileiras estão sucateadas
médica, entre outros. Entretanto, Parabenizo a vocês pelo Como sempre, parabenizo por to- expansão militar e beligerância. e é preciso que se garanta a sobe-
eu leio a Folha Universal desde artigo do dia 23 de agosto das as matérias publicadas, sobretudo rania do País. Mas não podemos
que cheguei ao Brasil e me surpre- (ed. 907), sobre insegurança a “De tremer nas bases” (ed. 908). Eu Marcial Sanchez Claros deixar de levar em conta que somos
ende a humanidade e racionalidade no trabalho. É um assunto de era assíduo leitor da “Folha de S. Pau- Petrópolis (RJ) um País de muitas carências.
com as quais sua igreja trata estes grande importância para todos lo”, agora sou da Folha Universal.
assuntos. Seu jornal me oferece um os trabalhadores. A matéria fi - Não perco nenhum número porque CAÇAS FRANCESES Fabio Tavares
ponto de vista realístico do que este cou maravilhosa e deixou vários complementa meu crescimento O acordo de R$ 4 bilhões entre Marechal Hermes (RJ)

Sua participação – cartas, e-mails e fax com comentários, denúncias e opiniões – deve ser enviada para esta coluna com nome completo, legível e endereço que permita confirmação.
As cartas poderão sofrer, se necessário, modificações ou cortes, sem, no entanto, ter a ideia original alterada.
Correspondências: Rua do Bosque, 1.449 – Barra Funda – São Paulo – SP – CEP 01136-001
Fax.: (11) 2184-5651 - e-mail: cartas@folhauniversal.com.br (as cartas e e-mails devem conter nome completo, cidade de origem e RG).

TIRAGEM COMPROVADA
PELA BDO TREVISAN
AUDITORES INDEPENDENTES

Diretor Geral: SIDNEY S. COSTA Diretor de redação: JERONIMO ALVES


Matriz: Redação:
Supervisão editorial: DOUGLAS TAVOLARO E LEANDRO CIPOLONI Estrada Adhemar Bebiano, 3610 - Inhaúma Rua do Bosque, 1449 - Barra Funda - São Paulo - SP_CEP 01136-001
Chefe de redação: CELSO FONSECA Rio de Janeiro - RJ_CEP 20766-720 SP - Tel.: (11) 2184-5648 / Fax: (11) 2184-5651
Subeditores: LYGIA REBELLO, FELIPE GIL E MÔNICA SOARES Departamento Comercial RJ - Tel.: (21) 3296-9300 r. 154 / Fax: (21) 3296-9356
Diretor de arte: VAGNER SILVA (21) 3296-9300 redacao@folhauniversal.com.br

CORRESPONDENTES: Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 3296-9300 ramal 154 - redacao@folhauniversal.com.br • Belo Horizonte/MG - Tel.: (31) 3349-7300 - correspondentemg@folhauniversal.com.br
NORDESTE - Salvador/BA - Tel.: (71) 3432-9027 • Fortaleza/CE - Tel.: (85) 3452-2163 • São Luís/MA - Tel.: (98) 3216-1647 • NORTE - Manaus/AM - Tel.: (92) 2121-1125 - correspondentenorte@folhauniversal.com.br
• Rio Branco/AC - Tel.: (68) 3224-6051 • Macapá/AP - Tel.: (96) 3223-6248 • CENTRO-OESTE - Goiânia/GO - Tel.: (62) 4008-7400 • Cuiabá/MT - Tel.: (65) 3623-0373 • SUL Curitiba/PR - Tel.: (41) 3025-5700
A FOLHA UNIVERSAL NÃO SE RESPONSABILIZA PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES. ELAS NÃO EMITEM, NECESSARIAMENTE, A OPINIÃO DO JORNAL. TAMBÉM NÃO SE RESPONSABILIZA PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS.
impressão: Ediminas S/A - MG - CIRCULAÇÃO: em todo o território nacional
entrevista DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 3
10 PERGUNTAS para
PAULO RAMOS
“GLOBO É ANTIDEMOCRÁTICA”
Deputado estadual fala como a quebra do monopólio da emissora contribui para a liberdade do País
da “Globo” como Leonel Brizola, que

ASCOM
Por Alice Mota se elegeu governador do Rio Janeiro,
alicemota@folhauniversal.com.br
em 82, e se reelegeu, em 1990, mesmo
contra a vontade do grupo?

C
omo se não bastasse a A contribuição de Brizola foi para desmas-
influência no cenário po- carar o “Sistema Globo” e hoje se percebe nas
lítico nacional desde a
pessoas uma rejeição a qualquer esforço da
Ditadura, a “TV Globo”
é acusada de utilizar seu pode- “Globo” de divulgar qualquer informação que
rio de mídia para eleger quem é não corresponda ao desejo da população. Na
do seu interesse. Em entrevista à dimensão da política de Brizola, ainda não
Folha Universal, o deputado surgiu ninguém com uma coragem tão gran-
estadual Paulo Ramos, do Rio de. Como denunciamos, a compra do Projac
de Janeiro, líder do Partido De- foi feita com investimento da Caixa Econômi-
mocrático Trabalhista (PDT), e ca Federal, por U$ 39 milhões (R$ 70,4 mi-
deputado federal por dois man- lhões), através de uma linha de crédito a juros
datos, fala de suas investigações bem menores do que o captado no mercado.
sobre as “Organizações Roberto
Marinho”, como a compra do 8 – O senhor acredita que a “Globo“
Projac com dinheiro da Caixa
elegeu Collor e o retirou da Presidência
Econômica Federal.
da República? A “TV Globo” teve partici-
pação intensa na campanha, em 1989?
1 – O senhor acha a quebra do O Collor foi candidato da “Globo” e criou
monopólio da audiência é saudável um partido para concorrer naquela eleição.
para o País? Mas é bom lembrar que depois de eleito,
Durante muitos anos as “Organizações Collor rompeu com Roberto Marinho, porque
Globo” tiveram uma hegemonia muito grande o Collor estava construindo uma rede nacio-
e isto não permite a diversificação da informa- nal de televisão e todas as concessões da “Glo-
ção. O monopólio é uma perversidade para a bo” iam vencer em 1993, ainda no governo
democracia. É preciso que haja a concorrência dele. Ninguém no Brasil é destituído do poder
e que se tenha uma multiplicação dos meios por causa de corrupção. Havia a corrupção
de comunicação. A televisão é veículo muito no governo de Collor, inclusive também votei
importante e é preciso que haja a competição participação do “Sistema Globo”. E, embo- a população irá opinar se a “Globo” quer pelo impeachment, mas, a “Globo” realmente
para que a população receba informações de ra tenha tudo ficado evidente e comprova- dar as regras. Isto é antidemocrático, mas a tinha outros interesses. Ela queria inviabilizar
fontes variadas. A “Globo” se habituou a ter do, ninguém foi responsabilizado. “Globo” é antidemocrática. o surgimento de uma nova rede. E dependen-
o controle do poder político do de um comportamento da “Globo”, Collor
em função dos índices de 4 – O senhor acha 6 – Na grande maioria da vezes, os poderia não renovar as concessões.
audiência. Na medida que O MONOPÓLIO É UMA que a “Globo” segue políticos se intimidam com a “Rede
os índices caem, diminui a PERVERSIDADE PARA tentando influenciar Globo”? Há o medo de ficar de fora da 9 – Como está o andamento da CPI
influência dela. nos destinos políti- programação, como aconteceu com ex- do Projac? O que foi descoberto?
A DEMOCRACIA. É cos do País? prefeito do Rio, Saturnino Braga? Ficou comprovado que a Caixa Eco-
2 – Qual a relação e PRECISO QUE HAJA Com certeza absoluta. Há dois comportamentos: de dependên- nômica Federal beneficiou a “Globo”
o poder da mídia às vés- Não é à toa que a “Glo- cia e de submissão.Também fiquei impedido com a construção do Projac.
peras de uma eleição?
A CONCORRÊNCIA bo” decide seu modelo de de ser entrevistado pela “Globo” quando fiz
Quando deputado fe- satanizar quem quer e a CPI da compra do Pro- 10 – O senhor pre-
deral, eu fiz um levantamento de tudo endeusar àqueles que vão de encontro com jac. A emissora procura tende continuar in-
que a “Globo” controlava, como as repe- seus interesses. Mas o interesse da “Globo” colocar o parlamentar no A GLOBO SE HABITOU vestigando as “Orga-
tidoras nos estados e municípios. Chega- nunca é o mesmo da democracia, por isto, anonimato e sepultam a A TER O CONTROLE DO nizações Globo”?
mos à conclusão que ela determinava o não interessa à população. atuação dele. Há casos em PODER POLÍTICO EM Não tenho outra al-
fato histórico e tinha o poder de adulterar que existe uma verdadeira ternativa, pois defendo a
a informação depois do acontecido. E esta 5 – Isso ainda acontece? perseguição. Por isto, já FUNÇÃO DOS ÍNDICES democratização da infor-
situação confere um superpoder que não Claro, e inclusive durante a última elei- fiz ato público em frente DE AUDIÊNCIA mação. Defendo que se
interessa à democracia. ção à prefeito no Rio de Janeiro não con- à “Globo”, chamando: “É deva pulverizar no contro-
cordei com as regras que a “Globo” queria roubo, é roubo é tudo Rede Engodo”, como le dos meios da comunicação. A concentração
3 – O senhor acompanhou o caso impor e determinar quem iria participar dos também um ato em frente ao IBOPE, o orgão faz mal à democracia. Em países verdadeira-
Proconsult, a suposta tentativa de debates. Queria selecionar o debate confor- de pesquisa preferencial do “Globo”. mente democráticos isso não acontece. As ati-
fraude na eleição do Brizola, em 82. me seus interesses. A legislação diz que todo tudes da “Globo” são perniciosas. São muitas
Isto realmente ocorreu? partido que tem representação no Congresso 7 – Há no cenário político alguém denúncias contra ela, e a gente vai remando e
Aconteceu e foi comprovada a Nacional tem direito de participar. Como que conseguirá incomodar o poderio acreditando no fim da impunidade.
4 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009
SETE DIAS
aconteceu

AE
Alarme no ar
Relatório mostra que, no País, há 1,76 acidentes a cada 1
milhão de voos. Quatro vezes mais do que a média mundial
Um relatório inédito da Agência Nacional nacional. Juntas, as duas tragédias (as maiores
de Aviação Civil (Anac) aponta: a taxa de aci- da aviação civil brasileira) mataram 353 pesso-
dentes fatais na aviação regular do Brasil está as. Ronaldo Jenkins, coordenador da Comissão
mais de quatro vezes acima do padrão mun- de Segurança de Voo do Sindicato Nacional de
dial. O índice de tragédias no País foi de 1,76 Empresas Aéreas (SNEA), explica que os dados
para cada 1 milhão de voos entre 2004 e 2008, devem ser analisados com cuidado. Ele destaca,
enquanto a média internacional ficou em 0,4 ainda, que as dimensões continentais do Brasil e
por 1 milhão. Há regiões do mundo em que a diversidade cultural e de infraestrutura do País
os índices são piores que no Brasil. É o caso da podem contribuir para alterar a média. “Em
Ásia central e oeste (2,29) e África (4,96). As alguns Estados, há infraestrutura, boas pistas e
médias de cada país são calculadas com base fiscalização. Em outros, não há controle. Pilotos
nos registros de acidentes e outras ocorrências que voam sem habilitação, aviões sem manu-
dos últimos 5 anos. Ou seja: as quedas dos tenção, selva, pistas clandestinas. É impossível,
aviões da Gol, em 2006, e da TAM, em 2007, no Brasil, que a autoridade aeronáutica esteja
foram as responsáveis pela piora do índice em todas as partes do País”, explica. TRAGÉDIA: Queda do avião da TAM, em 2007, fez índice piorar

Inimigo íntimo
FOLHAPRESS
Cidades celebram Dia
Levantamento da Secretaria de Saúde do Estado de São
Paulo, feito com 1.286 casos de violência doméstica, registrados
Mundial Sem Carro
no estado entre janeiro e maio deste ano, aponta que 75% das Milhares de pessoas devem deixar o carro na
vítimas são mulheres. Na maioria dos casos – 67,8% – elas são garagem nesta terça-feira, 22 de setembro, em
agredidas pelo parceiro (marido, companheiro ou namorado) apoio ao Dia Mundial Sem Carro. Trata-se de
e, em 70,8% das vezes, dentro de casa. A forma de agressão mais uma mobilização que envolve mais de 40 países
comum é a física (59%) e as vítimas têm entre 20 e 39 anos. O na busca por alternativas mais sustentáveis de
fato de a maioria dos criminosos ser o marido ou namorado transporte. A ideia surgiu na Europa, na década
inibe as denúncias. “Tinha aquela história de não querer se meter de 90. No Brasil, o Dia Mundial Sem Carro é
em briga de marido e mulher, mas as pessoas têm denunciado celebrado desde 2001 e tem sido marcado por
mais, têm mais conhecimento sobre os direitos e a Lei Maria da PEDAL: Campanha mundial pede que as manifestações de ciclistas e pressão por mais
Penha”, avalia Marisa Sanematsu, do Instituto Patrícia Galvão. pessoas deixem o automóvel em casa investimentos em transporte público coletivo.

Trapaça na Fórmula 1
em 2008. A batida teria
sido planejada pelo dono
da equipe Renault, Flavio
Briatore, com o propósito
de beneficiar o outro piloto
do time, Fernando Alonso.
Briatore negou e disse que
ia processar Piquet, mas a
análise do carro de Nelsinho
após a corrida demonstra
AFP

comportamento incomum
do piloto, que continuou
acelerando quando, em
uma situação normal de
NELSINHO: Piloto bateu de propósito batida, teria freado. A troca
de acusações entre Briatore e
O piloto de Fórmula 1 Piquet terminou em ofensas,
Nelsinho Piquet, filho do com ele insinuando que
campeão da categoria Nelson Nelsinho é homossexual. Na
Piquet, assumiu que bateu quarta-feira (16), a Renault
propositalmente durante anunciou o afastamento de
a corrida de Cingapura, Briatore da equipe.
sete dias DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 5
sua carreira
Diarista tem dívida milionária
Há 9 anos, ao fazer compras numa loja de departamentos, a diarista Ana Maria da Silva des-
Fanatismo
cobriu que alguém havia usado o nome e o CPF dela para abrir crediário. A dívida era de
R$ 690. Ana foi ao Serasa e descobriu mais quatro cheques devolvidos. Os dados eram dela, mas pode atrapalhar
as assinaturas não. Ela fez um boletim de ocorrência e esperava que a polícia resolvesse o assun-
to. Mas não foi o que aconteceu. Em agosto último, ela levou um susto ao descobrir outra dívida, Quando a paixão pelo time e de futebol
de R$ 220 milhões, numa conta inativa na Caixa Econômica Federal. Vítima de fraude, a diarista se torna uma das coisas mais importan-

JUPITER IMAGES
é ré em quase 100 processos na Justiça de São Paulo. Ana procurou a Defensoria Pública, o banco tes no dia a dia, é preciso abrir
ir os olhos,
reconheceu a fraude e, agora, a diarista sonha em limpar o nome para financiar uma casa. pois muitos não são capazes es
de perceber que o fanatismo o
pode atrapalhar o desempe-
nho no local de trabalho e até
saúde na mesa mesmo trazer surpresas muito
desagradáveis, como adver-
o

tências ou uma demissão. “O


As muitas utilidades do coco mais indicado é evitar explici-i-
tar o fanatismo: não usar camisa
misa
O coco pode ser aproveitado de diversas maneiras: a água, o leite pres
presente
essen
e te de times ou customizar o ambien-
bien-
de trabalho com fotos ou adereços do
te d

LUCIANA BOTELHO
na “carne” ou os pedaços da fruta têm ótimas propriedades. Quanto
menos maduro, mais ele possui vitamina C, que ue colabora com o clube. Essa exposição, além de dar aber-
clu
sistema imunológico. Para repor a energia nos dias de calor, a água tura para que os demais profi fissionais da
de coco é excelente, pois contém sais minerais importantes,
mportantes, como empresa façam comentários positivos ou
em
cálcio, potássio, ferro e fósforo. “São muitos be-- negativos em relação ao time,
neg e, favorece a
nefícios, pois a água de coco funciona como um m rivalidade”, afirma a consultora
riva ra de recursos
isotônico natural. Com o bagaço da ‘carne’, de- humanos da Catho Online, Glaucia
hum laucia Santos.
pois de extraído o leite, podem ser feitos bolos e Os apaixonados por futebol precisam sepa-
pães”, ressalta Ana Karina Braga, nutricionista do o rar a torcida do ambiente de trabalho para
Conselho Regional de Nutricionistas da Bahia e não criarem uma imagem negativa
gativa de si ou
Sergipe. O coco também reduz o nível de coleste- te- carem nervosos com as provocações
fica ovocações dos
rol, previne e auxilia no tratamento de artrite.
e. colegas depois de derrotas.
cole
6 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009
sete dias
é o bicho!
Música sem limites
Mortes em zoológico

REPRODUÇÃO
Em vez das mãos, os pés. É
assim que o DJ francês Pascal
Desde janeiro, 70 animais morreram no zoológico de Goiâ-
Kleiman, que nasceu sem os bra- nia (GO). O diretor da instituição, Raphael Cupertino, e outras
ços por uma malformação fetal, quatro pessoas foram responsabilizados pela Polícia Civil de Goi-
manipula discos e comandos de ás pelas mortes de 16 deles. De acordo com a polícia, houve
uma mesa de som. Radicado na negligência no caso de pelo menos cinco mamíferos (um leão,
Espanha há 26 anos, em 2009 ele uma onça, um tamanduá, uma queixada e um hipopótamo) que
foi eleito um dos melhores DJs foram anestesiados por uma equipe de pós-graduandos da fa-
do verão europeu por uma revista culdade de medicina da Universidade Paranaense (Unipar), em
espanhola. Também neste ano, o Goiânia. “Negligência seria eu não levá-los para tratamento. O
documentário espanhol “Héroes, hipopótamo, por exemplo, morreu por um problema na pata,
no hacen falta alas para volar” 2 meses depois”, justifica Cupertino. Outras dez mortes de ani-
(“Heróis, não é preciso asas para mais – nove tracajás, quelônio semelhante à tartaruga, e uma
tartaruga – ocorreram porque eles ficaram fora do tanque, que
voar”), que conta a história dele,
foi esvaziado, e foram atacados por gambás.
recebeu mais de 30 prêmios. DJ: Pascal Kleiman, que nasceu sem os braços, toca com os pés

AE
Aprendendo com os nerds
Depois do personal trainer, do per- online) a R$ 50 por hora, em atendi-
sonal friend e do personal organizer, mento domiciliar. “No começo vendí-
agora está em moda o “personal nerd”, amos os aparelhos e tínhamos como
profissional que dá aulas particulares diferencial dar uma aula para a apren-
de como usar programas da internet e dizagem. Mas agora só damos aulas,
aparelhos eletrônicos, como iPhones, temos alunos até de 80 anos”, conta
iPod, GPS, entre outros. As aulas par- Adriana Hoessler, diretora da escola
NEGLIGÊNCIA: Desde janeiro, 70 animais morreram no zoológico de Goiânia
ticulares custam de R$ 25 a hora (aula PDA Personal.
sete dias DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 7
8 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009
BRASIL EM XEQUE

FOLHAPRESS
N
a madrugada
de 30 de agos-
to, o ajudante
de sapateiro
Adriano da Fonse-
ca Pereira, de 20
anos, foi atrope-
lado na Avenida
Itaquera, na zona
leste de São Paulo.
Atingido por uma
BMW 330i, um
carro de luxo pro-
jetado para alcançar
alta velocidade (ca-
paz de chegar de 0 a
100 km/h em 7 segun-
dos), ele morreu na hora.
Após matar Pereira, o motoris-
ta, o produtor de eventos Fábio
Melgar, de 29 anos, acelerou e
foi embora para casa.
O jovem foi apenas uma das
vítimas recentes de acidentes
graves envolvendo carros pode-
rosos e motoristas, no mínimo,
displicentes. Não são poucas.
Na mesma semana, José Luiz
POTÊNCIA FATAL: Ajudante de
sapateiro não teve chance contra de Jesus Pereira, de 58 anos,
BMW. Carro chega de 0 a 100 km/h invadiu a contramão e passou
em sete segundos por cima da bicicleta em que
estava o padeiro Wellinton de
Oliveira, de 29, no muni-

Impunidade agrava desigualdade no


trânsito. Carros cada vez mais velozes
são pilotados sem cuidado com a vida Justiça
atropelada
brasil em xeque DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 9
“Parece que o carro passou por cima é de mim”
Mais de dez dias depois do acidente com a BMW, a costureira e manicure Luzia da Fonseca, de 57 anos,
ainda chora ao falar do filho. Emocionada, ela diz que Adriano da Fonseca era do tipo que “dá lugar no ônibus”

“Estou abrindo meu coração para que isso não gar para os mais velhos no ônibus, ele vivia que-
aconteça com mais ninguém. Meu filho morreu rendo ajudar todo mundo. Deus quer que sejamos
por falta de responsabilidade. Todo mundo tem humildes. Muitas vezes, quem tem carro acha que
o direito de sair, de dirigir, mas é preciso cuida- pode sair assim atropelando todo mundo. Eu só
do com a vida dos outros. Dinheiro não compra peço Justiça para que isso não aconteça de novo
tudo. Dinheiro não compra a vida de ninguém. com ninguém. Esse moço tem que ser preso para
Parece que o carro passou é por cima de mim. não tirar a vida de mais ninguém. E a namorada
O que aconteceu tirou minha vontade de viver. dele também tem responsabilidade. Se estava jun-
Não estou conseguindo trabalhar. Como eu vou to, deveria ter ajudado o que estava caído. Ela foi
ser manicure sem a cabeça no lugar? Posso cor- cúmplice. É assim, mas, olha, eu não tenho ódio
tar uma cliente, machucar alguém. Meu filho era dele, tenho saudade do meu filho. Peço a Deus é
DEMETRIO KOCH mudo, mas tinha educação. Eu ensinei a dar o lu- que tenha compaixão.”

“Estou sendo ameaçado de morte”


O produtor Fábio Melgar, de 29 anos, diz que é injusto o modo como tem sido tratado e
alega que não parou após atropelar Fonseca com a BMW porque “não havia o que fazer”

“Este já é um assunto que parou. gritando demais. Eu não sabia o que


Não tem mais o que falar, isso não fazer na hora. Fiquei apavorado. Li-
muda nada do que a imprensa fez. Vo- guei para polícia, mas meu telefone
cês plantaram um monstro na minha tem problema de sinal.
nal. Se pudesse,
vida. Aconteceu uma morte, reconheço. eu estaria no lugar dele para não
Sou um ser humano, sei o que é uma passar a vergonha que estou pas-
vida. Perdi minha esposa há 3 anos e sando. Minha maiorr preocupação é
cípio de Serra (ES). De acordo Brasil, foram 1.463 mortos em 8 meses em um assalto. Sei bem o que com a mãe desse rapaz.
apaz. A im-

REPRODUÇÃO
com o delegado Valdemir Ca- 2007, segundo levantamento é perder uma pessoa que se ama. Não prensa denegriu tantoto minha
valcanti, da Polícia Civil, exa- da Companhia de Engenharia sou playboy como a imprensa pintou. imagem que eu não consigo
Eu trabalho. A história não é como con- me aproximar da família
amília
mes comprovaram que o mo- de Tráfego baseado em dados
taram. Eu não estava correndo e nem para ajudar. Tentei e não
torista estava embriagado. do Instituto Médico Legal. embriagado. Aliás, não vejo a hora de posso. Estou sendo ame-
me-
Nos dois casos, tanto no As autoridades apontam sair o resultado do exame para provar açado de morte. Todoodo
da omissão de socorro quanto para a necessidade de mudan- isso. E eu parei para socorrer a vítima. dia alguém me liga di-
no da embriaguez, a falta de ças e lembram que há quem lu- Não desci, mas baixei o vidro do car- zendo que vou mor- r-
cre em meio ao caos nas ruas. ro. Não tinha o que fazer. Minha na- rer. Tudo por causa a
ENQUANTO GOVERNO “Vivemos um paradoxo. En- morada estava toda ensanguentada e da imprensa.”
quanto procuramos limitar a
TENTA DIMINUIR A velocidade, as empresas produ-
VELOCIDADE NAS RUAS, zem veículos mais e mais velo-
zes”, afirmou o major Jurandir
EMPRESAS AUMENTAM A Caidukas, da Polícia Rodoviá-
POTÊNCIA DOS CARROS ria Estadual de São Paulo, du-
rante seminário sobre álcool e
cuidado com a vida é parte de segurança no trânsito realizado
um quadro marcado pela im- na Faculdade de Medicina da
punidade e pela desigualdade Universidade de São Paulo.
no trânsito. Enquanto jovens No mesmo seminário, o
ricos aceleram carros cada dia secretário nacional antidrogas,
mais potentes e velozes, ajudan- general Paulo Uchoa, destacou
tes de sapateiro e padeiros são que há relação direta entre uso
esmagados e largados nas ruas. de álcool e acidentes e defen-
A lista de mortos e feridos
no trânsito não tem fim. Da- SECRETÁRIO NACIONAL
dos da Polícia Rodoviária Fe-
deral apontam que, entre 20 de ANTIDROGAS CHAMA
junho de 2008 e 16 de junho ATENÇÃO PARA RELAÇÃO
de 2009, aconteceram 138.226
DIRETA ENTRE CONSUMO
acidentes, que deixaram 79.269
feridos e 6.614 mortos. Os nú- DE ÁLCOOL E ACIDENTES
meros frios se traduzem em
uma média de 18 mães per- deu que o estímulo ao con-
dendo filhos por dia. Isso só sumo deve diminuir. “Faltam
nas estradas federais. restrições para propaganda de
Nas estradas estaduais e ci- vinho e cerveja, por exemplo. É
dades, a realidade não é diferen- preciso enfrentar os lobbies das
te. Em São Paulo, capital com o empresas de bebidas e de pro-
trânsito mais problemático do pagandas”, disse. (D.S.)
10 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009
ESPECIAL
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 11

MOTIVOS
POR QUE A
GLOBO FAZ
TÃO MAL
AO PAÍS
A emissora dos Marinho cresceu em aliança com a
Ditadura Militar. Foi acusada de manipular eleições,
falsificar documentos, apropriar-se de terrenos públicos
e pagar aventuras empresariais com dinheiro do povo.
A Globo prejudica o Brasil. E continua impune
12 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 especial

Manipulado
Interesses políticos e financeiros dos seus donos sempre pautaram o jornalismo das
Organizações Globo. Como assistir a uma emissora em que não se pode confiar?

O
jornalista Roberto Marinho, fundador das “Organizações Globo”, A apuração se revelou uma fraude a favor do então candidato ao Governo,
era chamado de “o fazedor de reis”. A expressão, extraída do fran- Moreira Franco, que era beneficiado com a transferência de votos nulos e
cês “faiseur de rois”, demonstrava como ele utilizava do poder brancos, e tentava barrar a eleição de Leonel Brizola. A fraude foi descoberta
do monopólio da “Rede Globo” para influenciar a escolha dos por uma apuração paralela e Brizola se elegeu governador.
principais mandatários do País. Roberto Marinho utilizava o poder de seus Em 1989, a “Rede Globo”, mais uma vez, envolveu-se num episódio con-
meios de comunicação para colocar a coroa na cabeça de seus escolhidos. A troverso que teria ajudado a eleger Fernando Collor de Mello na disputa à
ausência de imparcialidade para noticiar os fatos ligados às principais elei- Presidência com Luiz Inácio Lula da Silva. Tratava-se da primeira eleição di-
ções do País, tornou-se evidente em casos que se converteram em grandes reta após a Ditadura Militar. Foi quando o “Jornal Nacional”, telejornal de
escândalos nacionais. Em 1982, o Brasil vivia a “redemocratização” com as maior repercussão da “Rede Globo”, exibiu um compacto do último debate
primeiras eleições após a Ditadura, e conheceu então o caso Proconsult. Du- entre Collor e Lula, portanto decisivo para a definição do voto dos eleitores,
rante as apurações da eleição para o Governo do Estado, no Rio de Janeiro, a com uma edição que favorecia Fernando Collor, em detrimento a Lula. De-
“Rede Globo” divulgava os dados da empresa de tecnologia Proconsult, con- pois de eleito, Collor deixaria o cargo envolvido numa série de denúncias.
tratada pelo Tribunal Regional Eleitoral fluminense para totalizar os votos. Ainda na década de 80, a emissora demorou a reconhecer a força e a

DEBATE: Último encontro entre os candidatos Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva, antes das eleições de 1989, foi editado tendenciosamente pela emissora dos Marinho

FOLHAPRESS
REPRODUÇÃO

ROBERTO MARINHO ASSINA ACORDO COM O GRUPO

1962 NORTE-AMERICANO TIME LIFE, O QUE DESRESPEITAVA


O ARTIGO 160 DA CONSTITUIÇÃO DA ÉPOCA:
ESTRANGEIROS NÃO PODIAM PARTICIPAR DA GESTÃO
DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO BRASILEIROS
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 13

ora da notícia

FOTOS: REPRODUÇÃO
MAIS DO MESMO: Sergio Chapelin, em 1995, quando a Globo exibiu o vídeo pela primeira vez, e Willian Bonner, em 2009, na reprise do mesmo material

amplitude do movimento das no segundo turno. O que se- é que o acordo burlava a Consti- Não é só na política que

FOLHAPRESS
Diretas Já. Enquanto o clamor ria uma tentativa de eliminar tuição do País, que proibia que a “Rede Globo” é acusada de
popular em torno do voto di- Crivella da disputa foi alvo de grupos estrangeiros tivessem manipular informações. Em
reto para presidente ganhava as críticas até mesmo dos outros participação acionária em veí- 22 de dezembro de 1995, há
ruas, a “Rede Globo” teria per- concorrentes ao cargo. culos de comunicação do Bra- quase 14 anos, o “Jornal Na-
manecido indiferente ao que A origem da “Rede Globo” sil. “Eles feriam o artigo 160 da cional” exibiu uma reporta-
foi a maior manifestação polí- já expõe ligações com a Dita- Constituição. Isso era anticons- gem de 9 minutos de duração,
tica da histó- dura Militar, titucional. Era proibido ter tempo elevado para os padrões
ria brasileira, ORIGEM DA GLOBO como mostra estrangeiro ditando até o que do noticiário, em que prome-
que mobili- o livro-repor- a rede ia botar no ar, até jor- tia mostrar os bastidores da
EXPÕE LIGAÇÕES COM
zou multidões tagem “O ópio nalismo. Isso vem no bojo do Igreja Universal.
em comícios A DITADURA, COMO do povo”, es- golpe militar, da Ditadura, que Tratava-se, na verdade, de
nas princi- MOSTRA LIVRO ESCRITO crito por qua- começa 1 ano antes, em 1964. um vídeo gravado por um ex-
pais capitais tro jornalistas, E a ‘Globo’, sintomaticamente, companheiro do bispo Edir
do País. Os NA DÉCADA DE 70 na década de é um legítimo Macedo e ex-
manifestantes 70. Mylton Se- filhote da Dita- CASOS VÊM DESDE líder da IURD
pró-diretas adotaram o slogan: veriano, um dos autores, lem- dura”, disse Se- no Nordeste.
“O povo não é bobo, abaixo a bra que, em 1965, no início veriano à “TV 1982, E SE REPETIRAM As cenas regis- PROCONSULT: Escândalo na disputa
pelo Governo do RJ, em 1982.
Rede Globo.” da Ditadura, a “Globo” surgiu Record”. O es- NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES travam mo-
Brizola foi prejudicado
No ano passado, durante a debaixo do que se chamava de cândalo “Time MUNICIPAIS, NO mentos de lazer
campanha à Prefeitura do Rio “escândalo da Time Life”. Com Life” foi parar dos principais cenas, o bispo contava notas
de Janeiro, o jornal “O Globo”, sede em Nova York, a “Time na Câmara dos ANO PASSADO integrantes da de 1 dólar e o repórter disse
das “Organizações Globo”, Life” é um conglomerado de Deputados. Os Universal. Peri- que eram de 100 dólares. A
optou por dar destaque a uma comunicação norte-americano parlamentares aprovaram, por tos comprovaram depois que própria “Globo” se corrigiu
pesquisa eleitoral em que o se- que, segundo Severiano, teria oito votos a zero, o parecer do houve uma edição tendencio- dois dias depois. No dia 11
nador Marcelo Crivella aparecia colocado dinheiro, técnicos e relator e consideraram a tran- sa, com montagem e mani- de agosto deste ano, a “Rede
em queda, ao invés de destacar até jornalistas norte-america- sação inconstitucional, mas, pulação de algumas imagens, Globo” voltou a exibir a
uma pesquisa do Ibope, enco- nos para auxiliar a montagem mesmo assim, o negócio com distorções no rosto de Edir mesma reportagem, cerca de
mendada pela “TV Globo”, em da emissora, num acordo com a empresa norte-americana Macedo e até erros elementares de 14 anos depois, em seus
que ele aparecia virtualmente Roberto Marinho. O problema foi mantido. de informação: numa das ataques desesesperados.
REPRODUÇÃO

1964
NA FORMAÇÃO DO QUE SERIA A REDE
GLOBO, A TV PAULISTA, DE SÃO PAULO, É
NEGOCIADA IRREGULARMENTE. TEVE ATÉ
GENTE MORTA ASSINANDO O CONTRATO
DE COMPRA E VENDA
14 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 especial

Uso ilegal do
Você pagou a conta! Centenas de milhões dos nossos impostos

A
marca “Globo” confere prestígio No caso do Museu do Futebol, além do
à família Marinho e costuma es- dinheiro dos impostos federais, a Fundação
tar associada a vários projetos Roberto Marinho recebeu verbas da Prefei-
institucionais. Mas o que pouca tura e do Estado de São Paulo, num total de
gente sabe é que essa promoção é feita R$ 21 milhões, sem licitação, ou seja, outras
com o dinheiro público, ou seja, você empresas não tiveram chances de participar.
é quem paga a conta. É o que acontece Deste montante, R$ 16 milhões que vieram
com o Museu do Futebol, em São Paulo.
O projeto é da “Rede Globo” e da Funda-
ção Roberto Marinho, mas foi feito com A FUNDAÇÃO ROBERTO
o dinheiro de empresas que deixaram de MARINHO RECEBEU
pagar impostos através da Lei Rouanet. A
R$ 21 MILHÕES DE VERBAS
lei permite que essas empresas invistam
parte do dinheiro, que pagariam em im- PÚBLICAS, SEM LICITAÇÃO,
postos, na promoção de cultura. Um dos PARA O MUSEU DO FUTEBOL
problemas é que o Ministério da Cultura
quer reformular a lei, pois detectou que
é muito dinheiro público beneficiando do Governo do Estado foram destinados à
pouca gente. A Fundação Roberto Mari- uma organização social, criada para admi-
nho é contra a reforma da lei e os veículos nistrar o museu, batizada de Instituto da Arte
ligados à família Marinho atacam a pro- do Futebol Brasileiro. No cadastro de pessoa
posta de mudança. jurídica, a organização tem sede no centro de

MUSEU DO FUTEBOL: Iniciativa AE

que ocupa espaço público em São


São Paulo, mas num endereço
Paulo recebeu dinheiro de isenção fantasma. A “TV Record” inves-
fiscal através da Lei Rouanet tigou o endereço e o repórter
recebeu a informação que tal
instituto jamais funcionou no
local. Funcionários do prédio

A FUNDAÇÃO ROBERTO
MARINHO UTILIZOU
R$ 88 MILHÕES DE
DINHEIRO PÚBLICO,
ATRAVÉS DA LEI ROUANET

foram taxativos ao dizer que tal


empresa jamais funcionou, de
fato, naquele endereço.
A Fundação Roberto Mari-
nho alega que já se afastou do
projeto do Museu do Futebol.
AE

1965
A REDE GLOBO DE TELEVISÃO FINALMENTE
VAI AO AR, EM PLENA DITADURA MILITAR,
REGIME QUE ROBERTO MARINHO
APOIOU. JÁ HAVIA SUSPEITAS DE
ENVOLVIMENTO EM ILEGALIDADES
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 15

dinheiro público
teriam sido desviados para financiar projetos da família Marinho
FOLHAPRESS

LUMI ZÚNICA
PROJAC: Complexo de estúdios
da Globo, no Rio de Janeiro,
teria sido construído com
R$ 40 milhões da Caixa
Econômica Federal

Mas o presidente do Instituto é


Leonel Kaz, ligado aos Marinho,
e que já atuou como consultor
de um programa de calouros da
“Globo”. O Museu do Futebol é
apenas um dos 33 projetos em
que a Fundação Roberto Ma- Nacional de Desenvolvimen-
rinho usou dinheiro público,
num total de R$ 88 milhões.
to Social (BNDES) teria inves-
tido na “Globocabo”, empresa
Na Record, investimento com
Os benefícios da “Rede Glo-
bo” com dinheiro dos nossos
da família Marinho que con-
trolava as operações de tevê a
dinheiro privado e tributos
impostos iriam muito além. O cabo do grupo “Globo”, que
Projac, complexo de estúdios enfrentava dificuldades finan- recolhidos segundo a lei
da emissora dos Marinho, te- ceiras numa operação que foi
ria sido construído através de muito contestada até por ou- Ao contrário das “Organizações Globo”, que teriam recorrido a empréstimos
um empréstimo de R$ 40 mi- tros meios de comunicação, ilegais para bancar o Projac, o Rec Nov, a fábrica de sonhos da “TV Record”,
lhões com a Caixa Econômi- que queriam direitos iguais. foi todo realizado com dinheiro próprio e com impostos pagos em dia. O Rec
ca Federal, o que seria ilegal, As “Organizações Globo” Nov ocupa uma área de 200 mil metros quadrados, no bairro de Vargem Grande,
pois, por ser uma concessão negam o empréstimo, que no Rio de Janeiro. São 1,8 mil funcionários, oito estúdios e uma fábrica de
pública, não poderia pedir foi alvo, inclusive, de uma re- cenários que ocupa um galpão de 2,5 mil metros quadrados. Cada novela
empréstimo. Sem contar os portagem de capa da revista produzida pela “Record” possui, em média, 30 cenários.
R$ 284 milhões que o Banco “Carta Capital”.
AE

NA APURAÇÃO DAS ELEIÇÕES PARA GOVERNADOR DO RIO

1982 DE JANEIRO, A EMISSORA DIVULGAVA A CONTAGEM DA


EMPRESA PROCONSULT, QUE, SOUBE-SE DEPOIS, ESTAVA
TOTALIZANDO OS VOTOS DE FORMA A PREJUDICAR
LEONEL BRIZOLA, DESAFETO DECLARADO DA GLOBO
16 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 especial

Uso ilegal do
Anexar ou ocupar áreas dos
outros ou do povo virou
rotina para a emissora dos
Marinho, que fez isso em
SP, MG e RJ. As autoridades
admitem os abusos, mas
ninguém faz nada

A
s relações entre as “Organizações Globo” e o po-
der público, desde a fundação da empresa até
hoje, já renderam muito ao império dos Marinho.
O uso irregular de espaços públicos virou prática
comum na “Rede Globo de Televisão”. Na cidade de São
Paulo, metrópole carente de praças, parques e espaços de
lazer, um terreno de quase 12 mil metros quadrados numa
área nobre da cidade, avaliado em R$ 11,5 milhões, é uma
espécie de quintal da “Globo”. O terreno público ao lado do
prédio da empresa, na zona sul da capital, foi cercado há 11
anos. Com bosque e pista de cooper, o uso do espaço é res-
trito aos funcionários da
empresa. Um segurança
TERRENO DE 12 MIL da emissora, entrevistado
METROS QUADRADOS, pelos repórteres da “TV
Record”, que foram impe-
DO GOVERNO DE SÃO
didos de entrar na praça,
PAULO, VIROU QUINTAL confirma: só funcionários
E PISTA DE COOPER dos Marinho têm acesso
ao local. Depois das de-
núncias da “Record”, o
Governo do Estado resolveu tomar providências. Decretou
que a Secretaria de Desenvolvimento vai cuidar do terreno e
deve construir ali uma Escola Técnica Estadual (Etec).
No Rio de Janeiro, o Estádio de Remo da Lagoa, na
zona sul, pode virar uma produtora de vídeo explorada
por uma empresa ligada à família Marinho. Há 12 anos,
Alessandro Zelesco, presidente da Federação de Remo
do estado, denuncia irregularidades na cessão da área.
A fiadora da Glen Entertainments é Paula Marinho de
Azevedo, neta de Roberto Marinho, fundador da “TV Glo-
bo”. “Existe um acordo que autoriza o uso da área como
estúdio”, afirmou Zelesco à “TV Record”. Se esse contra-
AE

1984
REDE GLOBO TRATA COMÍCIO PELAS DIRETAS JÁ, QUE
REUNIU MILHARES EM SÃO PAULO, COMO UMA MERA
FESTA DE ANIVERSÁRIO DA CIDADE. OS TELESPECTADORES
NÃO ENGOLIRAM E SAÍRAM ÀS RUAS GRITANDO “O POVO
NÃO É BOBO, ABAIXO A REDE GLOBO”
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 17

o espaço público to, que define um prazo de concessão de 10 anos, não for

LUMI ZÚNICA
TUDO MEU: Área vizinha à anulado, o estádio será privatizado. Na zona oeste do Rio,
sede da Globo, em São Paulo, outra denúnica grave de irregularidade imobiliária contra os
está em região nobre da
cidade e é avaliada em cerca
Marinho: um terreno de 200 mil metros quadrados, de fren-
de R$ 11,5 milhões te para o mar, no Recreio
dos Bandeirantes, teria sido ESPAÇO DE 200 MIL
ocupado por dois filhos
METROS QUADRADOS,
de Roberto. O espaço, que
está numa área de proteção EM ÁREA DE PROTEÇÃO
ambiental, foi comprado AMBIENTAL DO RIO DE
por uma mulher, em 1929.
Desde 2002, os herdeiros JANEIRO, FOI INVADIDO
dela lutam para retomar a
propriedade, que nunca foi vendida, mas invadida. Os ir-
mãos Marinho usaram a Dermesil Comércio, Administra-
ção e Participação – empresa fantasma – para transferir o
terreno para a São Marcos Empreendimentos, que pertencia
aos filhos de Roberto Marinho.
Outro terreno, no sul de Minas, está no centro de uma
briga judicial que envolve a “TV Globo”, a Prefeitura de
Camanducaia e uma família que viu ruir a empresa que
construiu com muito esforço. João Godoy, na década de 60,
comprou a Remitel, uma retransmissora de tevê. A empre-
sa, além de levar ao sul de Minas os sinais das emissoras
“Record” e “Bandeirantes”, comprou um terreno na Pedra
de São Domingos, um dos pontos mais altos da região. Du-
rante quase 30 anos, a família investiu e trabalhou na Re-
mitel. Representantes da empresa alegam que em 1999 ela
foi expulsa do imóvel pela Prefeitura de Camanducaia, que
doou o espaço à “TV Sul de Minas Ltda.”, hoje “EPTV”, im-
plantada pela “Rede Globo” e alguns empresários paulistas.
No contrato, a “EPTV” poderia usar, por 20 anos, o terreno
cedido “em comodato” para a instalação de equipamentos e
retransmissão de sinal. O processo de reintegração de posse
ainda não foi concluído. Em maio do ano passado, Godoy,
que investiu a vida toda na Remitel, morreu pobre, num lei-
to de hospital público. Bruno Godoy, o neto, está indigado.

ARTE: EDER SANTOS


AE

1989
EMISSORA DA FAMÍLIA MARINHO FAZ
REPORTAGEM SOBRE O ÚLTIMO DEBATE ENTRE
OS ENTÃO CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA,
FERNANDO COLLOR E LUIZ INÁCIO LULA DA
SILVA, DE FORMA A PRIVILEGIAR COLLOR
18 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 especial

Apego ao
Fruto da Ditadura Militar e acostumada a privilégios, a Globo não
convive bem com a concorrência. O crescimento da Rede Record
assusta e pode explicar tantos ataques dos irmãos Marinho

A
criação e o crescimento da “Rede Globo” coincidiram com o Esses ataques acontecem sempre que a audiência da “Globo” ba-
vigor da Ditadura no Brasil. Coincidiram? Na verdade, a “Rede lança e enfrenta problemas. São comuns as vitórias e o primeiro lu-
Globo” apoiou de fato os militares e isso fica explícito num gar da “Record” em vários horários do dia. Em agosto, por exemplo,
texto do próprio projeto de memória da “TV Globo”. Eis o tex- no domingo (16), o reality show “A Fazenda” liderou a audiência
to: “...Roberto Marinho seguiu dando apoio aos militares. Ele acreditava com 18 pontos de média e 24 de pico, das 21h46 à 0h09, portanto,
na vocação democrática do presidente Castello Branco...” Vale lembrar por mais de 2 horas. Já na sua estreia, no domingo, 30 de agosto,
que os anos de autoritarismo, de 1964 a 1985, cercearam a liberdade do o “Programa do Gugu” assegurou 32 minutos de liderança para a
País, censuraram a imprensa, e os opositores do regime foram presos, “Record”, na média geral. A atração atingiu 16 pontos no Ibope com
torturados e assassinados. Intelectuais das mais diversas áreas e grandes picos de 20 pontos. O programa “Hoje Em Dia” garantiu a liderança
artistas foram obrigados a fugir do Brasil para não serem presos pela Di- isolada no mês de agosto, com 8 pontos de média. O noticário “Fala
tadura. Por crescer na Ditadura e nascer de um acordo anticonstitucio- Brasil” também se manteve líder no mesmo mês, com a média de 7
nal com o grupo de comunicação norte-americano “Time Life”, a “Rede pontos. A liderança da “Globo”, como mostram os números, está
Globo” não está acostumada à livre concorrência, ainda mais num severamente ameaçada.
momento em que os desafios da disputa por
audiência nunca estiveram tão acirrados. E o

FOTOS: REPRODUÇÃO
monopólio da “Globo” nunca esteve tão pró-
ximo de acabar. O acelerado crescimento da
“TV Record”, que avança na audiência com
jornalismo de qualidade e outras atrações, e
tem conseguido, em vários momentos, atingir
o primeiro lugar de audiência, assusta. Toda
vez que a “Rede Record” lança um novo pro-
jeto, como o megaportal de internet “R7”, as
“Organizações Globo“ abrem espaço para ata-
ques. E costumam dedicar espaços generosos
em seus telejornais para denúncias vazias.

AMIGO: Roberto Marinho cumprimenta o presidente Castello Branco


CONDECORADO: Roberto Marinho recebe medalha durante o governo de João Figueiredo, ainda no tenebroso período da Ditadura Militar
FOLHAPRESS

A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TERIA CONCEDIDO

1991 EMPRÉSTIMO DE QUASE R$ 40 MILHÕES PARA A EMISSORA


MONTAR O CONJUNTO DE ESTÚDIOS CONHECIDO COMO
PROJAC. O FINANCIAMENTO É ILEGAL PELO FATO DE A
GLOBO OPERAR CONCESSÃO PÚBLICA
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 19

o monopólio

DEMETRIO KOCH
Megaportal vira nova ameaça
aos interesses globais
DIVULGAÇÃO

A queda incontestável de audiência e faturamento da “TV Globo” atinge outros pro-


d
dutos da família Marinho. Um novo veículo, que será lançado na semana que vem, pode
mexer como mais um tentáculo do grupo carioca. O megaportal “R7”, do conglomerado
m
“Record”, chega como o maior lançamento da internet brasileira nos últimos anos.
A expectativa do mercado é enorme, principalmente porque o “R7” conta, em sua equi-
pe, com 150 jornalistas que irão produzir conteúdo exclusivo, blogs, além de colocar na rede
pe
os vídeos do material jornalístico produzido pela “TV Record” e “Record News”. Profissionais
de tarimba de inúmeros portais concorrentes, como o “G1”, do grupo “Globo”, e “UOL”,
lligado à “Folha de S. Paulo”, migraram para o novo empreendimento do grupo “Record”.
FOLHAPRESS

1993
COM ARTHUR FALK (FOTO), A GLOBO LANÇOU O
TELEBINGO PAPATUDO, QUE PROMETIA PRÊMIOS
MILIONÁRIOS, MAS ACABOU COM A PRISÃO DE FALK
E MAIS QUATRO SÓCIOS DELE. NINGUÉM DO LADO
DOS MARINHO FOI ACUSADO
20 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 especial

Negociatas
Fraudes, enganações e crimes são rotina na história da Rede Globo. A
compra de sua sede, em São Paulo, é uma das maiores maracutaias
na história da comunicação no Brasil. Por que ninguém investiga?

A
“Rede Globo” costuma ser veemente ao veicular acusa- documentos, o filho de Petraglia vendeu a “TV Paulista”
ções e denúncias de enriquecimento ilícito e supostos para Roberto Marinho, em 1964. Conforme mostrou o
crimes de empresas concorrentes. Há décadas, no entan- “Repórter Record”, a família de Oswaldo Ortiz Montei-
to, casos obscuros que envolvem o império dos Marinho ro começou a investigar o caso na década de 90, depois
continuam impunes e as investigações são interrompidas. Por que da morte dele, e só conseguiu acesso aos documentos
ninguém apura os abusos cometidos pelas “Organizações Globo”? da “Rede Globo” depois de entrar na Justiça. Os docu-
Uma das histórias mais nebulosas que envolvem a emissora cario- mentos passaram pela perícia, e foram verificadas várias
ca é a compra da “TV Paulista”. Na década de 50, Oswaldo Ortiz falsificações, como o uso de dois nomes no termo de
Monteiro, então o principal acionista da “TV Paulista”, decidiu transferência, o uso de assinaturas de pessoas que já ha-
vender a emissora para o empresário Vitor Costa Petraglia. No pa- viam morrido no ano em que o contrato foi firmado (ou
pel, porém, a venda nunca se concretizou. Petraglia morreu antes em procurações falsas) e o uso da mesma máquina de
da transferência. Mas o caso tomou outro rumo. Mesmo sem os escrever em documentos datados com anos diferentes.

SÃO PAULO: Compra da TV


Paulista, que fez a emissora
entrar na cidade de São Paulo,
é cercada de ilegalidades como
documentos assinados
por pessoas que já estavam
mortas na data de celebração
do contrato. Misteriosamente,
investigações contra a Globo
nunca vão para frente

REPRODUÇÃO

1995
NA MINISSÉRIE “DECADÊNCIA”, A GLOBO COMEÇOU
A ATACAR OS EVANGÉLICOS AO MOSTRAR UM
PASTOR QUE ENRIQUECIA DEPOIS DE FORMAR UMA
IGREJA. A REITERAÇÃO DESSE TIPO DE PRECONCEITO
SE REPETIRIA EM DIVERSAS OUTRAS OCASIÕES
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 21

s por dinheiro

FOTOS: REPRODUÇÃO
De acordo com os exames, as Arthur Falk, do Interunion. A
assinaturas foram montadas. história começou em 1993.
Em 2003, dois pareceres do Os bilhetes eram vendidos
Ministério Público Federal em casas lotéricas e nos Cor-
reforçaram as fraudes. Hoje, a reios. Quem comprasse as
ação aguarda julgamento do cartelas concorria a prêmios
Superior Tribunal de Justiça. “milionários” e, depois de 1
Outro caso, que até ago- ano, poderia resgatar metade
ra não foi esclarecido, é o do valor do bilhete, mais ju-
do Papatudo, um telebingo ros e correção. A maioria dos
promovido pela “TV Globo”, apostadores não sabia dis-
em parceria com o banqueiro so. Depois de um tempo, os

RECIFE: Entrada da operadora de tevê a cabo em PE envolveu enganar empresário

prêmios deixaram de ser pa-


LUMI ZÚNICA

gos. Em 2000, Arthur Falk e


outros quatro ex-diretores do
Papatudo – que chegou a ren-
der R$ 400 milhões por ano,
de acordo com reportagem pu- PAPATUDO: Telebingo, lançado em 1993, deu muito dinheiro à emissora e acabou na prisão de cinco pessoas – nenhuma da Globo
blicada em revista que faz par-
te das “Organizações Globo” Colarinho Branco. “A Globo”, pequenas operadoras de tevê depois, que a empresa foi
– foram presos. O Ministério entretanto, sequer foi citada. a cabo, inclusive a “Espia”, vendida por um valor bem
Público Federal (MPF) os A formação da “NET”, que recebeu uma proposta. acima do combinado: mais
acusou de gestão fraudu- conhecida empresa de tevê Representantes da “NET” de US$ 2,4 milhões (R$ 3,6
lenta, desvio de dinheiro a cabo, é outro exemplo de se reuniram com os sócios milhões), sem falar de um
de investidores e emissão que o império “Globo” te- acordo paralelo, em que os
e negociação de títulos de ria sido construído sob o sócios saíram com “emprés-
capitalização sem lastro, peso de negociatas suspei- EMPRESÁRIO timos” suspeitos no valor de
crimes previstos na Lei do tas e transações escusas. O PERNAMBUCANO DIZ QUE US$ 200 mil cada (R$ 365,4
empresário pernambu- mil). Depois disso, a “Espia”
cano Orlando Manfre- FOI PASSADO PARA TRÁS perdeu qualquer direito de
di e mais cinco sócios PELOS SÓCIOS COM A tevê a cabo em Recife e re-
eram donos da “Espia gião. A concessão passou
AJUDA DA REDE GLOBO
Vídeo, Cine, Foto, Som, a pertencer inteiramente à
Ltda.”, detentora do di- “NET”, que era da “Rede
reito de concessão de de Manfredi para negociar Globo”. Manfredi entrou
tevê a cabo na capital e parte dos direitos, por um com processo, que já dura
região metropolitana de valor previamente acertado: 12 anos e está na fase final.
Pernambuco. Fazia par- US$ 400 mil (R$ 730,8 mil). Há a chance de a “NET” per-
te do plano de expan- Manfredi, que foi exluído der o direito de tevê a cabo
são da “NET” comprar das negociações, descobriu, na região.
REPRODUÇÃO

1999
PREFEITURA DE CAMANDUCAIA (MG) EXPULSA
A RETRANSMISSORA REMITEL DE UM IMÓVEL E
O CEDE À TV SUL DE MINAS, HOJE EPTV, QUE FOI
IMPLANTADA PELA REDE GLOBO AO LADO
DE EMPRESÁRIOS PAULISTAS
22 DOMINGO
20 • SETEMBRO • 20
2009 especial

Raiva dos
Sutiã e calcinhas sobre a Bíblia, cristã louca na novela e agora um
pastor corrupto numa minissérie. Por que a Globo, que só transmite
cerimônias do Vaticano, odeia tanto os evangélicos?

D
esespero, medo, pânico de perder a hegemo-
nia. São esses os fatores que motivam a “Rede
Globo” a acusar e atacar, constantemente, a
“Rede Record”, a Igreja Universal do Reino
de Deus e o bispo Edir Macedo. Por consequência, a
corporação dos Marinho também não perde nenhuma
chance de ridicularizar e criticar os evangélicos, numa
demonstração de intolerância religiosa que pode ser
mais ou menos explícita. Essa falta de afinidade com o
convívio democrático está presente não só nos noticiá-
rios como também em minisséries e novelas. É fato que
a “Rede Globo” tem o monopólio na televisão cada
vez mais ameaçado pelo crescimento da “Rede Record”.

FOTOS: REPRODUÇÃO
DESRESPEITO: Sutiã é jogado sobre a Bíblia

Para citar só um exemplo, o reality show “A Fazenda”,


da “Rede Record”, por várias vezes, esteve na liderança
em relação à emissora dos Marinho, mantendo dife-
renças de 3, 4 e até 5 pontos. A metralhadora de acu-
sações e denúncias se vira contra a IURD e a “Record”
justamente no momento em que a empresa se prepara
para lançar o portal de internet “R7”, que competirá
diretamente com sites do grupo “Globo”. Toda vez que
a “Rede Record” investe num novo projeto, os con-
correntes abrem enormes espaços nas grades de pro-
gramação e nas páginas de jornais para atacar a Igreja
MILIONÁRIO: Pastor, interpretado por Edson Celulari, enriquecia 5 anos depois de fundar uma igreja Universal. Nada é por acaso.
DIVULGAÇÃO

2002
A GLOBOCABO, EMPRESA DO GRUPO QUE CUIDAVA DE
TV A CABO E NÃO TINHA LUCRO, TERIA RECEBIDO
R$ 284 MILHÕES DO BNDES COMO INVESTIMENTO.
OUTROS GRUPOS RECLAMARAM DAS FACILIDADES
DADAS À GLOBO PARA RESOLVER PROBLEMAS
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 23

evangélicos DUAS CARAS: Novela, exibida no

FOTOS: REPRODUÇÃO
ano passado, mostra evangélica como
uma louca e intolerante que persegue A discriminação
homossexuais. A atriz foi orientada a
esteriotipar o personagem, o que
divulgada no youtube
só reforça preconceitos
O “youtube”, site de compartilhamento
de vídeos da internet, traz uma série de víde-
As críticas contra os evangélicos, entre- os que lembram como a “Globo” costuma
tanto, são feitas pela “TV Globo” de for- discriminar os evangélicos. Um deles, com
ma constante. Alinhada à Igreja Católica o título “Globo zomba de evangélicos” re-
sem, no entanto, admitir essa posição, percute o episódio de Edivânia, a evangélica
a emissora dos Marinho coloca missas apresentada como desequilibrada e insana
no ar, faz megacoberturas de eventos do na novela “Duas Caras”. O assunto, que ex-
põe o preconceito religioso, mereceu desta-
Papa, apoia e promove shows de padres
que na revista “Veja” e foi discutido na “TV
católicos. No campo da ficção, somam-se Record”, no programa “Domingo Espetacu-
evidentes exemplos de preconceito con- lar”, que mostra como religiosos das mais
tra evangélicos. A próxima temporada diversas denominações se cho-
da série “Ó paí, ó”, da “Rede Globo”, vai caram com a personagem ca-
explorar a imagem de um malandro que ricata e agressiva. Entre líderes
se transforma em pastor corrupto, que que chamam o personagem de
desvia dinheiro da igreja. O criminoso da aberração, que nada lembra os
ficção será interpretado pelo ator Matheus Nachtergaele. evangélicos, um deles, ligado
O expediente não é novidade. à comunidade judaica, lembra
Na novela “Duas Caras”, que foi ao ar no ano pas- que Hitler também começou
sado, Edivânia, uma evangélica interpretada pela atriz a estereotipar os judeus para
depois persegui-los. Também
Suzana Ribeiro, incitava seguidores a atos de violência,
há humor nesses vídeos. Uma
organizou uma tentativa de linchamento e perseguiu paródia do filme “A queda –
com ódio os homossexuais. Retratada como fanática, as últimas horas de Hitler”, faz
rancorosa e extremamente intolerante, a atriz Suzana uma brincadeira para demons-
foi orientada a estereotipar o personagem e agir como trar como a “Globo” estaria
louca nas gravações. Uma reportagem publicada na desesperada com o avanço da
edição 833 da Folha Universal mostrou a indignação “TV Record”. Confira os links
de líderes religiosos de várias denominações com a de alguns vídeos que mostram
novela escrita por Aguinaldo Silva, que nega ser uma a fanática criada pela novela da
pessoa preconceituosa. “Globo” e a paródia:
Em 1995, na minisérie “Decadência”, o ator Ed-
DIVULGAÇÃO

• http://www.youtube.com/
son Celulari era Mariel, um homem que fica milio- watch?v=XYgNYz5qAAI
nário 5 anos depois de fundar uma igreja. Mariel,
além de ter casos amorosos com fiéis e obreiras da • http://www.youtube.com/
igreja, é baleado por outro pastor numa das cenas. watch?v=Ac36DseCXdg
Nesse mesmo programa, a emissora desrespeitou a
Bíblia ao retratar o Livro Sagrado com um sutiã so- • http://www.youtube.com/
bre ela. Representantes de várias igrejas evangélicas watch?v=RSlBt2vfKHo&NR=1
também se manifestaram contra o que consideraram
• http://www.youtube.com/
uma perseguição. Distorcer a realidade usando a watch?v=lNhqwkpX2Q8
ficção é uma forma conhecida e velada de manipular
o telespectador. Mas o telespectador percebe a ver-
dade, reconhece os interesses presentes por trás das Ó PAÍ Ó: Na segunda temporada da
mensagens televisivas e, principalmente, não gosta série, o ator Matheus Nachtergaele (à dir.)
interpretará um malandro que se passa por
quando tentam enganá-lo ou subestimá-lo.
pastor para tomar dinheiro das pessoas
AE

2008
É INAUGURADO O MUSEU DO FUTEBOL, NO ESTÁDIO
MUNICIPAL DO PACAEMBU, EM SÃO PAULO. ALÉM DE
FAZER AUTOPROMOÇÃO COM DINHEIRO PÚBLICO,
A FUNDAÇÃO ROBERTO MARINHO CRIOU UMA
ORGANIZAÇÃO FANTASMA PARA ADMINISTRAR O MUSEU
ponto final De 20 a 26 de setembro de 2009 – Nº 911

Crença na
impunidade
REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO
Sobram denúncias e suspeitas contra
o grupo da família Marinho. Mas nada
é sequer investigado. Quem pode
salvar o Brasil da Globo?

AGÊNCIA CÂMARA
SILÊNCIO: O Congresso
nunca levou adiante denúncias
contra a Globo, como no filme
"Além do Cidadão Kane" (ao
lado) e no livro "Afundação
Roberto Marinho" (abaixo) como um misterioso incêndio
nos estúdios da “TV Paulista”.
O pagamento do seguro teria

O
envolvimento da contribuído, segundo o filme,
“Rede Globo” com para a expansão da emissora.
o grupo norte-ameri- Outro aspecto curioso, é como
cano “Time Life” foi a Ditadura cancelou a con-
tema de debates no Congresso cessão da “TV Excelsior”, em
brasileiro, na década de 60: os 1970, única empresa que fazia
parlamentares consideraram o oposição ao regime e cujo fim
acordo inconstitucional, mas também favoreceu o cresci-
nada aconteceu. O negócio mento da “Globo”, de quem
foi mantido até, anos depois, era a principal concorrente.
Roberto Marinho assumir so- Os supostos investimen-
zinho o controle da emissora. tos milionários feitos pelo
São, portanto, décadas de im- BNDES à “Globocabo” tam-
punidade em que nenhuma bém foram amplamente ques-
das denúncias apontadas con- fiscal da própria Fundação foi possível, apesar de tenta- tionados por parte da impren-
REPRODUÇÃO

tra a “Globo” são investigadas Roberto Marinho, Romero tivas em que cópias do filme sa, sem que jamais fossem
e nada acontece. Seja sobre as da Costa Machado. O livro chegaram a ser apreendidas. esclarecidos. Em 2002, po-
suspeitas graves de manipula- aponta uma série de irregula- O documentário só se popu- rém, a revista “Carta Capital”
ção de informação, que pode ridades na Fundação e inclu- larizou na internet. deu uma capa sobre os em-
alterar uma eleição presiden- sive questiona a a utilização Produzido em 1993 pelo préstimos: “O esquema sal-
cial, até a compra de uma emis- de recursos do Ministério da “Channel Four”, rede de tevê va-Globo.” “Esquema” e “es-
sora em São Paulo, com a uti- Educação para a realização pública britânica, o documen- cândalo em época eleitoral”
lização de documentos falsos, dos antigos telecursos. Mas tário expõe toda a influência foram algumas definições de
ou a ocupação de terrenos que a crítica mais demolidora às manipuladora da “Rede Glo- empresários de comunicação
não lhe pertencem. “Organizações Globo” está bo”, a começar por suas estreitas ao negócio, fechado às véspe-
Uma das fontes de denún- no documentário “Beyond ligações com a Ditadura Militar ras das eleições presidenciais
cia mais conhecidas é o livro Citizen Kane” (Muito Além e o poder. Além de tudo o que para a sucessão de Fernando
“Afundação Roberto Mari- do Cidadão Kane), cuja exi- já é sabido, a produção apre- Henrique Cardoso.
nho”, do escritor e ex-auditor bição pública no País nunca senta histórias nebulosas
DEMETRIO KOCH

2009
MATÉRIA DO PROGRAMA REPÓRTER RECORD
MOSTRA QUE A REDE GLOBO DE SÃO PAULO
SIMPLESMENTE ANEXOU UM TERRENO PÚBLICO,
AVALIADO EM R$ 11,5 MILHÕES, À ÁREA DA SUA
SEDE, NUM BAIRRO NOBRE DA CIDADE
IURD
Folha
Nº 911 • DOMINGO • 20 • SETEMBRO • 2009
LEIA MAIS:

4i – MENSAGEM: Bispo Edir Macedo fala sobre


a perseguição à Igreja e seus líderes
7i – INTERNACIONAL: Vigília da Resposta no Equador

O VALOR DAS
OFERTAS FOTOS: CEDIDAS

Letônia, Índia, Tanzânia,


Honduras, Filipinas...
As imagens a seguir
são registros de alguns
dos mais de 170 países
onde a Igreja Universal
já chegou. Templos que
só existem graças aos
dízimos e doações dos
membros da IURD, uma
prática de fé condenada
pela TV Globo. Por quê?

ÍNDIA
No país, com grave intole-
rância religiosa, a IURD está
instalada na 16 Maldhava-
ram Hihg Road, 1º andar,
Perambur, Chennai 600-011
Folha
IURD
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 2i

FOTOS: CEDIDAS
GUATEMALA
A Igreja está no país há 14
anos. A sede da capital,
Cidade da Guatemala, fica
na avenida Calzada Roose-
velt, 32-67, Zona 11

LETÔNIA
Presente também nesta ex-
JAMAICA república da União Soviética,
A Igreja Universal tem 25
que conquistou a indepen- HONDURAS
dência em 1990. Os russos são
templos no país. Na capi- Em terras hondurenhas há
mais de 25% da população
tal, Kingston, o principal 13 anos, a IURD tem de-
fica na 108 Hagley Park zenas de templos no país
Road, 11, St.Andrew e está prestes a inaugurar
outros dois

ROMÊNIA
A catedral da Universal fica
em Bucareste, na Soseaua
Fundeni, 11, setor 2. O site
para outras informações é
www.paginauniversala.com

BOTSUANA O OBJETIVO DA IURD


A Catedral da Fé da IURD É APRESENTAR A
no país fica na cidade de TANZÂNIA
Gaborone, na Avenida Bot- TODOS A SALVAÇÃO A Igreja se instalou neste país
suana, 731, Centro. Site: ATRAVÉS DO SENHOR da África Oriental em meio a
www.uckgbotswana.org muita perseguição, para pre-
JESUS CRISTO
gar sobre a fé e a obediência
à Palavra de Deus

00000: 000000
3i DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 especial Folha
IURD

FOTOS: CEDIDAS
FILIPINAS
A Igreja está no país há mais
de uma década. A sede prin-
cipal fica no Araneta Cen-
ter, Quezon City, ao lado da
Biblioteca Nacional

HONG KONG
É administrado pela República
Popular da China. A IURD da re-
ISRAEL gião fica na Estrada Des Voeux,
Tung Hip Commercial Building,
Palco central da história bí- 14º andar, Sheung Wan
blica, estima-se que tenha- PANAMÁ
como cristãos pouco mais
Dividido ao meio pelo canal
de 2% da população total.
do Panamá, que liga os oce-
Muitos pertencem à IURD
anos Atlântico e Pacífico, o
país conta com diversos
templos da Universal

NAMÍBIA
BISPOS E PASTORES Tem 1,8 milhão de habitan-
tes e a principal cidade é a
RÚSSIA SÃO MOTIVADOS capital, Windhoek, onde a
Evangelizar o russos, que ainda
PORQUE SEMPRE HÁ IURD fica na Independence
trazem consigo muitos dos há-
Avenue, 32, Ausspannplatz
bitos comunistas, não é fácil. ALGUÉM PRECISANDO
Mas a Universal continua DE ORIENTAÇÃO
vencendo barreiras no país

JAPÃO
A Igreja Universal está em
diversas partes da "terra do
sol nascente", desenvolvendo
um intenso trabalho, espe-
cialmente entre os jovens
Folha
IURD
especial DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 4i

FOTOS: CEDIDAS

JORGE JUNQUEIRA
mensagem
BISPO EDIR MACEDO

O motivo das
perseguições
NICARÁGUA
É o maior país da América Por que tentam denegrir o trabalho nome do cristianismo.
Central. A Sede Nacional da IURD e, em especial, sua liderança? Por conta do discurso revelador
da IURD fica no Cine Ca- O que está por detrás dessa persegui- da IURD, que tem promovido a fé
brera, Rua 27 de Mayo, na FRANÇA ção implacável? consciente, separada de sentimentos
capital, Manágua A Igreja conta com diversos O povo de Deus tem conhecimento e entusiasmos, verifica-se logo um
Centros de Ajuda Universal de que as entidades infernais usam e andar na contramão. Obviamente,
no país. Um dos endereços
abusam de seus sub- isso provoca verdadeira
é Rue Du Faubourg, 254,
Saint Martin – Paris
servientes na Terra. revolução na sociedade,
Mas o que poucos sa- O DISCURSO contrariando interesses
bem é que elas os têm político-econômicos.
REVELADOR
usado para mono- Se Deus existe, con-
polizar a fé de forma DA IURD TEM forme se tem crido, por
emotiva e tradicional: PROMOVIDO A FÉ que não cobrar dEle res-
a fé colorida. CONSCIENTE postas às necessidades vi-
Esse tipo de fé tem gentes? Se Ele atendeu no
conduzido os incau- passado, por que não vai
tos a acreditar nas fantasias criadas atender no presente?
pela arte e imaginação pagãs com fins Esse é o tipo de fé que satisfaz tan-
exclusivamente econômicos. É o caso to a Deus quanto aos que nEle creem.
do Natal, Páscoa, Sexta-feira da Pai- Nela há coerência.
xão, dia dos mortos, dia das almas Ou Deus existe ou não existe.
etc. Cada dia santo é motivo para ala- Como sabê-lo? Fatos irrefutáveis são a
vancar indústria e comércio. O pano única resposta.
de fundo sempre é a fé emotiva, em Deus abençoe a todos.

ANGOLA
No país, a Universal está MOÇAMBIQUE
em vários lugares. Na capi- Um exemplo de sucesso da
tal, Luanda, a catedral fica missão da Igreja na África.
na Avenida 21 de Janeiro, Na capital, Maputo, o Tem-
sem nº, em Morro Bento plo da Fé fica na Avenida 24 NOVA ZELÂNDIA
de Julho, 2.969, Alto Mãe Um país denominado cristão,
onde, apesar disso, é grande o
número de viciados em drogas.
A Universal trabalha para ajudar
essas pessoas

LUXEMBURGO
A IURD está há 15 anos nes-
se pequeno país da Europa
Ocidental, onde possui três
templos e diversos Centros
de Ajuda Universal
5i DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 nacional Folha
IURD

EM TROCA
Eles não dão dízimo nem ofertas. Excluídos pela socieda
Mas recebem da Igreja Universal o mesmo tipo de ajuda de q
Clarisse Werneck a evangelização com meno-
redacao@folhauniversal.com.br res internos da Fundação
Casa (antiga Febem) come-

C
erca de 43 milhões çou há 7 anos. Já a evan-
de brasileiros vi- gelização nos presídios
vem abaixo da li- atende mais de 50% das
nha da pobreza, unidades prisionais.
segundo dados da Funda- A assistência social e mo-
ção Getúlio Vargas. Só na ral a presidiários, realizada
cidade do Rio de Janeiro, pela IURD, acontece no País
estima-se que aproxima- há 20 anos. No Rio de Janei-
damente 10 mil pessoas ro, por exemplo, há 7 anos
morem nas ruas. Já a po- não acontece uma rebelião.
pulação carcerária no País Fato observado pelo diretor
supera os 400 mil. Esses do Presídio Moniz Sodré,
são apenas alguns dos mi- Gilson Nogueira. Segundo
lhares de excluídos que vi- ele, a presença de evange-
vem no Brasil e muitos não listas é importante para a
ressocialização dos presos,
já que a reintegração na
O COMPORTAMENTO DELES sociedade se dá através de
TEM MUDADO DE FORMA educação, trabalho e auxí-
BASTANTE SATISFATÓRIA, lio espiritual.
“Os internos batizados
ATÉ NO RELACIONAMENTO e membros da Igreja po-
COM OS FUNCIONÁRIOS dem se fortalecer espiritu-
almente através de orações,
jejuns, leitura e estudo da
Bíblia, além destes auxilia-
têm qualquer fonte de ren- rem os novos convertidos e
da nem assitência familiar. outros internos da unida-
Por essa razão, são os gru- de. O comportamento de-
pos de pessoas que mais les tem mudado de forma
necessitam de auxílio es-
piritual. Conscientes dis-
A ASSISTÊNCIA A
TICIANA BITENCOURT

so, voluntários, pastores e


bispos da Igreja Universal PRESIDIÁRIOS PELA IURD
do Reino de Deus, se de-
dicam, há 32 anos, a es- ACONTECE HÁ 20 ANOS
sas pessoas nos trabalhos NO PAÍS. NO RIO, NÃO HÁ
de evangelização. REBELIÕES HÁ 7 ANOS
No Rio de Janeiro, são
555 agentes religiosos que
atuam em 35 presídios, bastante satisfatória, não
11 delegacias, 72 asilos, 10 apenas no relacionamen-
centros de recuperação de to entre eles, como tam-
dependes químicos e 10 bém, com os servidores
creches sob a coordenação da unidade”, reconhece
do pastor Júlio Pinheiro. Nogueira.
Outro importante lugar vi- Esses trabalhos de evan-
sitado pelos evangelistas é gelização também são re-
a Fundação Leão XII, órgão alizados em todo Brasil e
do Governo do Estado que no exterior.
atende moradores de rua.
No estado de São Paulo, Colaborou Alice Mota
Folha
IURD
nacional DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 6i

A DE QUÊ?
de, vivem nas ruas e superlotam o sistema penitenciário.
ualquer pessoa que chega aos seus templos: solidariedade e fé

TICIANA BITENCOURT

LUIZ ALAN
FOTOS: CEDIDAS

CEDIDA
PERIFERIA RIO DE JANEIRO
Evangelistas em comunida- O trabalho evangelístico
de carente de Salvador (BA). é feito em várias unidades
Além da Palavra de Deus, a prisionais, a exemplo do
população é beneficiada realizado na Penitenciária
com ações sociais Moniz Sodré

SÃO PAULO
PARAÍBA
Voluntárias da Associação
de Mulheres Cristãs (AMC), Distribuição da Folha
da IURD, oram pelas ado- MINAS GERAIS Universal para deten-
lescentes da Fundação Casa A igreja realiza batismos nas águas nas unidades prisio- tos que participam de
orações realizadas pelo
FUNDAÇÃO de Parada de Taipas nais. Recentemente, a cerimônia ocorreu na Penitenciária
grupo de evangelização
Estevam Pinto
CASA
O trabalho evangelísti-
CEDIDA
DEMETRIO KOCH

co na antiga Febem, de
São Paulo, é dirigido aos
menores internos e
seus familiares

SALVADOR
Evangelistas levam
conforto espiritual e
solidariedade a mo-
radores de rua na
capital da Bahia
7i DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 internacional Folha
IURD

fé sem fronteiras Reunião é resposta às perseguições


que a IURD sofre no país

VIGÍLIA NO EQUADOR
Guayaquil (Equador) –

FOTOS: CEDIDAS
Cerca de 4,8 mil pessoas parti-
ciparam recentemente de uma
vigília na Catedral da Fé em
Guayaquil, no Equador, onde
a Igreja Universal está há 16
anos. Durante a reunião, intitu-
lada Vigília da Resposta, a mul-
tidão adorou a Deus e buscou
Sua presença. Mas a ocasião
também teve a intenção de dar
uma resposta às calúnias, pro-
vocações e perseguições que a
IURD tem sofrido no Equador.
Várias pessoas têm testemu-
nhado que, após serem evange-
lizadas, tiveram as vidas trans-
formadas. Mercedes Maclaglem,
UNIÃO: O encontro contou com a participação de quase 5 mil pessoas. Houve vários testemunhos de transformação de vida
uma engenheira comercial com
mestrado em pedagogia, conta E assim, mais uma vez, a minha causa, vos injuriarem, e
que tinha uma vida destruída, IURD mostrou que contra fa- vos perseguirem, e, mentindo,
pois sofria com doenças, proble- tos não há argumentos e há a disserem todo mal contra vós.
mas familiares, econômicos e es- veracidade na Palavra de Deus: Regozijai-vos e exultai, porque é
pirituais. “Sentia-me derrotada. grande o vosso galardão nos céus;
Busquei ajuda de psicólogos, pois assim perseguiram aos pro-
conselheiros matrimoniais e NA IURD, CONHECI fetas que viveram antes de vós.”
outros, mas não consegui solu- O PODER DE DEUS E (Mateus 5:10-12)
cionar meus problemas. Apesar
APRENDI A USAR A FÉ
de ter muito dinheiro, ainda Localização
assim, minha vida era um caos. FUNDAMENTADA EM Guayaquil é a maior cidade do
Mas, na IURD conheci o poder SUA PALAVRA Equador, com cerca de 3,8 milhões
de Deus e aprendi a usar a fé de habitantes. Situada a 250 km da
fundamentada em Sua Pala- capital, Quito, é conhecida como
vra. Através das correntes de fé, “Bem-aventurados os persegui- “a pérola do Pacífico”. Por abrigar o
minhas necessidades foram sa- dos por causa da justiça, porque principal porto do país, é também
ciadas pelo Senhor Jesus”, afir- deles é o reino dos ceús. Bem- o mais importante centro industrial
mou Mercedes. aventurados sois quando, por e econômico do Equador. CATEDRAL: Av. de las Américas Mz. 22 – Guayaquil

CAMINHO DO AMOR
SXC

SINCERA EVANGÉLICA DO RIO DE JANEIRO corresponder com homem de


Sou moreno claro, 1,76, 68kg, Sou negro, 1,70m, 68 kg, 52 Sou viúva, membro da Deus, entre 40 e 50 anos, ho-
olhos castanhos, 45 anos, obreiro. anos, olhos negros, cabelos grisa- Igreja Universal do Reino nesto, virtuoso e trabalhador,
Desejo conhecer mulher de Deus, lhos. Gostaria de conhecer mulher de Deus, 57 anos, negra, para futuro compromisso.
sincera, entre 30 e 38 anos. Que a partir de 30 anos, evangélica, 1,69m, 78 kg, trabalhadora. Claudia Aparecida
resida em Tatuí ou na região. Peço para compromisso sério. Quero me corresponder com Goiânia (GO)
foto e telefone. R. Batista homem de Deus, sincero, li- claudiamanhia@hotmail.com
L. G. N. Rio de Janeiro (RJ) vre, definido financeiramen-
Tatuí (SP) rroger.bs@hotmail.com te, para formar uma família. ATENCIOSO
Idade compatível e somente Sou morena clara, tenho
MULHER DE DEUS SENHOR DE DEUS do Rio de Janeiro. 1,60m, 62 kg, 49 anos, di-
Sou moreno, 28 anos, 1,77m, Sou morena, 56 anos, 1,54m, Sílvia Santos vorciada, olhos claros, cari-
73 kg, professor de educação fí- 60 kg, cabelos e olhos castanhos, Rio de Janeiro (RJ) nhosa, leal, cristã, românti-
sica. Estou à procura de mulher temente e fiel a Deus. Desejo me silviasantos96@hotmail.com ca. Procuro por um homem
de Deus, solteira e sem filhos, corresponder com senhor de de Deus, que seja carinhoso,
que seja membro da IURD, para Deus, entre 50 e 60 anos, para VIRTUOSO atencioso, decidido, e tenha
futuro compromisso. futuro compromisso. Sou viúva, morena, ca- entre 50 e 70 anos. Peço foto
W. S. I.L. belos pretos, 1,65m, 45 e telefone.
Rio de Janeiro (RJ) São Paulo (SP) anos, carinhosa, fiel, amiga Luiza Duarte
wvs26@ig.com.br joiarara_m@hotmail.com e companheira. Desejo me São Gonçalo (RJ)

Se você deseja mandar seus dados, envie cartas para a Folha Universal: Estrada Adhemar Bebiano, 3.610 – Inhaúma – Rio de Janeiro – RJ – CEP 20766-720.
Se deseja se corresponder com alguém desta coluna, coloque o nome da pessoa pretendida no envelope e dois selos porte nacional.
A Folha Universal não se responsabiliza pela veracidade das informações pessoais contidas nas cartas.
Folha
IURD
coisas de mulher DOMINGO
20 • SETEMBRO • 2009 8i
INFIDELIDADE

KEYSTONE
Segundo pesquisa recente, 60% dos
homens e 47% das mulheres já traíram

A
antropóloga Mirian a trair a esposa, como, por A repórter Sara Varela entrevis-
Goldenberg, da Uni- exemplo, quando ela se des- tou o psicólogo Francisco Lucas.
versidade Federal do cuida da aparência. No quadro Viver Bem, o personal
Rio de Janeiro (UFRJ), Segundo Paty, se o marido trainer Nuno Antunes ensinou
realizou uma pesquisa com não faz carinho, a esposa pode como não deixar os músculos dos
1.279 homens e mulheres da ficar desanimada e se retrair na braços flácidos. Já no Tendências,
área urbana carioca que revelou: parte sexual: “Às vezes, sente uma maquiadora mostrou como
60% dos homens e 47% das mu- -se até usada.” colocar cílios postiços.
lheres já traíram os parceiros. Flávia falou sobre os casais A pergunta da semana foi:
O programa “Coisas de que não têm objetivos comuns “Ele me traiu, o que eu faço?”
Mulher” abordou o tema “Por e sobre a falta de diálogo. Vivi respondeu com outra
que sou traída?” As apresenta- As dicas do programa fo- pergunta: “O que você quer,
doras Vivi Freitas, Bete Araújo, ram: não descuide da imagem, continuar ou desistir? Cada
Paty Barboza e Flávia Azevedo valorize-se, saia da rotina, in- um tem que decidir por si
destacaram algumas situações vista no diálogo e atualize-se mesmo. Se quiser continuar,
que podem levar o homem para ter o que conversar. então, perdoe”, finalizou.

Programa Coisas de Mulher


O programa é apresentado por Vivi Freitas que, juntamente com as ami-
gas, aborda um tema diferente a cada semana. É transmitido pela “Record
News” aos sábados, às 16h; pela “Rede Família” aos sábados, às 19h; e re-
prisado às quartas, às 19h30. As telespectadoras podem participar através do
site www.coisasdemulher.tv, onde o programa está disponível na íntegra.
DOR: Perdoar ou não a traição do parceiro é uma decisão individual O site ainda traz dicas para a casa, saúde e estilo.

mulher cristã perguntas CRISTIANE CARDOSO


& respostas
DIFERENÇAS
Sou casada com um obreiro da IURD
há 8 meses. Passamos pela chamada fase de
meu pai morreu e eu comecei a viajar
muito. Não tinha vícios, mas muita
Deixe-me ser
adaptação, porém, alguns problemas per- vaidade e orgulho. Comecei a beber

À
sistem em nossa casa. Ele não se preocupa devagar até me viciar. Fiz vários ami- s vezes recebo amigas pedindo- Eu tentei, algumas
com nada. Diz que não precisa se preocu- gos, era baladeira e deixei de ser aquela me “dicas de moda”. Não sei semanas atrás, e mal
par com o amanhã, nem tem o interesse de garota educada, calma, atenciosa. por que algumas delas pen- esperei para me li-
planejar as finanças. Presta serviço para as Bebia muito, usava drogas, achava que sam que sou especialista nisso.vrar dele. Não é que
pessoas e não se preocupa em falar o valor. nenhum homem prestava, que não
Acha que isso é uma bobeira. Briga comigo queria relacionamentos. Não sou. eu não goste de amarelo ou lenços – adoro
dizendo que não quer cobrar e só fica no No colégio, conheci um rapaz mui- Talvez seja porque eu gosto de ser cria- lenços –, só que eu gosto de ser livre para
prejuízo. Se falo com ele para estudar, não to legal, do tipo “mano”, aqueles que tiva e moderna com o meu visual. Isso é vestir qualquer cor e qualquer acessório
vejo interesse nem concentração. cuidam das garotas. Fui ficando com algo que herdei da minha mãe. Essa não que eu tiver vontade.
Ele fez uma faculdade, porém, não con- ele, nos conhecendo. Foi o primeiro é a área mais importante Se existe um hábito
seguiu emprego na área. Agora está tendo namorado da minha vida, mas, no
a oportunidade de se dedicar, mas não vejo decorrer do tempo, ele me disse que
da minha vida, mas certa- faltando nas mulheres,
desejo, só fica no computador jogando e era afastado de uma igreja. mente é uma na qual eu CONTANTO QUE VOCÊ penso que seja este. Vista
na internet o dia inteiro, se deixar. Eu não o amava, mas gostava da gosto de estar em alta to- o que você tiver vontade,
Já me disse que se eu interferir nas companhia dele. Ele vivia atrás de mim dos os dias. Se eu engor- SE SINTA BONITA, PARA tenha o seu próprio estilo.
coisas dele, irá se separar, e que a minha e eu até gostava. Trabalhava, falava em do um pouquinho, me QUE SE PREOCUPAR Contanto que você se sin-
obrigação é cuidar da casa e ele das casamento, financiou uma moto, mas
esforço para perder esse ta bonita, para que se pre-
despesas. Sou uma mulher formada e eu nem pensava em casar com ele. COM O QUE A VOGUE
lutadora. Sempre passei por dificulda- Numa de nossas bebedeiras, ele pouquinho; se eu enjoo ocupar com o que a “Vo-
des, lutei, mas venci. O que faço? tentou o suicídio e eu fui buscá-lo em do meu penteado, prendo OU PARIS DITAM? gue” ou Paris ditam?
Amiga um manicômio. Hoje, ele não sabe se os cabelos com algo dife- Quando eu gosto de algo
(Por e-mail) quer ficar comigo, mas diz que não tem rente. É um prazer para que está na moda, uso, mas
coragem de terminar. Como saber se
mim mudar o visual e me sentir bem não me impressiono com tudo que eles di-
Amiga, ele é a pessoa que vai me fazer feliz?
Você se casou com alguém que não é O que devo fazer? com isso. zem ser bonito. Algumas roupas lançadas,
compatível com você. Ele não vê as coisas Amiga Por outro lado, eu odeio quando a atualmente, fazem as mulheres perder a fe-
como você. E agora, o que fazer? Brigar? (Por e-mail) moda dita aquilo que devo vestir. Eu não minilidade, discrição e até a graça.
Criticar? Se separar? Agora você tem que se gosto que me digam “a cor do momento é Quem disse que os designers têm o di-
adaptar a essas diferenças. Se ele não quer Amiga, amarelo” ou “use um lenço, mesmo que reito de nos ridicularizar desse jeito?
cuidar das finanças, você cuida. Não é fácil, Eu vejo que o problema não está em
mas você tem que resolver o problema e ficar ou abandonar esse rapaz e sim na você não queira. Está na moda estes dias”. Na fé.
não apontar o dedo e se desesperar. vida que vocês dois têm levado. Será que
você pode chegar a algum lugar assim?
CRISTIANE CARDOSO – www.cristianecardoso.com
MUDANÇA URGENTE É hora de você e ele amadurecerem, reco-
Durante a minha infância, eu ia à nhecerem que não são mais crianças, pois
IURD com a minha mãe, mas chegou tudo isso trará consequências. Veja o que
uma época em que não aguentei mais aconteceu com ele. É hora de mudar de
ficar na igreja e saí. Nesse período, rumo, amiga.

Para receber aconselhamento espiritual de uma mulher de Deus, envie seu e-mail
para redacao@folhauniversal.com.br, ou escreva para seção Perguntas e Respostas:
Estrada Adhemar Bebiano, 3.610 – Inhaúma – Rio de Janeiro – CEP 20766-720.