Você está na página 1de 16

FASES DA MEIOSE

A meiose ocorre apenas nas


células das linhagens
germinativas masculina e
feminina e é constituída por
duas divisões celulares: Meiose I
e Meiose II.
MEIOSE I

MEIOSE II
INTÉRFASE

G1 = precede a duplicação do DNA

S = ocorre a duplicação do DNA

G2 = sucede a duplicação do DNA


Meiose I

É subdividida em quatro fases:

Prófase I
Metáfase I
Anáfase I
Telófase I
PRÓFASE I

Subfases:

Leptóteno – Zigóteno - Paquíteno


Diplóteno - Diacinese
Leptóteno
Os cromossomos condensam-se
e tornam-se visíveis.

Zigóteno
Ocorre a sinapse (pareamento dos
cromossomos homólogos)

Paquíteno
Ocorre o crossing-over
Diplóteno

Melhor visualização dos quiasmas


(pontos de contato entre as
cromátides)

Diacinese
Os cromossomos migram para o equador
da célula
METÁFASE I

Os cromossomos se posicionam na zona


central da célula

Há formação da placa equatorial dupla


ANÁFASE I

Migração dos cromossomos

Não ocorre a divisão dos centrômeros


TELÓFASE I

Reaparecimento da carioteca e do nucléolo

Ocorre a citocinese
Meiose II

A meiose II tem início nas células


resultantes da telófase I, sem que
ocorra a Intérfase.
PRÓFASE II

Desaparecimento da carioteca e do
nucléolo;

Duplicação e migração dos centríolos


METÁFASE II

Os cromossomos se posicionam na zona


central da célula

Há formação da placa equatorial simples


ANÁFASE II

Ocorre a divisão dos centrômeros

Migração das cromátides


TELÓFASE II

Reaparecimento da carioteca e do nucléolo


Descondensação cromossômica
Ocorre a citocinese
Formação de quatro células haplóides e
geneticamente diferentes