Você está na página 1de 5

PLANO DE CURSO

Ramo: Projeto de Arquitetura Seqüência:


Planejamento e Projeto
Disciplina: Projeto III PR-III
Período: 3º Código: ARQ 1023 Pré-requisito: PR-II ARQ1022
Créditos: 6 Carga Horária: 102 h/aula Turmas: A01,A02,A03
Professores: C01- Frederico André Rabelo Horário: TER: 18h45 – 22h00
C02- Roberto Cintra Campos SEX: 07h10 – 08h40
C03-

EMENTA

Teoria e prática do projeto de arquitetura, urbanismo e paisagismo com ênfase no projeto do


edifício de médio porte, com programa de pouca complexidade, em bairro pré-existente, com
ressonância na paisagem e na ambiência urbana.

OBJETIVOS

Ampliar o conhecimento de teorias e metodologias do Projeto Arquitetônico, do Desenho Urbano e


Paisagístico, realizando exercício prático na escala do bairro.
Desenvolver a capacidade de expressão da idéia do projeto por meio de documentos textuais, gráficos,
modelos tridimensionais, documentos textuais e exposição oral.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Referenciais teóricos e históricos para os projetos: do edifício residencial, de tramos urbanos e de
áreas livres:

• O partido como instrumento fundamental na concepção do projeto;


• A morfologia urbana – subsídios para a prática projetual;
• O espaço doméstico contemporâneo.

Exercícios práticos de projeto:

• O projeto urbano, que observa: a paisagem do bairro – elementos compositivos da paisagem:


edifícios, áreas livres, quadras, lotes, rua, calçadas, mobiliário; as formas de uso e ocupação;
noções de conforto ambiental urbano; a apropriação coletiva do espaço livre; as características
da quadra – topografia e geometria. A proposta de intervenção terá como espaço de projeto, a
quadra – o loteamento ou alteração do parcelamento, com remembramento ou desmembramento;
• O projeto do edifício, que abarca: as definições do programa e a adoção do partido (com a
definição da tipologia arquitetônica e a implantação do edifício no lote); desenvolvimento das
propostas espaciais, estabelecendo-se os dimensionamentos dos espaços, a organização espacial,
a configuração formal (elementos compositivos e superfícies de fechamento) e racionalidade
construtiva (estrutura e condicionamento ambiental);
• .O projeto de paisagismo das áreas livres dos lotes e da quadra – passeios, caminhos,
pavimentação, ajardinamento, iluminação e mobiliário.
• Simulação das possibilidades de associação das unidades projetadas na quadra, e a observação
dos resultados obtidos - configurações e ambiências das áreas livres públicas e privadas da
quadra e dos lotes.

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

Procedimentos e etapas:

• Levantamentos documentais e de campo e análise do bairro e da área de trabalho;


• Proposta de intervenção na quadra;
• Elaboração dos projetos das unidades habitacionais unifamiliares, após a seleção dos lotes –
desenvolvimento em nível de anteprojeto de acordo com as normas técnicas;
Nos projetos serão enfatizadas as relações entre o espaço edificado e o espaço livre e apreciada a
sua ressonância sobre a paisagem e a ambiência urbana.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Para todo e qualquer exercício, trabalho ou teste serão levados em consideração, além
dos critérios específicos de cada tema, os seguintes critérios:

CRIATIVIDADE: capacidade de assimilar conhecimentos e traduzi-los em propostas


teóricas e práticas, segundo processo estabelecido;
APRESENTAÇÃO: legibilidade na graficação dos trabalhos, coerência na linguagem,
uso correto da folha de papel (layout), representação correta de linhas, letras, cotas e carimbo;
CONTEÚDO: nível de conhecimento e de assimilação dos conteúdos abordados durante
o curso ou pré-requisitos anteriores;
PARTICIPAÇÃO: assiduidade, empenho, iniciativa, responsabilidade, organização dos
trabalhos desenvolvidos na sala e fora dela, uso do tempo de sala de aula, materiais e
equipamentos de desenho.

OBSERVAÇÕES GERAIS
Para cada Teste ou Trabalho (teórico ou prático), será dado um conceito ou nota que
varia de 0 a 10 pontos, com pesos definidos;
O aluno(a) terá durante o semestre dois conjuntos de notas (N1 e N2) de acordo com o
Sistema de Aprovação na Universidade Católica – Resolução N° 001/93-GR.C. A nota final será
resultante da Média Ponderada das Notas N1 e N2, conforme a seguinte expressão:

NF = nota final
NF = 0,4xN1 + 0,6x N2 N1 = nota resultante do primeiro conjunto de avaliações
N2 = nota resultante do segundo conjunto de avaliações
Será considerado aprovado o aluno que obtiver a freqüência mínima legal (75% do total)
e Nota Final igual ou superior a 5.0 (cinco pontos);
Só serão dadas notas com apenas uma casa após a vírgula;
As datas dos testes e entrega de trabalhos obedecerão ao calendário escolar da UCG e o
cronograma da disciplina;
O atestado médico não abona as faltas do semestre. Os casos em que o aluno ficar
impedido de comparecer às aulas ou testes serão examinados pela secretaria geral conforme as
leis 6.202, decreto 1.044 e o Regimento Interno da UCG. O atestado médico deverá ser
acompanhado do relatório do médico.
Trabalho entregue fora do prazo estipulado no cronograma será avaliado pelo professor,
entretanto a nota atribuída será ZERO.
Não será permitido, em sala de aula, o uso de telefones celulares.
Nas etapas em que será permitido o uso do computador para representação, o aluno
deverá imprimir o seu projeto para orientação em sala de aula, exceção feita à maquete
eletrônica que poderá ser orientada na tela do computador.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
DAVIES,Colin. Casas paradigmáticas del siglo XX. Barcelona: Gustavo Gili, 2007
DEMALTÊ, Maria Esmeralda Soares Payão. Princípios del paisagismo. Jaboticabal:Funep, 2006.
LAMAS, José Manuel R. G. Morfologia urbana e desenho da cidade. Lisboa: Fundação Calouste
Gulbenkian e Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, 2003.
PRINZ, Dieter. Urbanismo 1 e 2: projecto urbano. Lisboa: Presença, 1980.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
CULLEN, Gordon. Paisagem urbana. Lisboa: Edições 70, 1993. (Arquitetura & Urbanismo)
DUMSTER, David. Cien casas unifamiliares de la arquitetura del siglo XX. Barcelona: Gustavo Gili,
1994.
MOORE, Charles; ALLEN, Gerald; LYNDON, Donlyn. La casa: forma y diseño. Barcelona: Gustavo
Gili, 1999.
QUARONI, Ludovico. Proyectar un edificio. Ocho lecciones de arquitectura. Madri: Xarait,
1980.
ROMERO, Marta A. B. Princípios bioclimáticos para o desenho urbano. São Paulo: Proeditores,
2000.
CRONOGRAMA
Qua Sáb Conteúdo MÊS: AGOSTO

11 Apresentação da equipe e do plano de ensino


14 Lançamento do Trabalho 1 (N1A): Diagnóstico do Ambiente Urbano na Escala do Bairro
18 Orientação Trabalho 1/ Orientação Trabalho 1
21 Orientação Trabalho 1
25 Orientação Trabalho 1/ Orientação Trabalho 1
28 PAINEL TRABALHO 1 (N1A)

18 aulas

Qua Sáb Conteúdo MÊS: SETEMBRO

01 Lançamento do Trabalho 2 (N1B): Intervenção Urbano-Paisagística


Aula teórica: Desenho Urbano - Prof. Roberto
04 Orientação Trabalho 2
08 Orientação Trabalho 2 / Orientação Trabalho 2
11 Orientação Trabalho 2
15 Orientação Trabalho 2 / Orientação Trabalho 2
18 PAINEL TRABALHO 2 (N1B)
22 Lançamento Trabalho 3 (N1 D) – Maquete/GRUPO / PROVA (N1C)
25 Orientação Maquete
29 ENTREGA DA MAQUETE (N1D)

28 aulas

Qua Sáb Conteúdo MÊS: OUTUBRO

02 Lançamento Trabalho 4 (N2A) – Programa Residência Unifamiliar e Estudo de Caso


06 Aula Prof. Marcos: Elementos de Arquitetura / Orientação Trabalho 4
09 Orientação Trabalho 4
13 Orientação Trabalho 4 / Orientação Trabalho 4
16 Orientação Trabalho 4
20 SEMANA DE TECNOLOGIA DA PUC GO – ATELIER VERTICAL
23 ENTREGA TRABALHO 4 (N2A)
27 Lançamento Trabalho 5 (N2B) – Partido Geral
Aula Prof. Gustavo: Partido Arquitetônico
30 Aula Prof. Frederico – Casas Paradigmáticas

26 aulas
Qua Sáb Conteúdo MÊS: NOVEMBRO

03 Orientação Trabalho 5 / Orientação Trabalho 5


06 Orientação Trabalho 5
10 Orientação Trabalho 5 / Orientação Trabalho 5
13 Orientação Trabalho 5
17 ENTREGA TRABALHO 5 (N2B)
20 Lançamento Trabalho 6 (N2C) Projeto de Arquitetura Residência Unifamiliar: Anteprojeto
24 Orientação Trabalho 6 / Orientação Trabalho 6
27 Orientação Trabalho 6

24 aulas

Qua Sáb Conteúdo MÊS: DEZEMBRO

01 Orientação Trabalho 6 / Orientação Trabalho 6


04 Orientação Trabalho 6
08 ENTREGA TRABALHO 6 (N2C) / PROVA (N2D)
11 Devolução dos trabalhos, divulgação e discussão das Médias N2 e Final

12 aulas

total geral 108 aulas