Você está na página 1de 4

● ● ●

Trabalho de Geologia
“ Geomonumentos com
Pegadas de Dinossáurios Biologia e Geologia 10ºano
em Portugal Continental “
Prof. Rui Soares
2010-2011
● ● ●
Pedreira do Galinha
A paisagem deste lugar, ou seja
a Serra de Aire era, há cerca de 175
Fig. 1 - Localização geográfica da Pedreira do Galinha

milhões de anos, mais propriamente


no Jurássico Médio, uma planura
litoral, repleta de zonas inundadas por
lençóis de água, com um a dois metros
de profundidade.
Neste período, a Europa ainda se
encontrava ligada ao continente
norte-americano e no Canadá,
penetrava um mar com condições
favoráveis à formação de recifes de
coral.
O clima era quente e húmido e a
vegetação era abundante.
A Pedreira do Galinha, descoberta por
João Carvalho da STEA, localiza-se no
Parque Natural das Serras d’Aire e Candeeiros, mais precisamente
no flanco oriental da Serra d'Aire, e foi considerada Monumento
Natural das Pegadas de Dinossáurios, em Outubro de 1996, Ourém,
Torres Vedras, pelas suas características científicas e pedagógicas.
As provas da existência de dinossáurios nesta jazida são as
pegadas encontradas nas camadas de calcário.

Página | 1
Nestas camadas, com
aproximadamente 60.000 m²,
podemos observar centenas de
pegadas dispostas em cerca de
vinte pistas.

Os vários rastos
(pegadas) são todos diferentes uns dos Fig. 2 - Jazida da Pedreira do Galinha
outros, o que mostra que vários
dinossáurios estiveram nesta jazida. As pegadas são profundas e
mostram um contorno bem definido, o que facilitou o estudo
destas.
As pegadas mostram uma margem saliente que resultou da
deslocação da lama do centro para a periferia (margem), sob o peso
do dinossáurio. 175 milhões de anos depois, as pegadas de
dinossáurios apresentam-se como prova da sua existência para as
gerações futuras.
Esta jazida é considerada a maior e mais importante jazida
mundial pois contém pegadas de Saurópode do Jurássico médio
(170 mil anos), com cerca de 20 marcas
do mesmo e de diferentes dimensões
(um com 142m e outro com 147m,
Fig. 3 - Dinossáurio - Saurópode

sendo o maior alguma vez encontrado


no mundo). Um dinossáurio desta
espécie pode ter um tamanho de 3,2 a
3,8m, e pode alcançar 4 ou 5km/h.
Os Saurópodes, que eram
dinossáurios herbívoros, quadrúpedes,
possuíam cabeça pequena e pescoço e
cauda muito compridos, os seus
membros eram grossos e robustos, e tinham em cada polegar das
mãos e dos pés, uma garra.

Página | 2
Nesta jazida, também podemos encontrar rastos de outras
espécies, os Braquiossáurios e Camarassáurios.

Fig. 4 - Dinossáurio - Braquiossáurio Fig. 5 - Dinossáurio - Camarassáurio

Com os estudos a esta jazida, foi possível identificar na


Pedreira do Galinha a passagem de animais de diferente porte,
entre estes um que poderia atingir
cerca de 30 metros de
comprimento.
Com base no estudo das
pegadas, é também possível

Fig. 4 - Pegadas na jazida da Pedreira do Galinha


conhecer o comportamento
(individual e social) destes
animais. Nesta jazida, até agora,
não foram encontradas provas de
deslocação de manadas, mas sim
que os dinossáurios se deslocavam isoladamente.
Os cientistas conseguiram desvendar o paleoambiente que
existiu pois na rocha que contém as pegadas também existem
fósseis de pequenos bivalves e de gastrópodes (relacionados com as
pegadas), o que nos leva a suposição de que a sua fossilização é
fruto da pressão exercida no solo pela passagem dos dinossáurios
de que as pegadas comprovam.

Página | 3
Comentário sobre as tarefas efectuadas por cada
elemento do grupo
Neste trabalho, o André e o João pesquisaram as
informações relativas ao trabalho realizado, ou seja, as referências
bibliográficas foram adquiridas por estes dois elementos;
consequentemente a Ana Rita e a Elodie trataram de organizar e
resumir as informações dadas; os quatro elementos do grupo
organizaram as imagens do trabalho e as respectivas legendas; por
fim, a Elodie tratou da publicação do trabalho, converteu o ficheiro
Word em pdf, publicou-o no scribd e de seguida publicou-o na
plataforma. De um modo geral consideramos que as tarefas que
cabiam a cada elemento foram concretizadas e que o grupo
efectuou o trabalho com sucesso.

Referências Bibliográficas
http://www.pegadasdedinossaurios.org/html/mon_viatem_01.htm
http://descobrir-a-terra.blogs.sapo.pt/22112.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pegadas_da_Serra_de_Aire

● ● ●

Grupo 3 – Turno 1
Ana Coelho – nº3
André Silva – nº4
Elodie Esteves – nº7
João Nata – nº14
10ºA
24 de Outubro de 2010
Escola Secundária de Estarreja
Página | 4