P. 1
Introdução à Automação - Contactor

Introdução à Automação - Contactor

|Views: 3.938|Likes:
Publicado porAntónio Henriques
Notas breves sobre contactores motor, contactores auxiliares e temporizadores
Notas breves sobre contactores motor, contactores auxiliares e temporizadores

More info:

Published by: António Henriques on Oct 26, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/08/2013

pdf

text

original

Introdução à Automação - Contactor

-

( inclui noções básicas sobre temporizadores)

Versão 01
2010/2011

António Henriques

Contactor - Comutação Tudo ou Nada
A função comutação “tudo ou nada” tem como objectivo ligar e desligar a alimentação das cargas (receptores). Esta função é normalmente efectuada com contactores. Em automação é frequente o recurso ao comando à distância, já que o local onde encontram as cargas estão frequentemente afastadas dos quadros onde se encontram circuitos de comando; esta razão favorece a utilização do contactor como órgão manobra. Para além disso o contactor permite fazer facilmente a separação, através isolamento galvânico, entre os circuitos de comando e os circuitos de potência. se os de de

Constituição e funcionamento
O contactor é um órgão de manobra/comando electromagnético constituído por um electroíman: bobina e armadura com uma parte fixa e outra móvel; e um conjunto de contactos, uns fixos e outros móveis, solidários com a parte móvel da armadura que alojados numa câmara de extinção de arco voltaico. O estado dos contactos, normalmente abertos (NO) ou normalmente fechados (NC), altera-se quando uma corrente eléctrica percorre a bobine.

Podemos distinguir dois tipos de contactores: Contactores motor ou de potência e contactores auxiliares.
Contactor motor

Os contactores potência são o elo de ligação entre o circuito de potência e o circuito de comando e permitem o controlo do funcionamento das cargas pelo circuito de comando.

1

Contactor auxiliar

Os contactores auxiliares são utilizados para a implementação das funções de comando.

Por vezes, é necessário incrementar o número de contactos auxiliares instantâneos. Isso consegue-se através de blocos aditivos com dois ou quatro contactos.

Nalgumas situações é preciso atrasar o momento em que se faz a comutação dos contactos relativamente altura em que se estabelece ou interrompe a alimentação da bobina do contactor. Esta funcionalidade é conseguida por temporizadores, que podem aparecer sob a forma de relés temporizadores ou blocos aditivos temporizados. Existe dois tipos de temporização: ao trabalho e ao repouso.

2

Quando se liga um temporizador ao trabalho (on delay) a comutação dos contactos é efectuada após ter decorrido o tempo pré estabelecido para a temporização. Quando se desliga, a comutação dos contactos para o estado de repouso é instantânea.

Quando se liga um temporizador ao repouso (off delay) a comutação dos contactos é efectuada instantaneamente. Quando se desliga, a comutação dos contactos para o estado de repouso dá-se após ter decorrido o tempo pré estabelecido para a temporização

Exemplos de circuitos temporizados

a) Activação sequencial de dois contactores e desactivação simultânea.

3

b) Activação simultânea de dois contactores e desactivação sequencial.

c) Desactivação temporizada de contactor.

4

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->