P. 1
Técnicas de Levantamento de Requisitos

Técnicas de Levantamento de Requisitos

|Views: 724|Likes:
Publicado porcarloscjmc

More info:

Published by: carloscjmc on Oct 27, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/15/2013

pdf

text

original

Técnicas de Levantamento

Técnicas de Levantamento
- Entrevistas - Questionários -Observação / Visitas instalações (próprias ou outras) - Demonstrações - Pesquisa extena - Análise da Documentação - Joint Application Design (JAD) - IBM - Brain Storm - Brain Writing

Questionários
- Fontes sólidas e confiáveis. - Questionário objetivo, dirigido e diferenciado*
* para compatibilizar as informações fornecidas pelos três níveis de decisão

.Análise Documental Estudo dos registros existentes. Inclui a análise das informações em meio magnético (discos. fitas.) . (documentos e relatórios. atuais ou históricos)..

Entrevistas Funções .Obtenção de informações: atitudes.Visão mais concreta da realidade . atividades e a funções . fatos vivenciados. comportamento.Coordenação de informações recebidas de fontes diversas .Informações sobre a empresa. tendências e experiências .

Planejamento do tempo .Coleta prévia de tantos dados quanto possíveis .Forma mais comum: pessoal / direta .Pessoas certas que estão nos locais certos .Documentação dos resultados: copiar tudo? gravar? filmar? realizar anotações ? .Perguntas certas.A entrevista .Seqüência dos entrevistados . respostas certas .

Planejar a entrevista: objetivo. perguntas e tempo .Escolher o local: privacidade é essencial .Entrevistas Procedimentos preliminares .Obter informações sobre as características do pessoais e funcionais do entrevistado . informando o entrevistado da agenda .Agendar a entrevista.

discrição. motivo da escolha do entrevistado) . patrocinador.Deixar o entrevistado falar (redução da interferência) .Direcionar a discussão para os objetivos .Durante a entrevista .Notar sinais de impaciência .Evitar perguntas fechadas .Apresentar-se .Não ultrapassar o tempo . não criar ressentimentos . isenção.Repassar a agenda (objetivos.Postura do entrevistador: credibilidade.

Relacione a parte da entrevista c/ partes do sistema .Focalize os requisitos (não os problemas técnicos) .Um estilo para entrevistar .Obtenha pontos de vista alternativos .Solicite detalhes do item que você estiver interessado .Estabeleça a dependência do assunto com outros .Confirme os dados obtidos .Não confunda sintomas com o problema .

Mudei de opnião .Não queremos esse sistema .Você está tomando tempo demais .Você não conhece a nossa empresa .Problemas .Você está ameaçando meu emprego .Você está tentando mudar o modo que as coisas são feitas aqui .Aqui não há consenso de como a coisa deve ser feita .

São válidas colocações por impulso: o que vale é a quantidade de idéias .Brainstorm .Reunião onde todos têm liberdade de expressar suas opiniões .Relacionadas as idéias. passa-se para a interpretação dos resultados .Nenhuma crítica prévia deve ser feita .

Pegar a folha de respostas de outro integrante do grupo .Dividir os participantes em grupos de 4 ou 5 pessoas .Ao terminar. colocar a folha no centro da mesa .Os grupos recebem uma questão O trabalho .Escrever a sua opinião sobre a questão .Brainwriting .Criticar as colocações encontradas .

Cada grupo pode receber uma questão diferente .Brainwriting . o grupo pode receber nova pergunta .Pode haver um relator por grupo . por escrito .Criticar todos os trabalhos do grupo.Completado o ciclo.O presentes criticam todas as posições dos grupos Obs: .Exige um relator do trabalho final .

JAD Joint Application Design .

.OBJETIVO Identificar as características do JAD e as suas aplicações .

Introdução 2. Implementação 3. Metodologia e. Desenvolvimento a. Conclusão . Definição c. Histórico d.SUMÁRIO 1. Conceitos b.

2. D S N L M M N   a. C D L GA é as Mé d F rram as .

2. De i iç Téc ica que reú e determi ad númer de pess as em sessões bem estruturadas para. DE E E T   b. . c ns lidar um objetivo pré-determinado. c m temp e es rç reduzid s.

DE E Habilidades Diversas E T   b. De iniç o Ambiente e Material (Logística) PE A + E TRUTURA PLA EJADA Entendimento e Consenso Mínimo Tempo e Es orço BJET BJET .2.

DE E LVIME T   c. . Histórico Dificuldade da solução das diferenças de ponto de vista entre usuários Buscando a obtenção de consenso entre um grande grupo de pessoas A metodologia JAD foi desenvolvida pela IBM. no Canadá.2. em 1977.

etodologi Alguns princípios p r o JA : Comprometimento. Representante da alta gerência. Planejamento logístico. ESEN O ENTO   d. . ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ íder experiente e imparcial. Decisões pelo consenso. Documentação dos resultados produzidos. essões com no máximo 15 pessoas. ‡ Envolvimento de todas as pessoas necessárias para atingir o objetivo.2.

Patrocinador.2. Representantes dos usuários/clientes. Metodologi Componentes da equipe do JAD (são as estrelas do espetáculo) ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Facilitador. Especialistas da Informação. Documentador. DESE VOLVIME TO   d. Outros convidados. .

‡ Reuniões para a Realização das essões do Projeto. . ‡ Reunião de Revisão. DESE VOLVIME TO   d. Metodologia Organização do JAD ‡ Reunião Inicial.2.

participantes. agenda e distribuição de tarefas. M t d l INICIAL ia ‡ Primeira fase dos trabalhos. . participação das pessoas do nível estratégico. ‡ Reunião com duração aproximada de 3 h.2. ‡ Definem os objetivos. D S NV LVIM N R UNIà   d.

com os mesmos participantes da reunião inicial. ‡ Revisão de todos os pontos combinados na reunião inicial. D S NV LVIM N R UNIà   d. M t d l ia D R VISà ‡ Dura normalmente 3 h. . ‡ Correções e ajustes dos problemas detectados. ‡ Verificação do cumprimento de tarefas.2.

‡ Participação de todos relacionados no plano para o JAD (definidos nas reuniões inicial e de revisão). ‡ Os analistas de informações ajudam a controlar e registrar os trabalhos. . M t d l ia R UNIÕ S DAS S SSÕ S D PR J (formato) ‡ São reuniões orientadas pelo líder/facilitador. ‡ Usa dinâmica de grupo para gerar idéias. D S NV LVIM N   d.2.

2. Problemas. 5. 4. . Definição dos objetivos. Apresentação e distribuição do organograma da empresa. Recordação do fluxo atual.2. M t d l ia R UNIÕ S DAS S SSÕ S D PR J (seqüência) 1. 3. D S NV LVIM N   d. defeitos e empecilhos. Abertura dos trabalhos.

7. Raci nalizaçã d flux atual. . 9. D S NV LVIM N   d. Cr n rama. M t d l ia R UNIÕ S DAS S SSÕ S D PR J 6. Pr p siçã d n v flux . praz s e resp nsabilidades. Encerrament .2. 8.

Implementação Recomendado uma Abordagem em 4 etapas : ‡ Execução de um projeto piloto. ‡ Incorporação do JAD. .2. ‡ Determinação da natureza do grupo de suporte. DESENV LVIMEN   e. ‡ Ampliação do uso do JAD.

3. . ‡ Solução de conflitos com rapidez. C NCLUSà A eficiência comprovada com o uso do JAD proporciona os seguintes benefícios: ‡ Acelera o processo na obtenção dos resultados. ‡ Espírito de equipe. ‡ Compromisso dos participantes com o projeto.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->