Você está na página 1de 3

SINTOMAS DE POBREZA

Dar presente embrulhado com papel das Casas Bahia

Guardar sobra de material de construção em cima da laje de casa

Quando receber visitas, mostrar a casa inteira e ficar: Esse aqui é meu quarto...

Decorar os vasos com flores de plástico, desidratadas e/ou de pano

Guardar o refrigerante com uma colher de café pendurada na boca para não perder o gás

Ficar discutindo com os amigos quantas barbas dá pra fazer com uma lâmina de gilete

Aproveitar a garrafa plástica do refrigerante para botar água na geladeira

Regar as plantas de casa com panela

Lavar fralda descartável com Pinho Sol

Secar a toalha atrás da geladeira

Tomar cerveja em copo de requeijão

Andar com aquela carteira profissional ensebada no bolso de trás

Esquentar a ponta da Bic pra ver se ela volta a escrever

Fazer pacote com bolo e brigadeiro para entregar na saída do aniversário

Usar porta-documentos com os dizeres: "Lula/94 sem medo de ser feliz"

Lamber a tampa metálica do iogurte

Colocar bombril na antena da televisão

Guardar resto da macarronada para fazer sopa no outro dia

Colocar maiô e biquíni e tomar sol na represa

Acordar cedo no domingo pra lavar o carro antes quera água acabe

Ir ao estádio de futebol, entrar pela geral, e pular para as sociais

Pedir pro marido ir ao supermercado comprar pouca coisa e mandar ele trazer sacola
plástica para botar lixo

Decorar o muro do quintal com plantas em lata de óleo, leite em pó e tijolo

Rifar caixa de chocolate e dizer queré ação entre amigos

Acender latinha com álcool dentro do box do banheiro em dia de frio

Palitar dente com palito de fósforo, apontado com a faca do almoço suja de feijão

Pedir pro cobrador do ônibus passar dois na roleta

Pedir pro filho ficar abanando o churrasco com tampa de caixa de sapato
Brigar com meio mundo só porquero caixa não deu o troco de 3 centavos

Passar miolo do pão no pote de margarina e no prato de macarrão e mandar para baixo

Guardar caixinhas de pasta Kolynos e esperar pela promoção

Correr a casa inteira com o chinelo na mão atrás da barata

Usar pregador de roupa para manter fechado saco de fandangos da semana passada

Remendar coador de pano

Comprar churrasquinho com vale transporte

Andar de carro com vidro fechado no maior calor só para pensarem quervocê tem ar
condicionado

Esperar todo mundo da casa usar o banheiro para dar descarga só uma vez

Colocar arranjo de fruta de plástico na mesa da sala

Levantar de noite com sede tomar água da pia do banheiro com a mão

Usar saco de arroz Tio João para encapar material escolar dos filhos

Ir ao banheiro e fazer bola de papel molhado para jogar no teto

Usar resto de sabão para tapar vazamento no bujão de gás

Tirar cera do ouvido com chave do carro e tampa de caneta

Guardar vinho velho para fazer vinagre

Passar óleo queimado no cachorro para acabar com a sarna

Ficar com fome durante a ponte aérea, não comer nada e levar o lanche para a esposa

Subir na laje para mexer na antena e ficar gritando lá de cima: "Melhorou?"

Guardar cueca furada para passar cera no carro

Entrar em loja de 1.99 e querer achar um presente legal

Ir ao restaurante e, antes de pedir a comida, perguntar se aceita tíquete

Imprimir esse texto aqui e sair mostrando pros seus amigos

Dar um presente e dizer: É só uma lembrancinha

Receber um presente e dizer: Ah! Eu tava precisando!

Ter um Corsa Sedan e dizer quertem um "mini-Vectra"

Amarrar cabelo com aqueles elásticos de amarrar dinheiro

Olhar eclipse com aqueles prástico de raio X


Acordar, pegar a brusa furada em cima da tauba de passar. Ir de bicicreta até a padaria pa
comprar os cocrete pas criança.

Botar o quadro da Santa-Ceia na sala de jantar

Ir a família inteira no aeroporto só para buscar o primo querchegou de Miami

Coçar o dedo do pé com frieira na borda da piscina

Deixar pra entregar o presente de casamento na hora de cumprimentar a noiva na igreja

Forrar o sofá da sala com colcha pra esconder "aquele rasgo" feito pelo filho menor

Falar sobre a novela das oito

Levar as balinhas quervêm no pratinho da conta da churrascaria pra casa

Pedir ao garçom querembrulhe o resto da comida pra viagem pra dar pro cachorro em casa

Escovar os dentes durante o banho para economizar água

Encher o vidro vazio de xampu com água e sacudir para aproveitar o restinho

Ir para o pesquere pague para buscar os peixes da Semana Santa

Colocar acetona no esmalte pra durar mais

Passar o uniforme da escola pro irmão mais novo

Comer danoninho com o dedo e ainda lamber o potinho

Cobrar os cinqüenta centavos quero amigo devia

Comer comida com prazo de validade vencido

Fazer fila na sombra do poste pra esperar o ônibus

Anotar as receitas do programa da Ana Maria Brega

Misturar sardinha com maionese e dizer que é “patê”

Enrolar, ao contrário, bobina de máquina de calcular para aproveitar o outro lado

Guardar aqueles cacarecos em cima do guarda-roupas

Fingir que está dormindo no ônibus para não dar lugar a quem está de pé

Passar o fio dental e depois cheirar para ver se o dente está podre

Colar o pivô com super bonder para não ter que ir ao dentista.

Dar uma festa e pedir mesa e cadeira para os vizinhos

Levar material escolar em saco de açúcar união em dia de chuva

Interesses relacionados